Plano de Ensino 2013

Download Plano de Ensino 2013

Post on 06-Nov-2015

3 views

Category:

Documents

2 download

DESCRIPTION

plano de ensino

TRANSCRIPT

<p>FACULDADES INTEGRADAS CAMPOS SALLES</p> <p>FACULDADES INTEGRADAS CAMPOS SALLES</p> <p>PEDAGOGIA</p> <p>2013PLANO DE ENSINO </p> <p>IDENTIFICAO: </p> <p>Disciplina - METODOLOGIA DE LNGUA PORTUGUESA DO ENSINO FUNDAMENTAL I3 ano 5 Semestre </p> <p>Docente: Luci Ana Santos da CunhaPerodo: MATUTINO E NOTURNOJUSTIFICATIVA: </p> <p>Como tornar os alunos leitores e escritores competentes uma das maiores dificuldades dos professores, e o domnio da competncia leitora e escritora uma das maiores dificuldades dos alunos, o preparo do professor requer a construo de saberes profissionais para ensinar a ler e a escrever, do ponto de vista metalingustico e epilingustico. O critrio bsico de seleo de contedos da formao de professores das sries iniciais Ensino Fundamental, portanto, a possibilidade de contribuir para um fazer pedaggico melhor, no que se refere ao ensino da leitura e escrita e nos processos metalingustico e epilingustico, tanto de crianas como jovens e adultos.</p> <p>OBJETIVOS: </p> <p>Contribuir para o desenvolvimento profissional de professores do Ensino Fundamental - sries iniciais- na rea de Lngua Portuguesa.</p> <p>Propor situaes didticas de como pode se trabalhar o conhecimento Iingustico com crianas e adultos para que venham a assumir de fato a condio de cidados da cultura letrada.</p> <p>Refletir acerca de alternativas de aprendizagem dentro do espao escolar.</p> <p>Utilizar procedimentos para elaborao e organizao de atividades scio-educativas que tenham a escola como principal espao para sua divulgao.</p> <p>Compreender as diferenas entre alfabetizao e letramento.</p> <p>Relacionar a prtica scio interacionista com outros pressupostos metodolgicos.Propor prticas educacionais.</p> <p>Conhecer e analisar a epistemologia que envolve a metodologia em sala de aula.</p> <p>EMENTA DA DISCIPLINA: </p> <p>Concepes de linguagem e de aquisio de lngua recorrentes nas prticas dos anos iniciais do Ensino Fundamental. Estudos sobre a histria da Lngua Portuguesa e da lngua escrita. Reflexes sobre as prticas de linguagem oral, leitura e produo escrita. Anlise de propostas pedaggicas para o ensino da Lngua Portuguesa e suas abordagens didtico-metodolgicas dos contedos de Lngua Portuguesa nos cinco anos iniciais do Ensino Fundamental. </p> <p>CONTEDO PROGRAMTICO: </p> <p>1. Histria da construo da escrita na humanidade / Concepo de ensino e aprendizagem e histria das idias sobre alfabetizao.</p> <p>2. Psicognese da Lngua Escrita / Trabalhando com rtulos e com o alfabeto.</p> <p>3. Alfabetizao e contextos letrados / Definio de alfabetizao e letramento</p> <p>4. Definio e reflexo sobre ambiente alfabetizador / Propostas didticas de alfabetizao.</p> <p>5. Hipteses de leitura e escrita / Sondagem / Possibilidades de interveno do professor em uma situao diagnstica.</p> <p>6. Anlise dos processos envolvidos no ato de ler / Estratgias de leitura: decodificao, inferncia, seleo, antecipao e verificao.</p> <p>7. A importncia do nome prprio durante o processo de alfabetizao I Atividades que envolvem a leitura e escrita de nomes prprios I Os nomes prprios como modelos estveis de escrita / Listas de nomes.</p> <p>8. Trabalho com listas na didtica da alfabetizao I Anlise e criao de temas de listas que podem ser propostas aos alunos.</p> <p>9. Agrupamentos produtivos / A heterogeneidade na sala de aula I Intervenes pedaggicas do professor.