principais teorias da psicologia e implicações educacionais (a epistemologia genética) l...

Download Principais teorias da Psicologia e implicações educacionais (A Epistemologia Genética) l Psicologia da Educação (Filosofia) 1 Luciana Souza Borges

If you can't read please download the document

Post on 07-Apr-2016

217 views

Category:

Documents

2 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Principais teorias da Psicologia e implicaes educacionais

    (A Epistemologia Gentica)lPsicologia da Educao (Filosofia)*Luciana Souza Borges

    Luciana Souza Borges

  • AS IDIAS BSICAS DE PIAGET

    Obra de Piaget (de 1922 a 1980)/ Vrias fases:

    Jovem Piaget: cinco primeiros livros/ Linguagem e pensamento; Raciocnio da criana (dedicados inteligncia); Representao do mundo; Causalidade (dedicados ao conhecimento); Juzo moral na criana (JM).

    Piaget trabalha os anos 20, 30 e 40 com muita pesquisa. (Gnese do nmero da criana; JM; Nascimento da inteligncia; Construo do real).

    Final da dcada de 40 Piaget chega concluso que ele tem que fazer uma primeira grande sntese. (Livro: Introduo epistemologia gentica). Funda o centro de Epistemologia Gentica.

    * Neste livro sobre a epistemologia Gentica: 1 tomo: Sobre a inteligncia (nunca publicado no Brasil), 2 tomo: Dedicado fisica e 3- tomo: dedica a outras reas, que a biologia, psicologia e sociologia.

    *Luciana Souza Borges

    Luciana Souza Borges

  • AS IDIAS BSICAS DE PIAGET

    Obra de Piaget (de 1922 a 1980)/ Vrias fases:

    Final da dcada de 40: Piaget chega concluso que ele tem que fazer uma primeira grande sntese. (Livro: Introduo epistemologia gentica). Funda o centro de Epistemologia Gentica.

    * Livro sobre a epistemologia Gentica: 1 tomo: Sobre a inteligncia (nunca publicado no Brasil), 2 tomo: Dedicado fsica; 3 tomo: dedica a outras reas - biologia, psicologia e sociologia.

    *Luciana Souza Borges

    Luciana Souza Borges

  • AS IDIAS BSICAS DE PIAGET

    Obra de Piaget (de 1922 a 1980)/ Diferentes modelos:1. Modelo lingustico: Piaget (1923)A linguagem e o pensamento da criana.

    2. Modelo da moralidade: Piaget (1932) O juzo moral na criana.

    3. Modelo lgico: Maior parte da obra de PiagetDesenvolvimento cognitivo e estgios.

    4. Modelo dialtico: Piaget (1980)As formas elementares da dialtica.

    *Luciana Souza Borges

    Luciana Souza Borges

  • AS IDIAS BSICAS DE PIAGET

    Estudos mostraram a Piaget que as variveis lgica e biolgica se conjugavam na teoria sobre o conhecimento humano.

    Trabalhos com testes: lgica infantil qualitativamente diferente da lgica do adulto.

    Para compreender o pensamento da criana: necessrio se desviar da quantidade de respostas corretas e se concentrar na qualidade da soluo.

    Desenvolvimento do mtodo clnico para os estudos piagetianos.

    *Luciana Souza Borges

    Luciana Souza Borges

  • AS IDIAS BSICAS DE PIAGET

    As etapas do Mtodo clnico:

    Primeiros Esboos (at 1926) observao e pequenos experimentos (mtodo puramente verbal).

    Constituio do Mtodo (1926-1932) mtodo verbal para estudar os contedos do pensamento.

    Mtodo No-Verbal (1932-1940) aplicao do mtodo a sujeitos que ainda no falam (observao critica).

    Manipulao e Formalizao (1940-1955) resolver tarefas mediante a ao e explicao/ Desenvolvimentos Posteriores (a partir de 1955).

    *Luciana Souza Borges

    Luciana Souza Borges

  • AS IDIAS BSICAS DE PIAGET

    Os tipos de utilizao do Mtodo clnico:

    Entrevista livre Sem material

    Explicao sobre uma situao transformaes de um material

    Mtodo no-verbal Aes sobre a realidade sem linguagem

    *Luciana Souza Borges

    Luciana Souza Borges

  • AS IDIAS BSICAS DE PIAGET

    Mtodo clnico:(1) Psicolgico. Controle do entendimento das perguntas e das instrues.

    (2) Interesse no processo que leva o sujeito a dar a resposta/ Avaliao qualitativa Processo que conduz a uma resposta .

    (3) Compreendida pelo exame do processo/ A importncia da justificativa do sujeito.

    (4) Interesse: o certo e o errado revelam sobre o raciocnio do sujeito/ O importante o processo/ O erro portador de sentido/ Interesses nos aspectos universais.

    *Luciana Souza Borges

    Luciana Souza Borges

  • AS IDIAS BSICAS DE PIAGET

    Os trabalhos iniciais de Piaget atriburam fundamental importncia linguagem e interao entre as pessoas para a estruturao do pensamento (modelos da linguagem e moralidade).

    Em um segundo momento, a nfase passa a ser na ao e manipulao dos objetos (modelos lgico e da dialtica).

    *Luciana Souza Borges

    Luciana Souza Borges

  • AS IDIAS BSICAS DE PIAGET

    As crianas cometem o mesmo tipo de erro, nas mesmas idades chegam a solues semelhantes.

    Por que os erros so compartilhados?Suposio central de Piaget: Criana = participante ativo (constri seu prprio conhecimento = pequeno cientista). Para construir seu conhecimento, ela precisa adaptar-se ao mundo de maneira cada vez mais satisfatria.

