tratamento cirurgico ortopédico em fraturas

Click here to load reader

Post on 14-Jan-2016

63 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Tratamento cirurgico ortopédico em fraturas. Imobilização em gesso Tala Funcional Tração Redução Aberta e Fixação Interna Fixação Externa. - PowerPoint PPT Presentation

TRANSCRIPT

  • Tratamento cirurgico ortopdico em fraturas Imobilizao em gesso Tala Funcional Trao Reduo Aberta e Fixao Interna Fixao Externa

  • Imobilizao em gesso - O uso de gesso e/ou fibra de vidro so os tipos mais comuns de tratamento de fraturas. Isso ocorre porque a maioria dos ossos quebrados podem consolidar com sucesso uma vez que as pontas sseas sejam reposicionadas e imobilizadas enquanto cicatrizam.

  • Tala Funcional - A tala funcional permite movimentos limitados ou controlados prximos s juntas. Esse tratamento desejvel para algumas, mas no para todas as fraturas.Trao - A trao geralmente utilizada para alinhar os ossos atravs de uma ao cuidadosa e firme de puxar o osso. A fora de puxada do osso pode ser transmitida ao osso atravs de Fitas de Pele ou Pinos de Metal que atravessam o osso. A trao pode ser usada como um tratamento preliminar, ou seja, antes de outras formas de tratamento.

  • Reduo Aberta e Fixao Interna - Nesse tipo de tratamento o ortopedista deve fazer uma cirurgia no osso afetado. Durante essa operao os fragmentos sseos so primeiramente reposicionados (reduzidos) em seu alinhamento normal e, s ento fixados junto com parafusos especiais ou atravs da colocao de placas de metal na superfcie externa dos ossos. Os fragmentos tambm podem ser mantidos unidos atravs da insero de uma haste no espao medular dentro do osso. Esses mtodos de tratamento podem reposicionar os fragmentos da fratura perfeitamente. Por causa dos riscos de uma cirurgia e de possveis complicaes como a infeco, essa tcnica utilizada somente quando o cirurgio ortopedista considera tal tratamento necessrio para a restaurao dos ossos quebrados s suas funes normais.

  • Fixao Externa - Nesse tipo de tratamento, pinos e parafusos so colocados de fora para dentro do osso quebrado acima e abaixo da rea de fratura. Ento, o cirurgio ortopdico pode reposicionar os fragmentos sseos. Os pinos ou parafusos so conectados a uma ou mais barras de metal por fora da pele. Essa estrutura forma um mecanismo de estabilizao que segura os ossos na posio correta para que eles possam consolidar-se. Aps um perodo de tempo especfico, a estrutura externa e os pinos so retirados.Cada um desses mtodos de tratamento pode resultar em um osso completamente curado, bem alinhado e com um timo funcionamento. Lembre-se que o mtodo de tratamento depende do tipo, do local, da seriedade da fratura, das condies e necessidades dos pacientes e tambm do julgamento do ortopedista e do paciente.

  • Obs: Podemos ter fraturas por stressUma fratura de stress uma sutil ou pequena quebra que pode ocorrer pelo uso prolongado e repetido dos ossos. Os lugares mais comuns para as fraturas de stress so os ossos do p (metatarsos), o osso da canela (tbia), o osso inferior externo da perna (fbula), o osso da coxa (Fmur) e ossos da coluna (vrtebras)

  • Fraturas Transtrocanterianas A fratura transtrocanteriana ocorre em uma rea entre o trocanter maior e o menor e extracapsular; sendo a fratura do colo do fmur intracapsular. H um predomnio do sexo feminino sobre o masculino na razo de 2:1 a 8:1.Utilizaremos a caixa de DHS ( Dynamic Hip Screw)

  • OsteossnteseBasicamente, podemos classificar a osteossntese em interna e externa. A interna aquela que emprega placas, parafusos, cerclagens, fio de Kirschner e hastes intramedulares A externa aquela que emprega os fixadores externos osteossntese interfragmentar, por sua vez, pode ser esttica ou dinmica..

  • Afastador blount

  • Afastadores : Benne e blount

  • Alicate

  • Martelo , jacob , cai-cai e impactor

  • Gancho e passador de fio

  • ostetomo

  • Cureta

  • Descolador

  • Rugina

  • Pina de reduo