baden-baden: o acordo

Download Baden-baden: o acordo

Post on 24-Jul-2016

215 views

Category:

Documents

1 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

 

TRANSCRIPT

  • BADEN-BADEN: O ACORDO (BASEADO NA OBRA DE BERTOLT BRECHT)

    A QUALQUER HORA EM QUALQUER LUGAR

  • PERSONAGENS DR. SMITH - O PALHAO

    DURAO 15 20 MINUTOS ( RUA E ESPAOS ABERTOS) 08 12 MINUTOS ( BARES, CAFS, PUBS)

    ESPAO CNICO QUALQUER ESPAO TEMA MANIPULAO DE IDIAS E APATIA SOCIAL

    LINGUAGEM EXPRESSIONISTA/CLOWNESCA

    1. DOIS OPERRIOS CARREGAM DE UM LADO AO OUTRO DA CENA, DOIS GRANDES LATES DE LIXO COM PICHAES DE

    ORDEM. OS OPERRIOS CARREGAM OS LATES DA DIREITA PARA A ESQUERDA E

    DA ESQUERDA PARA A DIREITA , DE MANEIRA QUE QUANDO VOLTAM AO SEU PONTO DE PARTIDA SEMPRE HAVER UM LATO A SER CARREGADO, TORNANDO

    ASSIM, O TRABALHO INFINDVEL.

    2. OPERRIO 1: QUANTAS FALTA?

    3. OPERRIO2: ACHO QUE S FALTA MAIS UMA!

  • 4. OPERRIO 1: AI QUE BOM! 5. OS OPERRIOS CARREGAM OS LATES. 6. OPERRIO 1: ETA VIDINHA MISERVEL!

    7. OS OPERRIOS VOLTAM DESCANSANDO. 8. OPERRIO 2: QUI QUE EU T FAZENDO AQUI

    MEU DEUS?

    9. OS OPERRIOS FAZEM O MESMO JOGO AT QUE SE FORME UMA RODA PARA QUE O

    TRABALHO POSSA CONTINUAR.

    10.ATOR 1: SENHORAS E SENHORES, VAMOS

    APRESENTAR PRA VOCS UM TRABALHO DE TEATRO CHAMADO BADEN-BADEN: O

    ACORDO, O TRABALHO UMA ADAPTAO DA OBRA DE UM DRAMATURGO ALEMO

    CHAMADO BERTOLT BRECHT, O TRABALHO TEM A DURAO DE 15 MINUTOS E O GRUPO CONVIDA A TODOS ALGUNS

    MOMENTOS DE ATENO E REFLEXO.

  • 11.O REPICAR DE UM TAROL INVADE A CENA.

    12.PALHAO: VIVEMOS EM TEMPO DE CLERA O HOMEM NO AJUDA O HOMEM

    NOS OMITIMOS ACUSAMOS

    NOS INDIGNAMOS MAS SEMPRE, SEMPRE E PARA O SEMPRE

    AMM NOS CALAMOS

    MAS AT QUANDO HAVEMOS DE CALAR A DOR ADORMECIDA QUE NOS MATA

    ACORDAI SER HUMANO QUE OS DIAS QUE VIRO

    SERO DE TREVAS E DESCONSERTO

    13.REPICAR DO TAROL.

  • 14.PALHAO: TUDO BEM DR. SMITH? 15.DR.SMITH: SIM!

    16.PALHAO: EST SE SENTINDO BEM DR. SMITH?

    17.DR.SMITH: ESTOU! 18.PALHAO: MELHOROU DR. SMITH?

    19.DR.SMITH: EU MELHOREI, MAS A MINHA PERNA EST DOENDO MUITO!

    20.PALHAO: A SUA PERNA EST DOENDO DR. SMITH?

    21.DR.SMITH: EST! 22.PALHAO: ENTO VAMOS CORT-LA! 23.DR.SMITH: CORTAR A MINHA PERNA?

    24.PALHAO: CLARO, ASSIM O SR. SE SENTIR MELHOR!

    25.DR.SMITH: MAS VOC TEM CERTEZA? 26.PALHAO: CLARO DR. SMITH!

    27.DR.SMITH: SE VOC ACHA QUE VAI FAZER BEM PRA MIM

    28.ENTO VAMOS CORT-LA! 29.PALHAO: ENTO VAMOS CORT-LA! 30.DR.SMITH: ENTO VAMOS CORT-LA!

