edição 609

of 16/16
F LHA POPULAR ANO XII• Nº 609• TENENTE PORTELA - 28 DE DEZEMBRO DE 2012 A 4 DE JANEIRO DE 2013 R$ 2,00 www.fpop.com.br MICRORREGIÃO POLÍTICA ENCARTE Representantes dos Poderes Executivo e Legislativo são empossados JULIO SANTOS / FP PÁGINAS 5, 6, 7 E 8 No dia 1º de janeiro prefeitos, vice-prefeitos e vereadores foram empossados para a gestão 2013/2016. Também foram escolhidos os representantes das mesas diretoras das Câmaras de Vereadores, menos os de Miraguaí que ainda continuam indefinidos. Provavelmente serão escolhidos hoje, sexta-feira. Elido João Balestrin, novo prefeito de Tenente Portela, fala de seus planos e de como irá governar o município na sua gestão. ESPECIAL ENTREVISTA PÁGINA 9

Post on 22-Mar-2016

293 views

Category:

Documents

23 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Jornal Folha Popular, Tenente Portela, 28 de dezembro de 2012 a 4 de janeiro de 2013

TRANSCRIPT

  • F LHA POPULARANO XII N 609 TENENTE PORTELA - 28 DE DEZEMBRO DE 2012 A 4 DE JANEIRO DE 2013 R$ 2,00 www.fpop.com.br

    MICRORREGIO POLTICA

    ENCARTE

    Representantes dos Poderes Executivoe Legislativo so empossados

    JULIO SANTOS / FP

    PGINAS 5, 6, 7 E 8

    No dia 1 de janeiro prefeitos, vice-prefeitos e vereadores foram empossados para a gesto 2013/2016. Tambm foram escolhidos os representantes dasmesas diretoras das Cmaras de Vereadores, menos os de Miragua que ainda continuam indefinidos. Provavelmente sero escolhidos hoje, sexta-feira.

    Elido Joo Balestrin,novo prefeito de

    Tenente Portela, fala deseus planos e de como

    ir governar o municpiona sua gesto.

    ESPECIAL ENTREVISTA

    PGINA 9

  • Tenente Portela - 28 de dezembro de 2012 a 4 de janeiro de 201322222 FOLHA POPULAR

    Direo e edio Jlio Evaristo dos SantosReportagem e diagramao Dalvana Berlatto

    Assinaturas:Semestral:R$ 45,00, Anual: R$ 80,00, Correio R$ 170,00Circulao: SemanalImpresso: Cia da Arte Iju/RS. Fone: (55) 3332.7070

    Representante para o Brasil:Pereira de Souza & Cia. Ltda. | Fone: (51) 3311.8377

    [email protected]

    Colaboradores:Adriane Lorenzon, Antonio Oliveira, Cleber Tesche, Felipe J. dos Santos,Gabriel de Oliveira, Jalmir Steffenon, Rgis Carniel e Vencio Lima.

    As matrias assinadas so de inteira responsabilidade de seusautores e, necessariamente, no refletem a opinio do jornal.

    EDITORIAL

    DE OLHO NA IDIA ATLETAS DAS OLIMPADAS 2016O que se v, e muito, so comentrios

    sobre quantos bilhes sero investidos emobras, hotis, ginsios, estdios e comple-xos esportivos. Onde esto os projetos deesporte para que o Pas Sede faa bonitono Mundo dos Esportes. Onde esto osinvestimentos no basquete, no vlei, no sal-to em distncia, no salto em altura, nos 100metros rasos, nos 200 ou 400 metros?

    O motivo principal das Olimpadas noera, em seus primeiros tempos, o de enri-quecer meia dzia de mega empresrios, oobjetivo principal era a congregao dospovos, a disputa honrada e a consequentevalorizao do esporte, enquanto meio deproduo de auto estima e sade.

    A vinda das Olimpadas para o Brasil ,sem dvida, uma grande conquista e tam-bm uma grande responsabilidade para opas, que ser o primeiro da Amrica do Sula sediar um evento dessa envergadura. Podeser o coroamento de uma auspiciosa poca

    *Felipe Jos dosSantos

    *Advogado

    para o Brasil, como pode ser um desastreconstrangedor para todo o povo da Amrica

    Latina.O que mais me in-

    triga o debate intensosobre quanto ser in-vestido aqui e quantoser investido em outroslugares , quanto serusado para conter ostraficantes do Rio deJaneiro e quanto ser

    usado para construir uma cadeia hoteleira,mas, at agora, em todos os noticirios quepresto ateno, no consigo uma nica li-nha de informao sobre como, ns, brasi-leiros, vamos criar uma equipe olmpica de-cente e preparada para os jogos. Tambmno vejo ningum dizendo que as escolasmunicipais, estaduais e federais vo ganharkits pr olimpada ou que sero contratadosdiversos professores de educao fsica com

    Opinio

    A vinda das Olimpadas parao Brasil , sem dvida, uma gran-de conquista e tambm uma gran-de responsabilidade para o pas,que ser o primeiro da Amricado Sul a sediar um evento dessaenvergadura.

    FOLHA POPULARO jornal que voc l!

    Empresa Jornalstica Pari Ltda.CNPJ-MF:05.438.552/0001-08

    Alvar no1053

    www.fpop.com.br

    Rua Araci, 47. Tenente Portela - RSCEP: 98500-000.

    Fone: (55) 3551.1608 / 9622-7396

    [email protected]

    Comunicao 2012, um balano, no foi fcil e nunca ser

    mestrado e doutorado em esportes olmpi-cos para desenvolverem as aptides dessesmilhes de brasileirinhos, estudantes pron-tos para desenvolversuas habilidades.

    Junto com a eufo-ria do bilhes em in-vestimentos, que jsabemos, grande par-te vai ser desviado,deveria vir a nooda oportunidade devalorizarmos os es-portes, valorizarmosa sade fsica, desenvolvermos nossas po-tencialidades orgnicas para, com isso,crescermos enquanto sociedade e nos diri-girmos para um passo mais perto da evolu-o.

    Infelizmente, ainda no isso que ve-mos, infelizmente, os velhos ociosos, gor-dos e ricos, que fumam charutos e tomam

    Ano novo, vida nova! A famosafrase das festas de rveillon refletea inspirao que a chegada de umnovo ano traz para que possamos re-comear. E, para iniciar 2013 comboas energias, uma sugesto apro-veitar as dicas da milenar arte dofeng shui e organizar a casa e a vida.

    O feng shui uma tcnica de ori-gem chinesa baseada na crena deque os espaos, sejam domsticosou de trabalho,tm energiasque podem in-fluenciar avida das pesso-as. Por isso, se-ria importanteharmonizar osa m b i e n t e spara garantirque as boasenergias flu-am.

    Para isso, o feng shui trabalha adisposio dos objetos e das corespor meio de um mapa octagonal cha-mado bagu. Ele representa os es-paos e as utilidades da casa. Cadaambiente vibra de uma determinadaforma, de acordo com a atividadeexercida no local. As cores das pa-redes devem favorecer aquilo que a

    usque, so os mais eufricos e os que cor-rem mais atrs de seus lucros do que ascrianas atrs de seu aperfeioamento f-

    sico.As Olimpadas se

    apresentam como umagrande oportunidade aopovo brasileiro para for-talecer a escola e cons-truir um modelo de en-s ino mais saudvel ,onde os alunos apren-dam a respeitar o corpoe a prpr ia natureza.

    Cabe aos governos usar a oportunidade emfavor do seu povo, o que, sinceramente, te-nho srias dvidas que venha a acontecer.

    No h como ignorar certa mo-notonia nos balanos de fim de anodo setor de comunicaes. Sem mui-to esforo, um observador atento cons-tatar que os atores e interesses queinterferem, de facto, na disputa pelaformulao das polticas pblicas sopoucos: governo, empresrios de m-dia (inclusive operadores de telefoniae fabricantes de equipamento eletro-eletrnico) e parlamentares.

    H que se mencionar ainda o Ju-dicirio que, por meio de sua maisalta corte, o Supremo Tribunal Fede-ral (STF), tem interpretado a Consti-tuio de 1988 de maneira a legitimaruma inusitada hierarquia de direitosem que prevalece a liberdade da im-prensa sobre a liberdade de expres-so e os direitos de defesa e proteodo cidado (acrdo da Arguio deDescumprimento de Preceito Funda-mental ADPF n 130, de 2009).

    Aguarda deciso, por exemplo, aAo Direta de Inconstitucionalidade ADI n 2404 na qual os empresriosde radiodifuso, usando a sigla doPTB e representados pelo ex-minis-tro Eros Grau, pedem a impugnaodo artigo 254 do Estatuto da Criana e

    do Adolescente vale dizer, questio-nam a poltica pblica definida pelasportarias 1220/2006 e 1000/2007 doMinistrio da Justia que estabelece-ram as normas para ClassificaoIndicativa de programas de rdio eteleviso.

    No me esqueci da chamada so-ciedade civil organizada movimen-tos sociais, partidos, sindicatos, ONGs,entidades civis, dentre outros. Todavia,como sua interferncia continua ape-nas perifrica no jogo poltico real, pre-firo trat-la como um no-ator.

    Alguns atores ocupam posiessuperpostas, por exemplo: ministrodas Comunicaes e/ou parlamentar(poder concedente) , simultanea-mente, empresrio de mdia (conces-sionrio de radiodifuso); e,

    As principais regras e normas le-gais so mantidas ou se reproduzem,ao longo do tempo, mesmo quandoh como tem havido um processode radicais mudanas tecnolgicas.

