propostas de educaÇÃo permanente - biblioteca...

Download PROPOSTAS DE EDUCAÇÃO PERMANENTE - Biblioteca bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/melhor_em_casa... ·

Post on 14-Nov-2018

212 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Braslia - DF2014

    MINISTRIO DA SADE

    PROPOSTAS DE EDUCAO PERMANENTE

    Programa Melhor em Casa

  • MINISTRIO DA SADE

    Braslia DF2014

  • MINISTRIO DA SADE Secretaria de Ateno Sade

    Departamento de Ateno Bsica

    Braslia DF2014

  • 2014 Ministrio da Sade.

    Elaborao, distribuio e informaes: MINISTRIO DA SADE

    Secretaria de Ateno Sade

    Departamento de Ateno Bsica

    Coordenao-Geral de Ateno Domiciliar

    SAF Sul, Qd 2, Ed. Premium, Torre II, Auditrio, sala 5

    CEP: 70070-600 Braslia/DF

    Site: http://dab.saude.gov.br/portaldab/E-mail: dab@saude.gov.br

    Superviso geral:Eduardo Alves Melo

    Coordenao Tcnica Geral:Mariana Borges Dias

    Reviso Tcnica:Diego Ferreira Lima Silva

    Elaborao:Aristides Vitorino de Oliveira NetoAlyne Arajo de MeloDbora Spalding VerdiDiego Ferreira Lima SilvaGuilherme Muller

    Ktia Motta GalvoLuciana Guimares Nunes de PaulaOlivia Albuquerque Ugarte Coordenao:Marco Aurlio Santana da Silva

    Capa e diagramao: Roosevelt Ribeiro

    Projeto GrficoRoosevelt Ribeiro Svio Marques

    Reviso:Laeticia Jensen Eble

    Projeto GrficoRoosevelt Ribeiro Teixeira

    Normalizao: Marjorie Gonalves MS/CGDI

    Impresso no Brasil / Printed in Brazil

    Ficha Catalogrfica

    Brasil. Ministrio da Sade. Secretaria de Ateno Sade. Departamento de Ateno Bsica.Propostas de educao permanente : Programa Melhor em Casa [recurso eletrnico] / Ministrio da

    Sade, Secretaria de Ateno Sade, Departamento de Ateno Bsica, Braslia : Ministrio da Sade, 2014.

    48 p. : il.

    Modo de Acesso: World Wide Web: ISBN 978-85-334-xxx-x

    1. Ateno Domiciliar. 2. Educao permanente em sade. 3. . Monitoramento. I. Ttulo. CDU 61:37

    Catalogao na fonte Coordenao-Geral de Documentao e Informao Editora MS OS 2014/0595

    Esta obra disponibilizada nos termos da Licena Creative Commons Atribuio

    No Comercial Compartilhamento pela mesma licena 4.0 Internacional. permitida a

    reproduo parcial ou total desta obra, desde que citada a fonte.

    A coleo institucional do Ministrio da Sade pode ser acessada, na ntegra, na Biblioteca Virtual em Sade do Ministrio da Sade: . O contedo desta e de outras obras da Editora do Ministrio da Sade pode ser acessado na pgina: .

    Tiragem: 1 edio 2014 verso eletrnica

    Ttulos para indexao:

    Em ingls:

    Em espanhol:

  • SUMRIO

    1 JUSTIFICATIVA....................................................................................................................7

    2 PROPOSTA............................................................................................................................11

    2.1 Objetivos.........................................................................................................................11

    2.2 Apresentao dos instrumentos/ferramentas...........................................13

    3 TEXTOS DE APOIO IMPLANTAO E QUALIFICAO DOS SADS...................................................................................15

    4 PROGRAMA MULTICNTRICO DE FORMAO A DISTNCIA EM ATENO DOMICILIAR................................................19

    4.1 O que o programa? .............................................................................................19

    4.2 Objetivos.......................................................................................................................19

    4.3 Como funciona?........................................................................................................20

    4.4 Quem pode se matricular?..................................................................................20

    4.5 Como o processo avaliativo? ........................................................................20

    4.6 Como obter o certificado? .................................................................................23

    5 CADERNO DE ATENO DOMICILIAR...........................................................23

    6 COMUNIDADE DE PRTICAS..............................................................................27

    7 TELESSADE APOIO AO MELHOR EM CASA..................................31

    8 INSTRUMENTO DE AUTOAVALIAO PARA A MELHORIA DO ACESSO E DA QUALIDADE NA ATENO DOMICILIAR AMAQ-AD..................................................35

    8.1 Processos autoavaliativos....................................................................................35

    8.1.2 Momentos do processo autoavaliativo..................................................35

    8.2 Planejamento e interveno...............................................................................36

    8.3 A ferramenta: Autoavaliao para a Melhoria do Acesso e da Qualidade da Ateno Domiciliar..........................................37

    8.4 Organizao do instrumento de Autovaliao para aMelhoria do Acesso e da Qualidade da Ateno Domiciliar...............37

    REFERNCIAS........................................................................................................................39

  • 7

    No mbito do SUS, a Ateno Domiciliar (AD) uma modalidade j insti-

    tuda e desenvolvida por vrios servios e secretarias de Sade (estaduais e

    municipais). Mas, apesar disso, ainda muito recente como uma iniciativa de

    alcance nacional, incluindo normativa e apoio federal (financeiro, tcnico e

    poltico) para seu fortalecimento.

