jornal dos aposentados - ed. 011 setembro 2011

16
Aposentados JORNAL DOS Ano 1 - Edição nº 011 Lençóis Paulista, Setembro de 2011 Associação dos Aposentados, Pensionistas e Idosos de Lençóis Paulista e Região Tiragem 10.000 exemplares Associação, Cobap e Fapesp também aderiram ao Facebook E esperam milhares de seguidores - pág. 07 Aposentados de todo o Brasil prometem passeatas contra veto de Dilma ao aumento real de benefício. Cerca de 9 milhões de pessoas serão prejudicados e te- rão reajuste com base na inflação. A Copap (Confederação Bra- sileira de Aposentados e Pen- sionistas) divulgou uma nota em seu site por meio da qual convocou todos os aposentados e pensionistas, que se sentiram “lesados com a política atual que ignora o segmento”, a cobrar seus parlamentares, por vários meios, um posicionamento em relação a essa pouca vergonha”. Warley M. Gonçalles, presiden- te, afirmou que a entidade vai se encontrar para programar ma- nifestações pelo Brasil. pág.07 SAÚDE Dores na terceira idade. Causas, efeitos e preven- ção. - Por Priscila San- ches - pág. 05 JURÍDICO Revisão de benecios. Relacionamos teses re- visionárias que tem do sucesso na jusça. - Por Mirna Justo - pág. 08 ECONOMIA Educação financeira para empresas e colaborado- res. Por Silvio Medeiros - pág. 09

Upload: jornal-dos-aposentados

Post on 07-Mar-2016

221 views

Category:

Documents


2 download

DESCRIPTION

Jornal dos Aposentados

TRANSCRIPT

Page 1: Jornal dos Aposentados - Ed. 011 Setembro 2011

AposentadosJORNAL DOS

Ano 1 - Edição nº 011 Lençóis Paulista, Setembro de 2011

Associação dos Aposentados, Pensionistas e Idosos de Lençóis Paulista e Região

Tiragem 10.000 exemplares

Associação, Cobap e Fapesp também aderiram ao FacebookE esperam milhares de seguidores - pág. 07

Aposentados de todo o Brasil prometem passeatas contra veto de Dilma ao aumento real de benefício. Cerca de 9 milhões de pessoas serão prejudicados e te-rão reajuste com base na inflação.

A Copap (Confederação Bra-sileira de Aposentados e Pen-sionistas) divulgou uma nota em seu site por meio da qual convocou todos os aposentados e pensionistas, que se sentiram “lesados com a política atual que ignora o segmento”, a cobrar seus parlamentares, por vários meios, um posicionamento em relação a essa pouca vergonha”. Warley M. Gonçalles, presiden-te, afirmou que a entidade vai se encontrar para programar ma-nifestações pelo Brasil. pág.07

SAÚDE

Dores na terceira idade. Causas, efeitos e preven-ção. - Por Priscila San-ches - pág. 05

JURÍDICO

Revisão de benefícios. Relacionamos teses re-visionárias que tem tido sucesso na justiça. - Por Mirna Justo - pág. 08

ECONOMIA

Educação financeira para empresas e colaborado-res. Por Silvio Medeiros - pág. 09

Page 2: Jornal dos Aposentados - Ed. 011 Setembro 2011

REFLETINDOJornal dos Aposentados02

AposentadosJORNAL DOS

Editora Responsável: Gutierres e Pedroso LTDA-MECNPJ: 06-978-171/0001-76 * IE: 416.097.962.116

Rua: Ignácio Anselmo, 1167Centro- Lençóis Paulista SP- CEP: 18682-040

E-MAIL: [email protected]

Jornalista Responsável: Luiz Storino MTB 3367Impressão: Gráfica Jornal da Cidade de Bauru SP

Tiragem: 10.000 exemplaresCirculação: Lençóis Paulista

Distribuição: Sandro Rogério Maciel Entregas - MECNPJ: 11.478.699/0001-16

E-MAIL ASSOCIAÇÃO: [email protected] FEDERAÇÃO: [email protected]

SITE FEDERAÇÃO: www.portal.federacao.net

Lençóis Paulista, Setembro de 2011

PARCEIROS DA AAPILPRAssociação dos Aposentados, Pensionistas e Idosos de Lençóis Paulista e Região – 3264 1393

Aniversariantes do mês

Em nome de todos os diretores e funcionários da AAPILPR, desejamos aos aniversariantes do mês de Setembro, nossos sinceros votos de FELICIDADES!

FARMÁCIA MULTIDROGASDescontos de 35% nos genéricos, 24% medicamento de uso contínuo e 15% nos outros.R. XV de novembro, 485 – em frente ao Itaú – 14-3263 1083R. XV de novembro, 675 – em fren-te ao Bradesco –14- 3263 0006

PAMELAB – Laboratório de Análi-ses ClínicasDescontos especiais para associados.R. Edy Eurípedes Coneglian, 65 – 14-3264 3828 (próximo à escola Dr. Paulo Zillo)

AUDLEN – Aparelhos auditivosDirceu assistência técnicaDesconto de 10% para associados. 14-3264 2349 e 14- 9701 7555Av. 25 de janeiro, 84 centro

Dr. DANIEL RAMOS PARENTE OftalmologistaDesconto de 50% na consulta para associados.

