jornal manchete do vale - 44ª edição

Click here to load reader

Post on 28-Mar-2016

269 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

- MOTIVOS RELIGIOSOS IMPEDEM CIRURGIA; - Pré-conferência tem baixa participação popular; - Lei Orgânica não é cumprida em Itajaí

TRANSCRIPT

  • @Manchetedovale

    Siga-nos no twitter

    > SADELei Orgnica no cumprida em Itaja

    > PGINA 25

    > DENNCIA

    O repasse de bolsas de estudo deveria bene ciar mais de 5 mil alunos, no entanto no primeiro semestre de 2011 apenas 278 foram contemplados.

    Inteno do Conselho Municipal de Sade era ouvir a opinio pblica, porm, poucas pessoas tm o interesse

    de debater polticas por no acreditar em melhorias.

    Apesar de garanti a do SUS, pacientes precisam ir at Penha para fazer operao de laqueadura, j que direo do Hospital Marieta Konder Bornhausen se nega a realiz-la P9

    MOTIVOS RELIGIOSOS IMPEDEM CIRURGIADIOGO S. CAMPOS

    > PGINA 08

    De segunda a sexta-feira no seu rdio

    Das 7h s 8h pelaUnivali - 94,9 FM

    Das 12h s 13h pelaTransamrica POP

    99,7 FM

    A informao do seu jeito.

    THIAGO FLO

    RIANO

    @Manchetedovale

    Ano 1 n 44 R$ 2,00Itaja, 27 de maio de 2011

    BALNERIO CAMBORITeatro Bruno Nitz segue em obras e responsveis prometem esforo para nalizar ainda este ano. Prazo o cial de entrega junho de 2012. > 04

    POLTICACom diretrios estaduais dissolvidos no comeo do ms, parti do Democratas (DEM) busca reestruturao na regio do Vale do Itaja. > 12

    ECONOMIAFora Sindical de Santa Catarina contesta deciso de Supremo Tribunal Federal e ameaa paralisaes caso no haja reformulao. > 14

    JUSTIAJuiz determina que Lucas Spernau, lho de ex-prefeito de Balnerio Cambori, vai a jri popular por ter provocado acidente de trnsito em dezembro de 2009. > 36

    Pr-conferncia tem baixa participao popular

  • MANCHETE DO VALEopinio>02 Itaja, 27 de maio de 2011

    NESTA EDIO

    DIOGO S. CAMPOS

    MANCHETE DO VALE uma publicao MLO Parti cipaes em Multi mdia Ltda.CNPJ - 02.337.753/0001-12Rua Lauro Mller, 1.230 - Itaja - SCTelefone 47 3348 2606www.manchetedovale.com.br [email protected]

    Arti gos assinados so de responsabilidade de seus autorese no representam necessariamente a opinio do jornal

    Impresso por Dirio Catarinense - Florianpolis| SCPapel produzido com 100% de madeira de re orestamento e selo FSC

    CirculaoSemanal

    DiagramaoAriana Russi Deschamps

    Projeto Gr coSandro Galara

    ReportagemAlessandro Vieira Diogo de Sousa CamposGustavo RosaSlain Franco RosaThiago Floriano

    Editor-chefeSandro Galara Reg. Prof. 8357 MTb/RS

    Filiado ADJORI/SC

    Luiz Henrique da Silveira Senador da Repblica

    O professor e o mestreH dezenove anos, no dia 28 de maio de 1991,

    morria, precocemente, Luiz Henrique Schwanke, um dos mais expressivos e talentosos artistas plsticos de nosso estado.

    Em fevereiro de 1966, jovem advogado recm- che-gado a Joinville, fui convidado pelo pastor Herbert Mi-chels para ser professor de Portugus e Histria Geral no Colgio Bom Jesus. Lembro-me de haver encontra-do jovens questionadores, agitados, que j ensaiavam a rebeldia que fez de 1968, aqui e na Europa, o ano das grandes contestaes.

    Eram tempos de inconformismo poltico (ditadu-ra, Vietn, Muro de Berlim) e ebulio cultural (da m-sica de Chico, Caetano, Gil, Sergio Ricardo, Mutantes ao Cinema Novo).

    Reprimida, a arte se esgueirava nos desvos da ci-dadania e se impunha. Expulsas pela censura dos gran-des jornais, a prosa e a poesia buscavam espaos alter-nativos, como o Pasquim. O cinema escapulia para o curta-metragem ou para a produo de baixo custo.

    Nos tempos em que seus colegas de Bom Jesus ex-teriorizavam a irreverncia jovem-guardiana uma brasa, mora! Schwanke era um aluno introspectivo. J possua um jeito adulto, uma espcie de moo/velho, de velho/moo, aquele que j viveu tudo/ que j sofreu tudo/ que j morreu cedo, da poesia de Slvio Csar.

    Ainda adolescente, em Joinville, recebeu vrios prmios com textos que escrevia para festivais de tea-tro amador. Nas artes plsticas, seus primeiros prmios foram para um desenho realizado em 1962, quando ainda cursava o primrio, com o qual participou do 11 Salo Nacional de Arte Infantil, promovido pelo jornal

    Folha de So Paulo.Realizou mais de 130 exposies, entre individuais

    e coletivas, e participou dos mais importantes sales na-cionais, recebendo mais de 30 premiaes, tendo sido o artista brasileiro mais premiado nos sales de 1985. Em 1991, participou da 21 Bienal Internacional de So Paulo, expondo sua obra mais conhecida: Cubo de Luz, Antinomia. Ao todo, produziu mais de 3 mil obras, entre desenhos, esculturas, pinturas e instalaes.

    Como todo verdadeiro artista, era grande o seu conflito existencial e a fora criadora que o projetava para uma dimenso que no alcanamos, para uma l-gica que no possumos.

    O mexicano Jorge Castaeda produziu uma frase lapidar: "O que me difere de um louco que ele grita o que eu sufoco. E esse louco, no mais das vezes, no mais que o diferente, o vanguardeiro, o desbravador de caminhos.

    As ltimas produes Schwanke revelam que seu retraimento era um disfarce para uma garganta que desejava gritar, um olho querendo varar o infinito, os ps querendo pisar as nuvens. Como Van Gogh, quan-to mais atingia satisfao com suas formas, mais via assomar-lhe terremotos ntimos, dilemas existenciais, impasses, labirintos, abismos colossais.

    Neste domingo, transcorre o 137 aniversrio de nascimento do grande escritor ingls Chesterton. Adapto uma de suas melhores frases: "Fora moderada usada na violncia, fora suprema usada na arte".

    Este artigo a homenagem do velho professor que no se esqueceu do seu brilhante aluno, que se tornou mestre na arte.

    SociedadeAcontece por a 28Agenda de festas 28Universo da Moda 29

    VariedadesJogos 32Ati vidade Fsica e Sade 32A Cultura do Vinho 33Mundo Descomplicado 33Receita para o m de semana 33Decor Seven 34Horscopo 34Novelas 34Cinema 35Filmes e Sries 35

    Sees[Cidade] Direito no Ponto 04[Poltica] Rpidas da Poltica 12[Poltica] Conversa informal 13[Economia] Momento Econmico 14[Economia] Rodas & Motores 15[Redes Sociais] Vida Digital 26[Esporte] Prancheta Virtual 38[Esporte] De olho no Esporte 39

    Felipe Lckmann Fabro Advogado e Professor Universitrio

    O dia da liberdade tributria O Brasil representa hoje a oitava maior economia

    do mundo e passou a ocupar lugar de destaque no cenrio internacional graas poltica monetria e fiscal que tem seguido nos ltimos 20 anos.

    A adoo de critrios mais tcnicos e austeros, a manuteno de um cmbio flutuante e o controle da inflao tem proporcionado sucessivos super-vits primrios, a ampliao das reservas internacio-nais de capital, a queda nos ndices de desemprego e um ciclo virtuoso de crescimento que aumenta a demanda, a produo e, conseqentemente, a lu-cratividade.

    Com um sistema poltico estvel e a outorga do grau de investimento pelas agncias de anlise e risco de crdito, no sem razo que este \"novo mercado\" tem sido constantemente citado em diversos peridi-cos econmicos estrangeiros.

    O custo tributrio brasileiro, contudo, continua alto e impede deliberadamente o crescimento econ-mico nacional. Ano passado, por exemplo, segundo

    o Instituto Brasileiro de Direito Tributrio (IBPT), de cada R$ 10 gerados pela economia, R$ 3,50 foram en-tregues administrao pblica, que no conseguiu converter tal arrecadao em servios de qualidade.

