o tabu contra os

Download O tabu contra os

Post on 24-Jun-2015

1.073 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 1. O TAB CONTRA OS NEGROS BRANCOS! DIVULGUEM! www.mensagensvirtuais.com.br

2. 3. Albinismo, do latim "albus", que significa branco, uma condio gentica herdada caracterizada pela ausncia de melanina na pele, olhos e cabelo, assim, pode afetar todas as raas, sem distino. A pura ignorncia, da superstio e do preconceito social incrvel, tornaram os albinos africanos pessoas marginalizadas e prisioneiras dos que acreditam que certas partes do seu corpo trazem boa sorte. 4. 5. 6. 7. Logo aps o nascimento, elas so rejeitadas. Geralmente por seus pais que os abandonam e as suas mes, que so responsabilizadas pela condio fragilizada da criana. 8. 9. Eles tm dificuldade na escola para ver o quadro-negro. Professores e colegas os discriminam e insultam. Encontrar trabalho difcil, eles so marginalizados. Sofrem problemas de viso e o sol africano inclemente lhes causa sofrimento, causando ulceraes e queimaduras. Muitos jovens morrem de cncer de pele. No fcil ser albino na maioria dos pases africanos, muitos dos quais, particularmente nas zonas rurais, explicam a sua falta de pigmentao por uma maldio que paira sobre a famlia. 10. 11. 12. 13. 14. Existem mais albinos na frica do que em qualquer outro lugar do mundo. Na verdade, os primeiros colonos portugueses os classificaram como uma raa parte. Se na Europa a taxa de albinismo um para cada 17.000 pessoas, na frica chega a 2.000 ou 5.000, dependendo do pas. Uma a cada 70 pessoas portador do gene. Se o seu parceiro tambm um portador, sua prole ter maior chance de ser albino. 15. 16. 17. 18. 19. Eles so "peas cobiadas pelas bruxas. As pernas, braos, pele, lngua, e cabelos de albinos valem milhares de dlares. Os curandeiros os utilizam para "curar doenas" e para prometer fortuna. Uma das crenas africanas mais arraigadas garante que se voc beber o sangue de um albino vai ganhar muito dinheiro . 20. O perverso ritual inclui a queima de barracos das vtimas. Os assassinos recebem, em troca, uma ou duas vacas, que lhesso dadas peloslderes da comunidade pelo seubom trabalho prestado . 21. Bibiana,de 10 anos,e sua irmTendyebua, de 8, em um hospital de Gaita, Tanzania . 22. Bibiana foi amputada noite por pessoas que acreditam que partes do seu corpo albino, usado em conjunto com outros medicamentos tradicionais, podem ajud-los a ficar ricos em minerao e nas indstrias pesqueiras. As pessoas que atacaram e amputaram a perna de Bibiana foram presas 23. 24. O presidente de associao Mwanzas Albina, Alfred Kapole, ajuda Bibiana a caminhar 25. por isso que organizaes internacionais abriram acampamentos especiais, onde os negros albinos podem viver com maior segurana 26. 27. 28. Um dermatologista aplica um tratamento base de crioterapia em uma criana albina que apresenta uma queratose actnica, uma leso pr-cancergena 29. Aqueles que conseguem sobreviver neste ambiente to hostil,so forados a trabalhar sob o escaldante sol africano, ficando irremediavelmente doente de cncer de pele. A mdia anual estimada de cerca de uma centena de assassinatos, e at agora as autoridades acreditam que, desde os anos oitenta, foram mortas mais de trs mil albinos em crimes cometidos com lanas e faces. 30. 31. Um negro albino chega de barco, em Tenerife, pedindo asilo para escapar dos bruxos 32. 33. Um tabu que est levando o continente africano a ser culpado de um incompreensvel racismo, por falta de melanina na pele, uma condio que, antetal discriminao, injusta e irracional. 34. 35. 36. O governo da Tanznia proibiu o curanderismo, para impedir a caa de mais de albinos. Mas a questo , o que acontece no resto da frica? Algumas ONGs esto a trabalhar muito para chamar a ateno para estas redes criminosas . 37. FELIZ A NAO CUJO DEUS O SENHOR!VAMOS FORMAR UMA CORRENTE MULTIDICIPLINAREM PROL DOS AFRICANOS ALBINOS!