anvisa cartilha

Download Anvisa cartilha

Post on 06-Jun-2015

209 views

Category:

Education

7 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

CARTILHA SOBRE AGROTOXICOS

TRANSCRIPT

  • 1. Cartilha sobre Agrotxicos Srie Trilhas do Campo Agncia Nacional de Vigilncia Sanitria | Anvisa Capa Daniel.pdf 1 19/09/2011 11:55:20

2. Agrotxico.indd 1 19/09/2011 12:02:20 3. Copyright 2011. Agncia Nacional de Vigilncia Sanitria. permitida a reproduo parcial ou total desta obra, desde que citada a fonte. Agncia Nacional de Vigilncia Sanitria (Anvisa) Diretor-presidente Adjunto do Diretor-Presidente Dirceu Brs Aparecido Barbano Luiz Roberto da Silva Klassmann Diretores Adjuntos Jos Agenor lvares da Silva Neilton Arajo de Oliveira Maria Ceclia Martins Brito Luiz Armando Erthal Jaime Csar de Moura Oliveira Luciana Shimizu Takara Chefe de Gabinete Vera Maria Borralho Bacelar Gerente Geral de Toxicologia Luiz Cladio Meirelles Coordenador do Grupo de Educao, Sade e Agrotxicos GESA Rodrigo Roriz de Arruda Leite Representantes do Grupo de Educao, Sade e Agrotxicos GESA (2009-2011) Alexandre Seabra (ABRAS), Ana Maria Cavalcanti de Lima (CGPAN/MS), Cssia de Ftima Rangel (CGVAM/ MS), Carlos Alexandre Oliveira Gomes (GGTOX/ANVISA), Daniela Macdo Jorge (GGTOX/ANVISA), Elisabete Gonalves Dutra (GGALI/ANVISA), Fabiana de Godoy Malaspina (CGVAM/MS), Marcelo Silva Oliveira Gonalves (CONSEA), Maria Paula do Amaral Zaitune (CGVAM/MS), Jorge Ricardo de Almeida Gonalves (COAGRE/ANVISA), Jos Milton da Silva (ABRAS), Letcia Altafin (CGAA/MAPA), Luiz Augusto da Cruz (Ouvidoria/ANVISA), Rodrigo Roriz de Arruda Leite (GGTOX/ANVISA), Rosilene Ferreira Souto (CGSPI/MAPA), Virginia Mendes Cipriano Lira (COAGRE/MAPA) Coordenao editorial, superviso e aprovao Carlos Alexandre Oliveira Gomes (GGTOX/ANVISA), Daniela Macedo Jorge (GGTOX/ANVISA), Rodrigo Roriz de Arruda Leite (GGTOX/ANVISA) Redao Andrea Franco Amoras Magalhes (CIAT/DF), Carlos Alexandre Oliveira Gomes (GGTOX/ANVISA), Daniela Macdo Jorge (GGTOX/ANVISA), Heloisa Rey Farza (GGTOX/ANVISA), Jorge Ricardo de Almeida Gonalves (COAGRE/ANVISA), Leticia Altafin (CGAA/MAPA), Rodrigo Roriz de Arruda Leite (GGTOX/ANVISA), Virginia Mendes Cipriano Lira (COAGRE/MAPA). Reviso Ilustrao Daniel Ledra Vascocellos (UNCOM/ANVISA) Projeto grfico, capa e diagramao Camila Medeiros (UNCOM/ANVISA) Agrotxico.indd 2 19/09/2011 12:02:20 4. Voc conhece algum que j ficou doente trabalhando com agrotxicos? Para evitar que isto acontea com voc, escrevemos esta cartilha. Fiquedeolho,poisosagrotxicos so substncias qumicas que merecem muita ateno por parte dos produtores rurais. Agrotxico um produto perigoso! Quando utilizado e, principalmente, no manuseio dirio, pode causar doenas. Fique alerta! Prevenir sempre melhor do que remediar. Se suspeitar de algo errado com voc (ou com seus familiares ou companheiros de trabalho), pare as suas atividades imediatamente e v ao servio de sade mais prximo, levando os rtulos e bulas dos agrotxicos que foram usados nos ltimos dias. A exposio a agrotxicos pode provocar uma variedade de doenas que dependem do(s) produto(s) usado(s), do tempo de uso e da quantidade que penetrou no seu corpo. Agrotxico.indd 3 19/09/2011 12:02:21 5. CONHECER MANTER-SE SAUDVEL As informaes apresentadas nos rtulos e bulas, e tambm em cartilhas sobre agrotxicos, servem para que voc, trabalhador