Apostila oratoria

Download Apostila oratoria

Post on 15-Jun-2015

153 views

Category:

Documents

1 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

<ul><li> 1. Av. Antnio Sales, n. 2371. Loja n. 113, Dionsio Torres. Fortaleza, CE www.epossivelsim.com.br - (85) 3224.4940 Facilitadora: Dra. Mirella Correia Toms Di Primio </li></ul><p> 2. Plano Didtico Facilitadora: Dra.Mirella Correia Tomas Di Primio Bacharel em Direito pela Universidade de Fortaleza (Unifor - 2002) e inscrita na Ordem dos Advogados do Estado do Cear (OAB-CE) sob o nmero 14.462. Membro da comisso de Direitos Constitucionais da OAB-CE. Especialista em Direito Processual Civil pela Escola Superior do Ministrio Pblico (2002); Mestre no Programa de Estudos de Ps-Graduao em Direito na rea de concentrao Direitos das Relaes Sociais pela Pontifcia Universidade Catlica de So Paulo (PUC-SP - 2008). Assessora Jurdica no Gabinete da Prefeita de Fortaleza em 2008. Desde 2006 at os dias de hoje, Advogada da Assessoria Jurdica na Secretaria de Finanas de Fortaleza - SEFIN. Apresentao O propsito deste manual dar suporte ao curso - A arte de falar em pblico - em que sero apresentados, discutidos e exercitados os cincos aspectos primordiais do processo de comunicao com o pblico. A habilidade de falar em pblico no se aprende somente na leitura de livros ou manuais, no mximo podemos ter uma compreenso prxima das razes de nossas falhas ou do quanto ainda teremos que avanar neste aprendizado. Somente com a interao em sala de aula e as dinmicas envolvendo apresentaes simuladas que podemos perceber e aprender os segredos de como falar em pblico. Trabalharemos neste curso as cinco reas-chaves na comunicao ou cincos segredos que so: Segredo n 1: Palavras, tom de voz e linguagem corporal Segredo n 2: Mensagens incisivas e convincentes Segredo n 3: O continuun da comunicao eficaz Segredo n 4: As quatro linguagens da comunicao Segredo n 5: Paixo autntica Todos os segredos sero exercitados em sala de aula, garantindo sua compreenso e assimilao. Objetivo 1. Treinar o participante para se converter em um orador mais convincente mediante sua integrao pessoal com seu material, tema e auditrio. 2. Identificar os amaneiramentos externos que realam ou reduzem o efeito de uma apresentao, canalizando-os para us-los de forma eficaz. 3. Treinar o participante para falar com o pblico e no para o pblico; 3. 4. Treinar o participante para projetar uma boa imagem pessoal e uma imagem positiva de sua organizao. Programa do Curso A apresentao Propsito da apresentao Realizando a prpria apresentao Inicio, meio e fim. Regra Geral Os 5 segredos Entrevista Apresentao dos Alunos- Dinmica de dupla- um apresenta o outro. A APRESENTAO PROPSITO DA APRESENTAO 1. A apresentao serve como meio de separao entre o que foi exposto anteriormente e o que ser apresentado a seguir. Estabelece a etapa na qual o pblico dever prestar a mxima ateno, centralizando-a na pessoa que ir se apresentar e no tema que desenvolver. 2. A apresentao serve tambm para identificar o terreno comum que existe entre o orador e o pblico, preparando-o para aceitar o orador devido s suas credencias e relao que se estabelecer entre o que tem oferecer aos ouvintes e o pblico tem interesse em ouvir. REALIZANDO A PRPRIA APRESENTAO Quando voc deve realizar sua prpria apresentao. Em primeiro lugar: Declare seu nome e o de sua empresa, ou sua filiao a alguma organizao. Em segundo lugar: Exponha o tema da palestra e sua importncia para o pblico. Em terceiro lugar: 4. Apresente suas qualificaes como palestrante, destacando os aspectos de seu histrico profissional, relacionando-o com o tema ou com a ocasio. Geralmente, os oradores so apresentados pela pessoa que preside a reunio. O apresentador dever se orientar de acordo