rodovias&vias edição 59

Download Rodovias&Vias Edição 59

Post on 12-Jul-2015

286 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

RODOVIAS&VIAS

1

2

RODOVIAS&VIAS

RODOVIAS&VIAS

3

editorialAno 12 - Edio 59 - Novembro/2011Distribuio dirigida e a assinantes Uma publicao da Rodovias Editora e Publicaes Ltda. CNPJ/MF.: 03.228.569/0001-05

Rua Professor Joo Doetzer, 280 Jardim das Amricas - 81540-190 - Curitiba/PR (41) 3267-0909 - rodoviasevias.com.br atendimento@rodoviasevias.com.brImpresso - Grfica Capital TIragem - 30 mil exemplares A tiragem desta edio de 30 mil exemplares comprovada pela BDO Auditores Independentes.

Diretor-Geral Dagoberto Rupp dagoberto@rodoviasevias.com.br relaes De mercaDo Joo Rodrigo Bilhan rodrigo@rodoviasevias.com.br

No h vagas!de que era uma proOsetorveminfraestrutura, ocomo oetido comoAs ltimas messa para modernizar Brasil aquecer a economia do Pas, no respondendo esperado.

aDmiNistratiVo Jaqueline Karatchuk jaqueline@rodoviasevias.com.br Paula Santos paula@rodoviasevias.com.br Mnica Cardoso monica@rodoviasevias.com.br comercial (Dec) Paulo Roberto Luz paulo@rodoviasevias.com.br Joo Claudio Rupp joaoclaudio@rodoviasevias.com.br Joo Augusto Marassi joao@rodoviasevias.com.br Rodrigo M. Nardon nardon@rodoviasevias.com.br Leandro Dvorak leandro@rodoviasevias.com.br rePreseNtao (sP) Iokisa Takau Jr. iokisa@rodoviasevias.com.br Diana Tabajara diana@rodoviasevias.com.br marketiNG e comuNicao Diretor de Marketing Marco Jacobsen marco@rodoviasevias.com.br Fernando Beker Ronque fernando@rodoviasevias.com.br Rafael de Azevedo Chueire rafael@rodoviasevias.com.br Dagoberto Rupp Filho dagoberto. lho@rodoviasevias.com.br Fernanda Prosdocimo fernanda@rodoviasevias.com.br Paula Mayara mayara@rodoviasevias.com.br

anlises tcnicas, entre elas o balano do PAC e a Pesquisa CNT de Rodovias, apontam para o que estamos dizendo h 12 anos: melhorar as rodovias e vias para que tudo, inclusive o capital, circule com mais facilidade, velocidade e segurana. Junto com a queda nos investimentos (a estamos falando especificamente de infraestrutura para mobilidade e transporte), despencam os empregos de operrios, mestres de obras, engenheiros, fiscais, diretores, ministros, presidentes e (porque no?) presidentas. A insatisfao popular vem derrubando chefes de Estado na frica e Europa. Se todos os ocupados, usando um termo do IBGE, do setor de construo civil se rebelassem, seria difcil cont-los. A ltima Pesquisa Nacional por Amostra de Domiclios (Pnad) indicou que a construo civil representa 7,8% de todos os ocupados no Brasil. E, pelo que tudo indica, neste Natal no dever ter peru, qui um magro frango na mesa. Se o governo federal tem dificuldades em gerir os seus volumosos recursos, hora de agilizar o Pacto Federativo, que distribui de uma forma mais generosa, a estados e municpios, o capital somado pelos impostos do governo federal. Na contramo desse caminho, o governo conseguiu no congresso a aprovao da Desvinculao das Receitas da Unio DRU-, que permite usar parte da receita da forma como achar melhor. A forma de gesto do capital e as fontes deste capital fazem muita diferena para os estados. Sem um repasse justo, as linhas de crdito so a salvao de governadores e prefeitos. Gois, por exemplo, vem aplicando um modelo que torna o ambiente propcio para os negcios. Est investindo. Enquanto dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) apontam nmeros nacionais negativos, Gois alcanou, entre janeiro e setembro, 85,6 mil empregos com carteira assinada. O nmero bastante superior ao registrado ao longo de todo 2010, 59 mil. Para esta edio, conversamos com o governador Marconi Perillo e apresentamos o que o estado est fazendo para que a estagnao econmica no bloqueie o avano do Brasil Central. Central de Jornalismo

