folha regional de cianorte - edicao 665

Download folha regional de cianorte - edicao 665

Post on 30-Mar-2016

245 views

Category:

Documents

3 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

edicao 665 da folha regional de cianorte com circulacao em 09 de abril de 2013

TRANSCRIPT

  • Tera-feira, 09 de Abril de 2013 - Ano 12 - Edio 665 - R$ 2,00Fone: (44) 3018-2015 - Site: www.folharegionaldecianorte.com - E-mail: folhadecianorte@gmail.com

    ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------ Pg. 8Prefeitura e Caixa lanam programa de microcrdito

    MP instala em Cianorte a Central de Atendimento ao Cidado

    A comarca de Cianorte ser a segunda do Paran a primeira foi em Londri-na, a receber uma Central de Atendimento ao Cida-do. O novo rgo, do Mi-nistrio Pblico do Paran, ser implantado em soleni-dade nesta quarta-feira, a partir das 14 horas, no an-fiteatro da ACIC. Entre as autoridades presentes es-tar o Procurador Geral de Justia do Paran, Dr. Gil-berto Giacia.------------------- Pg. 8

    O prefeito Bongiorno est em Curitiba. Nesta segunda-feira ele parti-cipou da eleio da nova diretoria da Associao dos Municpios do Paran (AMP, que aclamou o pre-feito Luiz Sorvos, de Nova Olmpia, como presidente da entidade. Depois man-teve audincia com o go-vernador Beto Richa.

    O prefeito Bongiorno, em companhia do vice--prefeito Serginho, do de-putado estadual Jonas Guimares e do deputa-do federal Luiz Nishimori, fez uma srie de reivindi-caes. Pelo menos trs delas devem ser destaca-das. A primeira delas est relacionada com a libera-o de lama asfltica a ser utilizada em obras de re-capeamento. Ele tambm solicitou recursos para res-taurao da rodovia ligan-do Cianorte a Vidigal. Na condio de presidente da Amenorte, que abrange 11 municpios, o prefeito Bon-giorno reivindicou a insta-lao de uma diretoria ou de uma gerncia regional da Sanepar em Cianorte.------------------- Pg. 8

    EM AudinCiA CoM RiCHA, BongioRno fAz divERsAs REivindiCAEs PARA CiAnoRtEEntre as reivindicaes est a instalao de uma diretoria ou gerncia regional da Sanepar em Cianorte

    Vice-prefeito Serginho, prefeito Bongiorno, governador Beto Richa, deputado estadual Jonas Guimares e deputado federal Luiz Nishimori

    A Copel registrou em 2012, pela segunda vez consecutiva, os meno-res ndices de interrupo no fornecimento de ener-gia de toda a sua hist-ria. Houve reduo tan-to na quantidade total quanto na durao m-dia das interrupes no abastecimento aos con-sumidores atendidos pela Companhia. A Durao Equivalente de Interrup-o por Unidade Consu-midora (DEC), que mede o tempo mdio em horas no ano durante o qual os domiclios permaneceram desligados, foi de 10,25 reduo de 3,67% em re-

    lao ao ndice verificado em 2011. J a Frequncia Equivalente de Interrup-o por Unidade Consumi-dora (FEC), dado que in-forma a quantidade mdia anual de desligamentos, encerrou o ano em 7,84, o que representa uma di-minuio de 4,97%. Os dados demostram um de-sempenho bastante su-perior mdia brasileira divulgada recentemente pela Agncia Nacional de Energia Eltrica (Aneel), que foi de 18,65 na dura-o dos desligamentos e de 11,1 na frequncia das interrupes. ------------------- Pg. 2

    Dados demostram desempenho bastante superior mdia brasileira divulgada pela Aneel

    Copel bate novo recorde nos ndices de qualidade

    Presos seis de quadrilha que

    explodia caixas eletrnicos

    ------------------- Pg. 3

    Cianorte vence mais uma e se afasta da zona

    de rebaixamento------------------- Pg. 8

    Cianorte recebeu, no domingo (07), o primeiro evento oficial da Federao Paranaense de Taekwondo em 2013, o Campeonato Norte Paranaense. O evento esportivo contou com mais de 200 atletas da Capital do Vesturio e de cidades da regio ------------- Pg. 8

    Cianorte sedia Campeonato norte Paranaense de taekwondo Uma investigao da

    polcia Civil de Cianorte, no ltimo domingo (07), ter-minou na priso de Mar-cos Douglas Sales Pereira de 18 anos e apreenso de 106 gramas de cocana, grande quantidade de mo-conha, alm de um balan-a de preciso. ---- Pg. 3

    PC prefende jovem com mais de 2 quilos de drogas

    Copel registrou os menores ndices de interrupo no fornecimento de energia

    Richa recebe novo presidente

    da AMP e garante apoio aos municpios

    O governador Beto Ri-cha recebeu ontem, no Pa-lcio Iguau, em Curitiba, o novo presidente da As-sociao dos Municpios do Paran (AMP) e prefeito de Nova Olmpia, Luiz Sorvos. No encontro, Richa desta-cou o perfil municipalista da administrao estadu-al e colocou a estrutura do governo disposio.------------------- Pg. 2

  • Ed. n 665 - Tera-feira, 09 de Abril de 2013 - Fone: (44) 3018-2015 - Website: www.folharegionaldecianorte.com - E-mail: folhadecianorte@gmail.com - Av. Brasil, 1167 - Sl. 03

    CurtibaagnCia Estadual

    A Copel registrou em 2012, pela segunda vez con-secutiva, os menores ndi-ces de interrupo no forne-cimento de energia de toda a sua histria. Houve redu-o tanto na quantidade to-tal quanto na durao mdia das interrupes no abaste-cimento aos consumidores atendidos pela Companhia.

