folha regional de cianorte - edicao 697

Download Folha Regional de Cianorte  - edicao 697

Post on 28-Mar-2016

238 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

edicao 697 da Folha Regional de Cianorte com circulacao em 18 de maio de 2013

TRANSCRIPT

  • Cada pessoa poder comprar at R$ 700 com dinheiro ou carto

    Sbado, 18 de Maio de 2013 - Ano 12 - Edio 697 - R$ 2,00Fone: (44) 3018-2015 - Site: www.folharegionaldecianorte.com - E-mail: folhadecianorte@gmail.com

    Governo vai captar R$ 9,3

    bi para grandes obras de

    infraestrutura

    AS 15HS - SANTOS X CORINTHIANSAS 15HS - SANTOS X CORINTHIANS

    NESTE DOMINGO TEM FUTEBOL NA CIA FM

    Narrao: Paulo Massa - Reportagens Silvio Rogrio e Renison Costa

    Comentrios Martins Neto / Tcnica Central e Torpedo Luiz Carlos Sinke

    Planto Kak Silva / Reprter da galera Ademar Gimenes / Direo geral Walber Guimares Junior

    OUA COM MAIS

    EMOO NA CIA FM 95.9

    A RDIO DO ESPORTE.

    OUA COM MAIS

    EMOO NA CIA FM 95.9

    A RDIO DO ESPORTE.

    FINAL

    CAMPEO

    NATO

    PAULIST

    A

    O Governo do Esta-do est destinando, des-de 2011, cerca de R$ 1,5 bilho para os 399 mu-nicpios paranaenses em repasses a fundo perdi-do, convnios e financia-mentos. A maior parte para infraestrutura bsi-ca e social, em pavimen-tao de estradas rurais, para o transporte escolar, para aquisio de calcrio destinado agricultores fa-miliares e aes de apoio a pequenos produtores rurais. Neste ano, o go-vernador Beto Richa lan-ou dois grandes progra-mas, que somam R$ 282 milhes, a fundo perdido,

    para os municpios. Um deles o Plano de Apoio ao Desenvolvimento dos Municpios (PAM), que destina R$ 150 milhes a municpios com at 50 mil habitantes investirem em projetos prioritrios e definidos pela populao. O outro o Caminho das Pedras, de pavimentao de estradas rurais. O pro-grama ir gerar seis mil empregos no interior. O repasse do governo para o transporte escolar, que foi de R$ 3 milhes em 2010, passou a R$ 58 mi-lhes em 2011 e para R$ 80 milhes em 2012.

    Pg. 8

    RePasses do GoveRno do estado aos municPios cheGam a R$ 1,5 bilho

    Neste ano, Richa lanou dois grandes programas, que somam R$ 282 milhes, a fundo perdido, para municpios

    Governador Beto Richa afirmou que o PAM, que destina R$ 150 milhes a municpios com at 50 mil habitantes investirem em projetos prioritrios

    Governo refora fiscalizao do leite a venda no Estado do Paran

    Pg. 2

    Ser neste sbado, das 8 horas s 17 horas, o bazar beneficente com produtos importados e apreendidos pela Recei-ta Federal, da SASBE-MC (Sociedade de Assis-tncia Social Beneficente, Educacional e Maternal de Cianorte, no Centro de Eventos Carlos Yoshi-

    to Mori. Durante todo o dia, as pessoas podero adquirir os mais diversos tipos de produtos impor-tados, como eletro ele-trnicos, presentes, per-fumes, entre outros. importante destacar que os consumidores devem apresentar CPF e docu-mento com foto. Pg. 8

    sasbemc realiza hojebazar beneficente com produtos importados

    Nesta sexta-feira (17), o Governo Munici-pal promoveu atividades com o intuito conscienti-zar e mobilizar os cianor-tenses sobre questes de violncia, abuso e explo-rao sexual de crianas e adolescentes. No pero-do da manh, uma soleni-

    dade realizada em frente ao Pao Municipal reuniu diversas autoridades e re-presentantes de rgos da sociedade, bem como alunos da rede pblica de ensino, para uma expla-nao de aes de enfren-tamento violncia sexu-al infanto-juvenil. Pg. 8

    Mobilizaes marcam o enfrentamento violncia sexual infanto-juvenil

    Solenidade realizada em frente ao Pao Municipal reuniu diversas autoridades e representantes de rgos da sociedade, bem como alunos

    A Brucelose, tambm conhecida como Febre de Malta, uma doena cr-nica, causada por bact-rias, que acomete e mata bovinos em todo o mun-do. Porm, os humanos tambm podem ser infec-tados, ao entrar em con-tato com animais ou pro-dutos de origem animal contaminados com es-

    sas bactrias, como por exemplo, laticnios no pasteurizados. Os sinto-mas, de progresso lenta, como a falta de apetite, dores musculares e de ca-bea, podem acarretar o desenvolvimento de com-plicaes como a anemia, artrite, leucopenia, endo-cardite, impotncia sexu-al, entre outras. Pg. 8

    Programa visa erradicar a brucelose bovina em Cianorte

    A Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logsti-ca (SEIL) e a Agncia Pa-ran de Desenvolvimento (APD) vo trabalhar juntas para captar R$ 9,3 bilhes em recursos para projetos e programas na rea de in-fraestrutura do Estado do Paran. A inteno bus-car recursos em agncias de fomentos, financiamen-tos pblicos e recursos in-ternacionais, que permitam a modernizao da infraes-trutura paranaense. Pg. 2

    cohapar garante vida nova para

    102 famlias rurais do noroeste

    Esta quinta-feira (16) ficou marcada na vida de 102 famlias de pequenos agricultores de sete muni-cpios do Noroeste do Para-n, que receberam as cha-ves da to sonhada casa prpria. So casas cons-trudas em parceria en-tre a Cohapar, empresa do Governo do Estado, Caixa Econmica Federal, e pro-grama Minha Casa Minha Vida Rural. J esto na casa nova 18 famlias da regio Noroeste. Pg. 2