    Essa realidade pode ser verifica-da, em seus eixos principais, pelomenos desde a articulao que levou derrubada dos 52 vetos do ento pre-sidente Joo Goulart ao Cdigo Bra-

    ARTIGO

    Vencio Lima, Jornalista

    sileiro de Telecomunicaes CBT(Lei 4.117/1962) e que deu origem criao da Associao Brasileira deEmissoras de Rdio e Televiso(Abert), 50 anos atrs. Depois disso,no que se refere s concesses doservio de radiodifuso, mais ou me-nos a cada dez anos as regras se con-solidam: primeiro na Lei 5.785/1972;depois no Decreto 88.066/1983 e naConstituio de 1988 e, mais recente-mente, no Decreto 7670/2012.

    O resultado que, ano aps ano,permanece praticamente inalterada asupremacia de determinados grupose de seus interesses na conduo dapolitica pblica de comunicaes.

    Creio que as polticas de radiodi-fuso no Brasil constituem um exem-plo daquilo que, em Cincia Poltica,os institucionalistas histricos cha-mam de dependncia de trajetria(path dependency), isto , uma veziniciada uma determinada poltica, oscustos para revert-la so aumenta-dos. (...) As barreiras de certos arran-jos institucionais obstruiro uma re-verso fcil da escolha inicial (Levi).

    pessoa vai fazer ali.Cores muito escuras cansam. Por

    isso, devem ser usadas em uma ni-ca parede. Da mesma forma, para ofeng shui, importante evitar muitosobjetos da mesma cor em um mes-mo ambiente, para no haver ac-mulo da mesma energia.

    Na porta, deve-se usar um talis-m ou objeto que tenha sido benzi-do. Dessa forma, a entrada estaria

    protegida contramaus fluidos. importante tam-bm que noacesso ao interi-or da casa hajauma luz forte,para que o visi-tante veja ondeest entrando.

    Deve-se evi-tar colocar osmveis de cos-

    tas para a porta, pois como se oanfitrio repelisse as pessoas. E, sealgum achar que um ambiente dacasa est desequilibrado, o ideal usar um espelho. Eles so conside-rados itens curingas, que anulampontos negativos. A dica organizara energia da casa para comear ocom o p direito!

  • FOLHA POPULAR 33333Tenente Portela - 28 de dezembro 2012 a 4 de janeiro 2013

    *Sugira, critique, colabore com O Observador. Esta coluna s existe pelo e para o leitor. Mande cartas, telefone para a redao ou envie e-mail para [email protected]

    C U R T A SEm Miragua, a posse dos verea-

    dores e a escolha da mesa da Casano ocorreram como previstas. Osvereadores da coligao MiraguaUnido pelo Trabalho e Desenvolvimen-to, que venceu as eleies no muni-cpio, no compareceram na sessode posse e em uma sesso extraordi-nria ocorrida. Os edis opositores fo-ram empossados. Nova sesso ex-traordinria definir a mesa diretorada Casa e empossar os vereadoressituacionistas.

    Os envolvidos na fraude de licita-

    es de medicamentos em Miraguacontinuam presos preventivamente,inclusive a vereadora Andria Fabri-cia Borth, eleita para o novo manda-to, que ainda no pode assumir seucargo. A 1 suplente Caroline Wocie-choski dos Santos assumir a Cma-ra de Vereadores interinamente, deacordo com deciso judicial da co-marca de Tenente Portela.

    O Sintraf de Tenente Portela est

    de parabns, completar 50 anos nodia 19 de abril. So cinco dcadasfortificando a agricultura familiar.

    APolcia Civil de Portela, que no

    mede esforos para coibir o crime,recuperou duas das trs motos furta-das n os ltimos dias. Quem agrade-ce a populao, que sente-se maissegura com a efetividade.

    A Operao Golfinho Interna da

    Brigada Militar est intensificando ostrabalhos de preveno. Carnaval,formaturas e festas com aglomera-dos de pessoas so lugares em que aoperao atuar no incio do ano. Deacordo com os coordenadores, o tra-balho est conscientizando a popula-o e gerando bons resultados.

    Novos polticos entram em cena

    para lidar com a coisa pblica. Espe-ra-se que os mandatrios honrem aclasse, que est desacreditada pelacorrupo e falcatrua.

    Confira mais fotos das matrias

    no site www.fpop.com.br.

    Tudo precioso para aquele que foi,por muito tempo, privado de tudo.

    Friedrich Nietzsche

    FRASES

    A suspeita sempre persegue a conscincia culpada;o ladro v em cada sombra um policial

    William Shakespeare

    Padre Guido Taffarel, da Parquia Nossa Senhora Aparecida de Tenente Portela, ao mencionar o Papa Paulo VI na missa de Aode Graas realizada no dia 31 de dezembro.

    Uma boa poltica uma excelente caridade.

    HUMOR

    O Mercado do Colono sorteou esta semana, 6 prmios de final de ano.Confira os ganhadores: Wanderlei Machado de Tenente Portela - 1 autordio para carro; Lindomar Martins de Tenente Portela - 1 kit de faca de 7peas; Leoni Grieleitow de Tenente Portela - 1 panificadora eltrica; Eliza-bete Miguel do Lajeado Azul, Tenente Portela -1 home theater; Lidiane daCosta de Tenente Portela - 1 Moto 125 cilindradas 0 Km; Elma Dal Soto deCapoeira Grande, Barra do Guarita - 1 Moto 125 cilindradas 0 Km.

    Ocorreu na quinta-feira, 3, nas Ruas Charrua e Araci, prximo ao Folha Popular, aOperao Golfinho Interna, realizada pelo 7 Batalho de Polcia Militar de Trs Passos.

    Aoperao, que iniciou no dia 21 de dezembro e conta com duas guarniesde servio com quatro policiais militares cada, possui duas bases, uma emDerrubadas e outra em Crissiumal.

    Alm dos servios em fronteiras e balnerios, a operao ocorre tambmnos municpios da Microrregio (Tenente Portela, Miragua, Derrubadas, VistaGacha e Barra do Guarita) e em lugares onde houver festas e eventos com fluxointenso de pessoas.

    Em Tenente Portela ela coordenada pelo tenente Braun e pelo sargento Renato.

    JLIO SANTOS / PF

    Na transmisso de cargo, Balestrin presenteia ex-prefeito Carboni com umquadro de Jesus Cristo, demonstrando que a f constri e transforma sonhos emrealidade.

    JLIO SANTOS / PF

    ARQUIVO FP

  • 44444 FOLHA POPULARPolcia

    Tenente Portela - 28 de dezembro de 2012 a 4 de janeiro de 2013

    Polcia Civil recupera motos furtadasTENENTE PORTELA POLCIA

    Foram recuperadas neste final desemana pela polcia civil porte-lense duas motocicletas quehaviam sido furtadas nos municpi-os de Barra do Guarita e TenentePortela.

    O veculo guaritense, que haviasido furtado h mais de um ms, no

    dia 15 de novembro, na localidade deCapoeira Grande, interior de Barrado Guarita, foi recuperado no domin-go, 30, em uma estrada de terra queliga Tenente Portela a Linha Man-chinha, interior do municpio, sendoconduzido pelos ladres, que so por-telenses. Por no ter sido a priso em

    flagrante, eles foram ouvidos e poste-riormente liberados. A motocicleta foirecolhida para o depsito do Departa-mento de Trnsito (Detran).

    J a moto de Tenente Portela, umaHonda Bros, de cor vermelha, furtadadurante o feriado de Natal, foi recupe-rada na tarde de sbado, 29. O veculo

    A moto de Tenente Portela foi encontrada no interior do municpiocom a numerao do chassi apagada

    FOTOS DIVULGAO

    Os ladres do veculo guaritense foram ouvidos e liberados

    estava escondido em uma mata, pr-xima localidade de Nossa Senhorada Sade, interior do municpio. Os la-dres apagaram a numerao do chas-si, o que dificultar para a vtima a do-cumentao perante o Detran.

    De acordo com o delegado depolcia de Tenente Portela, Adriano

    Linhares, dois adolescentes estosendo apontados como os autores dofurto da motocicleta com placa de Te-nente Portela.

    Durante os festejos de Natal, ou-tra moto Honda Bros, cor laranja, tam-bm foi furtada. Esta ainda no foirecuperada.

    REGIO TRNSITOREGIO POLCIA

    Homem morre atropeladona RSC-472

    Ocorreu na noite de sbado, 29de dezembro, no trecho entre Palmi-tinho e Vista Alegre, na RSC-472, aci-dente envolvendo um veculo Gol,com placas de Vista Alegre, e umpedestre.

    De acordo com o motorista a viti-ma teria entrado na pista subitamente

    e o atropelamento foi inevitvel.O pedestre, Armando da Luz, de 60

    anos, foi socorrido pelo Servio de Aten-dimento Mvel de Urgncia (Samu) eencaminhado ao Hospital Santa Teresi-nha de Palmitinho, mas no resistiu aosferimentos e morreu a caminho. O mo-torista do Gol nada sofreu.

    Motorista afirmou que a vitima entrou subitamente na pista e que oacidente foi inevitvel

    7 Batalho de Polcia Militar apreende cargade cigarros contrabandeados

    Na segunda-feira, 31 de dezem-bro, por volta das 13h, as guarni-es do 7 Batalho da Polcia Mi-litar (BPM) apreenderam, em par-ceria com agentes de inteligncia,442 pacotes de cigarro contraban-deados do Paraguai, que seriam dis-tribudos no comrcio de Trs Pas-sos. Foram apreendidos 49 pacotesda marca Eigth, 50 da marca Clas-

    sic e 343 da marca Hudson.A carga estava acondicionada

    no porta-malas de um veculo FordDel Rey com placas de Santa Ca-tarina, que fugiu das guarnies porestradas vicinais e foi abordado emuma propriedade particular, na ERS472, prximo ao trevo Campo doBananeiras.