    O detalhe cruel, muitas vezes esquecido, que neste montante no esto includas as despesas com as obrigaes acessrias, que costumam onerar ainda mais os empreendedores em razo dos investimentos necessrios para aquisio de equipamentos e emis-so de declaraes fiscais.

    O Sistema Pblico de Escriturao Digital (SPED) uma boa nova que promete eficincia na arrecadao, simplificao e racionalizao dos custos fiscais, mas at que outras obrigaes sejam eliminadas, um peso a mais que sobrecarrega e de-sequilibra a atividade empresarial.

    O que no pode ser perpetuado o atual modelo de alta arrecadao sem a proporcional devoluo de servios pblicos que assegurem a dignidade da exis-tncia humana, essa a razo de ser do Estado.

    RevitalizaoAt 4 de junho toda a rea do Saco da Fazenda at a praia de

    Cabeudas ser revitalizada. Projeto uma ao conjunta entre governo municipal e enti dades de proteo ao meio ambiente.

    >05

    ErramosO anncio da Prefeitura de Itaja veiculado na edio 043 (20/05) pelo Manchete do Vale foi publicado equivocadamente. Na data da veiculao as inscries para os cursos profissionalizantes oferecidos pela Feapi j haviam sido encerradas. O anncio correto est publicado na pgina 15 desta edio.

  • MANCHETE DO VALEopinio 03
  • MANCHETE DO VALEcidade>04 Itaja, 27 de maio de 2011

    DIREITO NO PONTO

    > Li nesta semana na coluna do Augusto Nunes, no site da Veja (www.veja.com.br) um dos mais belos textos dos lti mos tempos, que, pela importncia do tema, tentarei sinteti za-lo, externando mais alguns acontecimentos que envolveram nosso triste e cambaleado Brasil. A coluna a que me re ro inti tula-se O caseiro do Piau e a camareira da Guin.

    > Traando um paralelo entre a vida do caseiro Francenildo, aquele que teve o sigilo bancrio violado quando denunciou Antonio Palocci, no escndalo da Repblica de Ribeiro Preto, com a vida da imigrante Na ssatou Diallo, nascida na Guin, que se mudou para Nova York, camareira do So tel h trs anos, e foi vti ma de abuso sexual do todo poderoso Dominique Strauss--Kahn DSK , ento diretor do FMI e candidato favorito presi-dncia da Frana, o colunista nos d a dimenso exata da realida-de daqui, com a realidade de l.

    > Aqui a vti ma foi satanizada, e passados 05 anos, at hoje vive de bicos, no tem emprego xo. Seu malfeitor sequer foi processado, viu rejeitada, pela mais alta Corte de Justi a do Pas STF , a denncia criminal assestada contra si, e como ddiva, elegeu-se deputado, considerado atualmente o Primeiro Mi-nistro do reino de Dilma, sem falar na multi plicao fantsti ca de sua fortuna em mais de 20 vezes num perodo de apenas 04 anos. L, de imediato, a camareira imigrante, que negra e mu-ulmana, foi tratada com cidadania, deram crdito s suas pala-vras e seu opressor, um dos homens mais in uentes do mundo, foi preso exemplarmente, teve que renunciar direo do FMI, dar adeus presidncia da Frana, e como ddiva se v envolvi-do num processo que pode lhe render 74 anos de priso.

    > Mas a escria daqui insiste em demonizar o imperialismo ianque, dizendo-o o retrato acabado do triunfo dos poderosos sobre os oprimidos. Enquanto satanizam l, propagam que esse nosso reino de bannia o pas das oportunidades. Nunes ar-rebata dizendo: Colocados lado a lado, o caseiro do Piau e a camareira da Guin gritam o contrrio. Que texto maravilhoso o dele, quisera poder ser recitado em horrio nobre!

    > Mas do que adiantaria? A ignorncia da nossa volumosa massa de manobra sequer entenderia. Tambm pudera, at livro de gramti ca com erros grosseiros de portugus so dis-tribudos s escolas pblicas daqui! E eles tm a ousadia de di-zer que est certo falar errado! Defendem o indefensvel, tudo para manter o povo na ignorncia eterna, e assim eterniza-rem-se no poder. Golpe perfeito, a nal desde 2003, no existe pecado do lado de baixo do equador. O Brasil dos delinquentes cinco estrelas um convite reincidncia.

    > Augusto Nunes encerra assim sua obra prima: O azar de Fran-cenildo foi no ter tentado a vida em Nova York. A sorte de Nassi-fatou foi ter escapado de viver num Brasil que absolve o criminoso reincidente e casti ga quem comete o pecado da honesti dade.

    > Mas o que estou falando? A nal que monstro sou eu? Pi-menta Neves foi preso! Acabou-se a impunidade no Pas. A jus-ti a tarda mas no falha. Atriburam a demora do julgamento ao excessivo nmero de recursos existentes no Pas, querem re-ver o direito de recorrer. Cuidem-se cidados, est a mais uma cilada propalada em prosa e verso, que tratarei numa coluna espec ca.

    *O Autor advogado em Balnerio Cambori rott [email protected]

    por Ren Elias Rott a

    A realidade daqui X a realidade de l!

    Diogo S. [email protected]

    BALNERIO CAMBORI Por trs de tapumes de ma-

    deira com desenhos nas mais diversas cores e sob o som dos incessantes veculos da Avenida Central, o barulho das ferra-mentas continuam firmes desde agosto nas obras remanescentes do Teatro Municipal e da Sede da Fundao Cultural.

    Conforme j noticiado pela reportagem do Manchete do Vale, o Teatro Municipal de Bal-nerio Cambori quase reali-dade. Depois de alguns anos de obras que enfrentaram pequenos problemas em seu processo de licitao, o prazo para concluso da obra vai at o final do primei-ro semestre de 2012, mas alguns dos responsveis so otimistas e acreditam poder entregar a obra antes da data.

    O investimento ultrapassa R$ 3,5 milhes para construo das instalaes que ficam em frente Praa Bruno Nitz, na Avenida Central. O projeto con-ta com uma estrutura de capaci-dade para 320 pessoas em uma rea total de 2,3 mil metros qua-drados, sendo 300 metros desti-

    nados, exclusivamente, Galeria de Artes.

    As reas de apresentaes colaboram com as especificaes tcnicas exigidas pelo mercado das artes cnicas, como sistema de iluminao e climatizao, alm de estrutura para facilitar a entrada e sada de cenrios com abertura no fundo do palco que tambm constam no projeto.

    O principal problema para se dar segmento na obra do tea-tro foi o desacordo entre o valor aprovado em licitao, que de R$ 3.595.021,56, e o estimado pela primeira empresa vence-dora. Na poca, a encarregada da construo era a Concretil Construes LTDA, de Itaja. O valor estimado para concluso da obra era muito superior - R$ 800 mil aproximadamente - ao estipulado e a empresa pedia remanejo, no obtendo, e conse-quentemente paralisando a obra.

    Um novo processo de lici-tao foi aberto, selecionando uma segunda empresa, a qual retomou os trabalhos em agosto de 2010.

    Pronto So mais de 30 funcionrios

    trabalhando diariamente em ritmo acelerado nos andares da obra. Al-gumas instalaes j esto prontas, como a plateia superior que abriga parte dos 320 lugares, divididos em dois nveis, e a ltima lage, das quais j foi at mesmo possvel reti-rar as vigas de madeira.

    O prazo para construo de 18 meses, que se encerra quase no final do segundo semestre de 2012, mas a construtora acredi-ta concluir as obras antes, talvez ainda no final de 2011. Obra que, em primeiro momento, j teve datas de concluso fixada em novembro de 2009.

    O teatro foi oficializado na quarta-feira (18), pelo projeto de lei 0046/2011, do vereador Joo Olindo Do Koeddermann, que tambm torna legal o nome de batismo das instalaes. O Teatro Municipal de Balnerio Cambori, cuja obra est sendo edificada na Avenida Central, entre as ruas 200 e 300, a partir de sua inaugurao oficial ser denominado de Teatro Municipal Bruno Nitz, diz a lei.

    Prazo para a concluso do teatro foi estendido at a metade de 2012, mas as obras podem acabar ainda este ano

    Teatro Municipal Bruno Nitz conti nua em obras

    DIOGO S. CAMPOS

    As obras do teatro munici-pal foram envoltas de polmicas e discusses sobre o sai ou no sai. Agora, com quase dez me-ses desde a retomada das obras, pode-se dizer que se tornar realidade. Planos futuros pre-tendem abrir a rea para visita-

    o mesmo antes da concluso, claro que aps serem tomadas todas as medidas de segurana e abrindo apenas reas fora de ris-cos. De qualquer maneira a obra publica, e pode ser apreciada e scalizada por qualquer pessoa que passe pela calada.