    *Luciana Souza Borges

    Luciana Souza Borges

  • AS IDIAS BSICAS DE PIAGET

    Fatores responsveis pelo nosso desenvolvimento/ interao entre o organismo e o meio:

    Fator biolgico.Exerccio e experincia fsica.Interaes sociais.Equilibrao.

    *Luciana Souza Borges

    Luciana Souza Borges

  • AS IDIAS BSICAS DE PIAGET

    PIAGET e nossa INTELIGNCIA

    Piaget 1896 a 1980 Todos os seres vivos so inteligentes.

    A inteligncia expressa 2 condies ou problemas dos seres vivos: organizao e adaptao, que ocorrem em contextos constantes de transformao.

    *Luciana Souza Borges

    Luciana Souza Borges

  • AS IDIAS BSICAS DE PIAGET

    PIAGET e nossa INTELIGNCIA

    Organizao:

    Uma vez vivos, temos que agir para manter esta condio.

    Como nos mantemos vivos?

    Estar vivo estar inteligente.

    *Luciana Souza Borges

    Luciana Souza Borges

  • AS IDIAS BSICAS DE PIAGET

    PIAGET e nossa INTELIGNCIA

    Adaptao:

    Mas a vida expressa em um sistema que aberto (parte do que nos conserva vivos est fora de ns).

    Temos, ento, que nos adaptar, isto , regular as nossas necessidades ao que est fora de ns (assimilao e acomodao).

    *Luciana Souza Borges

    Luciana Souza Borges

  • AS IDIAS BSICAS DE PIAGET

    Processo de adaptao = O conhecimento uma ao fsica ou mental. Cada ao um esquema/ a ao de categorizar de alguma maneira.

    *Luciana Souza Borges

    Luciana Souza Borges

  • AS IDIAS BSICAS DE PIAGET

    Processo de adaptaoBebs: comeam a vida com um pequeno repertrio de esquemas sensoriais e motores (olhar, provar, tocar, sugar, ouvir, alcanar etc.).

    Mais tarde: desenvolvimento de esquema mental (comparar um objeto com outro).Mais tarde ainda: desenvolvimento de esquemas complexos (anlise dedutiva).

    *Luciana Souza Borges

    Luciana Souza Borges

  • AS IDIAS BSICAS DE PIAGET

    Processo de adaptao

    Esquemas: so estruturas mentais ou cognitivas pelas quais o sujeito, intelectualmente, se adapta ao meio.

    As estruturas se ajustam (assimilao) ou se modificam (acomodao) durante o desenvolvimento.

    A busca pela Equilibrao = busca de regulao interna que resulte na adaptao.

    *Luciana Souza Borges

    Luciana Souza Borges

  • AS IDIAS BSICAS DE PIAGETPara a mudana dos esquemas, so necessrios 3 processos:

    Assimilao: absorve o evento/ experincia, em algum esquema que possui. um processo ativo e seletivo, e, o que assimilado ao esquema sofre mudanas tambm.

    Acomodao: Processo complementar = modificar o esquema (na 2 vez que agarrar um objeto, j ser diferente).

    Equilibrao: (pontos de reorganizao) luta por coerncia, por fazer sentido = cientista (teorias da mente: so explicaes do mundo, que a criana d no decorrer do tempo, mas que no se sustentaro nos anos seguintes).

    *Luciana Souza Borges

    Luciana Souza Borges

  • AS IDIAS BSICAS DE PIAGETAssimilao = Integra novo dado aos esquemas j existentes (estmulo se ajusta ao esquema).

    Acomodao = Quando no se consegue ajustar o novo estmulo ao esquema j existente e ento cria-se um novo esquema (a pessoa muda, para ajustar os estmulos novos).

    *Luciana Souza Borges

    Luciana Souza Borges

  • AS IDIAS BSICAS DE PIAGETO timing e o ritmo podem variar, se considerarmos as idades cronolgicas, mas a sequncia ser invarivel:

    Estgio Sensrio-motor. Estgio Pr-operatrio. Estgio Operatrio concreto. Estgio Operatrio formal.

    *Luciana Souza Borges

    Luciana Souza Borges

  • AS IDIAS BSICAS DE PIAGETEstgio Sensrio-motor (0 2): o comportamento motor; no representa internamente.

    Estgio Pr-operatrio (2 - 7): caracterizado pelo desenvolvimento da linguagem e outras formas de representao; raciocnio pr-lgico.

    *Luciana Souza Borges

    Luciana Souza Borges

  • AS IDIAS BSICAS DE PIAGETEstgio Operatrio concreto (711): Aplica o raciocnio lgico a problemas concretos, no presente.

    Estgio Operatrio formal (11-15): Aptos a aplicar o raciocnio lgico a todas as classes de problemas.

    *Luciana Souza Borges

    Luciana Souza Borges

  • AS IDIAS BSICAS DE PIAGETPara Piaget, ento, qualquer ao (fsica ou mental) tem como direo a qualidade construtiva, interdependente e reversvel de realizao.

    Todos podemos aprender, portanto!!!*Luciana Souza Borges

    Luciana Souza Borges

  • AS IDIAS BSICAS DE PIAGETO que nos impede?

    As pessoas vo ficando para trs, em relao a essas possibilidades, seja por limitaes orgnicas ou neurolgicas, doenas de todos os tipos, falta de oportunidades sociais, injustia, desigualdade e tantas outras formas de excluso que caracterizam, hoje, a misria do mundo!!*Luciana Souza Borges

    Luciana Souza Borges

Recommended

View more >