Folha Regional de Cianorte - Edição 1343

Download Folha Regional de Cianorte  - Edição 1343

Post on 24-Jul-2016

390 views

Category:

Documents

2 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Verso Impressa da Edio 1343 da Folha Regional de Cianorte com circulao entre os dias 28 (sbado) e 29 (domingo) de novembro de 2015

TRANSCRIPT

  • CIANORTE-PR - SBADO (28) E DOMINGO (29) DE NOVEMBRO DE 2015 - ED. N 1.343 - Web: www.folhadecianorte.com - Email: folhadecianorte@gmail.com

    1 O JOrnal da famlia!

    INFRAESTRUTURA

    CMEI Criana Feliz passa por ampliao

    Ano 14 - Edio n 1.343 - R$ 2,00 - Site: www.folharegionaldecianorte.com - E-mail: folhadecianorte@gmail.com - Fone (44) 3018-2876

    Sbado (28) e Domingo (29) de Novembro de 2015

    CRIANAS E ADOLESCENTES

    Conselheiros tutelares de 42 cidades participam de capacitao em CianorteEstiveram presentes cerca de 170 pessoas, entre conselheiros tutelares e profissionais da rea da assistncia social de 42 municpios paranaenses, pertencentes a quatro comarcas. PG. 5

    Assessoria/PMC

    PG. 6

    Luiz A. Barbosa/FOLHACAPACITAO

    Alunas de Patchwork visitam o prefeitoBongiornoPG. 3

    SOLIDARIEDADE

    Campanhasarrecadam doaes para vtimas de MGPG. 4

    ESCOLAS

    Comunidade eleger diretores na quinta-feiraPG. 4

  • CIANORTE-PR - SBADO (28) E DOMINGO (29) DE NOVEMBRO DE 2015 - ED. N 1.343 - Web: www.folhadecianorte.com - Email: folhadecianorte@gmail.com

    2 O JOrnal da famlia!

    Voc j percebeu como vez mais co-mum encontrar adul-tos usando aparelhos ortodnticos?

    Como o passar dos anos os aparelhos es-to se tornando cada vez mais estticos e menos volumosos tra-zendo mais conforto aos seus usurios, h inclusive os aparelhos de porcelana, prefe-rncia entre os adultos. Alm disso as inovaes tcnicas permitem um tratamento de qualidade n vida adulta possibilitando a correo de pro-blemas com seus dentes ou maxilares antes que eles causem danos maiores ou mais srios.

    H pessoas que se utilizam da ortodontia para melhorar a esttica, no entanto, o que parece um mero problema esttico pode causar gran-des danos sade. Dentes e maxilares que no esto alinhados adequadamente podem levar a desgaste prematuro, crie dental avanada e do-ena gengival, dores de cabea e at mesmo na coluna, fazendo com que o paciente necessite de dentaduras ou outras solues reconstrutoras e at mesmo cirurgias mais extensas.

    Novas tcnicas, e aparelhos mais discretos, fazem com que cada vez mais os adultos recor-ram aos aparelhos ortodnticos para corrigir:

    Espaos entre os dentes (diastemas) Dentes que se comprimem uns aos outros difi-

    cultando a higiene (apinhamento dental) Dentes desalinhados Sobremordidas Mordidas abertas Mordidas cruzadas Problemas de ATMVoce pode corrigir os problemas acima antes

    que eles causem maiores danos, faa uma ava-liao com um profissional que ir traar um um plano de tratamento, diagnosticando os proble-mas e as possibilidades de cada caso.