    O Programa Melhor em Casa, que objetiva a expanso e a qualificao

    da Ateno Domiciliar no SUS, tem pouco mais de dois anos de existncia.

    Esse fato oportuniza a aposta em estratgias conjuntas de fortalecimento e

    qualificao dos servios e de suas equipes.

    A educao permanente pode ser entendida como aprendizagem-

    trabalho, ou seja, ela acontece no cotidiano das pessoas e das organizaes.

    Ela feita a partir dos problemas enfrentados na realidade e leva em

    considerao os conhecimentos e as experincias que as pessoas j tm.

    Prope que os processos de educao dos trabalhadores da sade se

    faam a partir da problematizao do processo de trabalho, e considera

    que as necessidades de formao e desenvolvimento dos trabalhadores

    sejam pautadas pelas necessidades de sade das pessoas e populaes

    (BRASIL, 2007).

    este processo que se pretende fomentar e reforar para a qualificao

    do Servio de Ateno Domiciliar (SAD). Para isso, o Programa Melhor em

    1 JUSTIFICATIVA

  • MINISTRIO DA SADE

    8

    Casa possui produtos que visam apoiar as equipes e gestores na avaliao

    e melhoria do processo de trabalho, bem como na articulao com os de-

    mais pontos de ateno: o Caderno de Ateno Domiciliar (dois volumes), o Programa Multicntrico de Formao Distncia em Ateno Domiciliar1 e

    o 0800 do Telessade disponvel para todos os profissionais das equipes de

    Ateno Domiciliar. No entanto, apesar de essas ofertas serem importantes,

    preciso avanar nos procedimentos de reflexo e de qualificao do pro-

    cesso de trabalho, sob a perspectiva da educao permanente no trabalho,

    a partir do trabalho, e para o trabalho.

    Este documento apresenta uma proposta de organizao do processo de

    educao permanente orientado para a qualificao dos SADs, articulando

    a prtica autoavaliativa a um conjunto de instrumentos e estratgias que

    visam apoiar os servios nessa agenda, que contnua.

    1Curso de educao a distncia (EaD) oferecido pela Universidade Aberta do SUS (UNA- SUS) por meio de parcerias com as universidades.

  • 11

    A proposta de processo de educao permanente na Ateno Domiciliar consiste em uma ao voluntria, sem necessidade de adeso. Assim, poder ser experimentada pelos SADs, com o objetivo de refletir sobre o processo de trabalho, integrando as vrias estratgias e instrumentos que vm sendo discutidos no Programa Melhor em Casa.

    2.1 Objetivos

    So objetivos desta proposta:

    delimitar dimenses e padres de qualidade coletivamente reconhecidos;

    incentivar a cultura da autoavaliao nas equipes; e

    incentivar processos de monitoramento de indicadores (tomada de deciso e qualificao de processos, modelos e fluxos).

    O Ministrio da Sade (MS), por meio da Coordenao-Geral de Ateno Domiciliar (CGAD) do Departamento de Ateno Bsica (DAB) da Secretaria de Ateno Sade (SAS), disponibilizar uma proposta de Instrumento de Autoavaliao para a Melhoria do Acesso e da Qualidade na Ateno Domiciliar (AMAQ/AD) no portal do DAB para uso dos coordenadores e equipes de SAD. Este instrumento ajuda a promover uma discusso com base em padres de qualidade, facilitando o reconhecimento coletivo sobre as principais dificuldades do processo de trabalho. Amplia-se, assim, a capacidade de cada ator (trabalhadores das equipes, coordenador do SAD, diretor de Ateno Sade do municpio/estado, secretrio etc.) na

    2 PROPOSTA

  • MINISTRIO DA SADE

    12

    elaborao de estratgias inovadoras, bem como na proposio de solues em face do cotidiano do territrio.

    Nesse processo, as discusses podero utilizar o Caderno de Ateno Domiciliar (CAD) e os mdulos do Programa Multicntrico de Qualificao Profissional em Ateno Domiciliar a Distncia como instrumentos de apoio para a reflexo e o apontamento de formas de fazer. Equipes e coordenadores podero tambm fazer uso da Comunidade de Prticas2 para discutir com pares de outros servios sobre os problemas, os desafios, as sadas e as inovaes que vm produzindo antes e depois dessa mobilizao.

    Ao mesmo tempo, o MS apoiar os SADs na implantao do e-SUS AD, que permitir o registro facilitado de informaes, bem como a produo de indicadores e anlises que ajudam no processo de reflexo para a melhoria de q

Recommended

View more >