america latina

Download America latina

Post on 13-Jan-2017

748 views

Category:

Education

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

Apresentao do PowerPoint

Amrica Latina Professora Christie8 ano

Captulo 8 Amrica Latina: regionalizao e quadro natural

um continente localizado nos hemisfrios norte, sul e ocidental, situando-se entre os oceanos Pacfico e Antrtico. A sua rea de 42.459.000 km torna-a o segundo maior continente do mundo, ficando atrs apenas da sia. o continente com maior extenso no sentido norte-sul, sendo o nico a ocupar todas as faixas climticas do planeta, uma vez que cortado pela Linha do Equador e tambm pelos dois trpicos (Cncer e Capricrnio).

A Amrica

Tipos de ColonizaoCom a entrada dos Europeus na Amrica, dois processos de colonizao foram desencadeados. O primeiro foi chamado de colnias de povoamento, onde o objetivo era desenvolver a terra com habitao, criando formas de comrcio e ampliando as estruturas bsicas da colnia (criao de escolas, hospitais, etc). O segundo caso so as colnias de explorao, nas quais a metrpole tem como interesse apenas explorar os recursos naturais da colnia para enriquecer e levar todo lucro a seu pas de origem. Neste caso no h preocupao com a terra colonizada.

Divises regionais da Amrica

Em termos de diviso regional, h vrias maneiras de classificar e agrupar os pases americanos. As duas formas mais utilizadas obedecem posio geogrfica (fsica) e s composies etnolingusticas (socioeconmica) .

Diviso FsicaNesta diviso, o continente dividido em Amrica do Norte, Central e do Sul. Isso porque, na verdade, ele formado por duas grandes massas de terras unidas por um istmo (poro continental mais estreita). Essas massas continentais so as Amricas do Norte e do Sul, enquanto a pequena poro de terras e ilhas compem a Amrica Central.

Diviso socioculturalNessa diviso, h uma separao entre Amrica Anglo-Saxnica e Amrica Latina. Essa diviso, no entanto, no se circunscreve apenas em relao ao idioma e s etnias, pois, na Amrica do Norte, h povos que falam idiomas derivados do latim, como o Francs e o Espanhol, enquanto na Amrica Latina existem alguns pases em que o ingls uma das lnguas oficiais adotadas. E isso sem falar nas centenas de idiomas de origem nativa, como o guarani, o amair e muitos outros. O que se pode dizer com toda a certeza que a Amrica Anglo-Saxnica composta por pases desenvolvidos (Canad e Estados Unidos) e a Amrica Latina composta por pases subdesenvolvidos e emergentes (o Mxico, toda a Amrica Central e a Amrica do Sul).

Aspectos Fsicos - clima

Em virtude de sua elevada distncia latitudinal, h uma grande variedade de climas, com a presena de pelo menos dez tipos climticos, que vo desde o Polar, no extremo norte, ao semirido no Nordeste do Brasil e na regio fronteiria do Mxico com os Estados Unidos. H tambm climas de Montanha, Mediterrneo, Temperados, Tropicais, Subtropicais, Equatoriais e muitos outros.

Voc consegue identificar o clima descrito no climograma ao lado?

Onde o encontramos?

Qual dos tipos de chuva predomina no clima equatorial?

Relevo

A Cordilheira dos Andes resultado do movimento das placas tectnicas, nomeadamente daplaca de Nazca e da placa Sul-Americana. No limite destas duas placas encontra-se uma zona de subduco, que leva a que a crosta ocenica seja empurrada contra a crostacontinental. A placa sul-americana move-se para Oeste, o que faz com que a placa de Nazca se mova para debaixo dela. O resultado deste choque levou ao enrugamento da superfcie continental, formando as cadeias montanhosas.

Veja o vdeo: https://www.youtube.com/watch?v=jSEWL49VvjE

Vegetao

Bacias Hidrogrficas

Captulo 9 O espao agrrio da Amrica Latina

Desde sua chegada ao continente americano, os europeus promoveram um intenso processo de explorao das riquezas naturais existentes no territrio.

Ao estabelecer suas colnias de explorao, portugueses, espanhis, holandeses, ingleses e franceses as transformaram em reas fornecedoras de matrias-primas, principalmente de recursos minerais e de gneros agrcolas tropicais, para a Europa.

Minerao: marcas do passado colonial.

A subordinao colonial aos interesses metropolitanos impediu a expanso do mercado interno, bloqueando o desenvolvimento das colnias. O tipo de colonizao praticado por Portugal e Espanha impedia o desenvolvimento das reas coloniais e favorecia o enriquecimento das metrpoles.

A transferncia de ouro e prata das colnias para a metrpole espanhola foi gigantesca. Isso tambm ocorreu na colnia portuguesa, sobretudo com o ouro descoberto no sculo XVIII na regio de Minas Gerais.

Ainda hoje, a minerao possui grande peso na economia de vrios pases da Amrica Latina, como Venezuela, Equador, Peru, Chile e Bolvia .