com os seguintes pontos: Tema da apresentao; Importncia do tema; Qualificao do orador; Anunciar o orador; ATENO VOC PRECISA SABER! Toda fala precisa ter INCIO, MEIO E FIM. INCIO: procure conquistar o ouvinte desarmando suas resistncias e conquistando seu interesse e ateno com cortesia. MEIO: prepare o que vai ser abordado FIM: faa uma breve recapitulao em apenas uma ou duas frases, faa o resumo e verifique se foi entendido. Quanto maior o auditrio ou mais inculto, maiores e mais largos devero ser os gestos: quanto menor o auditrio ou mais bem preparado, menores e mais moderados devero ser os gestos. Os gestos devem ser indicados, representados em parte quase nunca completados. A CABEA O semblante a parte mais expressiva de todo o corpo. Funciona como uma tela onde as imagens do nosso interior so apresentadas em todas as dimenses. Trabalha tambm como identificador de coerncia e de sinceridade das palavras. Deve demonstrar aquilo que se est dizendo. REGRA GERAL 5. A BOCA A boca comunica tanto quanto fala, quanto quando cala. ela que determina a simpatia do semblante. A IMPORTNCIA DO SORRISO O sorriso poder quebrar barreiras aparentemente intransponveis. Ele desarma adversrios, conquista inimigos, muda opinies, abre vontades e coraes. um elemento especial na comunicao e deve ser largamente utilizado. A COMUNICAO VISUAL De todo o semblante, os olhos possuem importncia mais evidenciada para o sucesso da expresso verbal. ATITUDES QUE DEVEM SER EVITADAS Fugir com os olhos (para baixo, para cima, para todos os lados), pois d a impresso de que no tem a ateno do orador; Extremo tambm deve ser evitado, pois olhar insistentemente,deixa o ouvinte pouco vontade; Olhar desconfiado gera incerteza da ateno merecida pelo ouvinte; Olhar fixo, pois d impresso de comportamento hostil do orador; Olhar de limpador de para-brisa(por cima, para os lados); Olhar perdido COMO OLHAR Deve-se olhar no apenas com os olhos, mas com todo o corpo. VOZ DICO VOCABULRIO Sua voz um dos seus cartes de visita. Ela muito importante e vai fazer com que o auditrio aceite seu discurso. Para que voc obtenha sucesso com a sua voz, preciso primeiro conhec- la. O modo como voc comea as frases, forma vogais, faz pausa, tudo isso muito importante para um bom discurso. O exerccio mais importante a leitura em voz alta. Leia para voc mesmo. Mas quais so os elementos que voc deve trabalhar na sua voz para melhorar a dico? 6. Existem alguns fatores que podem ser analisados separadamente na sua voz. Vamos a eles: a) Volume Este elemento est associado modulao do discurso. Caso sua apresentao dure mais de 03 minutos necessrio modular o volume vocal (falar mais alto e mais baixo, mais depressa e mais devagar). Em pequenos intervalos, de 45 segundos a 1 minuto e meio, fale mais baixo e mais lentamente. Lembre-se, porm, que sempre a sua voz deve ser ouvida por todo o auditrio. Aps este intervalo, volte ao seu ritmo normal de forma brusca e energtica. Isto vai tornar suas apresentaes mais atraentes. Tome cuidado com a implementao desta tcnica, ela requer muito treino para que voc obtenha xito. Porm, ao falar mais alto, a sua voz tende a sair mais fina e desarmoniosa, exigindo bastante cuidado. b) Andamento e Ritmo Este elemento est associado a quo rapidamente voc articula as palavras e sons, ou seja, sua dico. Para melhorar bastante neste fator, recomendamos que todos os quebras-lnguas que seguem adiante sejam treinados e lidos com fluncia. Na realizao destes exerccios sugerimos que cada quebra-lngua seja lido 03 vezes seguidas, rapidamente, em voz alta, sem titubear (pare para respirar quando for necessrio). O segredo reside em comear a pronunciar fonemas no lugar de palavras. Segredo N 1 Procure cativar seus ouvintes com Palavras,Tom de Voz e Linguagem Corporal