</p> <p>10. As contribuies pedaggicas do trabalho com textos que se sabe de cor em salas de alfabetizao I Valorizao dos conhecimentos prvios dos alunos.</p> <p>MODOS OPERACIONAIS:</p> <p>1. Planejamento, organizao e monitoramento da prpria aprendizagem.</p> <p>2. Prticas de leitura e escrita mediadas pela oralidade.3. Construo da autonomia necessria para desenvolver capacidade de ensinar a Lngua Materna.4. Materiais escritos e videogrficos (formao terica);</p> <p>5. Reflexo sobre a ao (anlise de prticas) e</p> <p>6. Elaborao de material pedaggico e ldico para ser utilizado em sala de aula (oficina pedaggica).</p> <p>AVALIAO: </p> <p>A avaliao ser vista como um processo contnuo e como recurso para apresentar e aperfeioar o processo de construo do conhecimento. CRITRIOS: Produo de conhecimento ( qualidade de expresso, tanto oral quanto escrita, capacidade de crtica, anlise e sntese). Participao efetiva nas atividades desenvolvidas. Assiduidade. INSTRUMENTOS: Todas as atividades intra e extra-classe: exerccios, apresentao de trabalhos, provas, seminrios Auto-avaliao.</p> <p>BIBLIOGRAFIA: </p> <p>ALARCO, Isabel. Professores reflexivos em uma escola reflexiva. So Paulo: Cortez, 2003. Captulos 1, 2 e 4. </p> <p>BRASIL. Ministrio da Educao. Secretaria da Educao Fundamental. Parmetros Curriculares Nacionais: 1 a 4 srie - Lngua Portuguesa. Braslia: MEC/SEF, 1997. v. 2.</p> <p>CALKINS, Lucy McCormick. A arte de ensinar a escrever: o desenvolvimento do discurso escrito. Porto Alegre: Artes Mdicas, 1989.</p> <p>CASTORINA, Antonio Jos; FERREIRO, Emilia; LERNER, Delia e OLIVEIRA, Marta Kohl de. Piaget-Vygotsky: novas contribuies para o debate. So Paulo: tica, 1997.</p> <p>CAVALLO, Guglielmo e CHARTIER, Roger (Orgs.). Histria da leitura no mundo ocidental. So Paulo: tica,1998. v. 1, cap. 3 e 5. </p> <p>CHARTIER, Roger. A ordem dos livros: leitores, autores e bibliotecas na Europa entre os sculos XIV e XVIII, Braslia: UnB, 1994.</p> <p>COLL, Csar. Aprendizagem escolar e construo do conhecimento. Porto Alegre: Artmed, 1994. </p> <p>COLL, Csar; MARTN, Elena; MAURI, Teresa; MIRAS, Mariana; ONRUBIA, Javier; SOL, Isabel; ZABALA, Antoni. O construtivismo na sala de aula. So Paulo: tica, 1996.</p> <p>CURTO, L.M.; MORILLO, M.M. e TEIXID, M.M. Escrever e ler: como as crianas aprendem e como o professor pode ensin-las a escrever e a ler. Porto Alegre: Artmed, 2000. v. I.</p> <p>CURTO, L.M.; MORILLO, M.M. e TEIXID, M.M. Escrever e ler: materiais e recursos para a sala de aula. Porto Alegre: Artmed, 2000. v. II.</p> <p>FERREIRO, Emilia e TEBEROSKY, Ana. Psicognese da Lngua Escrita. Porto Alegre: Artmed, 1999.</p> <p>FERREIRO, Emilia. Reflexes sobre Alfabetizao. So Paulo: Cortez, 1996.</p> <p>FERREIRO, Emilia. Cultura escrita e educao: conversas de Emilia Ferreiro com Jos Antonio Castorina, Daniel Goldin e Rosa MariaTorres. Porto Alegre: Artmed, 2001.</p> <p>GERALDI, Joo Wanderley (Org.). O texto na sala de aula. So Paulo: tica, 2004. </p> <p>LERNER, Delia. Ler e escrever na escola: o real, o possvel e o necessrio. Porto Alegre: Artmed, 2002. </p> <p>OLSON, David R. O mundo no papel: as implicaes conceituais e cognitivas da leitura e da escrita. So Paulo: tica, 1997.</p> <p>REGO, Lcia Lins Browne. Literatura infantil: uma nova perspectiva da alfabetizao na pr-escola. So Paulo: FTD, 1988. SOARES, Magda. Letramento: Um Tema em Trs Gneros. Belo Horizonte: Autntica, 2006TEBEROSKY, Ana. Psicopedagogia da Linguagem Escrita. Petrpolis: Vozes, 2001. </p> <p>TEBEROSKY, Ana e CARDOSO, Beatriz (Orgs.). Reflexes sobre o Ensino da Leitura e da Escrita. Petrpolis: Vozes, 2000.