    Aberto ao Pblico

  • MANCHETE DO VALEcidade 05
  • Ainda segundo o secretrio, a ponte ir diminuir em 25% a movimentao no trnsito em vrios pontos da cidade. Uma das principais vantagens que essa obra vai trazer tirar o movimento da Avenida Adolfo Konder e da rtula do So Vi-cente, que problemtica. Alm

    disso, vai diminuir o movimen-to da Jos Pereira Liberato pra quem for pro So Joo, assim como de quem vem do So Joo em direo ao Rio Pequeno e Centro da cidade. Talvez se note, alm disso, uma mudan-a na intensidade do trfego na Contorno Sul, projeta.

    A obra faz parte de um projeto de R$ 30 milhes aprovado pelo PAC, Processo de Acelerao do Crescimento. Segundo Zanelato, o prefeito ainda no havia divul-gado a obra porque o processo de licitao ainda no havia iniciado. A previso que as obras come-cem at o nal do ano.

    Construo deve aliviar o trfego

    MANCHETE DO VALEcidade>06 Itaja, 27 de maio de 2011

    Gustavo [email protected]

    ITAJA Uma nova ponte deve ser construda em Itaja. A inteno da Secretaria de Obras ligar os Bairros Dom Bosco e Cidade Nova. A ideia facilitar o acesso e desafogar o trnsito em outros trechos da cidade, principalmente em horrios de pico. De acordo com Tarcizio Zanelato, secretrio de Obras do municpio, o projeto foi en-viado Caixa Econmica Fe-deral h algum tempo, mas os trmites burocrticos estariam atrasando o incio da constru-

    o. A Caixa muito exigen-te na documentao. A gente encaminha o projeto e o ora-mento. Eles devolvem dizendo que falta algum documento, a gente tem que protocolar tudo de novo, vai para uma nova anlise, a se descobre que falta mais alguma coisa. E assim vai e vem, at que esteja tudo em dia, igual foi a ponte da Nova Braslia, uma novela at sair do papel.

    A ponte deve ligar as ruas Jacob Ardig, Bairro Dom Bos-co, e Otto Hoier, no Cidade Nova, com passagem pela Jos Pereira Liberato. A Secretaria de Urbanismo est viabilizan-do as desapropriaes, que s vo ocorrer para os moradores do bairro Cidade Nova. A parte de licitao, que de respon-sabilidade da Prefeitura, j foi iniciada. O projeto, bom que se diga, no que diz respeito a

    questo do arruamento j est em fase de licitao. A parte do dique, que responsabilidade da Prefeitura, tambm j est em fase de licitao. O que est pendente somente o gavio que vai proteger a vala, porque hoje no se tem mais recurso federal pra fazer galerias, e sim proteo da vala, e tambm pra ponte, que seria algo em torno de R$ 3 milhes, explica Zane-lato.

    Construo vai ser no nal da Rua Jacob Ardig, a popular Rua da Vala, onde hoje h um beco

    Ponte vai ligar bairros Dom Bosco e Cidade Nova

    Nova ponte ser construda sobre o Itaja-Mirim

    GUSTAVO ROSA

  • MAN

    CHET

    E DO

    VAL

    EIta

    ja,

    27 d

    e m

    aio

    de 2

    011

    >07

  • MANCHETE DO VALEcidade>08 Itaja, 27 de maio de 2011

    Thiago [email protected]

    O Conselho Municipal de Sade (Comusa) promoveu na ltima segunda-feira (23) uma pr-conferncia para discutir as demandas da comunidade do bairro So Joo. O encontro foi realizado no Salo Paroquial da Igreja de So Joo Batista, mas foi pouco prestigiado pela po-pulao local. Apenas 18 pessoas se fizeram presentes (incluindo representantes da Secretaria de Sade e Comusa) para debater e apresentar propostas que de-vem ser levadas 6 Conferncia Municipal de Sade de Itaja, nos dias 8 e 9 de julho.

    A pr-conferncia do bair-ro So Joo foi a segunda deste ano, j que na semana anterior o bairro Fazenda recebeu uma reunio semelhante, tambm com poucos participantes. O governo d a oportunidade para o povo de colocar para fora aqui-lo que sente em relao sade. O SUS [Sistema nico de Sade] tem s 20 anos e precisa me-

    lhorar. O nosso engajamento que vai fazer o SUS que a gente quer, declarou o presidente do Comusa, Joo Jos da Silva. Ele destacou que as conferncias de sade acontecem a cada quatro anos e que so oportunidades para tentar melhorar o sistema. A populao cresceu muito e os recursos no evoluram como ti-nham que evoluir. Tudo que for proposto aqui vai ser levado para a conferncia municipal depois, explicou.

    Morador do Imaru, Iran dos Santos Maes, fez questo de

    reclamar da gesto dos postos de sade. Por que existe troca de coordenador do posto quan-to est tudo funcionando bem? Quando ele comea a conhecer a populao acaba sendo tirado, no certo, disse Iran. J o con-tador Oscar Martins da Silva Fi-lho, que faz parte da Associao de Moradores do So Joo, fez questo de elogiar o trabalho dos profissionais da sade: o pessoal do posto est de parabns porque faz o que possvel com os recur-sos que tem. Eles no fazem mais porque no podem.

    Poucas pessoas se interessaram em debater as polti cas pblicas de sade do municpio

    Pr-conferncias de sade tm baixa adeso

    THIAGO FLORIANO

    ESTADO DE SANTA CATARINA/PODER JUDICIRIOComarca de Balnerio Cambori/Vara da Fazenda Pblica

    Avenida das Flores, s/n., dos Estados - CEP 88.339-900, Balnerio Cambori--SC, E-mail: [email protected] de Direito: Dra. Adriana LisboaChefe de Cartrio: Nevia Philippi

    EDITAL DE CITAO - EXECUO - COM PRAZO DE 30 DIAS

    Execuo por Quanti a Certa contra Devedor Solvente n. 005.03.003548-6Exequente: Fundao Universidade do Vale do Itaja - UNIVALIExecutado: Maurcio Dauer, brasileiro(a), natural de Lages-SC, Solteiro, Vendedor, RG 4/C-3.254.527, CPF 920.174.289-49, pai Afonso Dauer, me Santa de Lourdes Dauer. Valor do Dbito: R$ 1.682,80. Data do clculo: 21/03/2003. Por intermdio do presente, a(s) pessoa(s) aci-ma identi cada(s), atualmente em local incerto ou no sabido, ca(m) ciente(s) de que, neste Juzo de Direito, tramitam os autos do processo epigrafado, bem como CITADA(S) para, em 3 (trs) dias, contados do trans-curso de prazo deste edital, efetuar(em) o pagamento do principal, aces-srios, honorrios advocat cios e despesas processuais. No ocorrendo o pagamento, proceder-se- penhora de bens do executado. O executado poder opor-se execuo por meio de embargos, no prazo de 15 (quinze) dias, a contar do trmino do prazo da citao. E, para que chegue ao co-nhecimento de todos, partes e terceiros, foi expedido o presente edital, o qual ser a xado no local de costume e publicado 1 vez(es), com intervalo de 0 dias na forma da lei.

    Balnerio Cambori (SC), 18 de maro de 2011.

    ESTADO DE SANTA CATARINA/PODER JUDICIRIOComarca de Balnerio Cambori/Vara da Fazenda Pblica

    Avenida das Flores, s/n., dos Estados - CEP 88.339-900, Balnerio Cambori--SC, E-mail: [email protected] de Direito: Dra. Adriana LisboaChefe de Cartrio: Nevia Philippi

    EDITAL DE CITAO - EXECUO - COM PRAZO DE 30 DIAS

    Execuo por Quanti a Certa contra Devedor Solvente n. 005.05.018227-1Exequente: Fundao Universidade do Vale do Itaja - UNIVALIExecutado: Kleber Bavaresco HaloCitando(a)(s): Kleber Bavaresco Halo, brasileiro(a), Solteiro, Vendedor (Beira Mar Distr. de Bebidas), nascido em 05/05/1981, RG 3573913, CPF 035.783.069-59, pai Valdomiro Halo, me Chirlei Aparecida Bavaresco Halo. Valor do Dbito: R$ 2.386,66. Data do clculo: 20/10/2005. Por intermdio do presente, a(s) pessoa(s) acima identi cada(s), atualmente em local incerto ou no sabido, ca(m) ciente(s) de que, neste Juzo de Direito, tramitam os autos do processo epigrafado, bem como CITADA(S) para, em 3 (trs) dias, contados do transcurso de prazo deste edital, efetuar(em) o pagamento do principal, acessrios, honorrios advoca-t cios e despesas processuais. No ocorrendo o pagamento, proceder--se- penhora de bens do executado. O executado poder opor-se execuo por meio de embargos, no prazo de 15 (quinze) dias, a contar do trmino do prazo da citao. E, para que chegue ao conhecimento de todos, partes e terceiros, foi expedido o presente edital, o qual ser a xado no local de costume e publicado 1 vez(es), com intervalo de 0 dias na forma da lei.

