aula02 formacidade

Click here to load reader

Post on 03-Jul-2015

928 views

Category:

Education

1 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

A forma da cidade deve expressar os objetivos e percepções de seus cidadãos. Estudos de Kevin Lynch

TRANSCRIPT

  • 1. PROJETODEURBANIZAOE PAISAGISMO AULA02AFORMADACIDADE UniversidadeCatlicadeBraslia CursodeArquiteturaeUrbanismo Prof.CarlaFreitas

2. FormadaCidade Paradigma: Transformaromundourbanoatualemuma paisagempassveldeimaginabilidade PaisagemImaginvel: Algo:Visvel|Coerente|Claro Prof.CarlaFreitas|estudio@caliandradesenhos.com.br|www.caliandradesenhos.blogspot.com.br 3. FormadaCidade NovasaWtudesdos moradoresdascidades, oCIDADO Reformulaodomeio emquesevive Novasimagensdas cidadesSmbolosde vidaurbana Prof.CarlaFreitas|estudio@caliandradesenhos.com.br|www.caliandradesenhos.blogspot.com.br 4. AformadacidadedeveexpressarosobjeWvoseas percepesdeseuscidados. Existem,porm,algumasfunesfundamentais,queasformasda cidadepodemexpressar:circulao,usosprincipaisdoespao urbano,pontosfocaischaves.Lynch Prof.CarlaFreitas|estudio@caliandradesenhos.com.br|www.caliandradesenhos.blogspot.com.br Piazzadella Signoria,Florena, Italia 5. FormadaCidade As esperanas, os prazeres e o s e n s o c o m u n i t r i o p o d e m concreWzar-se.Acimadetudo,seo ambiente for visivelmente o r g a n i z a d o e n i W d a m e n t e idenWcado, o cidado poder impregna-lo de seus prprios signicados e relaes. Ento se tornar um verdadeiro lugar, notveleinconfundvel.Lynch Prof.CarlaFreitas|estudio@caliandradesenhos.com.br|www.caliandradesenhos.blogspot.com.br 6. Umapaisagemcomformasfortesemarcantespode serresultadodeatributosnaturaispoderososou produtodasmodicaeshumanasvisandoa objeWvosconcretos,comumatecnologiacomum atuandosobreaestruturabsicaoferecidaporum processogeolgicoconenuo. Lynchobservaqueasmodicaesfeitascom conscinciadasinter-relaesconservama individualidadetantodosrecursosnaturaisquanto dosobjeWvoshumanos. FormadaCidade Prof.CarlaFreitas|estudio@caliandradesenhos.com.br|www.caliandradesenhos.blogspot.com.br 7. EmsuacondiodemundoarWcial,assimqueacidadedeveria ser:edicadacomarte.Lynch AFormadaCidade Prof.CarlaFreitas|estudio@caliandradesenhos.com.br|www.caliandradesenhos.blogspot.com.br 8. Aumentara imaginabilidadedo ambienteurbanosignica facilitarsuaidenWcaoe estruturaovisual. FormadaCidade Prof.CarlaFreitas|estudio@caliandradesenhos.com.br|www.caliandradesenhos.blogspot.com.br 9. FormadaCidade Blocosformadoresnoprocessodecriaode estruturasrmesediferenciadasemescalaurbana: Vias Limites RegiesouBairros PontosNodais Marcos Prof.CarlaFreitas|estudio@caliandradesenhos.com.br|www.caliandradesenhos.blogspot.com.br 10. Vias canaisdecirculaoao longodosquaiso observadorselocomove demodohabitual, ocasionaloupotencial.Ex.: ruas,alamedas,linhasde trnsito,canais,ferrovias. Prof.CarlaFreitas|estudio@caliandradesenhos.com.br|www.caliandradesenhos.blogspot.com.br 11. Limites elementoslinearesno usadosouentendidoscomo viaspeloobservador fronteirasentreduasfases, quebrasdeconWnuidade lineares referenciaslaterais,podem serbarreirasmaisoumenos penetrveis.Ex.:praias, margensderios,cortesde ferrovias,espaosem construomuroseparedes. Prof.CarlaFreitas|estudio@caliandradesenhos.com.br|www.caliandradesenhos.blogspot.com.br 12. BairrosouRegies Trechosmdiosou grandesdeumacidade, costumamserentendidos