Maria Aparecida

09/09

José JesusÂngelo10/09

João MarioMartins

11/09

Paulo CezarMoretto24/09

Abreu

Av. 9 de Julho, 467 – centro 14- 3263-2833

DRA. JULIANA JUSTO BORIN (Psicóloga)Consulta para associado de R$ 40,00 por R$ 28,00.R. 28 de abril, 239 fone 14- 3263 2899 e 14-9141 6591

Dr. JOÃO VAGNER DE CAMPOSDentista (restauração, prótese, pe-riodontia, cirurgias, tratamento de ca-nal, clareamento dental e implantes) plantão 24 hs. Desconto de 25% para associados sobre tabela.R. 25 de Janeiro, 130 – centro 14-3263 1546 14-8132 4342

Dra. ÂNGELA MÁRCIA JACON – dentistaDesconto de 10% em todos os procedimentos para associados.Av. Dr. Hermínio Jacon, 380 – Jd. Nova Lençóis 14-3263 4500 14- 3264 3399 ( residência )

CLÍNICA SÃO JORGE DE FISIOTERAPIADesconto de 10% para associado sobre tabela.R. José do Patrocínio, 785, centro.

FISIOCLÍNICA (fisioterapia, acupuntura, estética cor-poral e facial)Desconto de 50% para associados mediante tabela. R. 13 de maio, 1251 – centro, fone: 14-3263 5581

ÓTICA CONTENTEDesconto de 10% e pagamento em até 6 X.R. XV de novembro, 636 – 14-3263 0087R. Dr. Antonio Tedesco, 232 – 14-3264 3161

ÓTICA PUPILA’SDesconto de 20% para associados e em até 6X.R. Geraldo Pereira de Barros, 767 - 14-3263 2524

MARCOS VENDITTI (acupuntura com e sem agu-lhas, massagem terapêutica, massagem relaxante, ginástica terapêutica chinesa)Desconto de 20% para associados e dependentes.R. Cel. Virgílio Rocha, 614 – 14-3263 5233 e 14-9134 7329

ACADEMIA SPRINTMusculação e condicionamento físicoDesconto de 50% nas mensalidades para associados.Av. Ubirama, 159 fone 14 – 3264 2690

ACADEMIA PASSO A PASSODesconto de 15% na mensalidade para associado.R. Machado de Assis, 599 fone: 14- 3263 3632

PADARIA PÃO E OPÇÃODesconto de 5% nos produtos de fabricação própria.Av. Brasil, 910 – 14- 3264 3623 (em frente á prefeitura )

PIZZARIA DUE FRATELLIDesconto de 15% para associado.14-3264 2384 14-9676 0612R. Gabriel de Oliveira Rocha, 515 – Mamedina (per-to da escola Malatrasi)

MORELLI GÁSDesconto 15% no gás e R$ 1,00 a entregaR. 28 de abril, 259 – 14-3263 4227

FACOLAssociados a partir de 50 anos desconto de 50% na mensalidade e isenção da taxa no vestibular Rod. Osny Matheus, Km 108

CEBRAC – CURSOS PROFISSIONALIZANTESPara associados isenção na matrícula e no material didático; para dependente isenção na matrícula e 50% de desconto no material didático. Mensalida-des desconto conforme tabela.R. XV de Novembro, 303 - centro fone: 14 - 3264 82 77

ELTON G. RODRIGUES PROF. DE INGLÊSAulas para associados e dependentes R$ 40,00 mês.R. Ignácio Anselmo, 1167 – 14-32641393 e 14-9771 5569 (sede da Associação)

CONSERVATÓRIO MUSICAL DE LENÇÓIS PAULISTADesconto de 50% na matrícula e R$ 5,00 de descon-to na mensalidade para associados e dependentes.R. Cel. Joaquim Anselmo Martins, 1746 (próximo ao Asilo) Fone: 14 - 3263 6139 14 - 3263 2227

MICHELE – CONSULTORA NATURADesconto de 7% à vista na pronta entrega para as-sociados e dependentes.Fone: 14-9147 7754 14-3263 6907

BELEZA E CIA – LOJA DA AVONDesconto de 10% para associado à vista.R. 7 de setembro, 1051 (próximo à igreja Matriz) Fone: 14- 3263 3773

STATU’S CABELEIREIRO UNISEXAtendimento com hora marcada.Corte masculino R$ 10,00 Corte Feminino R$ 15,00R. Paraguai, 886 – Jardim Alvorada Fone: 14-3263 6059 14-9106 7006

ZEZINHO TECIDOSDesconto de 10% para associados.R. Ignácio Anselmo, 190 – Fone: 14-3263 0900

MOVILAC MAGAZINEDescontos a partir de 5%.Av. 25 de Janeiro, 618 - 14-3264 3232

MARUSKA MODASDesconto de 20% para associados.R. Henrique Losinskas Alves, 529 – cecapFone 14-9740 8497R. Cel. Joaquim Gabriel, 57 – centroFone: 14-3264 6656

SUPER PEL – papelariaDesconto de 15% para associado. Rua Cel. Joaquim Anselmo Martins, 991, centro, 14 – 32645991

IDA SEX SHOPDesconto de 15%.R. Piedade, 754 - 14-3264 1833

IMPRIMAX – RECARGAS E CARTUCHOS ORIGINAISDesconto de 20% nas compras à vista para associa-dos e dependentes.R. Ignácio Anselmo, 199 – Fone: 14-3264 3029

FM MANUTENÇÃO E SISTEMAS (Atende em domicílo - Fernando)Desconto de até 25% - Fone: 14-9736-0822

LAVACAR SÃO JUDASDesconto de 15% à vista na primeira lavagem e 20% para associados que se fidelizaremR. Jalisco, 147 – Fone: 14-32632680

EMBRATEL – TV POR ASSINATURAPara associados e dependentes pacotes 6 meses por 39,90 + adesão e instalação gratuitosContato direto pela associação Fone: 14-3264 1393

Page 3: Jornal dos Aposentados - Ed. 011 Setembro 2011

Jornal dos Aposentados 03

INFORMATIVOLençóis Paulista, Setembro de 2011

STF adia julgamento de processo de desaposentação

Julgamento pode ga-rantir a segurados que continuaram trabalhando após a aposentadoria o di-reito de rever o benefício.