    Outro veculo, um Fox preto,

    tambm foi abordado pelas guarni-es, pois, segundo a polcia estavasendo utilizado como batedor doFord Del Rey. O motorista do vecu-lo filho de um conhecido contra-bandista da rea de fronteira.

    A carga de cigarros foi encami-nhada Receita Federal do Brasil eo Del Rey recolhido, devido s in-fraes administrativas.

    FOTOS 7 BPM

    DIVULGAO

    Carga de cigarros estava acondicionada no porta-malas de um veculo com placas do Estado de Santa Catarina

  • FOLHA POPULAR 55555Poltica

    Tenente Portela - 28 de dezembro de 2012 a 4 de janeiro de 2013

    DERRUBADAS

    Representantes dos Poderes Executivo e Legislativoso empossados no dia 1 de janeiro

    Ocorreu na tera-feira, 1 dejaneiro, s 9h, na CmaraMunicipal de Vereadores,anexo ao Centro de Informaes

    Tursticas de Derrubadas, sessosolene de posse dos vereadores,prefeito e vice-prefeito eleitos paraa gesto 2013/2016.

    A composio da Cmara, es-colhida por unanimidade pelos ve-readores eleitos, ficou definida daseguinte maneira:

    Presidente: Erno Bomm doPMDB

    Vice-presidente: ngelo Ce-leste Tuzzin do PMDB

    1 secretrio: Ademir Cemin doPMDB

    2 secretrio: Selfredo Bommdo PSDB.

    ASCOM

    BARRA DO GUARITA

    Prefeito, vice-prefeito e vereadores tomam posseEm sesso solene realizada na

    tera-feira, dia 1 de janeiro, s9h30min, na sede social da 3 Ida-de, tomaram posse os administra-dores eleitos para o quadrinio 2013/2016.

    A primeira parte foi coordena-da pelo vereador Altair Vargas, l-

    timo presidente da Cmara Muni-cipal de Vereadores, o qual deu pos-se aos novos edis. Em ato contnuorealizou-se a escolha da mesa dire-tora.

    Mesa diretora Presidente Ro-sani Margarete C. Preuss, vice-pre-sidente Elvidio Britzke e secretrio

    Vereadores eleitos foram empossados e escolhida diretoria

    FOTOS OESTE MANIA

    Paier e Magagnin receberam o cargo da presidente eleita Rosani

    Altair Jos Vargas.Depois de tomar posse a presi-

    dente eleita empossou o vice-pre-feito eleito Jonas Magagnin e o pre-feito Cesar Tadeu Paier.

    Participaram da cerimnia ex-vereadores, secretrios municipais,o ex-prefeito Josemar Magagnin, oex-vice-prefeito que abriu mo docargo Valdemar Edegar Moura, re-presentantes da Brigada Militar eda Corsan, o pastor da Igreja a Se-ara do Senhor, a imprensa local epblico em geral.

    Aps o pronunciamento de umrepresentante de cada partido pol-tico, fez uso da palavra o ex-vice-prefeito Moura, o novo vice empo-sado Magagnin e o prefeito Paier,que agradeceu o apoio recebido emanifestou o seu compromisso decontinuar trabalhando para o desen-

    volvimento e o progresso de Barrado Guarita.

    Este meu segundo mandatocomo prefeito, fui 8 anos vereador,2 vezes presidente da Cmara Mu-

    nicipal, e vice-prefeito deste muni-cpio por dois mandatos. Acreditoque trabalhando conseguiremos fa-zer com que o Barra do Guarita cres-a cada vez mais, concluiu Paier.

    Bagega e Ila, ao centro, com os novos vereadores eleitos e empossadosPrefeito e vice prestam juramento

  • 66666 FOLHA POPULARPoltica

    Tenente Portela - 28 de dezembro de 2012 a 4 de janeiro de 2013

    MIRAGUA

    Vereadores da situao no comparecems sesses da Cmara

    FOTOS PLANETA FM

    Aposse dos Poderes Legisla-tivo e Executivo na cidadede Miragua ocorreu na ma-nh de tera-feira, 1, com um fatobastante inusitado. Os vereadores dasituao no compareceram ses-so, apenas os vereadores da oposi-o realizaram o ato, assumindo apresidncia o vereador Wasconce-los Silvestre Monteiro (PMDB), porser o vereador mais velho.

    O presidente interino foi quemdeu a posse ao prefeito Alencar Ju-lio Gross e ao vice-prefeito JorgePorolnick dos Santos. Monteirotambm convocou uma sesso ex-traordinria para quarta-feira, 2, noentanto, novamente os vereadoresda situao no compareceram.

    Segundo o presidente, seroconvocadas at cinco sesses ex-traordinrias at que os vereado-res da situao compaream. Nohavendo o comparecimento busca-r os meios jurdicos para garantirsua permanncia na presidncia do

    Legislativo Municipal.Estiveram presentes na sesso

    extraordinria desta quarta-feira, 2,os vereadores da oposio Alar-cio da Chaga, Fabiano Mewes,Luiz Carlos Hermann e Wascon-celos Silvestre Monteiro, todos doPMDB.

    At ento, Jos Soares de Oli-veira e Moacir Bordinho (PDT),Andria Fabrcia Borth (PP), Leo-mar Gonalves Canabarro (PSDB)e Jos Alencar Junior dos Santos(PPS), todos da situao, no seapresentaram em nenhuma dassesses.

    Um dos motivos para os vere-adores da situao no atenderems convocaes, para no dar

    Luiz Carlos Hermann, Wasconcelos Monteiro, Alarcio da Chaga e Fabiano Mewes, da oposio, participaram da sesso solene de posse

    Moacir Bordinho

    PDT

    Jos Soares de Oliveira (Z Soares)

    PDT

    Leomar G. Canabarro (Maico)

    PSDB

    Jose Alencar Junior dos Santos

    PPS

    Andria Fabrcia Borth (Fabrcia)

    PP

    Coligao da situao Miragua Unido Pelo Trabalho e Desenvolvimento no compareceu s sesses

    qurum realizao da eleio damesa diretora da Cmara Munici-pal de Vereadores. O outro paraque Andria, ex-secretria Muni-cipal de Sade e vereadora eleitano perca seu mandato. Porm,em deciso do juiz da Comarca deTenente Portela na tarde de quin-ta-feira, 3, foi determinado que asuplente, Caroline Wociechoskidos Santos , assuma o cargo deAndria interinamente, at que seresolva o impasse.

    Andria est entre os sete pre-sos preventivamente na operaoDose Dupla II, realizada na manhde quinta-feira, 27, em Miragua,por envolvimento no escndalo dedesvios de dinheiro pblico.Pblico presente na sesso solene do dia 1 de janeiro

  • FOLHA POPULAR 77777Poltica

    Tenente Portela - 28 de dezembro de 2012 a 4 de janeiro de 2013

    VISTA GACHA

    Locatelli toma posse e assume pelaquarta vez a administrao do municpio

    Com a presena de bom nme-ro de muncipes aconteceu natera-feira, 1 de janeiro, asesso de posse do prefeito, vice-pre-feito e vereadores eleitos em VistaGacha.

    A solenidade aconteceu no Gin-sio Municipal junto sede da EscolaErico Verssimo, e iniciou com o ve-reador mais velho dando posse aosdemais, conforme determina o regi-mento interno da Cmara Municipalde Vereadores. Aps a posse, e aindasob a presidncia do vereador AirtonCanssi, foi realizada a eleio para aescolha da mesa diretora para o exer-ccio de 2013.

    Mesa diretora Presidente, LuisMantelli Junior; vice-presidente, PauloTarso da Rosa; e, empatados com novevotos, Delma Grolli e Elonir Frances-chi ficaram com os cargos de secret-ria e vice-secretrio, respectivamente.

    O presidente eleito assumiu apresidncia dos trabalhos e aps ojuramento do prefeito e vice-prefei-to os declarou empossados.

    Durante os pronunciamentos o ve-reador Adir Capelari representou a ban-cada do PMDB e enfatizou que a soci-edade soube muito bem escolher seusrepresentantes, disse que a votaotanto para prefeito como para verea-dores da situao foi to expressiva gra-as o bom trabalho que a administra-o de Locatelli e Vani vem desenvol-vendo. A vice-prefeita Ivanir MoraesBier agradeceu a presena da comu-nidade e destacou o compromisso quea administrao tem com o municpio,prometendo trabalhar juntamente comLocatelli para que cada vez mais Vista

    Gacha cresa. J o prefeito Claude-mir Jos Locatelli, fez questo de divi-dir em duas partes seu discurso. Pri-meiramente falou da questo poltica edisse que o PMDB voltou a ter hege-monia poltica no municpio; fez ques-to de mencionar a composio daCmara Municipal de Vereadores,onde a situao elegeu seis vereado-res dando uma segurana total na con-

    duo dos trabalhos e convidou a opo-sio para ajudar no crescimento domunicpio, se colocando a disposiopara o dilogo. Na segunda parte, des-tacou a questo administrativa, salien-tando o grande avano em todas asreas. Fez questo de destacar a me-lhora na sade e no transporte dosmuncipes, alm dos programas assis-tenciais como o Programa Famlia Feliz

    que beneficia mais de cem famlias, aadministrao levou gua encanada a100% dos moradores do municpio,conseguiu avanos significativos naSecretaria de Obras e Agropecuria,falou tambm da construo da cre-che, do trabalho do Centro de Refern-cia de Assistncia Social (Cras), da luztrifsica no interior do municpio e devrios outros avanos.

    Pretendo fazer um governo ain-da melhor e no final de 2016 quemestiver em Vista Gacha vai orgulhar-se de morar neste municpio. Apesardas oito tentativas da oposio de ten-tar cassar minha candidatura a Justi-a fez justia e entendeu quem esta-va certo. No vou medir esforos paratrabalhar no desenvolvimento do mu-nicpio, concluiu Locatelli.