peloobservadorcomo umaextenso bidimensionalquetem idenWdadesdiferentes entresi. Prof.CarlaFreitas|estudio@caliandradesenhos.com.br|www.caliandradesenhos.blogspot.com.br 13. PontosNodais focos,junes,oulugares estratgicosdacidadeondeo observadorpodeentrar locaisdeinterrupodo transporte,cruzamento, momentosdepassagemde umaestruturaparaoutra lugaresdeconcentrao conceitodepontonodalesta ligadoaodeviasetambm aodebairros. Prof.CarlaFreitas|estudio@caliandradesenhos.com.br|www.caliandradesenhos.blogspot.com.br 14. Marcos referenciasexternas,o observadornoentraneles umobjetohsicodenidode maneiramuitosimples; edihcio,sinal,lojaou montanha Algunsmarcossodistantes evistosdemuitosngulose sogeralmenteusados comoindicadoresde idenWdade. Prof.CarlaFreitas|estudio@caliandradesenhos.com.br|www.caliandradesenhos.blogspot.com.br 15. Vias: - rededelinhashabituaisoupotenciaisde deslocamentoatravsdocomplexourbano; - meiopeloqualotodourbanopodeserordenado; - linhasdemovimento(direoclara)sensode direoesqueletodaimagemdacidade. Asviasprincipaisdevempossuirqualidadessingulares queasdiferenciemdasviassecundriasetercirias. Odesenhodasruas Prof.CarlaFreitas|estudio@caliandradesenhos.com.br|www.caliandradesenhos.blogspot.com.br 16. Seasposiesaolongodalinhapuderemserdiferenciadasde certamaneiramensurvel,alinhasernosorientadacomo estaremescala. Odesenhodasruas Prof.CarlaFreitas|estudio@caliandradesenhos.com.br|www.caliandradesenhos.blogspot.com.br 17. Limites RegiesouBairros PontosNodais Marcos Odesenhodeoutroselementos Prof.CarlaFreitas|estudio@caliandradesenhos.com.br|www.caliandradesenhos.blogspot.com.br 18. Limites TantoolimitecomoasviasexigemconWnuidade formalaolongodesuaextensoparaserem compreendidoscomotal.Olimiteadquireforasefor lateralmentevisvelaalgumadistnciaeseligar claramenteduasregieslimtrofes.Olimitepodedar orientaoaolongodetodaasuaextenso.Quandoo limitenoconenuooufechadoimportanteque suasextremidadestenhamterminaisreconhecveisque completemaidiadelinha.Aumentarousodoslimites ousuascondiesdeacessoumaformadeaumentar suavisibilidade.Ex.:quandopartedacidademargem dasguasabertaaotrfegoeaolazer. Prof.CarlaFreitas|estudio@caliandradesenhos.com.br|www.caliandradesenhos.blogspot.com.br 19. Marcos Ummarcononecessariamenteumobjeto grande,suacaractersWcaessencialsua singularidade,ocontrastecomocontextoouseu planodefundo.Aproeminnciaespacialumadas coisasquemaisseprestamparachamaraateno. Alocalizaodomarcotambmfundamental paraqueeledefatosejaentendidocomotal,a menosquesejamdominantesosmarcosisolados tendemaserrefernciasfracasporsis,poisseu reconhecimentoexigeatenoconenua.Os marcostambmpodemserordenadosnuma sequenciaconenua,demodoquetodoumtrajeto possaseridenWcadoetornadocmodoporuma sucessodedetalhesconhecidos. Prof.CarlaFreitas|estudio@caliandradesenhos.com.br|www.caliandradesenhos.blogspot.com.br 20. PontosNodais Pontosnodaissopontosdereferenciaconceituaisde nossascidades(realidadeamericanaebrasileiratb). Paraseterumpontonodalforteessencialqueseja umlugardisWntoeinesquecvel,impossveldeser confundidocomoutroqualquer.Umpontonodal sermaisdeniWvoseWverumlimitenWdo,fechado enoseestenderincertamenteparaoslados; tambmserdignodenotaseWverumoudoisobjeto quesejamfocosdeateno.Masserirresisevelse puderterumaformaespacialcoerente.Lynch possvelorganizarumconjuntodepontosnodais paraqueformemumaestrutura. Prof.CarlaFreitas|estudio@caliandradesenhos.com.br|www.caliandradesenhos.blogspot.com.br 