rural, evite a penetrao dos agrotxicos pela boca, nariz, pele, olhos, e outras partes do seu corpo. Nas intoxicaes agudas, de aparecimento rpido, os sintomas so bem visveis e, geralmente, fazem pensar em um produto em especial. Mas, na maioria dos casos, os primeiros sinais so pouco especficos dos agrotxicos, e se apresentam como dores de cabea, tonteira, nuseas, cansao, falta de motivao... Com o passar do tempo, os problemas de sade podem piorar e provocar danos maiores. Alm disso, alguns agrotxicos se acumulam no organismo e causam doenas mais demoradas e at mais graves. De maneira geral, dependendo da via de penetrao, as primeiras reaes so: Na contaminao por contato com a pele (via drmica) Irritao - pele vermelha, quente e dolorosa, inchao e, s vezes, ardncia e brotoejas; Agrotxico.indd 4 19/09/2011 12:02:21 6. Desidratao - pele seca, escamosa, s vezes, infeccionada, com dor e pus, e evoluindo para cicatrizes deformadas, esbranquiadas ou escuras. Alergia - brotoejas com coceiras Na contaminao atravs da respirao (via inalatria) Ardncia do nariz e da boca Tosse Corrimento de nariz Dor no peito Dificuldade de respirar Na contaminao pela boca (via oral) Irritao da boca e garganta Dor de estmago Nuseas Vmitos Diarria Outros efeitos gerais vo aparecendo aps a contaminao prolongada, e so bem diversificados: Dor de cabea Transpirao anormal Fraqueza Cimbras Tremores Irritabilidade Dificuldade para dormir Dificuldade de aprender Esquecimento Aborto Impotncia Depresso Agrotxico.indd 5 19/09/2011 12:02:21 7. Nas intoxicaes crnicas, que aparecem aps penetrao repetida de pequenas quantidades de agrotxicos em um tempo mais prolongado, surgem problemas respiratrios graves, alterao do funcionamento do fgado e dos rins, anormalidade da produo de hormnios da tireide, dos ovrios e da prstata, incapacidade de gerar filhos, malformao e problemas no desenvolvimento intelectual e fsico das crianas, cncer etc. Se voc tiver um ou mais destes sinais, poder encontrar orientao e auxlio nestes locais: Programa de Sade da Famlia da sua regio Postos de sade do municpio Emergncias dos hospitais locais Agentes comunitrios de Sade Centros de Referncia em Sade do Trabalhador. Tenha sempre o nmero Disque Intoxicao - 0800 722 6001 do em mos. Ele serve para orientar a voc e ao seu mdico em caso de intoxicao com qualquer substncia qumica ou animais e plantas venenosas, em qualquer lugar do Brasil. Em caso de mal-estar aps o manuseio ou a aplicao de agrotxico, v para um lugar bem arejado, retire as roupas que podem estar contaminadas pelo agrotxico, tome banho com sabo e bastante gua corrente e procure ajuda mdica. Se estiver Agrotxico.indd 6 19/09/2011 12:02:21 8. se sentindo muito mal, troque de roupa, lave as partes do corpo que esto contaminadas e procure um servio de emergncia. Se houve respingos de agrotxicos nos seus olhos, vire a cabea de lado, lave cada olho com gua corrente e limpa durante pelo menos 15 minutos, no deixe a gua suja entrar no outro olho e procure um servio mdico para fazer um exame e um tratamento especializado. Isto vale para voc ou para qualquer pessoa que esteja na mesma situao. Mas... no esquea de levar o rtulo e a bula dos produtos que foram usados. Crianas e idosos so mais sensveis aos produtos txicos. Ajude a evitar que eles tenham contato com agrotxicos. Vamos cuidar daqueles que so o futuro da humanidade