Esperado para esta quar-ta-feira, o julgamento da primeira ação sobre desa-posentação que chegou ao Supremo Tribunal Federal (STF) foi adiado. O processo é movido por uma segurada do Rio Grande do Sul, que seguiu contribuindo depois de ter se aposentado. Ela ingressou com ação na Jus-tiça para que o INSS consi-dere as contribuições e o tempo de serviço posterior à aposentadoria.

Apesar de ter perdido em duas instâncias, a se-gurada recorreu ao Supre-mo em 2003. O julgamen-to teve início em setembro do ano passado e recebeu do relator do processo, o ministro Marco Aurélio, voto favorável à segurada. Entretanto, o julgamento foi suspenso por um pe-dido de vista do ministro José Antonio Dias Tóffoli e foi retomado somen-te agora. De acordo com a

assessoria de imprensa do STF, o processo não foi chamado para julgamento devido ao grande volume de ações incluídas na pau-ta de ontem. A expecta-tiva é de que o processo seja incluído na pauta do dia 14 de setembro.

A desaposentação, vale explicar, começa a tornar--se bastante procurada para quem seguiu traba-lhando depois de ter se aposentado. Nesses ca-sos, o segurado tem a pos-sibilidade de abrir mão da aposentadoria antiga para requerer um novo benefí-cio que leve em conside-ração o tempo adicional de contribuição. Ou seja, a desaposentação é uma oportunidade de conse-guir um benefício melhor.

De acordo com advoga-do da COBAP, Dr. Alexan-dre Valera, o julgamento será um divisor de águas no que diz respeito aos processos de desaposen-tação que hoje tramitam na Justiça. Se a ação que chegou ao STF receber vo-tos favoráveis da maioria

dos ministros do Supre-mo, a decisão represen-tará uma oportunidade de os segurados conseguirem

Alexandre Valera, advogado da COBAP

uma aposentadoria me-lhor caso tenham conti-nuado trabalhando depois de se aposentarem.

Page 4: Jornal dos Aposentados - Ed. 011 Setembro 2011

Jornal dos Aposentados04

INFORMATIVO

IPREM realiza recadastramento

Lençóis Paulista, Setembro de 2011

Segurados devem comparecer até cinco dias após o aniversárioA partir do mês de agosto,

todos os segurados (servidores ativos da Prefeitura, Câmara e autarquias, aposentados e pensionistas) e dependentes do Instituto de Previdência Mu-nicipal – IPREM devem realizar o recadastramento junto à au-tarquia previdenciária, sempre até 5 (cinco) dias após a data do aniversário do beneficiário.

Segundo o diretor do IPREM, Antonio Marcos Martins, o ob-jetivo do recadastramento é atualizar a base de informações cadastrais do IPREM. Os dados são utilizados para realização do estudo atuarial e para agili-zar os procedimentos de con-cessão de benefícios (aposen-tadoria e pensão).

O cálculo atuarial é realiza-do anualmente por um atuário, que demonstra, no período de 75 anos, os compromissos do Instituto de Previdência com seus segurados. No cálculo atuarial são estabelecidos os percentuais de alíquota da con-tribuição previdenciária dos servidores e empregadores.

O cálculo também pro-jeta a ocorrência de novos benefícios (futuras aposen-tadorias e pensões), buscan-do o equilíbrio financeiro e atuarial do regime próprio. O recadastramento será re-alizado diretamente na sede da autarquia, na Rua Carlos Trecenti, 105, Centro. Maio-res informações podem

ser obtidas pelos telefones 3264.8700 ou 3264.8787.Documentos exigidos:Mediante comparecimento, o segurado deverá estar munido de documentos originais:•Cartão cidadão;•Carteira de identidade (RG);•Cadastro de Pessoa Física (CPF/MF);•Certidão de nascimento ou certidão de casamento, com eventuais averbações decorrentes de alteração do estado civil;•Título de eleitor;•Comprovante de endereço;•Todas as carteiras profissionais (CTPS) e/ou carnês do INSS;•Passaporte;•Carteira nacional de habi-

litação (CNH) ou Registro de Conselho Profissional;•Certidão de nascimento de to-dos os filhos e/ou dependentes;•Certidão de Tempo de Contribuição expedida pelo Instituto Nacional do Segu-ro Social (CTC/INSS), relati-va ao tempo de contribui-ção na atividade privada, anterior ao ingresso no ser-viço público municipal de Lençóis Paulista;•Certidão de Tempo de Contribuição expedida por órgão ou unidade da União, dos Estados, do Distrito Fe-deral ou de outros Municípios, que relate o tempo de contri-buição vinculado a esses órgãos, anterior ao ingresso

no serviço público munici-pal de Lençóis Paulista;•Laudo médico pericial que indique a invalidez do de-pendente;•Certidão atualizada do instrumento público de interdição, expedida pelo Cartório em que tramita o processo no mês em que o recadastramento se efe-tivar, acompanhada de so-licitação do representante legal devidamente datada e assinada, de cópias do documento de identidade (RG), do Cadastro de Pes-soa Física (CPF) e compro-vante de residência, em nome do interditado e do representante legal.

Page 5: Jornal dos Aposentados - Ed. 011 Setembro 2011

Jornal dos Aposentados 05

SAÚDE

Dores na terceira idadeA dor é um sinal de alar-

me, informando que algo está agredindo o organismo. Quando surge subitamente, pode vir acompanhada de aumento da freqüência car-díaca e da pressão arterial.