    Balnerio Cambori (SC), 18 de maro de 2011.

    De acordo com alguns dos presentes a comunidade no participa porque j no acre-dita mais que algo v mudar e porque no h incentivo ou divulgao. O povo est de-sacreditado. Por que as pesso-as vo sair de casa para pedir

    aquilo que os polticos j pro-meteram e no cumpriram?, indagou Iara Fontana. Ela tam-bm questionou a ausncia das principais autoridades da Secretaria Municipal de Sade para dar mais ateno s pr- conferncias.

    Povo est desacreditado

    Presidente do Comusa explicou o que so as conferncias

  • MANCHETE DO VALEcidade 09
  • MANCHETE DO VALEcidade>10 Itaja, 27 de maio de 2011

    Gustavo [email protected]

    A palavra da moda parece ser a tal da sustentabilidade, que agora tambm chega a constru-o civil. Envolvidos com o se-tor apontam que a tendncia que cada vez mais se invista no conceito, produzindo de ma-neira menos agressiva ao meio ambiente. De acordo com o es-pecialista em marketing Cleuton Carrijo, da Tear Escola de Ne-gcios, de Balnerio Cambori, essa uma nova forma de pre-servar os recursos naturais. A sustentabilidade na construo civil um novo olhar, uma nova forma de voc planejar o que vai

    ser construdo sem necessaria-mente destruir os recursos na-turais.

    De acordo com Cleuton, que tambm professor do MBA em negcios na Construo Ci-vil na Tear, cerca de 500 quilos de resduos slidos provenien-tes das obras so descartados

    na natureza anualmente. Hoje, o setor da construo civil no mundo e no Brasil respons-vel por extrair de 20% a 50 % de todos os recursos naturais. Em contrapartida, devolve por ano entre 300 a 500 quilos de deje-tos, materiais que so descarta-dos diretamente da obra para o

    meio ambiente, argumenta.Para o professor, essa uma

    relao muito impiedosa com a natureza. O conceito de susten-tabilidade na construo civil poderia trazer um novo olhar para o setor. Essa corrente mundialmente conhecida como Green Building, que quer dizer construir de maneira verde. Uma nova proposio de valor para o mercado imobilirio, com atitudes simples das cons-trutoras que podem auxiliar na preservao do meio ambiente.

    Regio comea a implantar conceito Para o especialista, o Green

    Building uma realidade que comea a ganhar fora na re-gio do Vale do Itaja. O que eu posso dizer que em vrios locais eu j comeo a ver uma nova conscientizao, uma nova forma de propor construes de menor impacto ambiental, pro-vocando nas pessoas uma mu-

    dana de hbito.O Green Building um pro-

    jeto que surgiu nos Estados Uni-dos e vem sendo implantado no Brasil desde 2007. O objeti-vo desenvolver a indstria da construo sustentvel no pas, concentrando as foras em pro-cessos integrados de concepo, implantao, construo e ope-rao de edificaes e espaos construdos.

    Corrente conhecida como Green Building tema de palestras em Balnerio sobre a construo civil

    Construo civil implanta conceito de sustentabilidadeGUSTAVO ROSA

    Tendncia implantada em obras da regio do valeA sustentabilidade na construo civil um dos temas que ser aborda-do pelo MBA em negcios da construo civil com matrculas abertas na Tear Escola de Ne-gcios em Balnerio Cambo-ri. Mais informaes podem ser obtidas pelo telefone 3367-4466 ou pelo endereo tearen-sino.com.br.

    queligado

  • MANCHETE DO VALEcidade 11
  • MANCHETE DO VALEpolti ca>12 Itaja, 27 de maio de 2011

    RPIDAS DA POLTICA DEM batalha para se re-estruturar em SCCom diretrios municipais dissolvidos, lideranas comeam a se mobilizar na regio de Itaja

    por Thiago Floriano

    > H algum tempo j tenho prestado ateno no nome que a bancada de oposio adota para se autonomear: Bloco de Or-ganizao Poltica e Estratgica (Bope). Considero uma tentativa forada e, por vezes, at ridcula de se comparar ao Batalho de Operaes Policiais Especiais (Bope) da Polcia Militar do Rio de Janeiro, que ganhou notoriedade nacional aps o lanamento do filme Tropa de Elite.

    NOVO PARTIDO> Dessa vez no estou falando do Partido Social Democr-

    tico (PSD), mas sim do Partido da Ptria Livre (PPL). Recebi um comunicado do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina (TRE/SC) com o seguinte ttulo: Novo partido protocola pedido para registrar diretrio regional. O protocolo foi feito na sexta--feira, 13 de maio, mas at agora no ouvi nada a respeito em Itaja. Ser que vai ter PPL por aqui tambm?

    CAMBC> A Cmara de Vereadores de Balnerio Cambori (Cam-

    BC) mudou os horrios das suas sesses ordinrias. Sugesto partiu do vereador Do Koeddermann (PSDB, indo para o PSD?), que est reorganizando a grade de programao da TV Cmara. O presidente da casa, Orlando Angioletti (DEM), diz que tambm surgiu a ideia de possibilitar apresentaes arts-ticas no horrio das sesses para melhor aproveitar o tempo de televiso disponibilizado para a Cmara.

    PESQUISAS ELEITORAIS> Leitor da coluna foi abordado por uma pesquisa do Instituto

    de Pesquisas Sociais Universidade do Vale do Itaja (IPS Univali) sobre o cenrio poltico-eleitoral de Itaja e disse ter dificuldade para responder algumas das perguntas. Numa delas, o (a) entrevis-tador (a) questionava quem o melhor vereador de Itaja. Pode ser o menos ruim?, respondeu o leitor. Ainda na mesma pesquisa perguntaram a ele em quem ele no votaria de jeito algum para prefeito em 2012. Jandir ou Volnei? Volnei ou Jandir? Juro que fiquei com muita dvida nessa, confidenciou o jovem leitor.

    NMERO DE VEREADORES> A maioria dos partidos em Itaja j se manifestou

    publicamente pelo aumento no nmero de vereadores para 21. Nadando contra a mar, o PRB divulgou uma nota oficial assinada por seu presidente municipal, Beto Pacheco, dizendo que no concorda com o aumento. O PRB entende que a argumentao de que o aumento do nmero de Vereadores no implica em mais gastos, no verdade, diz a nota.

    Thiago [email protected]

    A comisso executiva nacio-nal do Democratas decidiu, no comeo do ms, dissolver todos os diretrios do partido em San-ta Catarina. A medida foi divul-gada aps os anncios de migra-o para o PSD das principais lideranas da sigla no Estado. Na sexta-feira passada (20), alguns democratas que pretendem per-manecer no partido se reuniram em Florianpolis para comear a organizar as novas composies visando a reativao dos diret-rios municipais.

    De acordo com o suplente de vereador Paulo Mannes de Itaja, os participantes da reunio fo-ram convidados pela executiva nacional direta ou indiretamen-te, sendo na grande maioria ve-readores, como o presidente da Cmara de Vereadores de Bal-nerio Cambori, Orlando An-gioletti. No total, compareceram mais de 30 pessoas, todas elas j tendo disputado eleies pro-porcionais ou majoritrias em seus municpios.

    O ex-deputado federal Pau-lo Gouva, que atua na direo executiva do DEM, em Braslia, foi quem deu as primeiras orien-taes da nacional ao grupo ca-tarinense. A determinao de formar uma comisso provisria estadual, com 25 integrantes, tendo como presidente o vere-ador de Blumenau Jovino Car-

    doso. Em seguida sero estrutu-rados os diretrios municipais, com 15 membros, passando por aprovao da comisso estadual e do diretrio nacional. Patrcio Destro, vereador de Joinville, foi escolhido entre os presentes para ser vice-presidente da comisso estadual, tendo ao seu lado Orlando Angioletti como secretrio.

    Formada a Comis-so Estadual do DEM, a executiva nacional vir at Santa Catari-na para restabelecer os diretrios e dar posse ao comando estadual diz Paulo Mannes. Ele acredita que isso deva acontecer j nas primei-ras semanas de junho. Todos que estavam na noi-te de sexta (20) na reunio, j saram com a incumbncia de irem buscando e compondo os membros da comisso provi-sria dos diretrios muni-cipais, ou seja, identificar

    as lideranas leais do DEM em cada municpio e irem formando a lista dos 15 membros para se-rem aprovados pelo diretrio es-tadual e nacional, complementa o suplente de vereador.