    PMDB de Vista Gacha tem a maioria na Cmara Municipal de Vereadores

    No vou medir esforos para trabalhar no desenvolvimento do municpio

    FOTOS ASCOM

    Junior o novo presidente da Cmara de Vereadores

  • 88888 FOLHA POPULARPoltica

    Tenente Portela - 28 de dezembro de 2012 a 4 de janeiro de 2013

    TENENTE PORTELA

    Cerimnia de posse dos representantes do Executivoe do Legislativo ocorre no municpio

    Ocorreu na tera-feira, 1 dejaneiro, s 9h, na CmaraMunicipal de Vereadoresde Tenente Portela, a posse dosvereadores , prefei to e vice-pre-

    fe i to e l e i tos pa ra a gesto 2013/2016. A nova diretoria da Cmara de Ve-readores ficou definida com ClaudenirScherer como presidente, Mrcia Mue-

    ller vice-presidente e Eduardo Ferraricomo secretrio.

    Aps o ato solene, no Centro deCultura e Turismo (Cult), ClairtonCarboni, Claudenir Scherer, Elido Ba-

    lestrin e Nelcindo Galli realizaram seusdiscursos agradecendo a comunidadepelo apoio recebido. A seguir, Balestrinapresentou seus novos secretrios afir-mando que a comunidade pode deposi-

    tar confiana no trabalho que ser rea-lizado.

    A transmisso dos cargos paraprefeito e vice-prefeito aconteceu naPrefeitura Municipal.

    FOTOS CLEBER TESCHE / JLIO SANTOS

    Scherer, Carboni, Balestrin e Galli no ato de transmisso do cargo

    Vereadores da gesto 2013/2016, em sentido horrio: Cristiane Feyth, Luiz Claudir dos Santos, Rubens Furini,Itomar Ortolan, Joo Antnio Gheller, Rosngela Fornari, Mrcia Mueller, Claudenir Scherer e Eduardo Ferrari Balestrin apresentou seus secretrios aos portelenses

    Cult estava lotado na solenidade de posse dos secretrios

  • FOLHA POPULAR 99999Especial

    Tenente Portela - 28 de dezembro de 2012 a 4 de janeiro de 2013

    Em entrevista concedida aoFolha Popular o novo pre-feito de Tenente Portelapara o exerccio de 2013 a 2016,Elido Joo Balestrin, em seu gabi-nete, disse que cumprir as pro-messas de campanha e priorizara gerao de emprego e renda nomunicpio. Vou trabalhar ouvindoas necessidades da comunidade.Quero desenvolver o municpiocom o apoio de todos os segmentosda sociedade. Assim, podemos tra-balhar para gerar emprego e ren-da.

    Folha Popular O Sr. foisecretrio de F inanas domunicpio por duas gestes.Esta experincia na adminis-trao pbl ica fo i de termi-nante para ser o candidato doPartido Progressista?

    Balestrin - O fato de ser se-cretrio por duas gestes auxiliouna hora da indicao, mas no foi ofator determinante. Fui candidatopor indicao do PP, meu partido,porque todos entenderam que eu, re-presentante do partido, juntamentecom os demais partidos da coliga-o, poderamos fazer uma boa ad-ministrao. Aps o nome escolhi-do, muito trabalho ocorreu para nssermos vitoriosos. Agradeo a cola-borao de todos os envolvidos nacampanha e da comunidade porte-lense que escolheu o Polaco e eupara sermos os seus representantes.

    FP Como pretende con-duzir os trabalhos perante oPoder Executivo?

    Balestrin Pretendo planejaras atividades com as equipes decada secretaria. Vamos estabele-cer metas e priorizar o que for ne-cessrio juntamente com a comu-nidade e com o setor empresarialde Tenente Portela. Queremos aparticipao da ACI nas discussese planejamentos para podermosimplantar nossos projetos, que cer-tamente sero muitos em prol denosso desenvolvimento. Vamos darcontinuidade ao bom trabalho quefoi desenvolvido pela administra-o do Carboni. Todos os projetos

    ENTREVISTA COM ELIDO JOO BALESTRIN, PREFEITO DE TENENTE PORTELA

    Juntamente com a comunidade faremos umtrabalho que tornar Portela cada vez melhor e com

    tima condio de vida para a populao

    que esto em andamento e dandocerto continuaro. Na nova admi-nistrao ainda muito cedo parafalar dos novos projetos, pois noprimeiro ms de governo que va-mos alinhar e ajustar nosso traba-lho administrativo.

    FP Na gesto passada,quando atuava como secret-rio de Finanas, foi real iza-da a readequao do IPTU,fato que causou polmica nasociedade portelense. Porqueera necessria a readequao

    do imposto?Balestrin A readequao era

    necessria principalmente porquetinha aproximadamente 30% dosimveis do municpio no cadas-trados. H mais de 30 anos no erafeito o ajustamento do IPTU emPortela. A diferena da contribui-o em reas prximas era muitogrande, uns pagavam mais que osoutros. Tivemos que fazer existirigualdade nos valores para ficarjusta a taxa cobrada.

    Devo lembrar a comunidadeque era indispensvel que fosse co-

    brada naquele momento, para quese fizesse os ajustes necessrios.

    FP Quais reas da sua ad-ministrao sero priorizadas?

    Balestrin Todas as reas daadministrao so importantes emerecem muita ateno. Mas va-mos dar uma ateno especial paragerar emprego e renda no munic-pio e nas reas da sade e agricul-tura. Entendemos que so necessi-dades da comunidade, sentimosisso no perodo de campanha. Em-prego e renda e nas reas de sa-de e agricultura foram as maioresreivindicaes.

    FP Na sua adminis tra-o ser implantada a coletaseletiva de lixo urbano?

    Balestrin de extrema im-portncia para o municpio a cole-ta seletiva. Hoje uma exignciaobrigatria. Vamos implantar a co-leta ainda em 2013. fundamentala conscientizao e a participaoda comunidade para que a coletaseletiva ocorra em Portela.

    FP O que tem a dizer populao porte lense que oelegeu prefeito do municpio?

    Balestrin Quero dizer queeu, o Polaco e toda a nossa equipede trabalho estamos motivados.Sem dvida nenhuma a comunida-de pode confiar no nosso trabalho.Temos a certeza e a confiana quejuntamente com a comunidade fa-remos um trabalho que tornar Por-tela cada vez melhor e com timacondio de vida para a populao.

    POR JLIO SANTOS

    A readequao era necessria principalmente porque tinha aproximadamente 30% dos imveis domunicpio no cadastrados. H mais de 30 anos no era feito o ajustamento do IPTU em Portela

    JLIO SANTOS / FP

  • Sade1010101010 FOLHA POPULAR Tenente Portela - 28 de dezembro de 2012 a 4 de janeiro de 2013

    REGIO

    Diretoria do HCI faz avaliao positivado ano e projeta 2013

    Neste ano, a diretoria volun-tria do Hospital de Carida-de de Iju (HCI) inovou edesde junho, faz uma reunio porsemana, sempre nas teras-feiras.Os encontros com os gestores vi-sam validar todos os processos ine-rentes qualidade assistencial paratornar o hospital resolutivo. Os diri-gentes destacam vrios pontos po-sitivos alcanados neste ano comoa concluso de obras por etapas,com investimento de recursos pr-prios e melhorias contnuas nas ins-talaes, que permitiram a conclu-so da obra da medicina nuclear,do novo prdio que fica na parte detrs do hospital, que abriga toda aestrutura do setor de recursos hu-manos, setor de compras e de en-fermagem, a concluso dos novosvestirios e agora recentemente aconcluso dos leitos da nova unida-de clnica cardiolgica.

    A aproximao com o corpo cl-nico com o propsito de garantir ummaior alinhamento das questes es-tratgicas do hospital tambm co-

    memorado. Neste ano, a equipe detransplantes renais do HCI alcan-ou a segunda posio no rankingdo Estado, com 10 procedimentosrealizados. O Centro de Alta Com-plexidade em Oncologia (Cacon),uma referncia no tratamento con-tra o cncer, completou dez anosde servios prestados comunida-de regional, com avanos importan-

    tes, principalmente na pesquisa cl-nica. O mdico oncologista FbioFranke teve destacada participaoem um artigo sobre cncer de pul-mo publicado na revista inglesaThe Lancet Oncology, um dos prin-cipais peridicos do mundo na reade oncologia. A publicao em umarevista como a Lancet Oncology de-monstra a seriedade do trabalho re-

    alizado no Cacon atravs do Centrode Pesquisa Clnica, j que os estu-dos clnicos so rigorosamente con-trolados por rgos como a Conep,Anvisa e o FDA Americano.

    Os dirigentes apontam o ano de2013 como primordial para dar con-tinuidade ao programa de qualifica-o amparado nas oficinas deaprendizagem. Neste ano, os in-vestimentos em melhoria dos pro-cessos j renderam uma certifica-o, o Top Ser Humano 2012. Ou-tra deciso e a manuteno do pro-grama de residncia mdica paraprofissionais que buscam uma es-pecializao. A data para a realiza-o da prova e entrevista, est agen-dada para o dia 16 de fevereiro, coma oferta de 4 vagas para cirurgia ge-ral, 4 vagas para clnica mdica ecom possibilidade de mais umavaga para radiologia (em processode credenciamento).