Quando a dor é crônica, existente há meses, pode produzir desânimo, depres-são, perda de apetite, alte-rações do sono e até consti-pação. O estado emocional influencia a sensação dolo-rosa, que pode piorar, acen-tuando por sua vez a piora do quadro depressivo.

Na terceira idade as do-res que mais se destacam são as reumáticas, dentre elas, a mais conhecida é ós-teo artrose, mais conhecida

como artrose. A artrose é um processo degenerativo de desgaste da cartilagem, que afeta, sobretudo, as articulações que suportam peso ou as que fazem mo-vimentos em excesso. Esta doença inicia-se, em geral, a partir dos 40 ou 45 anos, podendo aparecer precoce-mente como conseqüência de traumatismos ou proble-mas congênitos.

O indivíduo com artrose apresenta dores como pri-meiro sintoma, ocorrendo também rigidez matinal, ede-mas e crepitações ao movi-mento, que nas regiões cer-vical e lombar, podem gerar compressão de nervos, com sensações de dormência, dor e

fraqueza nos membros.Um dos fatores que fa-

vorecem o aparecimento da artrose é o sobrepeso, cau-sando carga excessiva nas articulações. Neste sentido, é importante que a alimen-tação consista em uma dieta balanceada e sem excesso de gorduras. Outro fator que eventualmente pode con-tribuir para a diminuição da sensação de incômodo é a atividade física de baixo im-pacto e moderada, como, por exemplo, caminhar, an-dar de bicicleta ou nadar, com duração de 20 a 30 minu-tos, sempre no limite da dor.

Durante muito tempo a fisioterapia deu ênfase à terapia curadora, hoje

este quadro mudou, e po-demos atuar nos fatores que geram a doença, a fim de evitar que ela venha a se instalar, prevenindo da-nos, deformidades e perda da capacidade funcional.

Um bom planejamento de exercícios e alongamen-tos diários pode ser ensi-nado aos pacientes. Cum-prindo esta rotina, de 3 a 4 vezes por semana, as dores tem a grande possibilida-de de serem minimizadas.

Consulte seu médico de confiança e seu fisioterapeuta.

Priscila Sanches é fisioterapeuta em

Lençóis Paulista

Por Priscila Sanches

Lençóis Paulista, Setembro de 2011

Causas, efeitos e prevenção

Page 6: Jornal dos Aposentados - Ed. 011 Setembro 2011

Jornal dos Aposentados06

DICA DO PARCEIRO

Idoso que estuda vive mais e é mais felizUma pesquisa realizada

pelo Instituto de Pesquisa Datafolha revelou que os idosos que estudam, vivem mais e são mais felizes. Fo-ram entrevistadas pesso-as acima de 60 anos. Para elas, foram feitas pergun-tas como o que sentiam ao participar de algum curso. Algumas das principais res-postas foram: “aumenta a vontade de viver”, “faz bem para o corpo”, “ajuda a con-trolar a mente e as emoções”.

Isso significa que evitar o isolamento e ter conta-to humano em torno de alguma atividade, infor-mática, internet, idiomas ou pintura, faz o idoso se sentir mais útil e jovem. É muito comum associarmos o avanço das ciências da

Lençóis Paulista, Setembro de 2011

informação e novas tecno-logias aos jovens. O grande avanço do mundo informa-tizado tem se tornado um grande desafio para todas as fases da vida.

Quem nunca se embara-çou no caixa eletrônico ou com o manuseio do novo DVD, celular, eletrodomésti-co, brinquedos dos filhos e netos, uso da internet para pagamento de contas, com-pra e venda de produtos, etc.

Entretanto, o progres-so da tecnologia tem sido no decorrer da evolução socioeconômica das na-ções o elemento-chave que impulsiona as socie-dades para a melhoria dos padrões de subsistência; um instrumento relevante que conduz à expansão das

oportunidades. Nossa vida está marcada pela revo-lução da informática, da robótica e da microeletrô-nica. Cada vez mais esta-mos dependentes das má-quinas eletrônicas e daí a necessidade da criação de estratégias que viabilizem a inclusão do segmento ido-so no mundo tecnológico.

Informática para Melhor IdadeDepois de acompanhar

dezenas de alunos da Ter-ceira Idade nos nossos cursos de Informática, che-gamos à conclusão de que eles mereciam um trata-mento diferenciado. Não por alguma dificuldade in-trínseca, pois nunca é tar-de para aprender, mas pe-los diferentes objetivos que

um aluno da Terceira Idade traz na bagagem. Nesta versão do nosso curso te-mos uma linguagem menos técnica e muito simples fa-zendo um fácil acesso entre o aluno e o conhecimento. Um aluno por máquina de computador, seguindo no ensino individualizado.

Este curso inclui 6 mó-dulos: Windows, Internet, Word, Excel, PowerPoint e Digitação.

O Microsoft Windows é o sistema operacional que controla o computador. Sem o Windows, ele não funciona. Neste primeiro módulo você aprende a in-teragir com o computador, a abrir e fechar programas, a gravar e abrir arquivos, a configurar sua área de tra-balho e tudo mais o que você precisa saber para trabalhar com o Windows.

No módulo sobre In-ternet você aprende a na-vegar na Internet, acessar sites, fazer pesquisas e do-wnloads, entrar em salas de bate-papo, visitar lojas virtuais e etc. Além disso, cada aluno vai registrar um e-mail gratuitamente e fa-zer exercícios práticos de enviar e receber e-mails,

com arquivos anexos, etc. Na seqüência, você apren-de a utilizar o Microsoft Word. O Word é o proces-sador de textos que substi-tui a antiga máquina de es-crever. Durante o curso são feitas dezenas de exercí-cios para você aprender os principais recursos do apli-cativo: desde a criação de um novo documento até a impressão dele. Por último, vem o Microsoft Excel. O Excel é uma planilha ele-trônica para fazer cálculos, controles numéricos, tabe-las, gráficos, etc. Durante o curso o aluno também faz dezenas de exercícios ex-plorando as diversas fun-cionalidades do aplicativo.