e das pessoas que nos ajudaram no passado. ONDE COMEA O PERIGO? Na loja onde se vendem agrotxicos, obrigatria a presena de um agrnomo. Diga a ele qual o problema que est prejudicando a sua lavoura e, se possvel, marque uma visita sua propriedade. Desta forma, o agrnomo poder receitar o produto certo para a praga certa e na dose certa, evitando um gasto desnecessrio com agrotxicos, e o risco de intoxicao. Se voc escolher plantar usando agrotxicos, s aplique os produtos quando for necessrio. A, voc evitar seus efeitos nocivos para a sade e o meio ambiente. Agrotxico.indd 7 19/09/2011 12:02:21 9. Pergunte, ainda, ao profissional, se existem produtos menos txicos para as pessoas e a natureza, e siga risca as recomendaes de uso. Assim, voc cuida da sua sade, da sua famlia, da sua terra, das reservas de gua, da vizinhana e das pessoas que vo consumir os seus produtos. Agrotxico.indd 8 19/09/2011 12:02:21 10. Veja algumas recomendaes importantes: Nunca compre produto s por que mais barato. Existem agrotxicos especficos para cada cultura, para cada momento e para cada praga. No compre produtos contrabandeados. Eles so, geralmente, muito piores para a sade, a lavoura e o meio ambiente. Nossos mdicos vo ter dificuldade para tratar a intoxicao que eles causaro. Pea tambm explicaes sobre a melhor maneira de manipular os agrotxicos e sobre os Equipamentos de Proteo Individuais (EPI) que voc dever utilizar. Lembre-se que estes equipamentos so muito importantes para evitar a contaminao durante a preparao da calda e a aplicao dos produtos. Aproveite a visita do agrnomo para tirar todas as dvidas que encontrar no rtulo e bula dos produtos. No deixe para trs nenhuma dvida. Agrotxico.indd 9 19/09/2011 12:02:21 11. Os agrotxicos so classificados pela Anvisa, rgo de controle do Ministrio da Sade, em quatro classes de perigo para sua sade. Cada classe representada por uma cor no rtulo e na bula do produto. Classe I Extremamente Txico Vermelha Classe II Altamente Txico Amarela Classe III Medianamente Txico Azul Classe IV Pouco Txico Verde Se decidir pela agricultura convencional, com agrotxicos, diga ao agrnomo a sua inteno em utilizar produtos menos txicos (produtos da Classe IV e Classe III). Produtos da Classe II e I s devem ser utilizados se realmente necessrios, nos casos em que no houver produtos das Classes IV ou III para a mesma praga ou doena e que no exista nenhuma outra maneira de combate desta praga (cata, poda, inimigos naturais, etc.). O agrnomo lhe dar essa informao. Lembre-se que essa classificao indica perigo para voc e no quer dizer, de jeito nenhum, que os produtos das classes I ou II so melhores que os produtos das classes III ou IV para combater tal praga ou doena. Vejabem,o que importa o produto ser indicado no rtulo e bula para controlar a praga ou doena, na cultura que voc quer tratar. Estas informaes so obrigatrias no receiturio agronmico. Agrotxico.indd 10 19/09/2011 12:02:22 12. COMO TRANSPORTAR O transporte de agrotxicos tem que respeitar regras para diminuir os riscos de acidentes e cumprir a legislao de transporte de produtos perigosos. O desrespeito das normas de transporte pode provocar multas para quem vende e para quem transporta o produto. proibido o transporte de agrotxicos dentro das cabines das caminhonetes e na carroceria, quando esta transportar pessoas, animais, alimentos, raes