    Para relembrar as aulas de Filosofia lembrei-me de Plato e da passagem de seu livro A Repblica, antigo, to antigo, mas to atual. Narra a alegoria, a vida de alguns homens que nasceram e cresceram dentro de uma caverna escura. Ao fundo apenas a luz de uma fogueira que refletia sombras de esttuas de pessoas, animais, plantas e objetos, nas paredes. Os homens da caverna cresceram vendo to somente aquelas sombras e, como s viam sombras faziam jul-gamentos somente daquilo que viam e estavam acos-tumados. Aquelas sombras eram suas verdades reais com as quais conviviam. Um certo dia um deles resol-veu explorar o interior da caverna e encontrou uma sada para o mundo colorido l de fora e de formas re-ais. Deslumbrado com as cores, com as formas e com a luminosidade voltou para dentro da caverna para contar aos demais o que tinha visto l fora. Os demais o mataram porque no conseguiram suportar tanta mentira! Eis que tinham to somente uma nica viso das sombras s quais estavam acostumados.

    O Mito da Caverna se repete nos dias de hoje. Como cidados que acreditam e confiam o seu voto queles que tomaram as rdeas e deram um rumo ao nosso Brasil de hoje, estes cidados no passam de seres humanos vindos das sombras e que acreditam que somente aquilo que viram a verdade. Mal des-perta o dia e a televiso nos inunda de tramias que acontecem s nossas barbas, somos espectadores da dilapidao do patrimnio nacional que resultou na liquidao de empresas estatais brasileiras. L fora, luz do sol, detonaram a Petrobrs, que pelo menos por uma dcada ela no conseguir reverter o preju-zo dos roubos silenciosos e feitos na surdina dos anos. Os escndalos se sucedem com prises sucessivas de pessoas que circularam como peas importantes na nossa economia no passado e que circulam pelo Con-gresso Nacional. Dentro de nossos lares a televiso nos ataca com novelas que desatam os laos familia-res e exaltam a malandragem... Os cidados brasilei-ros vivem alienados, acreditando na boa f dos que dirigem o pas e de repente se descobrem vtimas. So-mos vtimas da distoro da realidade do Brasil. No Mito da Caverna somos todos prisioneiros das som-bras, onde acreditamos apenas nas imagens criadas pelas informaes que estamos recebendo de forma distorcida h tanto tempo. A imprensa que resolve de-nunciar tida como inimiga do rei, e as concesses so cassadas tal como aconteceu na Venezuela e na Argentina, e qui, no Brasil se no acordarmos para a luz da realidade que estamos vivendo.

    muito mais cmodo escolher ficar no fundo da caverna para no sermos incomodados em nossa alie-nao humana. Ou enfrentamos o mito para nos liber-tarmos destes falsos conceitos e informaes que re-cebemos no dia a dia como sendo verdadeiras e como tolos acreditamos sem sair do comodismo da caverna.

    O medo tomou conta do cidado brasileiro, a cada esquina tem um assalto, num pais que ainda h pou-co se colocava as cadeiras nas caladas para tomar o frescor do entardecer.

    Izaura Aparecida Tomaroli VarellaAdvogada e Professora - e-mail: izauravarella@uol.com.br

    O MITO DA CAVERNA

    Colaborao: Dr. Wagner DestfanoCirurgio Dentista - CRO 10637

    ADULTOS E APARELHOS ORTODNTICOS

    RuA guARARAPes, 493

    HUMOR

    Curtam OS VAGAU no FACCE !!!!!!!!!!!!!!!OS VAGAU SHOW RIR PRECISO

    CONTATOS PARA SHOW contato@osvagau.com.brFones : whatsapp

    (44) 9977 0539-GACHO(44) 9977 8308-VAREA

    Todas as segundas na Ciafm 95,9 20h30min s 22 h www.ciafm.com.br

    OS VAGAU Show Rir Preciso

    MeDO De buzInA!!!!Dois amigos conversavam:-Cara, eu no posso escutar uma buzina.-Por qu?-pergunta o outro- trauma de infncia?-No que minha mulher fugiu com o motorista... -Desculpa cara! - lamenta-se o amigo. Eu no sabia.-Pois ...Toda vez que ouo uma buzina penso que o cara trazendo ela de volta!