Por último, vem o Mi-crosoft PowerPoint. O Po-werPoint você aprende a criar Slides configurar apresentações e Formatar Layouts de Slides.

Por Geasi Farina da Silva

Page 7: Jornal dos Aposentados - Ed. 011 Setembro 2011

Jornal dos Aposentados 07

As evoluções são cons-tantes no setor de comu-nicação da AAPILPR (Asso-ciação dos Aposentados, Pensionistas e Idosos de Lençóis Paulista e Região), COBAP (Confederação Bra-sileira de Aposentados e Pensionistas) e FAPESP (Fe-deração das Associações e Departamentos de Aposen-tados, Pensionistas e Idosos do Estado de São Paulo), que acabam de montar seu perfil na rede social Face-book, que apresenta um crescimento mundial.

Segundo o presidente da COBAP, Warley Martins, na página do Facebook, os internautas poderão ler

Entidades em prol dos aposentados, aderem ao Facebook e esperam milhares de seguidores

AAPILPRLençóis Paulista, Setembro de 2011

notícias em tempo real, ver as fotos dos principais eventos, conhecerem os dirigentes do movimento

de aposentados e ainda conversar com os seguido-res de todas as localidades.

“Os perfis foram cria-

ProtestoApós a presidente Dilma Rousseff restringir o aumento das aposentadorias apenas à correção da inflação oficial, os aposentados e pensionis-tas brasileiros prometem se reunir e organizar passeatas e manifestações em todos os Estados para protestar contra a decisão. Cerca de 9 milhões de brasileiros, que recebem o benefício acima do salário mínimo, serão prejudicados

pela medida. A COBAP reali-zou uma reunião em 1º de se-tembro com toda a federação para decidir o que vai ser feito daqui para frente. Agora é mo-vimento de rua, ou seja, passe-atas e manifestações. É a volta dos caras enrugadas na rua.

O Diário Oficial da União trouxe um veto da presidente Dilma a um artigo da LDO (Lei de Diretrizes Orçamentá-rias) que assegurava recur-sos para os reajustes reais

- superiores à inflação - dos benefícios da Previdência Social. De acordo com o go-verno, é impossível garantir os recursos necessários se os percentuais dos reajustes das aposentadorias e pensões ainda não foram definidos.

No ano passado, o presi-dente Lula autorizou reajuste de 7,72% para a categoria, enquanto a inflação oficial, medida pelo IPCA (Índice de Preços ao Consumidor

Amplo), fechou em 5,91%. Isso quer dizer que os apo-sentados e pensionistas ganharam uma grana extra do governo, mas, neste ano, o indicador está em apenas 4,04% (até julho).

Em 2012, o salário míni-mo vai subir 14,5% e para nós será só a inflação, que está hoje em 4,5%. O que nós queremos é o aumento das aposentadorias no mesmo patamar do salário mínimo.

dos como experiência. Para nossa surpresa em tempo recorde conquis-tamos 350 seguidores

sem qualquer tipo de divulgação. Com certeza em breve teremos milha-res de usuários”, estima o diretor de imprensa Antonio Santo Graff.

O Facebook tem hoje cerca de 700 milhões de usuários. O Brasil foi o país com a maior taxa de cres-cimento em usuários e já tem 19 milhões de perfis.

No Facebook pode dis-ponibilizar fotos, vídeos e textos que particularmente lhe agradam, ou mesmo di-vulgar os conteúdos de um site. Estes conteúdos vão servir para aproximar ou-tras pessoas interessadas nestes mesmos assuntos.

Page 8: Jornal dos Aposentados - Ed. 011 Setembro 2011

Jornal dos Aposentados08

JURÍDICO

Relacionamos abaixo te-ses revisionais que tem tido sucesso na Justiça: • REVISÃO DA ORTN – para aposentados no período de 17/06/77 a 04/10/88;• REVISÃO DO BURACO NE-GRO – para aposentados no período de 05/10/88 a 05/04/91;• REVISÃO DO BURACO VERDE – alguns aposenta-dos no período de 06/04/91 a 31/12/93 – só para quem sofreu redução limitando ao teto a contribuição vertida;• Revisão do IRSM – apo-sentados no período de 01/03/94 a 28/02/97;• Revisão pelo teto – apo-sentados entre 05/04/91 a 1º/01/2004, que contribu-íram sobre o teto. Esses,

Revisão de benefícios

Lençóis Paulista, Setembro de 2011

mesmo que não tenham ajuizado ação, receberão por força de sentença em ação coletiva. • REVISÃO DA SUMULA 260 – aposentadoria concedidas antes de 05/10/88;• REVISÃO DA PENSÃO POR MORTE E APOSENTADORIA POR INVALIDEZ – benefí-cios concedidos antes de 28/04/95.

Há ainda outras teses com soluções não bem defi-nidas pelo Judiciário. Porém, precisamos entender que a revisão é apenas um remé-dio para um problema exis-tente. Melhor seria evitar o problema com um sistema le-gislativo mais justo e coerente.

É necessário nos orga-nizarmos melhor. Os meios

jurídicos de que dispomos atualmente são insuficientes para garantia de vida digna aos aposentados. Garantias são conquistadas com luta e esforço. A tão sonhada apo-sentadoria com tranqüilidade ainda não foi conquistada.