</p> <p>THURLER, Mnica Gather. O desenvolvimento profissional dos professores: novos paradigmas, novas prticas. In: As competncias para ensinar no sculo XXI: a formao dos professores e o desafio da avaliao. Porto Alegre: Artmed, 2002. </p> <p>WEISZ, Telma. O Dilogo entre o Ensino e a Aprendizagem. So Paulo: tica, 1999. </p> <p>WEISZ, Telma. De boas intenes o inferno est cheio ou quem se responsabiliza pelas crianas que esto na escola e no esto aprendendo. Ptio: Revista Pedaggica, Porto Alegre: Artmed, v.4, n.14, p. 10-13, ago./out. 2000.</p> <p>LIVROS, FILMES, PALESTRAS E EVENTOS PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES:</p> <p>Filmes: Central do Brasil ; Narradores de Jav; O nome da Rosa; ,Abril despedaado; Vida Maria; Crianas Invisveis, Entre os muros da escola ;O carteiro e o poeta; Quando tudo comea; Sociedade dos poetas mortos.Visita ao Museu da Lngua Portuguesa. </p> <p>INDICAO DE LIVROS PARA AQUISIO: </p> <p>CAVALLO, Guglielmo e CHARTIER, Roger (Orgs.). Histria da leitura no mundo ocidental. So Paulo: tica,1998. v. 1, cap. 3 e 5. </p> <p>CHARTIER, Roger. A ordem dos livros: leitores, autores e bibliotecas na Europa entre os sculos XIV e XVIII, Braslia: UnB, 1994.</p> <p>DISTRIBUIO DO TEMPO</p> <p>DIA/MSUNIDADECONTEDO PROGRAMADO</p> <p>(Listar o que ser ensinado em cada aula)</p> <p>05/02IDinmica de apresentao.: Leitura e escrita como comunicao.</p> <p>19/02IAlfabetizao e contextos letrados. Definio de alfabetizao e letramento.</p> <p>26/02</p> <p>IHistria da Construo da escrita na humanidade. </p> <p>05/03</p> <p>IHistria da Idias sobre Alfabetizao. Memrias das Cartilhas.</p> <p>12/03</p> <p>IA Alfabetizao e os mtodos de ensino aprendizagem: empirismo x socioconstrutivismo.</p> <p>19/03</p> <p>IIPsicognese da Lngua Escrita.</p> <p>26/03</p> <p>IIPsicognese da Lngua Escrita (continuao)</p> <p>02/04</p> <p>IIDefinio e reflexo sobre ambiente alfabetizador. Sondagem.</p> <p>09/04</p> <p>IISondagem. Possibilidades de interveno do professor em uma situao diagnstica.</p> <p>16/04</p> <p>IIAnlises de escrita (sondagem). Agrupamentos produtivos. </p> <p>23/04</p> <p>IIAnlises de escrita. Reviso geral para avaliao.</p> <p>30/04</p> <p>Avaliao P1</p> <p>07/05</p> <p>Devolutiva da P1. Anlise dos processos envolvidos no ato de ler. </p> <p>14/05</p> <p>IIIEstratgias de leitura: decodificao, inferncia, seleo, antecipao e verificao.</p> <p>21/05</p> <p>IIITrabalhando com rtulos, com o alfabeto e com listas.</p> <p>28/05</p> <p>IIIA importncia do nome prprio durante o processo de alfabetizao. Os nomes prprios como modelos estveis de escrita.</p> <p>04/06</p> <p>IIIAs contribuies pedaggicas do trabalho com textos que se sabe de cor em salas de alfabetizao. Reviso para avaliao.</p> <p>11/06</p> <p>Avaliao P2</p> <p>18/06 </p> <p>Devolutiva da P2. Auto-avaliao. Avaliao do semestre.</p> <p>25/06</p> <p>Avaliaes substitutivas. Devolutivas.