Os melhores comunicadores do mundo sabem que as pessoas so persuadidas, so movidas e procuram agir baseadas em algo que vai alm das simples palavras. Eles sabem que o uso eficaz de todas as trs avenidas da comunicao humana que conduzem a uma excelente comunicao. Palavras As palavras devem ser claras e tangveis formando sentenas de fcil compreenso. Abaixo alguns exemplos de linguagens que devem ser usadas com muito cuidado. Jargo Gria Linguagem Indecorosa Palavras Perigosas Lugares-Comuns Palavras Complexas demais Tom de Voz Entonao a msica da linguagem. Entonar bem falar no tom certo, como se cada palavra, cada silaba representassem uma nota musical. Assim, cada frase adquire uma linha metdica, semelhante quela cantada. A diferena est na maior disciplina desta, porque obedece a normas e estruturas formais. A frase falada tem uma elasticidade e flexibilidade praticamente infinitas, porque depende da personalidade de cada emissor. Devemos variar os tons para no cair na rotina e monotonia, ter flexibilidade conforme a nfase de cada momento e variabilidade de acordo com o sentido de cada palavra. 7. Postura e linguagem corporal. O cuidado com a postura comea antes de voc chegar tribuna. Enquanto aguarda a vez de falar, sente-se com naturalidade sem ficar cruzando e descruzando as pernas, sem tamborilar com os dedos, porque a plateia o est observando. A posio dos ps Mantenha os ps alguns centmetros afastados um do outro com um deles ligeiramente para frente. Equilibre-se bem e mantenha uma aparncia natural. Posio correta pra falar sentado H duas maneiras distintas: 1-Colocar os dois ps no cho, demonstrando firmeza; 2-Cruzar um perna sobre a outra, deixando as coxas encostadas e o p da perna que fica em cima, sem apoio. As mulheres devem ficar de pernas juntas, puxando para trs, inclinadas para o lado, com um dos ps levemente sobreposto ao outro. Apresentao Pessoal No tudo, porm auxilia. Iniciemos, pois com a higiene pessoal: barba, cabelo, roupas, sapatos limpos. Em muitos casos um bom comunicador afetado por uma crtica simples. Um terno d maior seriedade e credibilidade ao comunicador, ao passo que uma roupa esporte muito extravagante d uma aparncia descontrada (ponto positivo), porm, ao mesmo tempo, no sria (ponto negativo). Somos uma sociedade visual, as pessoas comeam a fazer julgamentos baseadas em sua linguagem corporal no momento em que o vem. Dificilmente a lgica do seu discurso poder desfazer uma primeira m impresso quanto sua apresentao ou gestos desleixados; ao passo que boa apresentao, gestos seguros e um estilo confiante j o deixa com metade da batalha ganha. Oradores sabem que devem no apenas dominar sua apresentao verbal, mas tambm fazer com que a comunicao no verbal trabalhe para eles de uma forma positiva. A comunicao no verbal envolve nossa expresso facial, expresso corporal, movimentos, gestos e roupas. Ser um modelo de apresentao pessoal, no quer dizer estar na moda, nem mesmo atrativamente vestido ou despido. O orador trata com todo tipo de pessoa e, assim, deve compreender que como existe o gosto pelo livre, moderno, atrativo, existe tambm, o gosto pelo tradicional e conservador. Considerando que em uma plateia temos vrios tipos de pessoas a atender, com gostos muito variados, recomendvel para a adequada apresentao pessoal do orador: 8. Vestimenta Corretamente ajustada ao corpo (nem muito colada, nem larga demais); Corretamente ajustada ao tamanho (nem muito curta, nem comprida demais); A mais sbria possvel, a roupa no deve chamar mais a ateno do que a pessoa; Evitar alas, decotes e excesso de transparncia. Sapatos De preferncia baixos, para um conforto maior; Limpos e em perfeito estado de conservao, o que inclui graxa e solado em boas condies. Cabelos Bem cortados; De preferncia