É um engano pensar que revisões judiciais são efica-zes. São remédios para um mal existente, duram déca-das e custam caro. Ao final de uma longa espera, rece-be-se um valor em atraso, que é reduzido pelo Impos-to de Renda e pagamento de honorários advocatícios e nem sempre o aposentado vive para usufrui do dinhei-ro que lhe era devido.

Precisamos de meios

mais eficazes: leis claras e justas, previsão orçamen-tária para reposição de per-das, o que já foi vetado pela Presidenta Dilma para o ano de 2012, políticos honestos com visão social, enfim, é preciso mudar esse quadro.

As associações e sin-dicatos têm empreendido esforços para pressionar os detentores do Poder a cor-rigir as injustiças e mudar o sistema, porém sem muito

sucesso, haja vista a pouca participação dos aposentados.

Nesse sentido o fortale-cimento das associações e sindicatos através da filia-ção do aposentado e pen-sionista e o atendimento às suas convocações são me-didas essenciais para mu-dança do quadro atual.

Procure a associação muni-do de seus documentos na rua Ignácio Anselmo, 1167. Filie-se.

Telefone: (14) 3264-1393.

Mirna Justo é advogada da Associação dos Aposen-tados, Pensionistas e Idosos de Lençóis Paulista e Região.

Por Mirna Justo, Advogada da Associação dos Aposentados, Pensionistas e Idosos de Lençóis Paulista e região.

Page 9: Jornal dos Aposentados - Ed. 011 Setembro 2011

Jornal dos Aposentados 09

Educação financeira para empresas e colaboradoresQuando colaborado-

res estão endividados, na maioria das vezes as em-presas sequer tomam co-nhecimento disso. Ocorre porque existe um tabu quando o assunto envol-ve falta de dinheiro, e a maioria das empresas ain-da não entenderam que a saúde financeira do cola-borador em desequilíbrio pode ser o fator principal da falta de produtividade, das demissões provoca-das, dos pedidos de em-préstimos etc. Falando em empréstimos, o governo quando instituiu o crédito consignado onde, através de acordos entre empre-sas e bancos, o colabora-dor teria acesso a uma modalidade de crédito

com juros mais baixos, o que era pra ser solu-ção, acabou se tornando complicação na vida de muitos colaboradores, pois fizeram uso indevi-do do dinheiro adquirin-do objetos supérfluos, reduzindo assim seus rendimentos mensais.

Pois bem, se um co-laborador recebe como rendimento mensal R$ 1.000,00, desconta-se R$ 80,00 do INSS, subtraem os empréstimos consigna-dos, quanto sobra? Será que é suficiente para o mês? Cabe aqui uma refle-xão: este mesmo colabora-dor continuará exercendo sua função na empresa da mesma forma se não tives-se dívidas? Outra questão:

será que ele está fazendo contas acreditando que ga-nha R$ 1.000,00, ou que ganha “X” líquido depois de todos os descontos?

Pensando na qualida-de da vida financeira dos colaboradores, algumas empresas já estão inves-tindo em cursos práticos de educação financeira, palestras sobre o assunto e materiais que possam diminuir as preocupações financeiras daqueles que contribuem para o cresci-mento empresarial.

ECONOMIALençóis Paulista, Setembro de 2011

Por Silvio Medeiros, Contabilista e Educador Financeiro do Instituto Dsop.

Page 10: Jornal dos Aposentados - Ed. 011 Setembro 2011

Jornal dos Aposentados10

CULINÁRIA

Torta de limãoIngredientes da massa: • 1 xícara de trigo • 1 ovo batido • 1 colher de sopa de açúcar • 1 colher de sopa de fermento em pó • 100 gramas de margarina

Ingredientes do recheio: • 2 latas de leite condensado • Suco de 7 limões • Raspas de limão • ½ pacote de gelatina sem sabor dissolvido em banho-maria Cobertura:• 4 claras batidas em neve• 4 colheres de açúcar

Modo de Preparo:Massa: Misturar tudo até ficar homogênea, abrir com as mãos em uma forma com fundo removível, forrar o fundo e as laterais. Assar em forno pré aquecido por uns 20 minutos até dourar levemente.

Recheio: Misturar todos os ingredientes e colocar na geladeira, enquanto, a massa assa e você bate o suspiro.

Cobertura: Depois da massa esfriar, colocar o recheio, o suspiro e raspinhas de limão. Co-locar no forno rapidamente para dourar um pouco o suspiro, (gratinar). Leve para gelar.

Lençóis Paulista, Setembro de 2011

Tempo: 1h 00 min \ Rende 15 porções

Dicas de culinária:• Para eliminar a baba

do quiabo, lave-o ainda in-teiro, seque-o e coloque-o numa tigela com um pouco de suco de limão, deixando repousar durante 15 minu-tos. Depois lave ligeiramen-te, corte e cozinhe.

• Para que as batatas fritas fiquem bem sequinhas, de-pois de cortadas, coloque-as em água fervendo por alguns

minutinhos e, em seguida, em água com gelo. Escorra bem, frite em bastante óleo e escorra em papel-toalha.

• Depois de ralar frutas e legumes, dá o maior trabalho limpar o ralador. A melhor maneira é cobrí-lo com filme plástico, e só então ralar.

• Sempre que congelar algum prato pronto, evite temperá-lo muito, pois o congelamento acentua o

sabor dos temperos.• Dica nutritiva: em vez

de untar a forma de bolo com farinha de trigo, use aveia , farinha de rosca ou farelo de trigo. Além de saudável, o bolo adquire uma textura diferente.

• Para fazer um ovo frito perfeito, você deve untar a frigideira com azeite ou manteiga e colocar o ovo. Tampe e cozinhe em fogo

moderado até o ponto de-sejado. Tempere e sirva.