    Para 2013, tambm foi debati-da a importncia das parcerias queajudam a transformar os projetosem realidades, mas mais do que

    Unimed Noroeste/RS qualifica atendimento no CDIREGIO

    O Centro de Diagnstico porImagem (CDI) tem recebido in-vestimentos permanentes para aqualificao dos servios ofere-cidos pelo Hospital Unimed. O to-mgrafo computadorizado da Si-emens (Somatom Emotion), im-portado dos Estados Unidos, ofe-rece excelente qualidade de ima-gem clnica, podendo detectar atmilimtricas alteraes em teci-dos, o que proporciona equipemdica e aos pacientes um diag-nstico mais preciso e com o m-nimo de irradiao.

    Ainda no CDI estaro instala-dos equipamentos de radiologia daSiemens, com alta qualidade deimagem e curtssimo tempo de ex-posio. J o aparelho de ultra-somda Medison (AS6000C MT), apre-senta sistema totalmente digital,que permite a obteno de ima-gens de alta definio e favoreceos diagnsticos de modo mais efi-ciente. A estrutura do Centro per-mite ainda a realizao de examesendoscpicos, tais como broncos-copias, cistoscopias, colonoscopi-as e endoscopias digestivas.

    manter os contratos vigentes, o HCIvai adotar uma postura de maiorcobrana para que os recursos se-jam repassados rigorosamente emdia, para evitar um desequilbrioeconmico-financeiro. Ao mesmotempo, ratificamos que todas as tec-nologias conquistadas em parceriacom o Ministrio da Sade estocom os prazos licitatrios rigorosa-mente em dia, que em 2013 vai darum salto tecnolgico ainda maiorem nossa instituio, afirma Clau-dio Matte Martins.

    Alm do presidente, a direto-ria composta pelo vice-presiden-te Ccero Tremea dos Santos, 1secretrio Enio dos Santos, 2 se-cretrio Dr. Anbal de Mello No-gueira, 1 tesoureiro Alfredo Bran-dt, 2 tesoureiro Antnia CarvalhoBussmann. Alm dos integrantesdo conselho fiscal efetivo Reinol-do Castanhede, Armando Miron,Ivo Joel Boratti e do conselho fis-cal suplente Erlo Adolfo Endruweit,Maurcio Michaelsen e Dr. Aur-lio Steglich.

    Aparelhos importados oferecem qualidade de imagem que permite um diagnstico mais preciso

    DIVULGAO

    Reconhecimento e aprimoramento de processos marcaram o ano de 2012

    FOTOS DIVULGAO

  • FOLHA POPULAR 1111111111Tenente Portela - 28 de dezembro de 2012 a 4 de janeiro de 2013Indicador Profissional

    SADE

    Muitas crianas e adolescentes que pos-suem dentes desalinhados (m ocluso) apre-sentam este quadro devido variabilidade docrescimento e desenvolvimento das estrutu-ras dentrias e craniofaciais. Por isso, im-portante realizar o tratamento preventivo ouinterceptativo, que tem, como principal obje-tivo, evitar queuma m ocluso(problemas namordida e na po-sio dos dentes)se instale na bocada criana ou,quando esse pro-blema j existe,minimiz-lo ouat mesmo corri-gi-lo para que nose perpetue paraa dentio perma-nente.

    O tratamento ortodntico preventivo (tam-bm chamado de tratamento precoce ou pri-meira fase do tratamento ortodntico) geral-mente se d no incio da fase da troca dosdentes, mas nada impede que o mesmo sejafeito durante a dentio de leite. o dentistaquem vai definir a poca ideal.

    Um caso bastante comum a perda pre-coce de dentes de leite. Na grande maioriadas vezes isso acontece, infelizmente, porcausa de crie. O dente fica comprometido atal ponto que nem mesmo o tratamento decanal resolve. Resta apenas a extrao. Ou-tra causa pode ser um traumatismo qualquer,quando a criana acaba perdendo o dente. importante salientar que por qualquer motivoque seja dente perdido precocemente, umsinal de alerta!

    Uma das funes dos dentes de leite manter o espao no arco dentrio para que odente permanente possa erupcionar no lugaradequado. Se no tem mais o dentinho, o es-pao que ele ocupava pode ficar comprome-tido, causando alguns problemas para o den-

    Ortodontia preventiva e interceptativa

    Dr. Elu Dalla Nora,Cirurgio Dentista, especialista em

    Ortodontia e Implantodontia

    te permanente que deveria nascer ali.A Ortodontia preventiva tem como atividade a edu-

    cao odontolgica, a remoo de placa bacteriana (lim-peza), a aplicao tpica de flor e a eliminao dehbitos de suco de dedo, chupeta ou lngua, alm damanuteno do espao correspondente s extraesprecoces de dentes decduos

    J a Ortodontia interceptativa que tambm trabalhacom a eliminao de hbitos de suco, busca princi-palmente a re-educao da fala, o descruzamento dedentes posteriores e anteriores quando h espaos e/oua extrao de dentes decduos, prolongadamente reti-dos. O estabelecimento de programas de extraes se-riadas tambm pode ser utilizado neste caso.

    AOrtodontia preventiva e interceptativa pode e deveser realizada pelo clnico geral e pelo odontopediatra.

    A etiologia, causa, de uma m ocluso no estisolada e sim associada a vrios fatores. O profundo

    conhecimentodas ms oclu-ses no deve-ria ser exclu-sividade doortodontista,porm muitomais dosodontopedia-tras, do clni-co-geral e atmesmo dopediatra, quetem oportuni-dade de atuar

    na idade pr-ortodntica, onde os fatores etiolgicos somais atuantes e passveis de controle.

    Podemos citar como causas de m ocluso: A hereditariedade; Doenas ou deformidades congnitas, como pa-

    ralesia cerebral, lbio leporino, torcicolo; Problemas dietticos: raquitismo, escorbuto, leri-

    beri; Postura; Hbitos e presses anormais; Acidentes e traumatismos; Rubola ou uso de drogas; Ausncias ou excesso de dentes; Anomalias na forma e tamanho de dentes; Perda prematura ou reteno prolongada de den-

    tes decduos; Erupo tardia de dentes permanentes; e Cries e restauraes dentais inadequadas..As principais situaes que podem surgir devido

    m ocluso so: Mastigao debilitada; Esttica facial desagradvel; Disfuno da Articulao Temporo-Mandibular

    (ATM);

    Susceptibilidade enfermidade Temporo-Mandibular;

    Susceptibilidade enfermidade periodontal; Susceptibilidade crie; Dico prejudicada devido m posio dos

    dentes.Quando a criana ainda est em fase de cres-

    cimento (fase de dentio mista), o uso de apare-lhos ortodnticos preventivos poder colocar osdentes numa posio mais favorvel, proporcio-nando ao paciente uma melhor esttica, uma fun-o oclusal mais adequada e uma melhor sadebucal.

    A ortodontia preventiva, com bom diagnsticoe bem orientada, praticada na fase de crescimentoda criana, evita, na maioria das vezes, que maistarde o paciente venha a necessitar de ortodontiafixa. Para os que vierem a precisar, o tempo dotratamento ser reduzido.

    importante que os pais fiquem atentos, este-jam familiarizados com a boca do seu filho e te-nham contato com os dentes dele, para verificar seos dentes de leite permanecem por mais tempo doque deveriam. Porque quando isto acontece, osdentes permanentes no podem nascer nos seusdevidos lugares e se acomodaro nos espaos la-terais, o que pode provocar ms ocluses.

    Entre os fatores ambientais mais importantesesto os hbitos musculares, como empurrar a ln-gua contra os dentes superiores durante a fala ou adeglutio, morder o lbio inferior, chupar o dedo,o uso inadequado da chupeta ou da mamadeiras, aonicofagia (roer unhas), apoiar o rosto com a modurante o estudo ou durante outras atividades, edormir com a mo ou brao embaixo do travessei-ro fazendo presso sobre o rosto.

  • 1212121212 FOLHA POPULAR Tenente Portela - 28 de dezembro de 2012 a 4 de janeiro de 2013Religio

    Fone: |55|3551-2421

    Obreiros da PazRessoam dentro de ns os votos

    de Feliz Natal que ouvimos muitas ve-zes. Ou tambm que lemos em car-tes que recebemos. Sem contar osque ouvimos por telefone ou internet.

    Que as alegrias do Natal perdu-rem no s neste novo ano mas aolongo de toda vida.

    Passou-se tambm o dia 1 dejaneiro de 2013. Louvado seja Deuspela vida. Ouvimos, dissemos, deseja-mos e todos queremos que seja um ano de paz. Por isso, no dia 1 do ano comemoradocomo o dia mundial da Paz, institudo pelo saudoso papa Giovanni Batista Montini, PauloVI. Este dia mundial da Paz comemorado desde 1967.

    Acada ano, o Papa envia ao mundo uma mensagem. Bento XVI escolheu para esteano o lema: Bem-aventurados os obreiros da Paz.

    Pretendo sublinhar alguns pontos desta mensagem do Papa. Mensagem esta dirigidano s aos catlicos, mas a todas as pessoas de boa vontade.

    Quem no percebe o mundo globalizado com seus aspectos positivos e negativos.Quantos conflitos sangrentos entre pases e dentro de cada pas. s acompanhar o queacontece em nosso Brasil e muitos perto de ns. Quantas desigualdade entre ricos epobres. A busca do dinheiro pelo dinheiro. Funcionrios obrigados a cumprir metas aqualquer custo. Vender, vender!...

    Mas tambm quantas pessoas se dedicam a aes de paz e de bem. s olhar aonosso redor... Disso se publica pouco.

    A se explica porque o lema: Bem-aventurados os obreiros da paz porque serochamados filhos de Deus (Mt 5,9).

    Esta promessa de Jesus se cumpre com aqueles que se deixar guiar pelas exignciasda verdade, da justia e do amor. Deus solidrio com eles. Est com eles. Condio paraapaz desmontar a ditadura da pessoa que se julga independente e desconhece a leimoral inscrita por Deus na conscincia de cada pessoa humana.