coNselho eDitorial Dagoberto Rupp dagoberto@rodoviasevias.com.br Joo Rodrigo Bilhan rodrigo@rodoviasevias.com.br Carlos Marassi marassi@rodoviasevias.com.br Paulo Roberto Luz paulo@rodoviasevias.com.br Joo Claudio Rupp joaoclaudio@rodoviasevias.com.br Joo Augusto Marassi joao@rodoviasevias.com.br Fbio Eduardo C. de Abreu fabio@rodoviasevias.com.br Edemar Gregorio edemar@rodoviasevias.com.br eDitor-chefe Davi Etelvino (SC02288JP) davi@rodoviasevias.com.br eDitor Uir Lopes Fernandes uira@rodoviasevias.com.br ceNtral De JorNalismo Carlos Marassi marassi@rodoviasevias.com.br Davi Etelvino davi@rodoviasevias.com.br Uir Lopes Fernandes uira@rodoviasevias.com.br Carolina Gregorio carol@rodoviasevias.com.br Paulo Negreiros negreiros@rodoviasevias.com.br Leonardo Pepi Santos leo@rodoviasevias.com.br Leonilson Carvalho Gomes leonilson@rodoviasevias.com.br Estanis Neto estanis@rodoviasevias.com.br Marcelo Ferrari ferrari@rodoviasevias.com.br Oberti Pimentel oberti@rodoviasevias.com.br Marcelo C. de Almeida marcelo@rodoviasevias.com.br Alexsandro Hekavei alex@rodoviasevias.com.br Ricardo Adriano da Silva ricardo@rodoviasevias.com.br DiaGramao e iNfoGrafia studio@verttice3d.com reViso Mirian Sakurada ilustraes Marco Jacobsen marco@rodoviasevias.com.br WebDesiGN Fernando Beker Ronque fernando@rodoviasevias.com.br bem-estar Clau Chastalo clau@rodoviasevias.com.br Maria Telma da C. Lima telma@rodoviasevias.com.br Paulo Fausto Rupp paulofausto@rodoviasevias.com.br Janete Ramos da Silva janete@rodoviasevias.com.br

na700@na700.com.br loGstica Juliano Grosco juliano@rodoviasevias.com.br Juvino Grosco jgrosco@rodoviasevias.com.br Alcio Luiz de Oliveira Filho aelcio.filho@rodoviasevias.com.br Renato da Conceio Filho renato@evistanovoambiente.com.br Jackson Thayan renato@evistanovoambiente.com.br ateNDimeNto e assiNaturas Mari Iaciuk mari@rodoviasevias.com.br Raquel Coutinho Kaseker raquel@rodoviasevias.com.br auDitoria e coNtroller Marilene Velasco mara@rodoviasevias.com.br

Artigos assinados no refletem necessariamente a opinio da Revista, sendo de total responsabilidade do autor.

NDICEpontEs 28A segunda maior do mundo sobre rio.

Capa 32Reportagem especial Gois

o maIor Do Brasil 40O maior programa de recuperao e manuteno rodoviria do Brasil em execuo atualmente.

exclusIva

8

um novo ConCEIto 48 para as roDoviasPrograma Rodovida Conservao.

eNtrevIsta 52Jayme Eduardo Rincn, Presidente da Agncia Goiana de Transportes e Obras (Agetop).

as Bases Do CrEsCImEnto 56Projetos que daro suporte ao desenvolvimento futuro para os goianos. marConI pErIllo, goverNaDor De gois

fora De atrao 60Incentivo ao empreendedorismo e a industrializao.