• Iogurte com cebola ra-lada é uma mistura muito gostosa para se colocar so-bre batatas assadas.

• Misture a maionese que sobra no fundo do vidro com um pouco de suco de limão e você terá um ótimo molho para salada.

Fonte: www.artecozinha.com.br

Page 11: Jornal dos Aposentados - Ed. 011 Setembro 2011

Jornal dos Aposentados 11ENTRETENIMENTO

Lençóis Paulista, Setembro de 2011

Associação firma parceria com Via Embratel, a TV por assinatura para toda família!

Tropa de Elite 2 - O Ini-migo Agora é OutroVia Embratel – Telecine Pre-mium dia 24/09 às 22h Sinopse- O agora tenente-coro-nel Nascimento (Wagner Moura) enfrenta as milícias no combate ao crime organizado no Rio de Janeiro e tem que defender a própria família dos perigos de sua profissão.

As coisas impossíveis do AmorVia Embratel – HBO dia 05/09 às 22h Sinopse - Emilia (Natalie Portman) é uma jovem advogada recém-formada e recém-casada com Jack (Scott Cohen), chefe da empresa em que trabalha. A vida parecia perfeita, até o bebê que ela acabara de dar a luz morrer. Para tentar esquecer sua dor, Emilia tenta se rela-cionar melhor com o filho do primeiro casamento de Jack, reatar os laços com seu próprio pai e tentar superar toda as brigas com Carolyn (Lisa Kudrow), a ex-mulher traída do seu marido. “As Coisas Impossí-veis do Amor” é uma emocionante história de superação de todas as dificuldades impostas pelo amor.

Destaques programação de Setembro

Page 12: Jornal dos Aposentados - Ed. 011 Setembro 2011

Jornal dos Aposentados12

ESPORTE

Em alta com Mano, Ronaldinho sonha voltar a Londres em 2012

Ser chamado como um dos maiores de 23 anos está nos planos do atacante do Flamengo. Após vitória sobre Gana, técnico elogia o jogador

Ronaldinho Gaúcho não teve uma atuação bri-lhante, mas sua participa-ção na vitória da Seleção Brasileira por 1 a 0 sobre Gana, na última segunda--feira, em Londres, foi destacada por Mano Me-nezes. Empolgado com essa nova fase, o craque do Flamengo já pensa até mesmo nas Olimpíadas de 2012, na capital inlglesa.

Aos 31 anos, o atacante não tem mais idade olím-pica, mas poderia ser um dos três jogadores acima de 23 anos que a compe-tição permite. Ronaldi-nho já foi nessa condição aos Jogos de Pequim, em 2008, com Dunga. Atin- Fo

to: M

owa

Pres

s

Lençóis Paulista, Setembro de 2011

gindo ou não essa meta, o pentacampeão quer es-tar também na disputa do Mundial de 2014, no Brasil.

- Eu ainda não tinha jo-gado com a maioria dos jogadores, mas me senti bem. Estou feliz de voltar, fazer parte de um novo grupo e ajudar a Seleção Brasileira em uma vitória. Agora é trabalhar sério no meu clube, porque vêm Olimpíadas e Mundial. Es-ses são os meus objetivos – comentou o camisa 10.

Sobre a presença de Ro-naldinho Gaúcho nas Olim-píadas, Mano Menezes ain-da não comentou nada. Por outro lado, a intenção de contar com o atacante na

Copa do Mundo de 2014 existe. E é pública. Mais ainda agora que Ronaldi-nho Gaúcho deixou uma boa impressão no amisto-so contra Gana. - O Ronal-dinho está melhor atletica-mente. E em função dessa melhora, ele conseguiu fa-zer valer a sua diferencia-ção. Deixou uma imagem boa no final. É o que espe-rávamos dele. Precisamos melhorar em alguns deta-lhes, mas é com o tempo – analisou o comandante da Seleção Brasileira.

Antes da partida contra Gana, em Londres, Ronaldi-nho só tinha sido chamado na era Mano para o duelo com a Argentina, em no-

vembro de 2010. À época, ele ainda estava no Milan. Em melhor fase agora, o atacante já foi chamado para o duelo com a Argentina, no próximo dia 14, em Córdoba.

O clássico é o primeiro de dois que acontecerão ain-da este mês. O outro, com

nova convocação de Mano Menezes, será no dia 28, em Belém. Somente atletas que atuam no futebol nacional, tanto do Brasil quanto da Ar-gentina, são chamados.

Fonte: www.globoesporte.com.br

Page 13: Jornal dos Aposentados - Ed. 011 Setembro 2011

Jornal dos Aposentados 13BELEZA

Lençóis Paulista, Setembro de 2011

Maquiagem na terceira idadeConheça algumas dicas de como fazer uma maquiagem discreta e que valorize seu rosto

1. PELE LIMPA E TONIFICADA. Use sabonetes que removem a gordura. Apesar dessa gordura ser um protetor natural da pele, ela atrapalha a adesão da ma-quiagem. Use sabonetes pouco irritantes e o tonificante para limpar os poros e fortalecer, facilitando a renovação celular, a circulação superficial e absor-ção de ativos de tratamento, assim como protege contra a ação de microorganismos. Por esse motivo é importante sem-pre limpar bem a pele antes e depois da maquiagem.2. CORRETIVO, BASE e PÓ. Disfarça olheiras, manchas e algumas imperfeições. As versões líquidas e cremosas do corretivo se espalham me-lhor e acumulam menos nos sulcos. Espalhe uma camada

Após os 60 anos a maquia-gem merece atenção redobra-da. Atenuar rugas e valorizar os traços faciais podem ajudar bas-tante a melhorar a expressão,

