apresentação tcc amÓs - senai

Download Apresentação TCC AMÓS - SENAI

Post on 22-Jan-2016

57 views

Category:

Documents

6 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • SEGURANA DE MQUINAS

    OPERATRIZES :

    REFORMA E ADEQUAO DE UM TORNO

    CONVENCIONAL A NORMA NR-12

  • CONSTITUINTES DE UM TORNO

  • O QUE UMA NR E QUAL

    SUA FINALIDADE ?

    Normas Regulamentadoras

    - Instrumentos legais editados pelo Ministrio do

    Trabalho e Emprego que regulamentam e fornecem

    orientaes sobre procedimentos obrigatrios

    relacionados segurana e medicina do trabalho no

    Brasil.

  • ACIDENTES NO TRABALHO : CONTEXTO BRASIL

    - 4 em Acidentes de Trabalho fatais (El Salvador, Coreia e

    ndia);

    - 15 em Acidentes gerais;

    - 83 acidentes a cada hora;

    - 3,5 Mortes ao Dia

    - 2,3 % PIB destinados a custos relativos a acidentes

    (2009)

    -14 Bilhes R$ - Aposentadorias A.T.

    (Fonte: Conselho Nacional de Sade, Dados de 2009 ).

  • NR-12 SEGURANA NO TRABALHO EM

    MQUINAS E EQUIPAMENTOS

    A NR-12, estabelece as medidas prevencionistas

    de segurana e higiene do trabalho a serem

    adotadas no projeto na instalao, operao e

    manuteno de mquinas e equipamentos,

    visando a preveno de acidentes do trabalho.

  • PRINCIPAIS ITENS DA NORMA NR-12

    REFERENTES A SEGURANA DE MAQUINAS

    APLICADOS NO PROJETO

  • Especifica que as mquinas e os equipamentos que

    utilizarem energia eltrica, fornecida por fonte externa,

    devem possuir chave geral, em local de fcil acesso e

    acondicionada em caixa que evite o seu acionamento

    acidental e proteja as suas partes energizadas.

    ITEM 12.2.3 DA NR -12

  • Exige-se que as transmisses de fora sejam

    enclausuradas dentro de sua estrutura ou devidamente

    isoladas por anteparos adequados.

    ITEM 12.3.1 DA NR - 12

  • Determina que as mquinas e os equipamentos que

    utilizarem ou gerarem energia eltrica devem ser

    aterrados eletricamente, conforme previsto na NR 10.

    ITEM 12.3.5 DA NR -12

  • As mquinas e equipamentos devem garantir a segurana dos trabalhadores, durante seu funcionamento,

    atravs de protees adequadas nas zonas de perigo.

    Sempre que possvel, estas protees devem ser parte

    integrante das mquinas. S assim o trabalhador no

    ficar tentado a remov-las.

    ITENS 12.3.5 12.3.8 DA NR -12

  • As mquinas e equipamentos dotados de protees

    mveis associadas a dispositivos de intertravamento

    devem:

    a) operar somente quando as protees estiverem fechadas;

    b) paralisar suas funes perigosas quando as protees

    forem abertas durante a operao; e

    c) garantir que o fechamento das protees por si s no

    possa dar inicio s funes perigosas

    ITEM 12.45 DA NR-12

  • SEM PROTEO

    PROTEO DA PLACA

    COM PROTEO

  • PROTEO CONTRA CAVACOS

    SEM PROTEO COM PROTEO

  • PROTEO DO FUSO

    SEM PROTEO

    COM PROTEO

  • PROTEO DO FUSO

    SEM PROTEO

    COM PROTEO

  • ITEM 12.36

    Diz que o comando eltrico deve operar em extra baixa tenso de at 25V (vinte e cinco volts) em corrente alternada ou de at 60V (sessenta volts) em corrente contnua.

  • ITEM 12.37

    O circuito eltrico do comando da partida e parada do

    motor eltrico de mquinas deve possuir, no mnimo,

    dois contatores com contatos positivamente guiados,

    ligados em srie.

  • ITEM 12.57

    Os dispositivos de parada de emergncia devem ser

    posicionados em locais de fcil acesso e visualizao

    pelos operadores em seus postos de trabalho e por

    outras pessoas, e mantidos permanentemente

    desobstrudos. (boto de emergncia)

  • DESENVOLVIMENTO DO PROJETO

  • AVALIAO INICIAL DA MQUINA

  • SELEO DE PEAS

  • PLANEJAMENTO

  • PLANEJAMENTO PROTEO DO CARRO

  • PLANEJAMENTO PROTEO DA PLACA

  • PLANEJAMENTO ELTRICO (LAY-OUT INTERNO)

  • PLANEJAMENTO ELTRICO (DIAGRAMA COMANDO)

  • PLANEJAMENTO ELTRICO (DIAGRAMA POTNCIA)

  • REFORMA DO TORNO

  • Pintura Geral da mquina.

    Troca de leo de todos os conjuntos.

    Troca do sistema de transmisso de fora (Correias)

    Atualizao e mudana de toda parte eltrica.

    Substituio de peas desgastadas.

    REFORMA DO TORNO

  • ESTADO INICIAL DA MQUINA

  • ESTADO INICIAL DA MQUINA

  • ESTADO INICIAL DA MQUINA

  • PINTURA

    ANTES

    DEPOIS

  • PAINEL ELTRICO

    ANTES DEPOIS

  • TROCA DE ENGRENAGEM QUEBRADA

  • REFORMADA CONCLUIDA

    IMAGEM N 1 - TORNO

  • REFORMA CONCLUIDA

    IMAGEM N 2 - TORNO

  • REFORMA CONCLUIDA

    IMAGEM N 3 - TORNO

  • IMAGEM N 4 - TORNO

    REFORMA CONCLUIDA

  • DESENVOLVIMENTO PRTICO DO PROJETO

  • CONFECO DAS PROTEES E MONTAGEM DO

    TORNO

  • CONFECO DAS PROTEES E MONTAGEM DO

    TORNO

  • CONFECO DAS PROTEES E MONTAGEM DO TORNO

  • CONFECO DAS PROTEES E MONTAGEM DO TORNO

  • CONFECO DAS PROTEES E MONTAGEM DO TORNO

  • CONFECO DAS PROTEES E MONTAGEM DO TORNO

  • CONFECO DAS PROTEES E MONTAGEM DO TORNO

  • CONFECO DAS PROTEES E MONTAGEM DO TORNO

  • CONFECO DAS PROTEES E MONTAGEM DO TORNO

  • CONFECO DAS PROTEES E MONTAGEM DO TORNO

  • CONFECO DAS PROTEES E MONTAGEM DO TORNO

  • CONFECO DAS PROTEES E MONTAGEM DO TORNO

  • CONFECO DAS PROTEES E MONTAGEM DO TORNO

  • CONFECO DAS PROTEES E MONTAGEM DO TORNO

  • CONFECO DAS PROTEES E MONTAGEM DO TORNO

  • ORIENTADOR: PROF MALVESTITI

  • GRUPO DO PROJETO

  • CONCLUSO: INVESTIR X GASTAR

    Investir em segurana a garantia mais

    concreta de que as empresas no teram

    gastos excedentes referentes a acidentes de

    trabalho.

    Custo total do projeto: R$ 2.500,00

    Tempo total de execuo: 100h