    31.NO REPICAR DO TAROL A PERNA DO DR.SMITH CORTADA.

    32.PALHAO: TUDO BEM DR. SMITH?

    33.DR.SMITH: SIM! 34.PALHAO: EST SE SENTINDO BEM DR.

    SMITH? 35.DR.SMITH: ESTOU!

    36.PALHAO: MELHOROU DR. SMITH? 37.DR.SMITH: EU MELHOREI, MAS O MEU BRAO

    EST DOENDO MUITO! 38.PALHAO: O SEU BRAO EST DOENDO DR.

    SMITH? 39.DR.SMITH: EST!

  • 40.PALHAO: ENTO VAMOS CORT-LO! 41.DR.SMITH: CORTAR O MEU BRAO?

    42.PALHAO: CLARO, ASSIM O SR. SE SENTIR MELHOR!

    43.DR.SMITH: MAS VOC TEM CERTEZA? 44.PALHAO: CLARO DR. SMITH!

    45.DR.SMITH: SE VOC ACHA QUE VAI FAZER PRA MIM ENTO VAMOS CORT-LO!

    46.PALHAO: ENTO VAMOS CORT-LO! 47.DR.SMITH: ENTO VAMOS CORT-LO!

    48.NO REPICAR DO TAROL O BRAO DO

    DR.SMITH CORTADO.

    49.PALHAO: TUDO BEM DR. SMITH? 50.DR.SMITH: SIM!

    51.PALHAO: EST SE SENTINDO BEM DR. SMITH?

    52.DR.SMITH: ESTOU! 53.PALHAO: MELHOROU DR. SMITH?

    54.DR.SMITH: EU MELHOREI, MAS O MEU CREBRO, O SEU CREBRO, O SEU CREBRO, O SEU CREBRO, O MEU

    CREBRO EST DOENDO MUITO! 55.PALHAO: O SEU CREBRO EST DOENDO

    DR. SMITH? 56.DR.SMITH: EST!

    57.PALHAO: ENTO VAMOS CORT-LO! 58.DR.SMITH: CORTAR O MEU CREBRO?

    59.PALHAO: CLARO, ASSIM O SR. SE SENTIR MELHOR!

    60.DR.SMITH: MAS VOC TEM CERTEZA? 61.PALHAO: CLARO DR. SMITH!

    62.DR.SMITH: MAS VOC TEM CERTEZA? 63.PALHAO: ABSOLUTA DR. SMITH!

    64.DR.SMITH: SE VOC ACHA QUE VAI FAZER

  • BEM PRA MIM ENTO VAMOS CORT-LO! 65.PALHAO: ENTO VAMOS CORT-LO! 66.DR.SMITH: ENTO VAMOS CORT-LO!

    67.NO REPICAR DO TAROL O CREBRO DO

    DR.SMITH CORTADO.

    68.PALHAO: TUDO BEM DR. SMITH? 69.DR.SMITH: DAMMMMM!

    70.PALHAO: COMO EST, MELHOR AGORA? 71.DR.SMITH: DAMMMMM!

    72.PALHAO: EST SE SENTINDO BEM DR. SMITH?

    73.DR.SMITH: DAMMMMM! 74.PALHAO: COMO EST, MELHOR AGORA?

    75.DR.SMITH: DAMMMMM! 76.PALHAO: MELHOROU DR. SMITH?

    77.DR.SMITH: DAMMMMM! 78.PALHAO: COMO EST, MELHOR AGORA?

    79.DR.SMITH: DAMMMMM!