    Quer ver seu texto publicado no Espao Literrio? simples! Basta envi-lo no email:

    folhadecianorte@gmail.com Ou entreg-lo na Folha Regional de Cianorte, Av. Gois, 871 CEP 87200-270 Centro - Cianorte - PR

    PAIXO RADIANTE

    FrancielyNo sei bemO que posso ao seu ouvidoSussurrar nesteSilencioso instante em queA minha alma grita:S quero te amar...

    Basicamente porque basta-meOlhar para ti e ver suaDoura intensa que Acalenta meus mais encantadoresSonhos...

    Desejo, assim, abraar-te E contigo compartilhar minha felicidade...

    Mas, acho que issoAinda seria poucoDiante da intensaE interminvel alegria que Invade minha alma e meu coraoRadiando-se a partir de mim A verdadeira paixo que tenho por ti...JULIANO SECOLO

  • CIANORTE-PR - SBADO (28) E DOMINGO (29) DE NOVEMBRO DE 2015 - ED. N 1.343 - Web: www.folhadecianorte.com - Email: folhadecianorte@gmail.com

    3 O JOrnal da famlia!

    AssessoriA PMC

    O prefeito Bongiorno recebeu em seu Gabinete na tarde desta quarta-feira (25), as alunas do curso de patchwork oferecido pelo CRAS (Centro de Refern-cia e Assistncia Social) de Cianorte. As aulas prticas, que trabalham tcnicas de costura, croch, bordado e reciclagem, fazem parte do Servio de Convivncia e Fortalecimento de Vn-culos. A visita serviu para mostrar os trabalhos re-alizados durante o ano e agradecer a oportunidade de acesso a uma nova fonte de renda e distrao.

    Celma Santos de Lima, aluna h dois, comentou que a formao est sen-do til para aperfeioar as habilidades que j pos-sua. Alm de me manter ocupada durante as tar-des, pude aprender novas tcnicas emelhorar meu artesanato. Com os novos aprendizados, consegui de-senvolver novos produtos e aumentar a minha renda, contou.

    A secretria municipal de Bem Estar Social, Clau-dia Nunes Veloso Marchi-

    ni, explicou que o objetivo das aulas justamente esse oferecer uma nova oportu-nidade de gerao de ren-da e ocupao. A turma de oito alunas se encontra trs vezes por semana, du-rante quatro horas, no Cen-tro Social Urbano (CSU). O curso oferecido gratuita-mente pela Prefeitura.

    Nossa aulas so uma verdadeira diverso, pas-samos horas muito agra-dveis juntas, criamos um verdadeiro crculo de ami-zades. Existem histrias muito interessantes de mu-lheres que ficavam em casa, sem uma ocupao ou fon-te de renda e que isso lhes fazia muito mal. Com os encontros elas tiveram suas vidas modificadas, contou a professora de patchwork, Vera Lucia Zubinati Jorge.

    Para o prefeito, essa uma das maneiras do po-der pblico estar atuando significativamente na so-ciedade. Com essa oportu-nidade, no tenho dvidas, que um novo horizonte dado a essas mulheres, no s pela fonte de renda, mas tambm por ocupar suas mentes com um novo aprendizado, apontou.

    Alunas do curso de Patchworkvisitam prefeito BongiornoNas aulas prticas oferecidas pelo CRAS so ensinadas vrias tcnicas como reciclagem, costura, croch e bordado

    Voc leu primeiro essa semana aqui na Folha de Cianorte:

    DESTAQUES

    Acompanhe a Folha de Cianorte na internet e fique sabendo dos

    principais fatos de Cianorte e regio:

    Goleira de Cianorte estreia na Seleo Brasileira de Futsal

    Rugby de Cia-norte prepara melhorias para

    2016

    Prefeitura prepara Natal da Famlia em

    Cianorte

    Rainha da Paz faz Jantar Premiado

    beneficente

    Cmara de Cia-norte aprova