Fala com exclusividade sobre os desafios de seu terceiro mandato no corao do Brasil.

em tEmpo No mErCado quem pEnsa l chargE InfopgiNa Na mEdIda

14 20 26 84 86 88

fErrovias 68Transportar produtos com baixo valor agregado por longas distncias.

eNtrepIstas 73Jos Alberto, Presidente da Associao Nacional das Empresas de Obras Rodovirias.

IntErNacioNal 78Lies da Itlia segunda parte.

imagem Do ms 94

artIgo

96

RodRigo vilaa, PRESIDENTE-ExECUTIvO DA ASSOCIAO NACIONAl DO TRANSPORTADORES FERROvIRIOS

6

RODOVIAS&VIAS

nesta edio:

gois

32

A fora do corao do Brasil.

fErrovias

68

78

eNtrepIstas

73

IntErNacioNal

RODOVIAS&VIAS

7

exclusiva

8

RODOVIAS&VIAS

exclusiva

MarcoNi PerilloGoverNador de goisutntico goiano, nascido capital para viver a Aqualidades defeitos que denaGois, terraedeem seguidaMarconi infncia no municpio Palmeiras seus pais, Perillo acumula e demonstram, explicam, seu reconhecimento poltico no Estado que governa. Em 1998, tornou-se o governador mais jovem j eleito no Brasil, em uma eleio disputada e uma virada histrica no pleito. Em 2002, reeleito, cumpriu seu segundo mandato e, ao trmino, foi eleito Senador. No Senado, presidiu a Comisso de Servios e Infraestrutura e chegou vice-presidncia da Casa. No bastasse um currculo desse porte, em 2010, novo feito: tornou-se o primeiro a governar Gois por trs vezes. Bacharel em Direito, em dezembro de 2005 e maro de 2006, Marconi recebeu os ttulos de Doutor Honoris Causa pelas Universidades Federal e Estadual de Gois, pela atuao em prol do desenvolvimento das artes, cincias, filosofia e letras no Estado. Com uma viso da atuao poltica que s a experincia capaz de prover, Marconi Perillo demonstra a vontade de melhorar a vida das pessoas que o elegeram, no com palavras, mas com muito trabalho.

Fotos: Wagnas Cabral

RODOVIAS&VIAS

9

exclusivaRodovias&vias Que avanos e desafios so os mais importantes para o Sr. neste seu terceiro mandato? Marconi Perillo Um terceiro mandato cheio de muitos desafios. Fomos testados duas vezes, e o povo aprovou. Porque confia no trabalho, deu mais um mandato. Queremos avanar, sim, e por isso mesmo temos de trabalhar mais ainda, focados numa poltica que promova as condies necessrias e suficientes para ampliar o desenvolvimento econmico e social de Gois. Precisamos avanar na infraestrutura, ampliando-a e melhorando-a, e nos novos parmetros de adequao do mundo desenvolvido, especialmente os da tecnologia. Est sendo possvel dar continuidade s aes de seus mandatos anteriores? Em certa medida, sim. Mas os parmetros hoje so outros e muitas vezes no comportam continuidade. Por isso, precisamos inovar e prospectar os avanos que queremos e que essa nova realidade exige. No incio de 2011, foi divulgado o plano de reestruturao da Celg, com previso de emprstimo junto Caixa Econmica Federal. Como est a situao energtica do Estado hoje? Precisamos resolver a questo da Celg com urgncia, visto que esse um dos quesitos da infraestrutura a que me refiro. No governo, no paramos um momento sequer de trabalhar, visando revitalizao da Celg. Em breve, deveremos ter uma resposta do Ministrio de Minas e Energia sobre a proposta que fizemos para revitalizar a Celg. Estamos otimistas. a chegada de indstrias de gr