curso superior de tecnologia em estÉtica e cosmÉtica .2departamento de biologia e farmácia, curso

Download CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ESTÉTICA E COSMÉTICA .2Departamento de Biologia e Farmácia, Curso

Post on 03-Dec-2018

213 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 0

    CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ESTTICA E COSMTICA

    Thamiris Bastos Silva

    PEELING DE CIDO PIRVICO E PEELING DE CIDO SALICLICO NO

    TRATAMENTO DA ACNE: UM ESTUDO COMPARATIVO

    Santa Cruz do Sul

    2016

  • 1

    Thamiris Bastos Silva

    PEELING DE CIDO PIRVICO E PEELING DE SALICLICO NO

    TRATAMENTO DA ACNE: UM ESTUDO COMPARATIVO

    Relatrio de trabalho de curso apresentado

    ao Curso Superior de Tecnologia em

    Esttica e Cosmtica da Universidade de

    Santa Cruz do Sul para obteno do ttulo

    de Tecnloga em Esttica e Cosmtica.

    Orientadora: Prof.a Ma. Tatiele Katzer

    Santa Cruz do Sul

    2016

  • 2

    PEELING DE CIDO PIRVICO E PEELING DE CIDO SALICLICO NO

    TRATAMENTO DA ACNE: UM ESTUDO COMPARATIVO

    PYRUVIC ACID PEEL AND SALICYLIC ACID PEEL IN ACNE TREATMENT: A

    COMPARATIVE STUDY

    Thamiris Bastos Silva1; Tatiele Katzer

    2.

    1Acadmica do Curso Superior de Tecnologia em Esttica e Cosmtica, Universidade de

    Santa Cruz do Sul, Santa Cruz do Sul, RS.

    2Departamento de Biologia e Farmcia, Curso Superior de Tecnologia em Esttica e

    Cosmtica, Universidade de Santa Cruz do Sul, Santa Cruz do Sul, RS.

    Autor correspondente: Tatiele Katzer. Endereo: Av. Independncia, 293, bloco 33, sala

    3320, bairro universitrio, CEP 96815900, Santa Cruz do Sul, RS, 55 51 3717 7503. E-

    mail: tatielekatzer@unisc.br

    Nmero total de caracteres no texto: 20.476

    Nmero de palavras no resumo: 178

    Nmero de palavras no abstract: 153

    Nmero de palavras na discusso: 880

    Nmero de figuras: 5

    Nmero de tabelas: 1

    Nmero de referncias: 27

  • 3

    RESUMO

    O presente artigo apresenta um estudo de caso que avaliou os efeitos do peeling de

    cido pirvico a 50% e do peeling de cido saliclico a 30% em pele acneica.

    Participaram do estudo cinco indivduos com idades entre 16 e 25 anos apresentando

    acne grau dois. O tratamento consistiu em seis sesses de peeling, sendo que a hemiface

    direita dos participantes recebeu a aplicao de peeling de cido pirvico, enquanto a

    hemiface esquerda foi tratada com peeling de cido saliclico. Os resultados foram

    analisados atravs de registro fotogrfico, contagem de leses acneicas e aplicao de

    questionrios (avaliao clnica, avaliao da qualidade de vida, avaliao da satisfao

    frente ao tratamento). Os resultados apontaram melhora na aparncia geral da pele bem

    como do controle de oleosidade e nmero de leses acneicas. O peeling de cido

    saliclico obteve um destaque maior quando comparado ao peeling de cido pirvico,

    reduzindo em todos os participantes da pesquisa o nmero de leses inflamatrias. No

    entanto, nas condies experimentais utilizadas o resultado obtido no foi suficiente

    para garantir a satisfao dos participantes com o tratamento.

    Palavras-chave: Acne Vulgar, Abraso Qumica, cido Pirvico, cido Saliclico.

    ABSTRACT

    This article presents a case study that aimed to evaluate the effects of 50% pyruvic acid

    peeling and 30% salicylic acid peeling in acne-prone skin. Five subjects aged 16 to 25

    having acne grade two participated in the study. The treatment consisted of six sessions

    of peeling, given that the left side of the pacients face received the application of

    pyruvic acid and the right side was treated with salicylic acid. The results were analyzed

    by photographic records, count of acne lesions and questionnaires (clinical evaluation,

    quality of life evaluation and satisfaction evaluation with the treatment). The results

    presented improvement in overall skin appearance, oil control and reduction of acne

    lesions. Salicylic acid peels obtained a more prominent when compared to the peeling

    of pyruvic acid, reducing all survey participants the number of inflammatory lesions.

    However, at these experimental conditions, the results were not sufficient to guarantee

    the participants satisfaction with the treatment.

    Keywords: Acne Vulgaris, Chemical Abrasion, Pyruvic acid, Salicylic Acid.

  • 4

    INTRODUO

    As doenas de pele podem ter um impacto extremamente negativo na

    qualidade de vida de jovens e adultos, haja vista que a autoimagem representa papel

    importante e entendida como parte do processo de aceitao junto ao grupo. Neste

    contexto, a acne apresenta-se como uma das principais doenas de pele, podendo

    resultar em questes psicolgicas como a depresso, ansiedade, baixa autoestima e em

    casos mais extremos, pensamentos e aes suicidas (1).