    BOPE

    Estou no twitter: Para seguir s procurar @thiagofloriano

    [email protected]

    Para Paulo Mannes a tare-fa no deve apresentar grande di culdades apesar da sada anunciada da vice-prefeita Dal-va Rhenius e do presidente da Cmara, Luiz Carlos Pissetti, j que um bom nmero de -liados demonstra interesse em permanecer na sigla. A maior di culdade e as grandes perdas sero indubitavelmente com as duas grandes vertentes do DEM de Itaja, que certamente segui-ro para outro partido, o PSD, explica, garantindo que o parti-do continuar vivo, organizado, forte e permitindo o surgimento

    de novas lideranas.Em Balnerio Cambori a

    situao bem diferente. De acordo com o presidente do legislativo municipal, Orlando Angioletti, os liados do partido esto coesos e no pretendem migrar para nenhuma outra si-gla. Em princpio no vai haver nenhuma desero, comemo-ra Angioletti. Ele conta que na quarta-feira (25) houve uma reunio festiva para confrater-nizao dos democratas do mu-nicpio: fazemos uma reunio ampliada com os novos liados para integrao todo dia 25.

    Mobilizao j comeou

  • MANCHETE DO VALEpolti ca 13 At que estava demorando muito. Mas era inevitvel. Mais dia, menos dia, teria que acontecer. Um novo escndalo envolvendo a alta burocracia do Estado brasileiro estava amadurecendo. Nessas lti mas duas semanas, comentou-se muito sobre o impressionante enriquecimento do Ministro Antonio Palocci. O curioso nesse caso que ningum, em Braslia, nem mesmo tentou explicar o inexplic-vel. O trfego de in uncias desenvolvido por Palocci como deputa-do federal to evidente quem nem deu para disfarar.

    > Jean-Paul Sartre dizia que enganar um vcio, talvez o maior de todos os vcios. Privati zaes no governo FHC, mensalo no governo Lula, o que vemos e ouvimos das autoridades pblicas brasileiras nes-ses escndalos que se sucedem uma menti ra contada de forma to tediosa que quase no nos importamos mais com o comportamento de nossos polti cos. A ti ca desprezada com tanta frequncia que se tornou algo banal um parlamentar ou membro do Executi vo Federal apresentar desvios e transgresses no exerccio de um cargo pblico.

    > Reportagem do Jornal O Globo, edio da lti ma segunda-feira. Levantamento da Associao Nacional do Ministrio Pblico de Con-tas demonstra que 48 dos 240 ministros e conselheiros dos tribunais de contas brasileiros, sejam estaduais ou federais, sofrem, ou sofre-ram, algum ti po de investi gao. Que tal?

    > Neste episdio envolvendo o poderoso Ministro Palocci temos, no entanto, uma derrotada. A presidente da Repblica. A nal, o centro do poder alvo de descon ana.

    > Tenho criti cado, em minhas lti mas colunas, a criao arti cial do PSD num momento em que tudo parece girar em torno de um oportunismo polti co matemati camente calculado. No se trata de m vontade com o novo parti do, mas uma agremiao parti dria que surge exclusivamente com o objeti vo de acomodar interesses no pode fazer bem s insti tuies democrti cas.

    > Vou ousar aqui fazer um comentrio sem muita base, e talvez at mesmo sem convico. Mas vamos l. No observei entusiasmo do governador de Santa Catarina e nem dos parlamentares ao migra-rem para o parti do de Gilberto Kassab. Como foi opo estratgica, com o nico objeti vo de viabilizar projetos polti cos futuros, a ausn-cia de discursos emocionados ou mesmo a ausncia de empolgao proporcionaram o clima dessas aes. Vocs repararam nisso? Robert Solomon, professor numa universidade nos EUA, ressalta que a dife-rena entre vergonha e embarao no pode ser compreendida em termos de sensaes, mas em termos de responsabilidade senti da. Quem sabe esses polti cos no estejam questi onando suas prprias decises? Vejo, por exemplo, neste momento, Raimundo Colombo, no mnimo, embaraado. Mais envergonhado do que entusiasmado. Mas posso estar enganado. O que vocs acham?

    > Outro dia desses, numa rdio local, ouvi depoimento de um cidado exaltado a rmando que no espera muita coisa da polti ca. Enquanto a sociedade deveria ser informada sobre projetos, ideias, solues para os diversos problemas, o que se ouve se o vereador ou o deputado ir para este ou aquele parti do polti co. O cidado, in-dignado, est coberto de razo. Sobrevivncia polti ca o que parece mover um parlamentar.

    > Interessante reportagem na Folha de S.Paulo aponta que as mulheres ocupam apenas 20% dos cargos de segundo escalo no governo de Dilma Rousse . A presidente no conseguiu, apesar dos esforos, aumentar a parti cipao feminina nos principais cargos do governo federal.

    * Flvio Ramos professor do Programa de Mestrado em Gesto de Polti cas Pblicas e do Programa de Mestrado e Doutorado em

    Administrao da UNIVALI

    Cansao inevitvelpor Flvio Ramos

    Thiago [email protected]

    ITAJA O governo municipal determinou um reajuste de 8,6% nos vencimentos dos servidores pblicos municipais para este ano. Como o aumento foi muito inferior s reivindicaes dos trabalhado-res, o Sindicato dos Servidores P-blicos Municipais da Regio da Foz do Rio Itaja, que representa servi-dores de sete municpios da regio, organizou duas manifestaes.

    A presidente do sindicato, Elia-ne Aparecida Corra (Elianinha), explica que nos anos anteriores os trabalhadores j no conseguiram sensibilizar o prefeito para receber

    um reajuste razovel e que as ex-pectativas eram grandes para este ano: foi realizada uma assembleia para definir o aumento que seria reivindicado pelos servidores, que acabou fixado em 15 por cento. Na ocasio, os trabalhadores exigiram que o sindicato no flexibilizasse as negociaes como aconteceu em anos anteriores, quando se permi-tiu a diviso do reajuste em duas parcelas.

    Com a proposta do governo de

    oferecer 8,6% de reajuste, mais de 500 servidores descontentes parti-ciparam de uma manifestao em frente ao pao municipal no hor-rio do meio-dia. O que nos sur-preendeu que ns levamos 500 pessoas Prefeitura e mesmo assim o prefeito no nos chamou para conversar. Simplesmente enviou a proposta para a Cmara como es-tava. Para o poder pblico a nossa manifestao no fez nenhum efei-to, explica Eliane.

    Reajuste foi considerado insu ciente pelos trabalhadores, que zeram manifestaes

    Prefeitura d 8,6% de aumento aos servidores

    A proposta do Executivo Mu-nicipal de reajustar em 8,6% o salrio dos servidores foi encami-nhada Cmara de Vereadores para deliberao. Apesar das ma-nifestaes dos descontentes, os edis a votaram e aprovaram. No dia da primeira votao a gente estava em grande nmero na C-mara para manifestar contra os 8,6%. Fomos at agredidos ver-balmente por dois vereadores, o

    [Luiz Carlos] Pissetti e o Douglas [Cristino], conta Eliane. Os vere-adores da oposio (Nkolas Reis, Maurlio Morais, Paulinho Amn-dio e Marcelo Werner) propuse-ram uma emenda pedindo que o valor fosse alterado para 10%, mas a emenda foi rejeitada.

    Ela diz ainda que, hoje, h quase seis mil servidores pblicos em Itaja e que eles que fazem a mquina pblica funcionar. O

    governo alegou que se desse 15% a prefeitura caria no vermelho e os salrios poderiam atrasar, algo que nunca aconteceu, conclui, admitindo que o sindicato per-deu as esperanas de reverter a situao e agora se prepara para outras reivindicaes. A secretria de administrao do municpio, Rosalir Demboski de Souza, no foi encontrada para comentar a situao.

