grÁficos estatÍsticos

Download GRÁFICOS ESTATÍSTICOS

Post on 30-Dec-2015

29 views

Category:

Documents

3 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

GRÁFICOS ESTATÍSTICOS. É uma forma de apresentação de dados estatísticos; Um conjunto de figuras geométricas representativa dos fenômenos estudados; O objetivo do gráfico é tornar mais rápida a compreensão do fenômeno em estudo. “Uma imagem vale mais que mil palavras”. GRÁFICOS ESTATÍSTICOS. - PowerPoint PPT Presentation

TRANSCRIPT

  • GRFICOS ESTATSTICOS uma forma de apresentao de dados estatsticos;

    Um conjunto de figuras geomtricas representativa dos fenmenos estudados;

    O objetivo do grfico tornar mais rpida a compreenso do fenmeno em estudo.Uma imagem vale mais que mil palavras

  • GRFICOS ESTATSTICOS

    Requisitos bsicos de um grfico estatstico:

    Simplicidade: trazer apenas o essencial; evitar desenhos, traos e etc., que desviem a ateno;

    Clareza : possibilitar a leitura correta dos valores do fenmeno;

    Veracidade : expressar a verdade sobre o fenmeno representado;

  • GRFICOS ESTATSTICOSNa hora da execuo de um grfico estatstico devemos seguir algumas regras:

    Colocar o ttulo na parte superior, o subttulo a seguir, de preferncia na horizontal, da esquerda para a direita;

    Cuidado com escala utilizada;

    Representao das unidades do fenmeno em estudo;Fontes dos dados;

    Legendas claras e ntidas;

    Cores utilizadas.

  • Grficos de Linhas

  • Matriculas nas escolas de uma cidade A - 2007Grfico de Barras

    Grf5

    19286

    5681

    2234

    Nivel Escolar

    Numero de Alunos

    Disrtibuicao de matriculas segundo o nivel escolar

    Plan1

    ANOSHABITANTES

    196070,070

    197093,139

    1980118,562

    1990155,822

    REGIESRELATIVA ( % )

    Norte45.25

    Nordeste18.28

    Sudeste10.85

    Sul6.76

    Centro - Oeste18.86

    Plan1

    00

    00

    00

    00

    00

    Area Terrestre - Brasil

    Plan2

    00000000

    00000000

    00000000

    00000000

    00000000

    Area Terrestre - Brasil

    Plan3

    00000000

    00000000

    00000000

    00000000

    00000000

    Area Terrestre - Brasil

    00000000

    00000000

    00000000

    00000000

    00000000

    Area Terrestre - Brasil

    EscolaridadeNmero de Alunos

    Primeiro Grau19,286

    Segundo Grau5,681

    Terceiro Grau2234

    Total21,201

    0

    0

    0

    Nivel Escolar

    Numero de Alunos

    Disrtibuicao de matriculas segundo o nivel escolar

  • Matriculas nas escolas de uma cidade A - 2007Grfico de Colunas

    Grf4

    19286

    5681

    2234

    Nivel Escolar

    Numero de Alunos

    Disrtibuicao de matriculas segundo o nivel escolar

    Plan1

    ANOSHABITANTES

    196070,070

    197093,139

    1980118,562

    1990155,822

    REGIESRELATIVA ( % )

    Norte45.25

    Nordeste18.28

    Sudeste10.85

    Sul6.76

    Centro - Oeste18.86

    Plan1

    00

    00

    00

    00

    00

    Area Terrestre - Brasil

    Plan2

    00000000

    00000000

    00000000

    00000000

    00000000

    Area Terrestre - Brasil

    Plan3

    00000000

    00000000

    00000000

    00000000

    00000000

    Area Terrestre - Brasil

    00000000

    00000000

    00000000

    00000000

    00000000

    Area Terrestre - Brasil

    EscolaridadeNmero de Alunos

    Primeiro Grau19,286

    Segundo Grau5,681

    Terceiro Grau2234

    Total21,201

    0

    0

    0

    Nivel Escolar

    Numero de Alunos

    Disrtibuicao de matriculas segundo o nivel escolar

  • Matriculas nas escolas das cidades A e B - 2007Grfico de Barras

  • Matriculas nas escolas das cidades A e B - 2007Grfico de Barras Mltiplas

  • Matriculas nas escolas das cidades A e B - 2007Grfico de Colunas Mltiplas

  • Matriculas nas escolas das cidades A e B - 2007Grfico de Barras

  • Matriculas nas escolas das cidades A e B - 2007Grfico de Colunas

  • Matriculas nas escolas das cidades A e B - 2007Comparao

  • Grfico de Setores (Pizza) baseado no crculo;

    Visualizao da parte no todo;

    As reas dos setores so proporcionais aos dados da serie

  • Grfico de SetoresREA TERRESTRE - BRASILFonte: IBGE

    REGIESRELATIVA ( % )Norte45,25Nordeste18,28Sudeste10,85Sul6,76Centro - Oeste18,86

  • Grfico de Setores (Pizza)REA TERRESTRE - BRASILFonte: IBGEExemplo: Regio NorteCalcule para as demais Regies

    REGIESRELATIVA ( % )Norte45,25Nordeste18,28Sudeste10,85Sul6,76Centro - Oeste18,86

  • Grfico de SetoresREA TERRESTRE - BRASILFonte: IBGE

    REGIESRELATIVA ( % )Norte45,25Nordeste18,28Sudeste10,85Sul6,76Centro - Oeste18,86

  • Grfico de SetoresREA TERRESTRE - BRASILFonte: IBGE

    REGIESRELATIVA ( % )Norte45,25Nordeste18,28Sudeste10,85Sul6,76Centro - Oeste18,86