    A Durao Equivalente de Interrupo por Unida-de Consumidora (DEC), que mede o tempo mdio em ho-

    ras no ano durante o qual os domiclios permaneceram desligados, foi de 10,25 reduo de 3,67% em rela-o ao ndice verificado em 2011. J a Frequncia Equi-valente de Interrupo por Unidade Consumidora (FEC), dado que informa a quanti-dade mdia anual de desli-gamentos, encerrou o ano em 7,84, o que representa uma diminuio de 4,97%.

    Os dados demostram um desempenho bastante superior mdia brasilei-ra divulgada recentemen-te pela Agncia Nacional

    de Energia Eltrica (Aneel), que foi de 18,65 na dura-o dos desligamentos e de 11,1 na frequncia das in-terrupes.

    Para o superintendente de Engenharia de Distribuio da Copel, Jacir Carlos Paris, o resultado se mostra espe-cialmente positivo se consi-deradas as condies clim-ticas observadas no ano de 2012. Tivemos temporais muito mais severos do que nos anos anteriores, e ain-da assim conseguimos uma reduo significativa em am-bos os ndices, avalia.

    QuALidAdEOs ndices DEC e FEC fo-

    ram criados no setor eltrico em 1990, com o propsito de avaliar e medir o grau de qua-lidade dos servios de distri-buio de energia sob o enfo-que da continuidade e da sua disponibilidade ao usurio. Periodicamente, a Aneel es-tabelece limites mximos de DEC e FEC para as empresas distribuidoras. O descumpri-mento de tais limites acom-panhado pelo rgo regulador e pode resultar em multas para as concessionrias.

    So considerados na for-

    mulao dos ndices todos os desligamentos ocorridos durante o ano na rea de concesso da distribuido-ra, inclusive aqueles moti-vados por fatores climticos ou ao de terceiros, como abalroamento de postes, queda de bales ou pipas presas fiao.

    No caso da Copel, metade das interrupes motivada por temporais, vendavais e descargas atmosfricas. So excludos do clculo apenas os desligamentos ocorridos em situao de calamida-de pblica decretadas pelos

    rgos competentes, ou nos casos em que a concessio-nria comprova a ocorrncia de um nmero de chamadas emergenciais muito superior mdia.

    As redes de distribuio da Copel se estendem por 1.115 localidades em 396 municpios, atendendo mais de quatro milhes de unida-des consumidoras 372 mil em zonas rurais. Sua exten-so totaliza 186,36 mil qui-lmetros, o suficiente para dar mais de quatro voltas em torno do planeta pela li-nha do equador.

    CurtibaagnCia Estadual

    A Secretaria de Estado da Indstria, Comrcio e As-suntos do Mercosul prorro-gou at o incio de maio as inscries para o projeto Pri-meira Exportao. O progra-ma assegura consultoria tc-nica gratuita aos pequenos e mdios empresrios interes-sados em entrar no merca-do externo. As inscries po-dem ser feitas pelo site www.

    seim.pr.gov.br. A prorroga-o foi motivada para atrair mais empresas do interior do Estado. Nos prximos dias tcnicos da Secretaria vo ampliar os contatos e, inclu-sive, viajar a algumas regi-es para divulgar o progra-ma. Esse o segundo ciclo do projeto que, na primeira etapa, atendeu 10 empre-sas de Curitiba e regio. O objetivo agora atender 40 empresas de todas as regi-es do Estado.

    CurtibaagnCia Estadual

    O programa do Governo do Estado de regularizao fundiria j atendeu 3.171 mil famlias em dois anos. Neste sbado (06), o gover-nador Beto Richa entregou mais 770 ttulos de regula-rizao de propriedade para famlias dos jardins Ouro Fino e Jacarand, em Para-nagu. A ao faz parte do programa Minha Terra Para-n e teve investimentos de R$ 3,8 milhes, por meio de parceria com o Instituto Na-cional de Colonizao e Re-forma Agrria (Incra).

    O objetivo do programa reduzir a desigualdade so-cial e conceder mais digni-dade e cidadania s fam-lias. Com a regularizao, os proprietrios podero realizar melhorias em suas casas e ter acesso a infra-estrutura da regio, como saneamento, energia el-trica, pavimentao asflti-ca, entre outros. A titula-ridade dos imveis garante populao a tranquilidade de ter seu pedao de terra. Outras famlias aguardam essa regulamentao e o governo ir continuar tra-balhando para atend-las, afirmou Richa.

    O governador adiantou que, em breve, o Governo ir reconhecer mais de 600 propriedades na Ilha do Mel. Queremos que a populao tenha orgulho de um governo que cuida do seu povo. Richa reafirmou o compromisso de investir na regio litornea, principalmente os jardins Ouro Fino e Jacarand, com mais infraestrutura viria, es-colas e unidades de sade.

    dEsEnvoLviMEntoDe acordo com o presi-

    dente da Associao de Mo-radores do Jardim Ouro Fino, Jos Dilson Oliveira, a regu-larizao um marco histri-co para o incio do desenvol-vimento econmico e social para a regio. Temos muitos problemas de infraestruturas aqui, que sero agora resol-vidos com a regularizao, avaliou. Oliveira recebeu a titulao do terreno que vive

    CurtibaagnCia Estadual

    Peixe no Oeste, feijo ca-rioca no Norte e preto no Sul, pinho no Centro-Sul. O car-dpio da alimentao servi-da aos alunos da rede esta-dual de educao segue um rigor