</p> <p>Disciplina - METODOLOGIA DE LNGUA PORTUGUESA DO ENSINO FUNDAMENTAL I</p> <p>3 ano 5 Semestre </p> <p>Docente: Luci Ana Santos da Cunha</p> <p>Perodo: MATUTINO E NOTURNO</p> <p>Atividades semanais e/ou quinzenais para trabalhos domiciliares:</p> <p>Observao: Estes exerccios sero realizados somente por alunos em afastamento mdico, com </p> <p>atestado, a partir de 15 dias de licena mdica. UNIDADEATIVIDADES A SEREM REALIZADAS PELO ALUNO</p> <p>FevereiroApresentar sntese dos conceitos fundamentais apresentados no livro:SOARES, Magda. Letramento: Um Tema em Trs Gneros. Belo Horizonte: Autntica, 2006</p> <p>MaroResenha sobre o livro: WEISZ, Telma. O Dilogo entre o Ensino e a Aprendizagem. So Paulo: tica, 1999. </p> <p>AbrilTendo como referncia o livro FERREIRO, Emilia e TEBEROSKY, Ana. Psicognese da Lngua Escrita. Porto Alegre: Artmed, 1999, elencar as fases de desenvolvimento da escrita e as caractersticas de cada uma das fases. Anexar amostras de escritas de cada fase.</p> <p>Maio Elaborar um mapa conceitual tendo como referncia o livro: LERNER, Delia. Ler e escrever na escola: o real, o possvel e o necessrio. Porto Alegre: Artmed, 2002. </p> <p>JunhoElaborar sntese dos captulos indicados, do livro: CAVALLO, Guglielmo e CHARTIER, Roger (Orgs.). Histria da leitura no mundo ocidental. So Paulo: tica,1998. v. 1, cap. 3 e 5.</p> <p>So Paulo, 18 de fevereiro de 2013.</p> <p>Disciplina - METODOLOGIA DE LNGUA PORTUGUESA DO ENSINO FUNDAMENTAL I</p> <p>3 ano 5 Semestre </p> <p>Docente: Luci Ana Santos da Cunha</p> <p>Perodo: MATUTINO E NOTURNO</p> <p>Plano de Adaptao e ou DP</p> <p>(Atividades para os alunos que iro cursar adaptao e dependncia )</p> <p>APRESENTAO DO CURSO</p> <p>O presente curso de adaptao da disciplina Fundamentos e Prticas Educativas na Alfabetizao consistir na realizao de estudos dirigidos individuais sob a superviso do professor e realizao de duas avaliaes ao longo do semestre.</p> <p>O contedo programtico do curso corresponder ao ministrado nas turmas regulares.</p> <p>Nesse sentido, o aluno realizar fichamentos manuscritos em folha de fichrio ou de papel almao sobre cada um dos textos, a ser entregue nas datas previstas para os encontros entre professor e alunos:</p> <p>O professor, durante os encontros, estar disposio para o esclarecimento das dvidas surgidas na leitura do livro acima mencionado.</p> <p>A frequncia do curso dar-se- pela entrega dos resumos. Se o aluno entregar todos os resumos, sua freqncia ser de 100%; se deixar de entregar 1 fichamento, sua freqncia ser de 90% e assim por diante. Se deixar de entregar 3 resumos, estar reprovado por freqncia.</p> <p>Importante: caso o resumo no esteja bem-feito, o professor se reserva no direito de solicitar a reelaborao do trabalho, sob pena de ser considerado como no entregue.</p> <p>ResumoData para EntregaContedoPginas</p> <p>126/02Apresentar sntese dos conceitos fundamentais apresentados no livro:</p> <p>SOARES, Magda. Letramento: Um Tema em Trs Gneros. Belo Horizonte: Autntica, 200601 a 09</p> <p>219/03Resenha sobre o livro: WEISZ, Telma. O Dilogo entre o Ensino e a Aprendizagem. So Paulo: tica, 1999.10 a 36</p> <p>302/04Tendo como referncia o livro FERREIRO, Emilia e TEBEROSKY, Ana. Psicognese da Lngua Escrita. Porto Alegre: Artmed, 1999, elencar as fases de desenvolvimento da escrita e as caractersticas de cada uma das fases. Anexar amostras de escritas de cada fase.37 a 39</p> <p>PROVA 1 - sobre os resumos de 1 a 3</p> <p>407/05Elaborar um mapa conceitual tendo como referncia o livro: LERNER, Delia. Ler e escrever na escola: o real, o possvel e o necessrio. Porto Alegre: Artmed, 2002.40 a 65</p> <p>504/06Elaborar sntese dos captulos indicados, do livro: CAVALLO, Guglielmo e CHARTIER, Roger (Orgs.). Histria da leitura no mundo ocidental. So Paulo: tica,1998. v. 1, cap. 3 e 5.66 a 83</p> <p>PROVA 2 - sobre os resumos de 4 e 5</p> <p>So Paulo, fevereiro de 2013.</p>