    80.ATOR 1: ALGUMAS PESSOAS NOS DIZEM QUE

  • O IMPORTANTE ESTAR DE ACORDO E QUANDO ALGUMAS PESSOAS NOS DIZEM QUE O IMPORTANTE ESTAR DE ACORDO

    NOS TEMOS QUE QUESTIONAR SE REALMENTE NA VIDA DA GENTE O MAIS

    IMPORTANTE ESTAR DE ACORDO

    81.ATOR 2: CORTARAM NOSSAS PERNAS

    CORTARAM NOSSOS BRAOS PODEM CORTAR A NOSSA CABEA S NO DEIXEM

    CORTAR A NOSSA LIBERDADE DE AGIR E PENSAR

    SENHORAS E SENHORES, ESTE O

    TRABALHO TEM COMO PROPOSTA LEVAR O TEATRO AOS LUGARES MAIS INUSITADOS

    POSSVEIS, O GRUPO TEM SE APRESENTADO EM BARES,

    RESTAURANTES, PUBS E EM TODOS OS LUGARES POSSVEIS, E A PROPOSTA DO

    GRUPO NO CHEGAR NESSES LUGARES SOMENTE COM O RISO OU COM O CHORO,

    MAS CHEGAR COM ALGUNS QUESTIONAMENTOS QUE FAZEM PARTE DO

    NOSSO DIA-A-DIA, COMO O CASO APRESENTADO, SER QUE NOSSOS

    PENSAMENTOS E NOSSAS ATITUDES SO TODAS NOSSAS, SE NO SO DEVERIAM

    VOLTAR SER PORQUE SO MUITO IMPORTANTES

    E PARA TERMINAR

    TRABALHO, ENQUANTO EU PASSO O CHAPU, QUE O GRUPO NESTA TURN VEM SE MANTENDO COM A AJUDA DAS PESSOAS

  • QUE SE AGRADARAM DO NOSSO TRABALHO E QUE ACHAM IMPORTANTE QUE ESTE TIPO DE TRABALHO CONTINUE, VOCS

    OUVEM UM LTIMO POEMA QUE DE UMA POETIZA CATARINENSE QUE DIZ

    EXATAMENTE ASSIM...

    82.ATOR 1: ESTE POEMA EU OFEREO AS PESSOAS QUE ACREDITAM NUM MUNDO

    MELHOR, MAS OFEREO PRINCIPALMENTE PRA PESSOAS QUE VIVEM RECLAMANDO DA

    VIDA E DIFICILMENTE SAEM DE SUAS CADEIRAS PRA MUDAR A TRAJETRIA DAS SUAS PRPRIAS VIDAS... QUE MAIS OU

    MENOS ASSIM:

    83.SER QUE MORREREMOS SEM NUNCA TERMOS TIDO SEM NUNCA TERMOS SIDO

    SER QUE NS S QUEREMOS QUERER NOS CALAREMOS AT QUANDO HEIN

    AH, MAIS ALGUM H DE DAR O 1 PASSO MUDAR O COMPASSO

    IR AO ALM AH, MAIS AI DESSE ALGUM

    SER CALADO NO ATO SER MORTO NO LAO

    E NS HEIN? E NS HEIN?

    NS NOS CALAREMOS NO ATO!

    84....MAS AT QUANDO, T NA HORA DE MUDANA E ESTA MUDANA S DEPENDE

    DA GENTE

    85.THE END

  • BADEN - BADEN: O ACORDO

    A QUALQUER HORA EM QUALQUER LUGAR (BASEADO NA OBRA DE BERTOLT BRECHT)

    CARACTERSTICAS DO TRABALHO INVASO DOS

  • ESPAOS CONSIDERADOS DE UTILIDADE PBLICA, MESMO QUE PRIVADOS SEM A PRVIA

    AUTORIZAO DO SEU ORGO GESTOR/ REGASTE DA EXPERINCIA DOS ARTISTAS MAMBEMBES DA IDADE MDIA, VIAJANDO DE LUGAR LUGAR SEM UM DESTINO J PR DETERMINADO CORRENTE