    Apaz verdadeira paz consigo, com os outros, com a natureza e com Deus. A pazno sonho. A paz impossvel. E Jesus entrou na histria humana para ser nosso aliadopara nos dar um corao novo. (Jr 31,31-34 e Ez 36,26).

    Por isso misso da Igreja anunciar Jesus Cristo, a nossa paz (Ef. 2,14;2 Cor 5,18).Obreiros da paz so aqueles que amam, defendem e promovem a vida na sua

    integridade. Desde a concepo at o fim natural.Obreiros da paz so aqueles que defendem a estrutura natural do matrimnio entre

    um homem e uma mulher. Apesar das idias dos que defendem leis que autorizem,aborto, eutansia, casamentos entre pessoas do mesmo sexo.

    Estes princpios no so verdades de f mas esto escritos na prpria naturezahumana.

    Construir a paz s possvel buscando um novo medlo de desenvolvimento e deeconomia.

    Obreiros da paz so aqueles que tem paixo pelo bem da famlia, pois a famlia quecultiva a paz ajuda a construir uma sociedade de paz.

    Adeus ano velho, Feliz ano novoSempre Deus conosco, que a vontade de Deus se realizeNo ano que vai chegar.Paz e alegria para dar.

    TENENTE PORTELA

    Igreja Nossa Senhora Aparecidarealiza missa de final de ano

    Parquia Nossa Senhora AparecidaPadre Guido Taffarel - Tenente Portela/RS

    FOTOS CLEBER TESCHE

    Ocorreu na segunda-feira, 31de dezembro, na Igreja MatrizNossa Senhora Aparecida, a tra-dicional missa de Ao de Gra-as pelo ano de 2012, rezada pelopadre Guido Taffarel. A igreja es-tava praticamente lotada. Comode costume, mais de 600 fiiscompareceram para fazer seu pe-dido a Deus para o novo ano queiria iniciar.

    Durante a homilia, reflexoaps a leitura do Evangelho, o p-roco refletiu sobre a necessidadede reconhecer que tudo dom de

    Tradicional missa de Ao de Graas contou com beno dos novos administradores do municpio

    Deus e relatou a mensagem anualdo Papa sobre o Dia Mundial daPaz, 1 de janeiro, que este ano teveo tema Bem Aventurados osObreiros da Paz.

    No final da missa o proco, jun-tamente com a comunidade, aben-oou o novo prefeito Elido Bales-trin, seu vice Nelcindo Galli e osnovos secretr ios municipais .Lembrando as palavras do PapaPaulo VI, padre Guido disse queuma boa poltica uma excelen-te caridade.

    REPBLICA FEDERATIVA DO BRASILESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

    MUNICPIO DE TENENTE PORTELAREGISTRO CIVIL DAS PESSOAS NATURAIS

    Regina Mantovani Matsui Carnels, Registradora DesignadaPraa Tenente Paiva, 185 - Centro - Tenente Portela - RS

    Anexo: TABELIONATOEDITAL DE PROCLAMAS

    Regina Mantovani Matsui Carnels, Registradora Designada desta Comarca de Tenente Portela - RS, faz saber quepretendem casar-se: ALEX FERNANDO FUMAGALLI e RITA DE CSSIA DIAS VERDI.

    ELE, natural deste Estado, nascido em Rondinha, em 10/08/1974, mdico, solteiro, domiciliado e residente na RuaCalapalos, 1250, neste municpio, CI n 9051585645 SJS/RS, filho de JOS FUMAGALLI e de MARIA BEA-TRIZ DANI FUMAGALLI.

    ELA, natural deste Estado, nascida em Taquara, em 09/06/1988, professora, solteira, domiciliada e residente na RuaAimor, 231, neste municpio, CI n 2093725014, SJS/RS, filha de NILTON ALBERTO VERDI e de ELIANEDOS SANTOS DIAS.

    Apresentaram os documentos exigidos pelo artigo 1.525 incisos I, III e IV do Cdigo Civil.Ocasamento ser realizado no dia 01/02/2013.Se algum souber de algum impedimento, oponha-o na forma da lei. Lavro o presente para ser afixado neste Servio

    epublicado pela imprensa local.Tenente Portela, 03 de janeiro de 2013.

    Luciane Cristina de OliveiraEscrevente Autorizada

    APEDIDO

  • FOLHA POPULAR 1313131313Tenente Portela - 28 de dezembro de 2012 a 4 de janeiro de 2013Esporte

    Ainda pequenina dizia que se um diame casasse cada um moraria no seu apar-tamento ou, pelo menos, ele teria o prprioquarto e, eu, o meu. Ah, quando batesse asaudade... Tambm entendia que a ceri-mnia seria apenas um encontro a dois.Vestido branco? Nem pensar! Desse modo,desde aquela poca contrarioos padressociais da maioria das pessoas com quemconvivia e convivo. Mas, afinal, para queservem os procedimentos do rito?

    Ao concluir pedagogia, em 1995,sendoescolhida oradora da turma, achei justo co-mentar a deciso de no usar,na colao degrau, a to reverenciada capa preta do Bat-man. Disseram-me que no havia problema. No dia marcado,cheguei devestido vermelho, mostrando as pernas. Os cabelos curtssimos, raspadosem lmina dois,h tempos eram motivo suficiente de espanto. Se era paraser especial, que fosse de um jeito que me fizesse sentido.

    Qual no foi a surpresa de uma das colegas que, olhando-me de cima abaixo com reprovao, bradou: Francamente, Adriane, no esperava issode voc. Eu, mais rebelde e irnica do que em qualquer fase da vida,perguntei do que ela estava falando. Recebi de volta a carranca e o silncio,linguagem e metodologia mais apropriadas para situaes como aquela.Portar-se e vestir-se de modo diferente do padronizado exige, alm deestilo, coragem e determinao.

    J durante o mestrado, ouvi do amigo Testa, professor experiente etendo passado por diversos rituais acadmicos, que eu devia me ocupar, nodia da defesa da dissertao, de mostrar aquilo que eu havia estudado.Disse-me ainda, que ningum saberia mais do que eu naquele instante,porque, pensando bem, quem havia realizado as pesquisas, leituras e escri-tas? O dia D, segundo ele, era s um protocolo, nada mais, no deviasupervaloriz-lo.

    nas comemoraes de fim de ano que pessoas ficam tristes, devido,em especial, ao hbito causador de frissonem famlias e grupamentos. Todomundo tem a obrigao de ter sido prspero no perodo que passou eentusiasmado quanto ao novo.Sem o ritual, muita gente nem perceberia osfracassos gigantescos e as vitrias alcanadas.Festas, correrias, presentes,visitas, ausncias motivam sentimentos a serem mexidos, averiguados, en-tendidos.

    certo que algumas normas devem ser seguidas para um melhor conv-vio. Isso faz parte da etiqueta social. Aprendi como motorista que o bomsenso, muitas vezes, o melhor caminho;ao procurar uma vaga, por exem-plo, se no h proibio, eu estaciono. Requisito fundamental, claro, co-nhecer os cdigos e smbolos de trnsito e observar ao redor pode ter umaplaca logo ali.No caso da formatura, a togano era obrigatria. Simplesassim.

    compreensvel que rituais de passagem sejam necessrios para soci-edades ultrapassarem portais imaginrios ou concretos. Simbolismos plu-rais ocupam coraes e mentes alando-os plenitude. Alis, momentosespeciais so relativos e, para uns,adquirem um baita significado. Paramim, representam um dos degraus da escadaria que me leva ao autoconhe-cimento. o que faz sentido com o que acontece comigo antes, no decor-rer, e depois do fato:quais sentimentos afloram e o que me leva alm doimposto por regras e convenes? Serei mais feliz participando de liturgias,costumes, formalidades e ritos mecnicos?

    Viver ritualizado

    * Adriane Lorenzon

    * Palestrante, pedagoga, [email protected] - http://www.adrianelorenzon.com.br

    MIRAGUA

    II Encontro da Amizade sucessoNos dias 28, 29 e 30 de dezem-bro, a Sociedade Campestrede Miragua (Socami) recebeuo II Encontro da Amizade. Apesar dascondies climticas desfavorveis, oevento contou com a presena de umexpressivo nmero de pessoas, sendomuitas residentes no municpio e ou-tras que vieram especialmente pararever os amigos.

    Um joguinho amigvel inaugurouo evento, sendo que em seguida hou-ve uma confraternizao com janta egrande show musical com a duplasertaneja Martini & Pacheco e seusconvidados.

    No segundo dia de evento ocor-reu um almoo e pela parte da tar-

    Futebol exibio envolveu atletas veteranos miraguaienses

    Integrao que reuniu grupos de Miragua e Tenente Portela

    de um futebol jogado em gramadoencharcado, com os atletas embria-gados e descalos. Gols, tombos,risos e uma narrao improvisada

    FOTOS ED ANDREICK

    marcaram a pelada. O famoso futebol exibio

    abriu o ltimo dia do evento, sendoque em seguida ocorreu um duelosub-18 entre a equipe da Socami eum combinado de Tenente Portela,encerrando as atividades esportivasdo encontro. Aps os jogos, ocorreualmoo seguido pelo show de Mauri-cio Bandeira, que contou com a parti-cipao especial de Aline Guterres eEverton Lorenzon.

    Os organizadores agradecem atodos que prestigiaram o evento, mes-mo com chuva, e fizeram com que oII Encontro da Amizade se tornasseum grande sucesso.

    MIRAGUA

    Moiso eleito o melhor jogador de futebol de 2012O miraguaiense Leandro Hass,

    popular Moiso, foi eleito pelos internau-tas do blog Tarado por Futebol o me-lhor jogador do noroeste do Estado em2012. Na enquete que elegeu o melhorda regio, o fixo/volante superou osgoleiros Gian Bassani e Sinatto, o ala/lateral Bode e o volante Ricardo Ta-lheimer.