    Vereadores aprovaram proposta do Executi vo

    Elianinha diz que servidores queriam 15% de aumento

    THIAGO FLORIANO

    Thiago [email protected]

    Uma situao incomum causou polmica em Balnerio Cambori nos ltimos dias. A empresa Cons-trutora e Pavimentadora Caliente Ltda., que presta servios para a

    Prefeitura, pode ter sido vendida por um valor inferior ao que tinha a receber do municpio. A denn-cia foi apresentada pelo jornal P-gina 3, atravs de matria redigida pelo seu diretor de redao, Wal-demar Cezar Neto, e publicada no dia 21 de maio. A Caliente quan-do foi vendida tinha licitaes em andamento, que ela venceu, junto Prefeitura, garante Waldemar. Ele diz que chamou ateno o fato de uma empresa que tinha quase dois milhes a receber ser vendida por

    apenas 600 mil reais.O Manchete do Vale procu-

    rou a 5 Promotoria do Ministrio Pblico Estadual (MP/SC), que diz ter recebido a denncia, mas ainda no se manifestar sobre o caso. De acordo com a assessoria da promo-toria, at o fechamento desta edio no havia nenhum procedimento de investigao aberto. Aps a ave-riguao preliminar da denncia o MP/SC decidir se abre ou no um inqurito civil pblico para apurar os fatos.

    Empresa teria mais dinheiro a receber do que o valor da transao

    Venda de empreiteira gera polmica

  • economia>14MOMENTO ECONMICOMOMENTO ECONMICO

    por Sandro Galara

    > A indstria catarinense passa por uma srie de transformaes, positi vas em um cenrio competi ti vo como o mercado nacional e at mesmo o mercado de exportao. Com a guerra dos incenti vos scais, torna-se cada vez mais imprescindvel que nossa indstria tenha mais a oferecer do que simplesmente qualidade. Preos, incenti vos, logsti ca adequada e credibilidade so ati vos cada vez mais valorizados no mercado globalizado e, para se destacar, necessrio fazer conti nuamente mais e melhor.

    > Assim, torna-se uma questo urgente padronizar e aumentar a segurana jurdica dos incenti vos scais concedidos s empresas que desejam se instalar em solo catarinense e, sobretudo, desonerar a produo das que j mantm parques fabris por aqui. No se esquecendo de promover o potencial exportador da indstria, alm da inovao tecnolgica e investi r em mquinas e equipamentos.

    > Vejam o exemplo das grandes txteis catarinenses, afetadas seriamente com a nova ordem mundial no que diz respeito aos preos do algodo, a valorizao do real em relao ao dlar e a prpria competi o com os outros mercados globalizados. Sem um conjunto de aes estratgicas integradas, a tendncia que novas fbricas fechem suas portas e que o desemprego no segmento comece de fato a preocupar.

    Competitividade da indstria depende de aes estratgicas

    Fiesc apresenta novas diretrizes> Para que o Estado obtenha um desempenho econmico

    sati sfatrio em todos os setores e no que refm de crises setoriais, como a que se desenha para o setor txti l, a Federao das Indstrias de Santa Catarina, Fiesc, apresentou na semana passada o resultado do estudo Diretrizes para uma nova polti ca industrial catarinense.

    > O material, apresentado em primeira mo a industriais e membros da Secretaria da Fazenda de Santa Catarina, servir como importante subsdio para a criao de uma nova matriz de incenti vos scais no Estado, principalmente depois que o governo interrompeu a concesso de benef cios atravs do Pr-Emprego.

    MANCHETE DO VALEItaja, 27 de maio de 2011

    Gustavo [email protected]

    Aps o Superior Tribunal Fe-deral ter publicado, na semana passada, acrdo deixando claro que o mnimo regional do estado no vale para trabalhadores que negociam o piso do salrio com os empregadores por meio dos sindicatos e associaes, as ma-nifestaes na Fora Sindical de Santa Catarina iniciaram imedia-tamente. A reprovao deciso foi unnime entre os membros. O procedimento que aconteceu no STF foi um posicionamento equivocado do ministro relator, tirando dos trabalhadores que tm acordo e convenes cole-tivas esse direito de ter o salrio mnimo regional, defende Os-valdo Mafra, presidente da Fora Sindical no estado.

    O maior questionamento feito por Mafra diz respeito ao papel dos sindicatos na situao, que perderiam fora. Se voc tem um sindicato que represen-ta os trabalhadores organizados, e tem aqueles desorganizados, como os sindicatos ficam nes-sa situao? Qual a lgica do trabalhador desorganizado ga-nhar mais que o organizado?

    Aconteceu um equvoco nesse sentido.

    Ainda de acordo com o presidente da Fora Sindical, a orientao repassada aos sindi-catos do estado de forma algu-ma fechar acordos coletivos com piso menor do que o regional. Dentro dessa situao ns per-demos a credibilidade. Imagine que voc tem uma lei que con-templa os trabalhadores e voc faz um acordo que derruba a lei e d margens para acordos me-nores, reclama.

    Osvaldo explica ainda que a orientao da Fiesc, Federao das Indstrias de Santa Cata-rina, de que as empresas no faam acordos acima do piso regional. Caso isso acontea, a Fora Sindical promete reagir.

    No vamos adotar essa sistem-tica porque no podemos fazer mais ou menos que a lei, pois ela pra todos. Se acontecer esse equvoco, com certeza vamos fa-zer paralisaes e as movimenta-es necessrias, mesmo porque esse piso estadual que a gente ne-gociou para todos os trabalhado-res no uma fortuna. Estamos fazendo uma coisa muito menor do que o trabalhador catarinense merece.

    O julgamento da questo pelo STF ocorreu no dia 2 de maro, mas o texto que servir de referncia para disciplinar a questo s saiu agora. Empre-srios, trabalhadores e demais interessados podem acessar a ntegra do acrdo no endereo fiescnet.com.br.

    Presidente fala em posicionamento equivocado de ministro relator, e promete paralisaes se necessrio

    Fora Sindical contesta deciso do STF

    > O estudo traa um per l completo da economia catarinense e faz uma anlise de casos nacionais e internacionais de programas de incenti vos e fundos de fomento, para ns comparati vos. As propostas dividem-se em trs eixos principais, que so o fomento (aes de longo prazo), incenti vos (apoio competi ti vidade e ao investi mento) e resgate (apoio nanceiro e scal em setores de crise).

    Perfil da economia catarinense

  • economia 15 A Volkswagen est lanando a nova gerao de Passat e Passat Variant no Brasil. A dupla chega com a mesma plataforma do modelo anterior, mas ganhou atualizaes, alm de visual mais moderno, alinhado aos recentes produtos da empresa alem. Sed e perua chegam ao pas com motor 2.0 TSI de 211 cv, trans-misso de dupla embreagem (DSG) com seis marchas e itens avanados, como o detector de sonolncia do motorista e o controle de velocidade ati vo, que man-tm a distncia para o veculo da frente. De quebra, h uma evoluo no sistema Park Assist, que agora auxilia a estacionar o veculo em vagas ainda menores que o aparelho usado anteriormente.

    Novos Passat e Passat Variant

    RODAS & MOTORESpor Matheus Pera

    > Para saber mais visite:http://www.allthecars.wordpress.com

    > Foi revelada a primeira imagem do C3 Picasso, o novo monovolume da Ci-tron para o mercado brasileiro. Derivado do AirCross, ele perde os apliques fora--de-estrada da carroceria, assim como a suspenso elevada e as barras no teto. Ainda sem verses e motores revelados, ele chega ao mercado para reforar a

    atuao da empresa france-sa no segmento, ajudando tambm a reduzir os preos e aumentar o leque de op-es. Esperam-se os nveis de acabamento GLX e Exclusive e os motores 1.4 8v de 80/82 cv e 1.6 16v de 110/113 cv.

    Citron C3 Picasso

    > A Mercedes apresentou a linha 2012 da Classe C, sua linha mdio-compacta mais acessvel no Brasil. Em carrocerias sed e perua, a famlia ganhou mudanas em faris, grade, para-choques,cap e lanternas, agora com LED. O interior foi reesti liza-do especialmente no console e na parte central do painel. Seguem trs opes de motor (C180 com 1.6 de 156 cv; C200 com 1.8 de 184 cv e C250 com 1.8 de 204 cv). Em breve, chegam a carroceria Coup e o esporti vo C63 AMG.

    Mercedes Classe C 2012

    > O interesse da BMW em uma fbrica no Brasil j claro. Falta apenas uma localidade que a atraia nanceiramente - o que ainda no aconteceu. Segundo o jornalista Fernando Calmon, porm, so boas as chances de Santa Catarina ven-cer esta briga. O fato de o estado no ter fbrica de automveis (a TAC est indo de Joinville para Bahia ou Amazonas) e "abrigar" muitas famlias descendentes de alemes pesaria positi vamente. As chances so de 70% para que o martelo seja bati do em favor de uma unidade fabril tupiniquim.