    Prefeito valter Peres participa de plantio de rvores em terra boa

    O prefeito de Terra Boa, Valter Peres participou, no ltimo dia 09 de maio, do plantio de rvores no Cen-tro Municipal de Educao Infantil Criana Feliz. O ato simblico faz parte das co-memoraes de um even-to internacional chama-do Eno Tree Planting Day 2013, que tem por objeti-vo o plantio de 100 milhes de rvores plantadas at 2017. Alm do plantio das rvores, os alunos fizeram apresentaes. Pg. 3

    Preso golpista que deu prejuzo

    R$ 10 milhes indstria de

    vesturioPoliciais civis do N-

    cleo de Represso a Cri-mes Econmicos (Nurce) prenderam, quinta-feira (16), Hamze Ahmad Ba-rakat, 50 anos, suspeito de montar um esquema milionrio de fraudes que lesou em R$ 10 milhes indstrias de vesturio de cinco estados. De acordo com a Polcia Civil, Hamze e um comparsa j identi-ficado criavam empresas em nome de laranjas, as chamadas araras. Pg. 3

  • Ed. n 697 - Sbado, 18 de Maio de 2013 - Fone: (44) 3018-2015 - Website: www.folharegionaldecianorte.com - E-mail: folhadecianorte@gmail.com - Av. Brasil, 1167 - Sl. 03Ed. n 697 - Sbado, 18 de Maio de 2013 - Fone: (44) 3018-2015 - Website: www.folharegionaldecianorte.com - E-mail: folhadecianorte@gmail.com - Av. Brasil, 1167 - Sl. 03

    CuritibaagnCia Estadual

    A Secretaria estadual da Sade comeou a analisar nesta semana amostras de marcas de leite vendidas no Paran. O objetivo verifi-car a presena de substn-cias que possam adulterar a composio do leite e cau-sar danos sade do con-sumidor, como o formol e o cloreto de sdio. A medida abrange os leites tipo longa vida e pasteurizado.

    Equipes das vigilncias sanitrias municipais es-to coletando amostras no comrcio e encaminhan-do produtos de diferentes marcas ao Laboratrio Cen-tral do Estado, em Curitiba. Segundo o superintenden-te de Vigilncia em Sade, Sezifredo Paz, neste primei-ro momento sero avaliadas amostras das trs marcas gachas que tiveram lotes adulterados, alm de outras duas marcas paranaenses

    que esto sob suspeita.O monitoramento da

    qualidade do leite j re-alizado no Paran, tanto na etapa de produo quan-to na etapa final, quando o produto j est disponvel no mercado. A diferena que agora esse sistema de monitoramento fica mais completo, podendo identi-ficar substncias utilizadas para adulterar o volume do produto, explicou o supe-rintendente.

    PRocesso Quando o leite ainda

    est no laticnio, ele pas-sa por um rgido controle de qualidade que avalia ca-ractersticas microbiolgi-cas e fsico-qumicas, como parmetros de acidez, teor de cinzas, enzimas, teor de protenas e adio de gua. Nesta fase, as inspe-es so de responsabilida-de da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abaste-cimento - se o produto for

    comercializado somente no Paran - e do Ministrio da Agricultura, se o produto ti-ver distribuio nacional.

    J o produto final, dispo-nvel no comrcio, subme-tido novamente s mesmas anlises de qualidade, mas o trabalho feito pela Vigi-lncia Sanitria do Estado. Com a incluso da anlise de adulterao, o Gover-no poder verificar se hou-ve mudanas na composi-o do leite no processo de transporte entre o laticnio e o comrcio.

    De acordo com o coor-denador do Centro Estadu-al de Vigilncia Sanitria, Paulo Costa Santana, esta nova anlise entra na roti-na de fiscalizao da Vigi-lncia Sanitria e abrange-r todo leite consumido no Paran. O leite das crian-as, distribudo gratuita-mente pelo Governo do Estado, tambm alvo de inspees peridicas e pas-sar por esta nova anlise.

    CuritibaagnCia Estadual

    A diversidade no uni-verso das escolas tema de curso para cerca de 30 mil funcionrios dos setores administrativos e de servi-os gerais da rede estadu-al de educao. A Secreta-ria de Estado da Educao est fazendo neste semes-tre a capacitao para todas as escolas, em todos os 32 Ncleos Regionais.

    O curso, que faz parte do programa Formao em Ao, trabalha abordagens acolhedoras, inclusivas e res-peitosas nos espaos escola-res para evitar situaes ve-xatrias e assegurar o direito educao pblica de quali-dade para todos os estudan-tes, independente da orien-tao sexual, gnero, social e da origem tnico-racial.

    Os funcionrios tm uma importncia e uma respon-sabilidade muito grande pois tambm so educadores e participam da formao dos alunos, disse a diretora do Departamento de Diversida-de da secretaria, Marli Fran-cisca Pern. Ela lembra ainda

    que os funcionrios tm con-tato dirio e diretor com os estudantes.

    No Ncleo Regional de Curitiba as aes comearam nesta semana. Com uma mdia de 300 funcionrios por evento, cerca de 3 mil profissionais participaro das oficinas na capital. O curso amplia a nossa viso e o nos-so modo de pensar. Quanto mais conhecemos, mais po-demos combater o precon-ceito e a discriminao, disse Roberta de Almeida, funcionria h 13 anos no Colgio Estadual Professora