    Em 2012, em todas as equipes quedefendeu, Moiso, 32 anos, foi lder ereferencial, esbanjando calma e ex-perincia. Foi um dos capites maisregulares na quinta colocao do sele-cionado de Miragua na disputa da TaaRBS de Futsal. Chegou na reta final

    em todos os certamesque disputou, sagran-do-se campeo doCampeonato Regionalde Frederico Wes-tphalen, pela equipede Castelinho. Tam-bm foi considerado omelhor meia-direitada Taa Socami, almde ter feito o gol maisbonito da competio.

    A enquete rece-beu um extraordin-rio nmero de votos,sendo que o grande

    vencedor recebeu 51%da aprovao dos inter-nautas. Em segundo fi-cou o representante deSanto Augusto, Ricar-do Talheimer, receben-do 22% dos votos. Naterceira colocaoapareceu o portelenseGian Bassani. Fernan-do Bode, de Trs Pas-sos, ficou em quarto,enquanto Sinatto (Der-rubadas) recebeu ape-nas 2% dos votos e fi-cou em quinto.

    DIVULGAO

    Atleta recebeu 51% dosvotos da enquete

  • 1414141414 FOLHA POPULAR Tenente Portela - 28 de dezembro de 2012 a 4 de janeiro de 2013Variedades

    ries - tima semana para traar prio-ridades, disciplinar o seu trabalho etambm para investir em sua atualiza-o profissional. Evite desperdiar sua

    energia com algo que no vale a pena. Viagensesto protegidas.

    Touro - Muito cuidado com seu dinhei-ro, voc pode gast-lo com muita faci-lidade e se endividar. O setor profissi-

    onal recebe boas vibraes e voc tem tudo paraprogredir. Como estar mais sensvel, far tudo paraagradar amigos e familiares.

    Gmeos - Atividades que envolvam co-municao, ensino ou concurso estarfavorecido. Mudanas profundas po-dem marcar a sua vida domstica e

    familiar. Talvez seja a hora de acabar com mgoaseressentimentos.

    Cncer - Se tiver que terminar umservio, pea ajuda aos colegas detrabalho, pois assim vai render mais.

    Boa semana para dar um novo visual ao seu lar.Mudana no seu crculo social pode ser muito esti-mulante, aproveite!

    Leo - hora de disciplinar seus gastoseevitar fazer extravagncias. No traba-lho, redobre a ateno ao assinar docu-

    mentos e papis. No faltar estmulo para obtercompanhia e atrair a ateno dos amigos.

    Virgem - Poder ganhar um dinheiroextra fazendo uma atividade que gostae, assim, equilibrar o oramento. No tra-balho, pense grande e invista em seus

    projetos e ideias. No perca a chance de se divertirjunto aos amigos.

    Libra - Momentos agradveis em fam-lia, aproveite o clima de confraterniza-o. Perda de dados e problemas de co-municao podero ocorrer no trabalho,

    mas no deixe o desnimo tomar conta de voc.

    Escorpio - Abra o olho para no gastaralm da conta e, principalmente, eviteser avalista de algum. No trabalho, con-

    vm manter segredo sobre seus projetos. Sua de-dicao famlia vai absorver grande parte doseu tempo.

    Sagitrio - Somente atravs do seu es-foro e dedicao que conseguir oque deseja. Alianas e parcerias esto

    favorecidas, principalmente no setor profissional.Tenha cuidado com falsos amigos ou pessoas opor-tunistas.

    Capricrnio - Poder ter que se atuali-zar para enfrentar a concorrncia noservio. O trabalho em equipe est fa-

    vorecido. Voc ter maior segurana e capacida-de de convencer os outros, s tenha cuidado comsuas crticas.

    Aqurio - Poder somar foras com aspessoas que tenham os mesmos objeti-vos e ideais que os seus, principalmente

    no trabalho. Demonstre sua perseverana. Estarcercado(a) de pessoas queridas vai lhe fazer bem.

    Peixes - No perca a chance de movimen-tar a sua vida social. Esta semana, poderdescobrir uma maneira alternativa de au-

    mentar a sua renda mensal. H chance de conquistaruma grande vitria no setor profissional.

    Furini Vdeo - 3551-2546

    PORTELA NA HISTRIA

    Um casal foi entrevistado num programa de televiso, porque estavam casados h 50 anos e nunca tinham brigado.Oreprter todo curioso pergunta a mulher: Mas vocs nunca brigaram mesmo? - No. - responde a mulher. - E comoisso aconteceu? - Bem, quando casamos o meu marido tinha uma gua de estimao. Era a criatura que ele maisamava na vida. No dia do nosso casamento fomos de lua-de-mel na nossa carroa puxada pela gua. Andamosalguns metros e a gua, coitada, tropeou. Meu marido olhou bem firme para a gua e disse: - Um. Mais algunsmetros e a gua tropeou de novo. Meu marido encarou a gua e disse: - Dois. Na terceira vez que ela tropeou elesacou da espingarda e deu uns cinco tiros na bichinha. Eu fiquei apavorada e perguntei: - Mas porque e que tu fizesteuma coisa dessas homem? Meu marido me encarou e disse: - Um. - Depois disso nunca mais brigamos.

    Torta de bis comsorvete

    ENVIE SUAS FOTOS ANTIGAS PARA SEREM PUBLICADAS AQUI PARA [email protected]

    Filme - O Bab(ca)Jonah Hill vive uma das noites mais pira-das da histria nesta comdia debochadado diretor de Segurando as Pontas. Ofolgado Noah (Hill) est cuidando das cri-anas do vizinho quando recebe uma liga-o de sua namorada chamando-o para irficar com ela. Noah parte para atender aopedido da sua garota, mas sua aventurasai de controle quando ele se v fugindode um traficante manaco. Gargalhadas eao insana o trabalho de uma noitepara O BAB(CA).

    Ingredientes1lata de leite condensado4colheres de chocolate em p1colher de margarina1caixa de bisSorvete

    Modo de preparo1. Prepare o brigadeiro, colocando em fogo

    mdio o leite condensado, chocolate emp e a margarina;2. Fica pronto quando desgruda da panela.

    Montagem:1. Pique os bis e coloque no fundo do

    refratrio;2. Depois coloque o brigadeiro (espere

    esfriar);3. Por ltimo cubra com o sorvete de sua

    preferncia;4. Se quiser decore com bis inteiro;5. Leve ao congelador e aps 2 horas est

    pronto.

    Dica:No coloque sorvete de chocolate:fica enjoativo. Melhores opes: creme,morango e flocos. Super rpido e fcil. Acalda da foto brown cow, mas pode sercalda de sorvete ou outra de chocolate desua preferncia, ou at mesmo sem.

    Primeiro nibus de linha de Tenente Portela, modelo Ford 37, pertencente ao Fioravante Fornari, que oadquiriu em 1947. Em 1948 Augusto Pressi o comprou e seu filho Jos Pressi fazia a linha de Frederico (napoca Barril), Seberi, Palmeira, Sarandi e Trs Passos.

    Livro - Explorando o Universodo Hobbit - Segredos e curiosidadesde um dos livros mais lidos do sculoXX. Explorando o universo do Hobbit um livro divertido e visionrio, que apre-senta uma interpretao detalhada de OHobbit, um dos maiores clssicos da lite-ratura fantstica. Por meio de uma jor-nada captulo a captulo atravs do cls-sico de Tolkien, Corey Olsen realiza umaanlise profunda, revelando detalhes quemuitas vezes no so percebidos pelosleitores e expectadores, que tornam aleitura do original mais rica, curiosa eainda mais relevante.

    Ford 37 - Primeiro nibus de linha de Tenente Portela

  • FOLHA POPULAR 1515151515

    Variedades

    H 10 ANOS NO FOLHA

    O MUNDO GIRAA alta comissria das Naes Unidas para os Direitos Humanos, Navi Pillay, pediu na

    segunda-feira, 31, ndia um debate urgente aps a morte da estudante vtima de estuprocoletivo em Nova Dlhi, acrescentando que a pena de morte no uma soluo.

    Pillay espera que este caso terrvel marque uma mudana na ndia, afirmando que aagresso da jovem estudante de Fisioterapia foi a ltima de uma srie. Trata-se de umproblema nacional que afeta mulheres de todas as classes e castas e que exige soluesnacionais, declara.

    No dia 16 de dezembro, a jovem e seu namoradovoltavam do cinema em um nibus, onde seis homens,incluindo o motorista, a estupraram e agrediram sexu-almente com uma barra de ferro para depois jog-lapara fora do veculo. A jovem mesmo sendo tratadaem dois hospitais, acabou falecendo no incio de sba-do, 29.

    Seus agressores enfrentam a pena de morte, quena ndia executada com a forca, embora este pasno costume aplicar este tipo de sentena.

    O BRASIL EM MOVIMENTOAMega-Sena da Virada, da Caixa Econmica Fede-

    ral (CEF), saiu para trs apostas na noite de segunda-feira, 31. Os vencedores so das cidades de Franca eSo Paulo (SP) e de Aparecida de Goinia (GO). Ossortudos vo receber R$ 81,5 milhes cada.

    Os nmeros sorteados foram: 33 - 14 - 52 - 36 - 32-41.

    Na segunda faixa de premiao, 1.368 apostadores acertaram cinco dezenas e vo levar R$27.413,18 cada, e 113.258 apostadores acertaram quatro dezenas, e vo receber R$ 473,01cada.

    Os ganhadores tm um prazo de 90 dias para retirar o prmio em qualquer agncia daCaixa no pas. O comprovante original de aposta o nico documento que habilita ao recebi-mento do prmio.