    Os mecanismos de formao da acne relacionam-se a vrios fatores causais

    mediados por influncias como a hereditariedade e a atividade hormonal. Os principais

    fatores implicados so a hiperproduo sebcea, a hiperqueratinizao folicular, a

    colonizao bacteriana no folculo piloso e a inflamao folicular e drmica adjacente

    (2).

    O processo de hiperqueratinizao folicular ocorre devido hiperproliferao

    anormal dos queratincitos no folculo, gerando clulas descamativas que misturadas

    com o excesso de sebo formam o comedo, a leso inicial da acne. Este contedo

    folicular favorece o crescimento de bactrias e, por consequncia, a inflamao (3, 4, 5,

    6).

    A colonizao bacteriana infundibular tem participao essencial da bactria

    Propionibacterium acnes, gram-positiva, anaerbia, que faz parte da microbiota

    residente cutnea. A colonizao dessa bactria maior em regies onde h maior

    secreo sebcea, o que favorece o aparecimento da acne. Gollnick e Dreno (2015)

    mencionam ainda que a bactria Staphylococcus albus est presente na pele acneica e

    pode ter influncia na fisiopatologia desta condio (7). Essas bactrias secretam

    enzimas denominadas lipases que degradam o sebo, produzindo cidos graxos livres, os

    quais possuem propriedades pr-inflamatrias (8).

    Melnik (2015) enfatiza que a dieta apresenta influncia na quantidade e

    composio do sebo, facilitando a inflamao da acne e o processo de comedognese.

    Sendo assim, h fortes evidncias de que a dieta rica em carboidratos hiperglicmicos

    aumente a disponibilidade local de alguns cidos graxos livres como o cido palmtico e

    o cido oleico implicando na comedognese (3).

    O diagnstico da acne clnico e, conforme o grau de acometimento, diferentes

    leses podem estar presentes. Em casos mais graves a formao de cicatrizes atrficas e

    hiperpigmentao ps-inflamatria persistentes podem ser vistos (9). As manifestaes

    clnicas so dividas em leses no inflamatrias (comedes abertos ou oxidados e

    fechados ou brancos) e inflamatrias (ppulas, pstulas, ndulos e cistos) (2, 10, 5, 11).

    Conforme Adityan, Kumari e Thappa (2009), em meados de 1958, James e

    Tisserand organizaram um sistema de classificao da acne em que o grau I apresentava

    acne no inflamatria (comedes e algumas ppulas); o grau II comedes, ppulas e

    poucas pstulas; o grau III ppulas inflamatrias maiores, pstulas e alguns cistos

    envolvendo o rosto, pescoo e poro superior do tronco e o grau IV, o mais grave, com

    cistos tornando-se confluentes (12).

    Drno et al. (2010) afirmam que os peelings qumicos superficiais so uma

    interessante alternativa para o tratamento da acne, oferecendo bons resultados

    teraputicos (13). O peeling qumico consiste na aplicao de agentes esfoliantes

    qumicos que promovem uma controlada descamao da epiderme para remover leses

    superficiais e proporcionar pele uma textura mais uniforme (14, 15). Dentre os

    peelings superficiais existentes para o tratamento da acne destacam-se os de cidos

    gliclico, ltico, pirvico, mandlico, saliclico, azelaico e Jessner (combinao de

    cido saliclico, cido ltico e resorcina) (13, 14, 16).

  • 5

    Neste artigo avaliaram-se os efeitos dos peelings de cido pirvico e cido

    saliclico no tratamento de acne leve. Ambos possuem propriedades potencialmente

    interessantes para o tratamento da acne, especialmente devido a sua natureza lipoflica,

    aes antimicrobiana e queratoltica. O cido pirvico um alfa cetocido que sob

    condies fisiolgicas transformado em cido ltico, um alfa hidroxicido hidratante

    para a pele. O uso deste cido nas concentraes entre 50% e 70% tem sido relatado

    para tratar acne inflamatria, cicatrizes de acne, rugas e alteraes na pigmentao da

    pele. Para o tratamento da acne, o cido pirvico tem importantes propriedades, sendo

    elas queratolticas, antimicrobianas e antiseborreicas. Alm disso, age na derme

    estimulando a produo de colgeno, elastina e glicoprotenas, o que pode ser

    importante para prevenir cicatrizes atrficas de acne (17, 18).

    O cido saliclico uma substncia que faz parte da famlia dos beta-

    hidroxicidos e possui um anel fenlico em sua estrutura qumica. Por sua natureza

    lipoflica, possui maior penetrao no folculo pilossebceo, papel importante na ao

    comedoltica (19, 20). O peeling de cido saliclico a 30% considerado muito

    superficial conforme Yocomizo et al. (2013), promovendo leve eritema e remoo

    parcial do estrato crneo (17).

    MATERIAIS E MTODOS

    A presente investigao se constitui em um estudo de caso com anlise de

    aspectos qualitativos e quantitativos, aprovada pelo Comit de tica em Pesquisa da

    Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC, Santa Cruz do Sul, RS), sob parecer

    nmero 1378434. As intervenes foram realizadas no municpio de Taquari (RS), nas

    dependncias de um centro esttico e totalizaram oito encontros, sendo o primeiro e o