  • Grfico de SetoresREA TERRESTRE - BRASILFonte: IBGE

    REGIESRELATIVA ( % )Norte45,25Nordeste18,28Sudeste10,85Sul6,76Centro - Oeste18,86

  • Grfico de SetoresREA TERRESTRE - BRASILFonte: IBGE

    REGIESRELATIVA ( % )Norte45,25Nordeste18,28Sudeste10,85Sul6,76Centro - Oeste18,86

  • Grfico de SetoresREA TERRESTRE - BRASILFonte: IBGE

    REGIESRELATIVA ( % )Norte45,25Nordeste18,28Sudeste10,85Sul6,76Centro - Oeste18,86

  • Grfico de SetoresREA TERRESTRE - BRASILFonte: IBGE

    REGIESRELATIVA ( % )Norte45,25Nordeste18,28Sudeste10,85Sul6,76Centro - Oeste18,86

  • Pictograma

  • Cartograma

  • Cartograma

  • HistogramasO histograma um grfico que reflete a forma da distribuio de frequncias da amostra. Tambm procura refletir a estrutura (forma) da populao de onde foi retirada a amostra.

    Para construir um histograma necessrio primeiro repartir os dados por classes e depois calcular as respectivas frequncias.

    O histograma um grfico de frequncias construdo a partir desta tabela de frequncias (por classes).

    Os histogramas so particularmente teis para variveis contnuas ou variveis com poucos valores repetidos.

  • HistogramasA apresentao do histograma depende muito do nmero de classes considerado.

    Um nmero muito grande de classes produz um histograma com demasiada irregularidade,

    um histograma com um nmero demasiado reduzido de classes oculta a forma da distribuio (perde-se demasiada informao).

  • Histogramas Poucas classes Muitas classes

  • Para a tabela abaixo temos os seguintes histogramas :

  • Histograma para freqncia simples

  • Exerccio : Para a Tabela anterior, tambm podemos construir um Histograma para as Freqncias acumuladas.

  • Polgono de freqncia representao grfica que, considerando o centro de cada uma das classes, substitui a altura das barras do histograma por pontos e os interliga.

  • Polgono de freqncia

  • Polgono de freqncia

  • Polgono de freqncia acumulada

  • Polgono de freqncia acumulada

  • Exerccio: Construa a tabela com as freqncias simples, acumulada, relativa e relativa acumulada para o peso de 36 alunosExerccio: Construa um histograma para os dados acima

  • EXEMPLO1 Passo Determinando o nmero de classes

  • EXEMPLO2 Passo Determinando o intervalo de classe ( h ):

    AA = 97 47 = 50

    h = 50 / (6 - 1) 10

  • EXEMPLO3 Passo: Determinar os limites de cada classe:

    Li1 = 47 (10 / 2) = 42

    Ls1 = Li2 = 42 + 10 = 52

    Ls2 = Li3 = 52 + 10 = 62Calcule:

    Lii e Lsi , i = 3, 4, 5,6

  • DISTRIBUIO DE FREQNCIA

  • DISTRIBUIO DE FREQNCIA

  • DISTRIBUIO DE FREQNCIA

  • DISTRIBUIO DE FREQNCIA

  • Exerccio: Construa a tabela com as freqncias simples, acumulada, relativa e relativa acumulada para o peso de 36 alunosExerccio: Construa um histograma para as freqncias absoluta e acumulada

  • Histograma para as freqncias absolutas

  • Polgono de freqncias

  • Histograma para as freqncia acumulada

  • Elementos tpicos de uma distribuioAo estudar a representao tabular ou grfica de um conjunto de dados, passamos a ter descries de distribuio de freqncia dos valores observados: seja por nmeros(tabelas) ou por figuras (grficos), o que representamos foi contagem de ocorrncias de eventos, quer em unidades, proporo do total ou porcentagem.

  • Elementos tpicos de uma distribuioPara ressaltar as tendncias caractersticas de cada distribuio, isoladamente, ou em confronto com outras, necessitamos introduzir conceitos que se expressem atravs de nmeros que nos permitam traduzir estas tendncias.

    Medidas de posio;Medidas de variabilidade ou disperso;Medidas de assimetria;

  • Medidas de PosioMedidas de Tendncia Central.

    Mdia Aritmtica;Mediana;Moda;

    Separatrizes: dividem o conjunto em um certo nmero de partes iguais.

    MedianaQuartisPercentis

  • MdiaUma expectativa de medida para os elementos de um conjunto: se temos um elemento que pertence a um conjunto mas no sabemos sua medida, esperamos que seu comportamento possa ser representado por um valor mdio.

  • Mdia aritmticaSomar todos os valores do conjunto e dividir pelo nmero total.EXEMPLO: Considere o peso (Kg) de 6 alunos:

  • Mdia aritmticaSeja x o peso dos alunos:A mdia do peso dos alunos pode ser escrita da seguinte forma:

  • Mdia aritmticaDe maneira geral x o peso dos alunos:

  • Peso de 36 alunosO peso mdio dos 36 alunos descritos acima 68,72

  • Polgono de freqnciasCENTRO DE MASSA

  • Considere agora o salrio semanal de 10 trabalhadoresCalcule a Mdia!

  • Salrio semanal de 10 trabalhadoresPara o mesmo conjunto de dados, a Mdia pode ser calculada segundo a formula abaixo:

  • Mdia aritmtica ponderadaNo caso de os valores obtidos estarem associados a pesos a media aritmtica se diz ponderadaou

  • Numa dada disciplina utilizou-se o seguinte critrio para o calculo da Media Final (MF)Exemplo: MF uma mdia aritmtica ponderada???Como podemos verificar isso??

  • MF uma mdia arit

Recommended

View more >