    DOS VENTOS/ AUTO-FINANCIAMENTO POR MEIO DA ARRECADAO ATRAVS DO "CHAPU" E CONTRATAES PONTUAIS A CONVITE DE

    FESTIVAIS, UNIVERSIDADES, PARTIDOS POLTICOS, ASSOCIAES ACADMICAS

    OBJETIVO LEVANTAR QUESTES, FAZER PENSAR, DISCUTIR, EM ALGUNS CASOS INCOMODAR

    1 TURN 1992 - SANTA CATARINA, SO PAULO,

    PARAN, RIO DE JANEIRO N DE CIDADES 12

    2 TURN 1993/94 - SANTA CATARINA, PARAN, SO

    PAULO, RIO DE JANEIRO, CEAR, PARAIBA, PERNAMBUCO, BAHIA, SERGIPE, ESPRITO SANTO,

    BUENOS AIRES (ARGENTINA) N DE CIDADES 30

    3 TURN 1994/96 - SANTA CATARINA, PARAN, SO

    PAULO, RIO DE JANEIRO, ESPIRITO SANTO, ALAGOAS, PARABA, BAHIA, PERNAMBUCO,

    BRASLIA (DF), MINAS GERAIS, RIO GRANDE DO SUL, BUENOS AIRES, MONTEVIDO, MADRID,

    SEVILHA, SALAMANCA, SANTIAGO DE COMPOSTELA, PORTO, BRAGA, COIMBRA, LISBOA,

    N DE CIDADES 33 N DE PASES 05

    N TOTAL DE APRESENTAES 2.000 PBLICO ESTIMADO 100.000 PESSOAS

  • BREVE HISTRICO

    BADEN-BADEN: O ACORDO, TEVE O INCIO DE SUA TRAJETRIA COM UM PROJETO DE TEATRO, NAS COMUNIDADES DO MUNICPIO DE BRUSQUE,

    S.C., EM 1.992, REALIZANDO UMA SRIE DE 15 APRESENTAES.

    PROJETO ESSE QUE TINHA COMO OBJETIVO, LEVAR AO PBLICO NO SOMENTE UMA

    EXPERINCIA ESTTICA TEATRAL, MAS TAMBM ALGUNS QUESTIONAMENTOS SOBRE A APATIA

    SOCIAL E A MANIPULAO DE IDIAS. TENDO O GRUPO PERCEBIDO O POTENCIAL

    DO TRABALHO, RESOLVEU SEGUIR EM FRENTE, COM A PROPOSTA DE LEVAR BADEN, AOS LUGARES MAIS INUSITADOS POSSVEIS.

    DESDE ENTO O GRUPO TEM SE APRESENTADO EM PRAAS, TREM, RUAS,

    ESCOLAS, CASSINO ,UNIVERSIDADES, VERNISSAGENS, BARES, RESTAURANTES, FESTAS,

    FERRY BOATS, FESTIVAIS, CHEGANDO MESMO A SE APRESENTAR EM UMA IGREJA CATLICA,

    DURANTE UMA MISSA PARA JOVENS, NA CIDADE DE JOO PESSOA, PB.

    HOJE O TRABALHO ACUMULA EM SUA BAGAGEM, MAIS DE 2.000 APRESENTAES, EM 14 ESTADOS BRASILEIROS (RS- SC- PR- SP-RJ- MG-ES-

    SE- BA- PE- CE- PB- DF-AL-), ALM DE APRESENTAES EM MONTEVIDO, (URUGUAY), BUENOS AIRES, (ARGENTINA); MADRI, SEVILHA,

    SALAMANCA, SANTIAGO DE COMPOSTELA (ESPANHA); BRAGA, COIMBRA, PORTO, ALMADA,

    CASCAIS E LISBOA (PORTUGAL). VALE A PENA RESSALTAR, QUE O TRABALHO

    SE AUTO-SUSTENTOU NESSAS TURNS, BASICAMENTE PELA TRADICIONAL ARRECADAO DO CHAPU E, UMAS POUCAS CONTRATACES, O

  • QUE O GRUPO ACREDITA TER SIDO O FATOR FUNDAMENTAL PARA A REALIZAO DESSE

    PROJETO MAMBEMBE.

    *ENTRE 1.992 E 1.994 O GRUPO APRESENTOU BADEN-BADEN: O ACORDO, APROXIMADAMENTE, 1.400 VEZES. ESSAS APRESENTAES DAVAM-SE

    PRINCIPALMENTE NOS FINAIS DE SEMANA E FRIAS DE VERO.

    NESSE PERODO O GRUPO REALIZOU DUAS TURNS POR ESTADOS BRASILEIROS.

    NA 1 EM 1.992, O GRUPO SE APRESENTOU NOS ESTADOS DE SANTA CATARINA, RIO DE

    JANEIRO E SO PAULO. COM LUCIANO MAFRA EDWARD FO NA 2, NO FINAL DE1.993 E INCIO DE 1.994, O GRUPO SE APRESENTOU NOS ESTADOS DO

    PARAN, SO PAU