Jane Fonda Helen Mirren

Susan Sarandon Michelle Pfeiffer

bem delicada de base, usando um pincel grosso e macio para não irritar a pele. Dê algumas batidinhas leves para espalhar o produto. Não espalhe com os dedos para não ficarem man-chas. Cuidado, se as camadas ficarem grossas demais poderá ressaltar as linhas de expressão. O pó pode ser espalhado com um pincel bem grosso ao redor do rosto. Use de acordo com a cor de sua pele.3. SOMBRA, ILUMINADOR e RÍMEL. A sombra vai marcar o côncavo da pálpebra. Lembre-se de usar cores suaves e opacas, como bege e marrom. Esfumace delicadamente com um pincel pe-queno. Use sombras em pó, pois são secas e não escorrem. Não aproxime muito da sobrancelha. O iluminador é usado logo abai-

xo da sobrancelha. Espalhar um pouco de marrom sobre os pelos pode acentuá-las. Mantenha suas sobrancelhas arqueadas para le-vantar a expressão. O rímel levan-ta seu olhar. Puxe o pincel da raiz para as extremidades dos pelos. 4. BLUSH. Tons terra são ótimos. Dá um arzinho saudável à face, mas procure evitar o brilho. Use nas maçãs do rosto até abaixo das têmporas.5. BATOM. Delicado. Pode ser que um lápis, no mesmo tom do batom, ajude a evidenciar os lábios. Escolha tons que ficam melhores no seu rosto. À noite podem-se usar cores mais escu-ras, durante o dia use cores claras e delicadas. Evite os vermelhos. Lembre-se de que os muito cre-mosos marcam os sulcos. Fonte: http://www.tearderetalhos.com

mas é preciso cuidado para não cometer exageros, o que pode transformar essa aliada em ini-miga. Confira a maquiagem sua-ve das famosas abaixo:

fotos: imagens G

oogle

Page 14: Jornal dos Aposentados - Ed. 011 Setembro 2011

Jornal dos Aposentados14

CARROS

Carros clonados

Um dos crimes que mais crescem atualmente no Brasil é a clonagem de ve-ículos, de acordo com es-timativas de autoridades policiais. A explicação é simples: ela é considera-da na atualidade uma das atividades criminosas mais “rentáveis”, principalmente considerando seu “custo--benefício”, já que a fraude pode nunca ser descoberta.

Na maioria das vezes, a clonagem ocorre por en-comenda. Alguém faz o pedido para o clonador, um ladrão “puxa” (rouba) o automóvel, uma oficina faz a adaptação necessá-ria no chassi e o clonador “esquenta” o carro, ou seja, transforma-o em um veículo regular, com do-cumentos aparentemente legais. O problema é que

Você descobriu que há um carro igual ao seu rodando por aí? Saiba o que fazer para combater esse vilão

Lençóis Paulista, Setembro de 2011

isso pode ocorrer com um veículo idêntico ao seu.

A maneira mais comum de descobrir que seu carro está clonado é quando você recebe a multa de uma in-fração que não cometeu.

A prova do original E o que fazer se você des-cobrir que seu carro foi clonado? Primeiro deve--se procurar a Corregedo-ria do Detran. No setor de combate à clonagem, ou na delegacia mais próxima de sua residência, o pro-cesso de investigação dura cerca de 20 dias. Deve-se levar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV), RG, CPF e compro-vante de residência, além de quatro fotografias do

veículo (frente, traseira, laterais direita e esquer-da). Multas com foto, mes-mo pagas, devem ser leva-das ao setor anticlonagem. Fotos de radares eletrônicos servem como pistas impor-tantes para a investigação de casos de clonagem. No site do Denatran (www.de-natran.gov.br) há instruções para o procedimento.

Uma dúvida comum: por acaso seu carro pode ser apreendido por ele ter sido clonado? Na opinião do advogado Eugênio Pa-lazzi, do escritório Palazzi e Franceschini Advogados Associados, não há o risco. “Esse não é o procedimen-to padrão. Legalmente, há o princípio da boa-fé e o veículo pode, sim, passar por uma perícia que dará ao proprietário a seguran-

ça de ter o veículo origi-nal”, explica. Essa perícia pode ser realizada por empresas privadas, es-pecializadas em vistorias técnicas, ou no próprio Detran. “Dentro do Detran há uma delegacia onde, de posse do resultado da perícia constatando que o carro é original, ele deve lavrar um B.O. que permi-tirá que seu carro rode até o clone ser achado”, afir-ma Palazzi.

Recursos anticlonagem Alterações em detalhes ou pequenas mudanças podem ajudar a protegê--lo em caso de clonagem. Seja um retrovisor opcio-nal oferecido pela conces-sionária no momento da venda, seja um adesivo pouco comum, tudo aju-

da. Procure dar uma “cara diferente”, mesmo que discreta, para diferenciá-lo de outros iguais. Mais deta-lhes no site www.anticlona-gemautomotiva.com.br.

Alvos preferidos Não há um modelo de car-ro que seja mais ou me-nos clonado. É “ao gosto do freguês” que faz a en-comenda. Modelos com maior volume de vendas são mais fáceis de serem clonados. Importados são, por sua construção e pro-jeto diferenciados, mais difíceis de repassar. Se não forem pretos ou pra-ta, pior ainda para o ladrão.

www.quatrorodas.abril.com.br/autoservico/re-portagens/carros-clona-

dos-637221.shtml

Page 15: Jornal dos Aposentados - Ed. 011 Setembro 2011

Jornal dos Aposentados 15Lençóis Paulista, Setembro de 2011

Page 16: Jornal dos Aposentados - Ed. 011 Setembro 2011

Jornal dos Aposentados16 Lençóis Paulista, Setembro de 2011