A manuteno da diviso internacional do trabalho, em vrios pases da Amrica Latina desde a colonizao, caracteriza-os como fornecedores de matrias-primas para as naes que so o centro do sistema capitalista de produo.

Os contrastes existentes no espao agrrio da Amrica Latina refletem-se em sua produo agropecuria. Essa situao constitui um dos principais entraves ao desenvolvimento do setor agrcola latino-americano.As pequenas e mdias propriedades respondem por uma parcela significativa de produtos, como milho, feijo, batata, que so destinados ao mercado interno.O incentivo que as grandes propriedades recebem dos governos deve-se, muitas vezes, presso de grupos internacionais originrios de pases desenvolvidos, interessados em suprir seus mercados consumidores.

Contrastes

Nos latifndios monocultores alta a produtividade , que so destinados ao mercado externo. Em alguns pases da Amrica Latina, a criao de gado de corte, principalmente bovino, tambm destinada exportao.As pequenas e mdias propriedades respondem por uma parcela significativa de produtos destinados alimentao bsica da populao, e tambm por uma pequena parcela da produo pecuria. Porm, a produtividade baixa nessas propriedades, pois elas no conseguem se modernizar em razo da falta de apoio financeiro e assistncia tcnica.

Na Amrica Latina necessrio uma poltica agrcola de incentivos aos pequenos proprietrios que produzem para o mercado interno de cada pas, assim como ocorre com os grandes proprietrios que produzem para o mercado externo.

Concentrao Fundiria

No perodo colonial, a ocupao territorial latino-americano ocorreu, basicamente, mediante a formao de imensas propriedades rurais, tanto para a criao de gado como para o cultivo de lavouras monoculturas de exportao. Portanto, a atual concentrao fundiria na Amrica Latina teve origem, basicamente, no sistema de produo colonial. . No Brasil h muita gente com pouca ou nenhuma terra e pouca gente com muita terra (latifundirios). Atualmente, grande parte das terras brasileiras se encontra nas mos de uma minoria de famlias, o que promove o surgimento de uma enorme quantidade de trabalhadores desprovidos de terras para cultivar o seu sustento e de sua famlia. Grande parte das terras brasileiras se encontra nas mos de uma minoria de famlias, o que promove o surgimento de uma enorme quantidade de trabalhadores desprovidos de terras para cultivar o seu sustento e de sua famlia. Uma soluo provvel para o problema da concentrao fundiria uma reforma agrria.

As colnias dos pases da Amrica Latina nas mos das metrpoles europeias, tornaram-se reas fornecedoras de matrias primas. Desse modo, as metrpoles restringiam a liberdade da populao local centralizando o poder. A metrpole s queria benefcios para si prpria, por isso no se importava com as condies de suas colnias e sim o que ela tinha a oferecer. Atualmente a poltica agrcola que beneficia os latifundirios vem ainda mais a concentrao de terras, pois os pequenos proprietrios acabam vendendo as suas propriedades por cauda das dificuldades financeiras que encontram para produzir e sobreviver.

O espao latino-americano tem uma intensa concentrao fundiria: muitas pequenas propriedades que apresentam reduzidos nveis tecnolgicos e empregam tcnicas tradicionais de cultivo e criao, convivem com grandes latifndios monocultores que ocupam enormes reas. Estes investem cada vez mais em implementos agrcolas e assistncia tcnica.

Monoculturas de exportaoDesde o perodo colonial, vastas reas da Amrica Latina foram transformadas em plantation: grandes propriedades monocultoras, voltadas para a produo de gneros tropicais destinados ao mercado externo e com a utilizao da escravido negra.Essas particularidades do processo colonial latino-americano determinaram os traos principais dos problemas fundirios desta parte do continente: a formao de grandes latifndios ao lado de grande contingente de trabalhadores rurais que no tem acesso terra.Nas ltimas dcadas a modernizao do setor agrcola contribuiu para agravar a concentrao de terras. Deslocou a populao do campo para as cidades, em busca de emprego para recomear uma nova vida. Tanto uma opo como outra contriburam para agravar os problemas sociais de pases como o Brasil.

Concentrao Fundiria

A Reforma AgrriaA reforma agrria no apenas um processo de distribuio de terras. O seu sucesso depende de apoio tcnico e financeiro aos novos pequenos proprietrios que por ela so beneficiados.Os trabalhadores assentados precisam de ferramentas, sementes e dinheiro para a instalao das edificaes necessrias a uma pequena propriedade e de uma pequena residncia. Assentamentos muito distantes dos centros de comercializao dependem sistemas de transporte e armazenagem, para serem viveis.Os pequenos agricultores precisam de um sistema especial de crdito agrcola que permita investimentos na propriedade e na produo e de assessoria tcnica, essenciais para que o acesso propriedade esteja vinculado ao progresso social.Portanto o custo da reforma agrria no est restrito ao pagamento das terras desapropriadas a serem transferidas ao trabalhador sem terra. A reforma agrria depende de um sistema de apoio ao