21. Bairros Umbairrotorna-seaindamaisnWdosehouver umamaiordenioeumfechamentodesuas fronteiras.Obairrotambmpodeser estruturadointernamente,comsubdivises diferenciadas,masemharmoniacomotodo; pontosnodaisesistemadeviasinternasajudam aconstruirestassubdivises.Umaregioou bairrobemestruturadopotencialmentecapaz deproduzirimagensvivas.Quando adequadamenteestruturadoediferenciadoem seuinterior,umbairropodeexpressarligaes comoutrascaractersWcasdacidade. Prof.CarlaFreitas|estudio@caliandradesenhos.com.br|www.caliandradesenhos.blogspot.com.br 22. SugestesdeLynchparaodesenhourbano: Singularidade(clarezafundo-gura) Simplicidadedaforma ConWnuidade Predomnio Clarezadejuno Diferenciaodirecional Alcancevisual Conscinciadomovimento Sriestemporais Nomesesignicados Qualidadesdeforma Prof.CarlaFreitas|estudio@caliandradesenhos.com.br|www.caliandradesenhos.blogspot.com.br 23. Oscincoelementosvia,limite,bairro,pontonodale marcodevemserconsideradossimplesmentecomo categorias empricas apropriadas, dentro e ao redor das quais foi possvel agrupar uma massa de informaes.Enquantoforemteis,funcionarocomo blocosdeconstruoparaodesigner.Tendodominado suascaractersWcas,eleirver-sediantedatarefade o rga n i z a r u m t o d o q u e s er p erceb i d o sequencialmente, cujas partes s sero senWdas no contexto. OsenWdodotodo Prof.CarlaFreitas|estudio@caliandradesenhos.com.br|www.caliandradesenhos.blogspot.com.br 24. As formas devem ser manipuladas de modo que exista um o de conWnuidade entre as imagens mlWplasdeumagrandecidade:diaenoite,inverno e vero, proximidade e distancia, estWca e movimento, ateno e distrao. Marcos principais, regies, pontos nodais ou vias deveriam ser reconhecveis sob diversas condies, mas de maneiraconcreta,enoabstrata. OsenWdodotodo Prof.CarlaFreitas|estudio@caliandradesenhos.com.br|www.caliandradesenhos.blogspot.com.br 25. OsenWdodotodo Acidadenoconstrudaparaumapessoa,mas paraumgrandenmerodelas. Odesignerdeve,portanto,criarumacidadeque sejaprdigaemvias,limites,marcos,pontos nodaisebairros,umacidadequeusenoapenas umaouduasqualidadesdeforma,mastodas elas.Lynch Prof.CarlaFreitas|estudio@caliandradesenhos.com.br|www.caliandradesenhos.blogspot.com.br 26. Concluses Aqualidadedaimagem(PaisagemUrbana)inscrita namentedousuriodacidade(cidado)podeser alcanada atravs do treinamento do observador (cidado). Estetreinamentoconsisteemensinaraspessoasa olhar em para sua cidade, a observarem a mulWplicidadedeformaseapercebercomoelasse misturam. Prof.CarlaFreitas|estudio@caliandradesenhos.com.br|www.caliandradesenhos.blogspot.com.br 27. ...poder-se-iamlevaroscidadossruas,programar aulas nas escolas e universidades, a cidade poderia transformar-senoanimadomuseudenossasociedade edesuasesperanas.Taleducaopoderiaserusada no apenas para desenvolver a imagem urbana, mas para reorienta-la depois de uma transformao perturbadora.Umaartedodesignurbanoterdesero resultado do surgimento de um pblico informado e crWco.Aeducaoeareformulaohsicasopartes deumprocessoconenuo. AutopiadeLynch Prof.CarlaFreitas|estudio@caliandradesenhos.com.br|www.caliandradesenhos.blogspot.com.br 28. Nossosprojetosdeurbanismoepaisagismodevembuscar reformularacidade,oumesmopartesdela,paramelhorarsua imaginabilidadeeassimasuaclarezacomoformahsica. Prof.CarlaFreitas|estudio@caliandradesenhos.com.br|www.caliandradesenhos.blogspot.com.br