    O prmio total foi de R$ 244,7 milhes, o maior j pago pelas loterias da Caixa em 50 anos.

    No total, foram vendidos mais de 85 milhes de bilhetes e a arrecadao foi de R$ 640,5 milhes.O Estado de So Paulo foi o campeo de apostas nesta edio do concurso, com R$ 202,5

    milhes arrecadados. O valor do prmio superou a estimativa inicial da Caixa, que era de R$180milhes.

    OESTADO DAS COISASComeou na quinta-feira, 3, o perodo de matrculas na rede pblica, que se encerra no dia 11

    de janeiro. Nas mesmas datas devem ser feitas, no site: www.educacao.rs.gov.br, as inscriesdos retardatrios, que perderam o prazo para inscrio

    no 1 ano do Ensino Fundamental e 1 ano do Ensino MdioPolitcnico.

    Depois do primeiro ano de governo, que se caracterizoupor ajustes no oramento, retomada de projetos e aes,diagnstico da situao da rede com intervenes emergen-ciais para recuperao de espaos escolares, pela definiode nova matriz curricular para os ensinos fundamental e m-dio na rede estadual, 2012 chega ao final com motivos para acomunidade gacha orgulhar-se. A retomada da curva as-cendente na educao pblica da rede estadual est se efe-tivando com aes que se relacionam a todas as frentes deatuao da Secretaria de Estado da Educao (Seduc).

    Da condio fsica de escolas gesto dessas unidades,passando pela recomposio do quadro do magistrio, recu-perao salarial e por maiores investimentos em formaode professores e servidores de escolas e modernizao tec-nolgica da rede, no h setor que tenha ficado sem receber

    ateno e recursos neste ano.

    AREGIO EM ALERTAForam empossados na segunda-feira, 1, os prefeitos, vice-prefeitos, secretrios e vereadores

    da Microrregio: Barra do Guarita, Derrubadas, Vista Gacha, Tenente Portela e Miragua.Os eleitos no pleito, cumpriro seus mandatos a partir de 1 de janeiro de 2013 at 2016. Alguns

    municpios ainda no determinaram quais sero as novas equipes a assumir os secretariados, masnos prximos dias isto ser definido.

    RESENHA

    ASNOTCIAS ABAIXO FORAM PUBLICADAS NA EDIO NMERO 129, DE SEXTA-FEIRA, 7 DE FEVEREIRO DE 2002.

    H 40 anos mostrando a fora da agricultura familiar

    Tenente Portela - 28 de dezembro de 2012 a 4 de janeiro de 2013

    Sindicato dos Trabalhadores naAgricultura Familiar de Tenen-te Portela e Regio, no ltimodia 19 de janeiro completou 40 anosde existncia. Desde sua fundaosempre contou com o apoio de seusassociados, desde a construo da pri-meira sede social, quando na oportu-nidade contou com a doao de sojapara aquisio de materiais de cons-truo e equipamentos.

    OSINTRAF de Tenente Portela, sedestaca por ser o maior Sindicato daRegio Celeiro, e figura entre os mai-ores Sindicatos do Estado do Rio Gran-de do Sul, abrangendo a regio dagrande Portela. Ao longo de sua his-tria buscou a independncia econ-mica, independncia essa que possi-bilita ao Sindicato lutar, reivindicar edefender o interesse dos agriculto-res, tanto na esfera municipal, quan-

    to na esfera estadual e nacional.Nos ltimos anos, as lutas de clas-

    se foram de extrema importncia paraas grandes conquistas no campo soci-al, para todos os agricultores e agri-cultoras, os quais tiveram seus direi-tos previdencirios firmados. Os apo-sentados que anteriormen-te recebiam somente meiosalrio mnimo, hoje rece-bem um salrio e as mulhe-res que anteriormente norecebiam benefcios previ-dencirios, hoje possuem omesmo direito que os ho-mens e, com o nascimentodos filhos, as agricultoras re-cebem salrio maternidadeno perodo de 4 meses.

    Os agricultores que apo-sentavam-se somente aos 65anos de idade hoje aposen-tam-se aos 60 anos, e as agri-cultoras, aos 55 anos de ida-de. Na rea de financiamentos so in-meras as conquistas alcanadas, des-de a reduo dos juros nos custeios agr-colas, ocorreu a liberao de recursospara melhoria da propriedade, aquisi-o de animais para trabalho e produ-o de leite, ocorreu devolues de va-lores que haviam sido cobrados emexcesso no pagamento de financiamen-tos, liberao de valores para recupe-

    rao de solo, construo de audes efontes drenadas, a fundo perdido, re-cursos estes oriundos do governo doEstado, onde a elaborao e execuodos projetos tcnicos contou-se com acontribuio da EMATER. Outra con-quista que podemos destacar que a

    grande Portela h vrios anos conta comoatendimento junto ao SINTRAF do Pr-vimvel, onde ocorre atendimento a to-dos que ali buscam informaes e en-caminhamento previdencirios, evitan-do, com isso, que o segurado tenha quese deslocar at a agncia de Trs Pas-sos para encaminhar seus benefcios.

    Contamos ainda com o atendimen-to da CRESOL, trazendo recursos e fi-

    nanciamento direto aos agricultores,com atendimento diferenciado e volta-do para o agricultor rural que necessitade uma entidade que procura se ade-quar com a realidade do campo e quehoje conta j com 650 associados.

    Possumos tambm a COOPERFAMILIAR, que possi-bilita ao produtor deleite obter um preomelhor aos seus pro-dutos, pois graas linha de leite forma-da ocorreu com queoutras empresas, tive-ram que entrar naconcorrncia aumen-tando seus valores.

    Sabemos que aconstruo de um Sin-dicato forte e repre-sentativo s ocorrecom a participao detodos os associados e

    da Entidade nas lutas e reivindicaes,para garantir direitos e conquistas paraaclasse rural fazendo com que o SIN-TRAF seja respeitado e admirado pelosseus associados, pois nunca se cansouna hora de lutar pelos objetivos de nos-sos agricultores. SINTRAF A fora daAgricultura Familiar.

    GALERIA DE PRESIDENTES Paraser fundado, o Sindicato precisou de

    vrias reunies e muita organizaoentre os agricultores. De acordo como scio fundador do Sindicato, Sr.Alevino Righi, foi no ano de 1963 quese comeou a pensar em criar umsindicato forte e com estrutura paraser representativo perante seus as-sociados, foi ento que ele realizoureunies nas localidades para colherassociados e quando chegou ao to-tal de 200 foi realizada a primeiraassemblia para a criao da enti-dade, que teve como primeira sedeoCENTRO DE FORMAO, hoje usa-do para reunies, e eleito primeiropresidente o Sr. Joo Tel. Aps, pas-saram pela presidncia os Srs. Fir-mino Soares Neto, Walter Irber, LauroAntonio Brun, Jos Moacir Zucoloto,Glson Jos Ferrari e atualmente, Pe-dro Roque Bresolin.

    DIRETORIA ATUAL Pedro RoqueBresolin, presidente; Glson Jos Fer-rari, vice-presidente.

    DEMAIS INTEGRANTES MariaFtima Salla, Gilmar Luiz Canzi, JooSantos da Luz, Elirdo Otvio Kerner,Alcindo Luiz Weber, Euclides Rossetti,Aluir Herdt, Paulino Goldschmidt, Ar-lindo Balen da Silva, Darci Jost, Deoc-lides Sima, Dorval Carvalho Macha-do, Hilrio Allas, Romildo Faccin Gol-fetto, Romeu Firmino Thiel, Alencar Ba-lestrin, Ivo Schovanz, Afonso Ritter.

  • F LHA POPULARANO XII l N0 609 l TENENTE PORTELA - 28 DE DEZEMBRO DE 2012 A 4 DE JANEIRO DE 2013 l R$ 2,00

    SBADO, 05/01 DOMINGO, 06/01

    21C27C22 mm 12 mm

    21C28C

    FASES DA LUA- 11/01

    05/01 -

    - 18/01

    27/01 -

    Cnec realiza formaturas e investeem projetos institucionais

    TENENTE PORTELA EDUCAO

    O correram em dezembroas formaturas das duasturmas de tercei ro anoda Cnec.

    Os formandos do Curso Nor-mal, aps cursarem os trs anosdo curso e realizarem o estgiode 400 horas, esto aptos a leci-onar na Educao Infantil e nosAnos Iniciais do Curso Funda-mental, pois desenvolveram ha-b i l idades e competncias quelhes habilitam para o exercciodo magistrio. Enquanto os for-mandos do Curso Mdio estopreparados para o ingresso nocurso superior.

    A direo, professores e fun-cionrios da escola parabenizamseus alunos formandos desejan-do-lhes um futuro promissor epleno de realizaes!

    De acordo com a diretora daesco la , professora Vera lc iaStein, consoante os objetivos daCnec de sempre investir na quali-dade da educao oferecida co-munidade portelense, a instituioj fez a aquisio de mais livrosde literatura e de materiais did-ticos, pois o projeto de leitura de-senvolvido na escola pela profes-sora Elaine e pela professora Nei-de, responsvel pela biblioteca, elogivel e deve ser intensifica-do. Tambm sero feitas melho-rias no espao f sico da escolapara receber os alunos no ano le-tivo de 2013, salienta a diretora.

    Vera lcia e a coordenadorapedaggica Nice Ternes, agrade-cem as famlias de seus alunospela confiana na escola e na suaproposta pedaggica, desejando atodos um feliz e abenoado AnoNovo!

    Formandos do Ensino Mdio durante formatura com professores da Cnec

    MANTOVANI EVENTOS

    Os formandos do Curso Normal esto preparados para lecionar e desenvolver o exerccio do magistrio

    FREE COLOR