    BMW est inclinada a ter fbrica em SC

    MAN

    CHET

    E DO

    VAL

    EIta

    ja,

    27 d

    e m

    aio

    de 2

    011

    >15

    DIVULGAO

    DIVULGAO

  • MANCHETE DO VALEgeral>16 Itaja, 27 de maio de 2011

    Thiago [email protected]

    Desde o dia 18 de maio os professores da rede estadual es-to paralisados reivindicando aumento salarial e adequao ao plano de salrios fixado na lei federal. Na segunda-feira (23) houve uma conversa entre o Sindicato dos Trabalhadores em Educao de Santa Catarina (Sinte/SC) e representantes do Governo do Estado para nego-ciar as exigncias dos educa-dores, mas o resultado no foi satisfatrio e a categoria per-manece parada. A deciso pela greve foi tomada aps uma as-sembleia geral que reuniu mais de dez mil professores em Flo-rianpolis no dia 11 de maio.

    O secretrio de assuntos educacionais do Sinte/SC, Car-los Alberto Lopes Figueiredo, explica que mais de 80% das es-colas esto com atividades para-lisadas em todo o Estado e que a tendncia de continuidade

    da greve. A gente imagina que 700 mil alunos esto hoje fora das escolas em decorrncia da greve. O governo sinalizou com uma proposta que atende ape-nas uma parcela da categoria que possui o diploma de nvel mdio, deixando para fora todo o restante dos professores que tm curso de graduao, mes-trado, doutorado, esclarece.

    Ele acredita que a postura do governo agrava a situao e fortalece a greve, j que des-prestigia o professor que tem mais formao. Santa Catari-na o 5 estado mais rico do pas. No tem como admitir que o salrio dos professores de carreira no seja atendido pela lei federal, critica. De acordo com o secretrio, as propostas apresentadas at agora desco-nhecem a carreira do professor e no garantem o piso nacional para todos os educadores. Ns reivindicamos o piso de 1597 reais, que o piso que a nossa confederao reconhece. Essa proposta no merece ser con-siderada. A gente acha um des-respeito aos trabalhadores da educao, ento nosso caminho agora fortalecer a greve para tentar arrancar uma propos-ta de piso salarial de verdade, acrescenta.

    Paralisao dos educadores da rede estadual deve continuar at que o governo atenda as reivindicaes

    Professores no aceitam proposta do governo

    ITAJA

    Marejada 2011 no ter shows nacionais

    Uma pesquisa de opinio realizada durante a 24 edio da Marejada pelo Instituto de Pesquisas Sociais da Univali, gerou diversas mudanas para a 25 edio da festa, que neste ano ocorre entre os dias 07 e 23 de outubro.

    A principal mudana, segundo a Setur, est na es-trutura fsica da Marejada. A exemplo das festas do circuito de outubro em Santa Catarina, todo o setor gastronmico fi-car no interior do Centreven-tos Itaja. Isso dever propor-cionar mais conforto para os visitantes, alm de um maior espao de trabalho para as en-tidades filantrpicas, respon-sveis por servir os deliciosos pratos com base no pescado e frutos do mar.

    Outro ponto principal a no realizao de shows na-cionais. A baixa aprovao dos shows nacionais, reclamao pelos preos dos ingressos, e o perfil do pblico foram le-vados em conta no momento desta deciso.

    Os preos dos ingressos foram definidos em R$10 para o pblico geral e R$5 a meia- entrada. Nas segundas, teras e quartas-feiras, o acesso Ma-rejada ser gratuito.

    Escola Nilton Kucker permanece sem alunos e professores

    THIAGO FLORIANO

    Informamos que o SINTE/SC tentou evitar esta situao, mantendo contatos desde o in-cio do ano de 2011 com o Gover-no Estadual para negociar a pau-ta de reivindicao da categoria. Apesar de termos conversado com o Secretrio de Educao e seus assessores, pouco ou nada foi resolvido quanto aos nossos pleitos, diz a nota o cial encami-nhada aos pais de alunos pelos representantes do sindicato. A maioria dos estados brasileiros j paga o piso. Por que Santa Cata-rina no paga?, indaga a coorde-nao estadual do Sinte/SC.

    Representando os professo-res do colgio Victor Meirelles, o professor Renato Rothbarth en-viou uma correspondncia aos vereadores de Itaja solicitando que a classe poltica do muni-cpio se engajasse em defesa do pleito dos educadores. Em as-semblia com pais e alunos, da qual todos os vereadores foram convidados e no comparece-ram, explicitamos nossas ansie-dades e compromissos com a educao de Itaja. Mas fomos ignorados pela nossa represen-tao pblica, alega Rothbarth na carta.

    Professores pediram ajuda

  • MA

    NCH

    ETE

    DO

    VA

    LEIta

    ja,

    27 d

    e m

    aio

    de 2

    011

    >17

    A ASSOVESC Associao dos Revendedores de Veculos no Estado de Santa Catarina uma enti dade que foi criada com o objeti vo de dar representati vi-dade, visibilidade e para buscar solues aos problemas comuns da categoria.Com sede em Blumenau e representando todas as lojas do

    estado, a enti dade tem buscado ao longo dos lti mos 20 anos dar a seus associados suporte scal, contbil, jurdico e comercial, oferecendo reunies, cursos, palestras e convenes, objeti -vando mudar o conceito e o per l das lojas de veculos, dando ao lojista suporte para acompanhar as transformaes do mercado.

    Alm disso, funciona como um rgo scalizador, prestando orientaes ao consumidor, a m de que este realize um bom negcio, resgatando assim o respeito e a credibilidade de toda a sociedade.As revendas associadas Asso-vesc so legalmente estabele-cidas, pagam impostos, geram

    empregos e so constantemente orientadas a trabalhar segundo o Cdigo de ti ca da categoria, que foi criado em concordncia com o Cdigo de Defesa do Consumidor, e podem ser identi cadas atravs de um banner de EMPRESA ASSOCIADA ASSOVESC.O carro um objeto de desejo e tem um alto valor agregado, por

    isso, o consumidor deve buscar sempre informaes preciosas de quem e onde est adquirindo seu veculo, para no transfor-mar este sonho em pesadelo. O papel da Assovesc justamente esse: orientar e disponibilizar informaes e dicas importan-tes que vo levar a um negcio seguro.

    Carros

    Av. Irineu Bornhausen, 390 - So Joo - Itaja - SC

    Fones: (47) 3349-8788autosulveiculos.net GOLF SPORTLINE

    Cor: prata Ano: 2008R$ 43.000

    ECOSPORTCor: vermelha Ano: 2005R$ 29.500

    MERIVACor: branca Ano: 2003R$ 26.500

    PEGEOUT 207Cor: preto Ano: 2009R$ 30.900

    PALIOCor: prata Ano: 2010R$ 23.000

    Av. Irineu Bornhausen, 657 - So Joo - Itaja - SC

    Fones: (47) 3045-1973carbolveiculos.com.br

    FIORINO 20111.3 furgo, branca, exR$ 36.500

    MONTANA 1.4 CONQUEST2010, prata, exR$ 32.900

    SILVERADO 2000prata, dieselR$ 39.900

    YAMAHA YZF-R1 1000Cor: branca Ano: 2008R$ 46.900

    SAVEIRO 1.8 SUPER SURF2008, preta, gas/alc/gnvR$ 31.900

    Av. Irineu Bornhausen, 1400 - So Joo - Itaja - SC

    Fones: (47) 3348-2220litoralcar.com.br/carfran

    VECTRA 2.0 GT-X FLEXAno: 2010Cor: Prata

    CITRON C4 2.0 GLXAno: 2010Cor: Prata

    POLO 1.6 FLEXAno: 2009Cor: Preto

    MONTANA 1.4 SPORT FLEXAno: 2010Cor: Prata

    AUDI A3 2.0 SPORTBACKAno: 2007Cor: Preto

    A ASSOVESC E O MERCADO DE VECULOSAlessandro Anacleto da Silva - Presidente

  • >18 Itaja, 27 de maio de 2011 Acesse o site e anuncie gratuitamenteWWW.MANCHETEDOVALE.COM.BRCLASSIFICADOS

    Av. Irineu Bornhausen, 633 - So Joo - Itaja - SC

    Fones: (47) 3046-0075mavelmulti marcas.com.br

    CLIO SEDAN 2008 R$ 27.000 1.0 ex completo.

    ECO SPORT XLS 2008R$ 42.5001.6 ex completa.

    FOX 2007R$ 25.0001.0 2 portas bsico

    GOL GV 2011R$ 30.0001.0, bsico.

    PALIO ECONOMY 2010R$ 24.5002 portas bsico.

    Av. Irineu Bornhausen, 760 - So Joo - Itaja - SC

    Fones: (47) 3348-4033/3348.3918edcarautomoveis.com.br

    CORSA 2007 R$ 23.800.1.0 FLEX, quatro portas - vermelho.

    RENAULT CLIO 2006 R$ 23.800 - branco, quatro portas, bicombust vel.