presos; Limpos. Unhas Devidamente tratadas, limpas; No se admite esmalte danificado; D preferncia a cores rosadas. Postura e Gesticulao O orador deve ,atravs dos gestos e movimentos, demostrar entusiasmo e vivacidade, embora com moderao. Gesticulao e movimentos bem naturais do grande variedade e vitalidade a conversao; no os empregando, o orador poder parecer constrangido e se, ao contrrio, empreg-los em excesso ou de maneira forada chamar a ateno para eles e no para o assunto. Maneirismo Evitar os maneirismos, dentre os quais o mais comum brincar com qualquer objeto que esteja por perto. Portanto, o orador deve agir com a maior naturalidade, levando em considerao a comunicao de ideias que mais importante que muitos detalhes. 9. VAMOS TREINAR E TREINAR! EXERCCIO 1- Ler um texto de 10 linhas com gros de feijo na boca Para que a voz se torne clara e pronunciada com vagar, suficiente para que possa ser absorvida pelo ouvinte de mdio entendimento, basta que o orador se proponha a ler um trecho de dez linhas qualquer, em voz alta , mantendo na boca gros de feijo ou milho, depois ler , tambm em voz alta, mais dez linhas com quatro gros; depois , da mesma forma, mais dez linhas com cinco gros e finalmente outras dez linhas com seis gros. Este treinamento flexibiliza e amacia a voz. A AGORA desenvolvimento profissional est voltada para excelncia total em tudo aquilo que faz! Nosso trabalho est edificado com base na crena de que s atingiremos nossos resultados se buscarmos sempre a TRANSPARENCIA, O PROFISSIONALISMO e a INOVAO CONSTANTE em nosso trabalho cotidiano. Nosso lema diz: possvel sim! E gostaramos de afirmar pra voc que realmente tudo possvel, basta acreditarmos e partirmos para a ao de forma determinada. Acreditamos que o potencial humano infinito e que tudo possvel atravs das pessoas altamente capacitadas e motivadas. Voc capaz de tudo, de transformar tudo e todos sua volta. Para isso, basta se qualificar, se condicionar, quebrar seus paradigmas e o mais importante: comear a mudana por voc mesmo! Tudo muda quando eu mudo! Desde j convocamos voc, para que se junte a ns, faa parte deste time e ajude-nos a transformar este mundo, assuma conosco o desafio de comear: COMEANDO POR VOC! POESIA Mais do que sonhar, realizar Aceitar o que o tempo lhe oferece Rodear-se de amor a todo instante Inclinar-se a Deus para agradecer Amar ao prximo como a si mesmo No desanimar frente s dificuldades Acreditar em voc mesmo Rir da vida que bela Incorporar a amizade que divina Nocautear os problemas Ajudar aos outros de corao Louvar a Deus com toda sinceridade Dividir suas alegrias e tristezas Ilimitar as suas conquistas. 2- Declamar um poema apresentado em Power Point. 10. recomendvel, tambm, a leitura e interpretao de pelo menos trs poesias a cada ms, independente dos livros. As poesias devem ser lidas em voz alta e com a nfase e sentimento nos quais seja possvel imaginar quanto estava inspirado o poeta quando criou os poemas. Uma poesia belssima pode no significar nada para um leitor desatento e desapaixonado. Assim, como o fundamental conseguir absorver o mximo da sensibilidade do poeta, a meta ser sempre conseguir vislumbrar cada uma das imagens da poesia, com o seu colorido e com o relevo que lhe valoriza. Se possvel, todo orador deveria aprender a declamar, que diferente de proferir uma palestra ou discursar em eventos especficos. Segredo N.2 Conquiste seus ouvintes com Mensagem Incisiva e Convincente. O Segredo Os melhores comunicadores do mundo sabem que no o brilho das palavras, nem a riqueza de detalhes que cria resultados. Eles sabem que a arte de concentrar essas palavras, transformando-as em mensagem simples, vvida e identificvel, to precisa como um raio laser, que conduz a uma grande comunicao....</p>