PLANO DE ENSINO – 1° SEMESTRE/2013 PLANO DE ENSINO – 1° SEMESTRE/2013 Disciplina: Sociologia das Organizações Curso: Administração Turno – Noturno Dias:

Download PLANO DE ENSINO – 1° SEMESTRE/2013 PLANO DE ENSINO – 1° SEMESTRE/2013 Disciplina: Sociologia das Organizações Curso: Administração Turno – Noturno Dias:

Post on 07-Apr-2016

212 views

Category:

Documents

0 download

TRANSCRIPT

PLANO DE ENSINO 1 SEMESTRE/2011

PLANO DE ENSINO 1 SEMESTRE/2013Disciplina:Sociologia das OrganizaesCurso:AdministraoTurno NoturnoDias: 3 FeirasHora; 19:00 s 20:40 Dias: 5 Feiras20:50 s 22:30Professor: Luiz Alberto Costa GuedesEMAIL: luizalbertoguedes@bol.com.brTurma:3 ADN - 1Carga Horria SemanalCarga Horria SemestralNmero de Crditos

04TericaPrticaTotalTericaPrticaTotal4-472-72EMENTA Sociologia e organizao. Diversidade cultural, mudana social e comportamento nas organizaes e relaes tnico-raciais Competio e cooperao. A influncia das novas tecnologias no ambiente de trabalho. Aes individuais, coletivas e o corporativismo. A Sociologia da Inovao e das rpidas transformaes nas organizaes e no mundo dos negcios. Sistemas simblicos Ideolgicos e consumo de mercadorias. Organizaes formais e informais. O indivduo e as organizaes.

COMPETNCIAS-Aplicao das concepes Sociolgicas Organizao Empresarial. -Distino entre o Cientfico e o vulgar no processo de aplicao de conhecimento dinmica das Organizaes Pblicas e PrivadasOBJETIVOS

-Ampliar o universo do capital intelectual dos futuros profissionais da rea de Administrao.-Desenvolver conhecimentos a respeito das bases terico-conceituais e metodolgicas da Sociologia Aplicada s Organizaes Pblicas e Privada.-Favorecer a compreenso da estrutura e da dinmica empresariais sob a perspectiva sociolgica.

CONTEDO PROGRAMTICO MENSAL

MS DE FEVEREIRO: 14 AULAS PROGRAMADAS

DIACHUNIDADES E SUBUNIDADES05

07

14

19

21

26

28UNIDADE I. O Surgimento da Sociologia.

- Contexto histrico: origem e desenvolvimento da sociologia. - Objeto, mtodos e Perspectivas Sociolgicas. - A Sociologia das Organizaes - Bases terico-conceituais. - Atividade de Aplicao.

MS DE MARO : 12 AULAS PROGRAMADAS

DIACHUNIDADES E SUBUNIDADES05

07

12

14

21

26

UNIDADE II. Cultura e Poder nas Organizaes.- Viso geral da unidade. - Bases conceituais referentes Cultura e ao Poder. - Poder e Cultura nas Organizaes. - Cultura, Sub-Cultura e Contra Cultura- Fatores do Poder Formal

MS DE ABRIL: 20 AULAS PROGRAMADAS

DIACHUNIDADES E SUBUNIDADES02040911161820232530UNIDADE III. Organizao Social e do Trabalho. - Modelos Tericos da Organizao.

- Organizao Social do Trabalho e dos Trabalhadores, a partir da Revoluo Industrial.

-Transformao da Indstria X Organizao Social do Trabalho, a partir do Sc. XIX.

- As Novas Organizaes do Trabalho X Trabalhadores e suas Organizaes enfoques terico-conceituais e empirias referentes ao tema, a partir da Europa ocidental, EE.UU. e Amrica Latina. MS DE MAIO: 18 AULAS PROGRAMADASDIACHUNIDADES E SUBUNIDADES020709141618212328UNIDADE IV Processo Social e Controle

-Relao entre a Socializao e dinmica do trabalho na Organizao.

-Formas e processos de Controle Social. -Interao de Metas grupais e o conflito. -Influncia da Comunicao no processo de controle.

- Ideologia e utopia no processo social.

MS DE JUNHO: 08 AULAS PROGRAMADAS

DIACHUNIDADES E SUBUNIDADES04061113

UNIDADE V - Grupos Sociais e a Presso nas Organizaes.- Presso Social nos grupos. - Presso tcnica social na Organizao.- Efetividades sobre presso tcnicosocial na unidade administrativa. ESTRATGIAS DE ENSINOOs encontros/aulas sero desenvolvidos enfatizando-se as tcnicas da exposio sistematizada, debate e sntese com dinmicas de trabalho em grupo e individual, alm da diagnose processual sempre que se trabalhar assunto novo.Ser dada nfase especial ao processo da Interdisciplinaridade como elemento facilitador da integrao dos contedos desenvolvidos pelas disciplinas trabalhadas na turma. RECURSOS Basicamente sero usados os seguintes: - Recursos bibliogrficos, permanentemente;- Equipamentos: Notbook, data show e quadro magntico. - Alm de outros, disponveis e necessrios.SISTEMTICA DE AVALIAO O processo de avaliao ser realizado em dois momentos. No primeiro, ao longo do processo, enfatizando-se o estudo de cada unidade, atravs de atividades em grupo e individuais, totalizando 70,0 pontos, incluindo-se a a atividade interdisciplinar. No segundo, ser realizada uma atividade/prova individual, com questes que abranjam o contedo desenvolvido ao longo do estudo da disciplina, valendo 30.0 pontos.

Ser dado incentivo especial participao dos acadmicos nos eventos gerais do CEAP e das vrias Coordenaes, no mbito scio-cultural, ocorrentes no semestre, com destaque ao XIII EMEAC, que ocorrer nos dias 25, 26 e 27 de maio/2013, como parte dos eventos institucionais.REFERNCIAS BIBLIOGRAFICAS: BSICA:

BERNARDES, Cyro, MARCONDES, Reynaldo C. Sociologia Aplicada Administrao. 5 ed. So Paulo, Saraiva, 2001.

CASTRO, Celso Antonio Pinheiro de. Sociologia Aplicada Administrao. So Paulo. Atlas, 2011.

DIAS, Reinaldo. Sociologia das Organizaes So Paulo: Editora Atlas, 2008.

COMPLEMENTAR

DECCA, Edgar Salvador de. O Nascimento das Fbricas.10. ed. (Coleo tudo histria. Vol. 51). So Paulo. Brasiliense, 1998DRUCKER, Peter Ferdinand: O melhor de Peter Drucker: O Homeme, a administrao, a Sociedade. So Paulo: Nobel, 2006. HUBERMAN, Leo. Histria da Riqueza do Homem, 22. ed. rev. Rio de Janeiro: E.T.C., 2011. LAKATOS, Eva Maria, Sociologia da Administrao . So Paulo: Atlas, 1999.

STEWART, Thomas A. Capital Intelectual: a nova vantagem competitiva das empresas.15 ed.. Rio de Janeiro: Campus, 1998.

Recommended

View more >