    RENAULT MGANE 2009 R$ 39.900 - 1.6 Dinamic - gasolina - quatro portas.

    FOX TREND 2010 R$ 36.800 - 1.0 8V, prata, quatro portas, bicombust vel.

    FOCUS SEDAN 2009 R$ 48.000 - 2.0 V8, prata, quatro portas.

    Heitor Liberato, 1522Vila Operria - Itaja - SCFones: (47) 3348-7777

    opencarmulti marcas.com.br

    RENAULT CLIO 2009R$ 26.800. - 1.0, prata, qua-tro portas, bicombust vel.

    VW CrossFOX 2007R$ 35.500 - 1.6, branca, qua-tro portas, bicombust vel.

    VW New Beetle 2008R$ 49.900 - 2.0, gasolina, quatro portas.

    VECTRA GT-X 2009R$ 58.500 - 2.0, branco, qua-tro portas, bicombust vel.

    KIA SPORTAGE 2011R$ 89.500 - 2.0, preto, quatro portas, gasolina.

    Av. Irineu Bornhausen, 180Centro - Itaja - SC

    Fones: (47) 3348-9800lupaautomoveis.com.br

    CELTA SPIRIT 2010 R$ 29.900. - 1.0 completo, quatro portas.

    CITREN C3 2008 R$ 31.800 - azul, quatro por-tas, bicombust vel.

    DOBL ADVENTURE LOCKER - 2009 R$ 51.800 - 1.8 8V

    ECO SPORT 2004 R$ 29.800 - 1.6 XLS, vermelho, gasolina.

    STILO 2006 R$ 33.801.8 V8, prata, quatro portas.

    SIENA 2008Completo, prata, nico dono 20.000km - R$ 28.500

    FOX 2011Completo, prata, nico dono17.000km - R$ 37,500

    PALIO 2009Completo, prataR$ 28.000

    PEUGEOT 2061.4 Flex, preto, ar condicionado R$ 24.000

    GOL G4 TREND2009, prata, trio eltrico, R$ 25.000

    Av. Irineu Bornhausen, 380- So Joo - Itaja - SC

    Fones: (47) 3344-0789stti luscar.com.br

    Av. Irineu Bornhausen, 520 - So Joo - Itaja - SC

    Fones: (47) 3346-3500uti licarveiculos.com.br

    NISSAN FRONTIER 4X4 XE R$ 62.500 Diesel Ano 2006Veculo completo.

    HONDA CRV R$ 78.300Ano 2008, preto, quatro portas, gasolina.

    GOLF 1.6 R$ 50.000SPORTLINE FLEX, Ano 2009, quatro portas.

    HILUX 3.0 SRV R$ 85.000Ano 2006 - verde, quatro portas, diesel.

    TUCSON R$ 56.5002.0 Ano 2009 quatro portas, Gasolina.

    Carros

    Av. Irineu Bornhausen, 645 So Joo - Itaja - SCFones: (47) 3248-2950

    Contato: Marcelo [email protected]

    celloautomoveis.com.br

  • 19
  • >20 Itaja, 27 de maio de 2011 Acesse o site e anuncie gratuitamenteWWW.MANCHETEDOVALE.COM.BRCLASSIFICADOS

    !servioDocumentos necessrios para fazer o cadastro:

    Carteira de Identidade (RG)Carto do CPFComprovante de escolaridadeCarteira de trabalho

    Das 7h30 s 13h30Rua Felipe Reiser, 48 So Joo - 3246.1190www.itajai.sc.gov.br/bee_empregos

    Vagas de Emprego

    Con ra as vagas do Servio de Amparo ao Desempregado (Seade)

    ASSISTENTE ADMINISTRATIVO E FINANCEIROAmbos sexos. Graduado em Contabilidade ou reas afins; exp. em fluxo de caixa; contas a receber e pagar; domnio EXCEL avanado; conhec. de escrita fiscal. Conhec. em emisso de nota fical eletrnica. Atuao com algum ERP. Desejvel conhec. em custos.ASSISTENTE OPERACIONAL (ESCRITRIO) Masculino. Noes informtica; 2 grau completo ou cursando. Entre 18 e 26 anos. Disponibilidade de horrio.Dinamico; Salrio R$ 861,24 + R$ 60,00 (alimentao).AUXILIAR ADMINISTRATIVOIdade entre 20 a 28 anos. Conhecimento em Informtica, scaner para documentos, ter organizao em arquivos, dinmica, atenciosa, 2 grau completo. Salrio R$ 650,00 + VT.AUXILIAR ADMINISTRATIVO Feminino; 18 a 30 anos; Ensino mdio completo; Com informtica bsica. No exige experincia; Salrio inicial R$ 773,00 e aps 3 mes R$ 892,00; Levar encaminhamento.AUXILIAR ADMINISTRATIVO Ambos sexos. Maior de 18 anos. (trabalhar no RH). Ter noes de departamento pessoal; experincia em Excel, Word, bom relacionamento. Fazer apontamento de carto, ter noo de admisso de funcionrios. HORRIO = das hs 07:30 s hs 17:18 (seg a sex); Obs: levar currculo e encaminhamento.AUXILIAR ADMINISTRATIVO Masculino. Acima de 18 anos. Boa Digitao; para trabalhar de Seg a Sex em horrio comercial; enviar Currculo para [email protected] ADMINISTRATIVOA partir de 16 anos, bom conhecimento em informtica e gil.

    AUXILIAR ADMINISTRATIVO Feminino. Maior de 18 anos. Ter noes de departamento pessoal; experincia em Excel, Word, bom relacionamento; HORRIO = das hs 07:30 s hs 17:18 (seg a sex); Obs: levar currculo e encaminhamento.AUXILIAR DE TESOURARIA Ambos sexos; Entre 19 e 50 anos; Ensino Fundamental completo; Salrio R$ 609,46+ VA R$ 379,39+ Benefcios; Entrevista nesta Quinta-feira 26.05.2011 no Hotel Vitria partir das 8h30. Levar Encaminhamento.CALDEIREIROMasculino. A partir de 18 anos. Caldeireiro/Montador; Experincia mnima de 2 anos; fumante. Conduo prpria ou residir prximo ao bairro Salseiros; Salrio; Vale Alimentao; Vale Cesta Bsica; Gratificao por Assiduidade; Plano de Sade; Enviar CV por e-mail;DEFICINTES FSICOSAmbos sexos. Idade mnima 18 anos. Alfabetizado. Obs. Exceto: Caiderante, deficinte Visual. No necessrio experincia. Levar currculo e encaminhamento.GERENTE DE LOJAAmbos sexos. A partir de 18 anos; ensino mdio completo; com experincia anterior na funo; Para trabalhar em Balnerio Cambori; Salrio R$ 1.920,00 + beneficios + comisso; Obs: Enviar currculo via e-mail: [email protected] (A) DE CAIXAMaior de idade, ensino mdio completo e disponibilidade de horrio (15:00 s 23:00 horas).RECEPO E VENDASFeminino. Acima de 18 anos. Ensino mdio; Disponibilidade de horrios Seg a Sex 15h00 as 24h00 e aos fins de semana conforme escala das 16h00 as 21h00; ser comunicativa e dinmica; Agendar atendimento.Levar CV e Encaminhamento.RECEPCIONISTA CLUBEAmbos; Maior idade; ensino fundamental e disponibilidade de horrios das (15:00 as 23:00 hrs), p/ trabalhar na rua Brusque.

    MECNICO DE MANUTENO Cursando eletrotcnica, eletromecnica, mecnica ou refrigerao. A partir de 18 anos; Com disponibilidade de horrio; Levar currculo e encaminhamento.ASSISTENTE TCNICO DE VENDAS EXTERNASCom moto prpria. Boa comunicao. 2 grau; Salrio + Ajuda de Custo; Para trabalhar em Itaja, Balnerio Cambori, Cambori, Itapema, Porto Belo, Bombinhas e Tijucas. Residir em Itaja.ATENDENTE (VENDAS)De 16 35 anos; boa aparncia; Disponibilidade de horrio; conhecimento em relaes humana, e vendas; preferncia para conhecimento em PHOTSHOP. Obs: Levar currculo e encaminhamento.ATENDENTE DE FARMCIAMaior de idade. Ensino mdio completo. Com disponibilidade de horrio; Levar currculo e encaminhamento.ATENDENTE DE LANCHONETEEntre 16 e 22 anos; Ensino mdio ou cursando. Boa comunicao; No exige experincia. Levar currculo e encaminhamento. Horrio de trabalho definir conforme entrevista.ATENDENTE DE LANCHONETEEntre 18 a 25 anos, ensino fundamental completo, disponibilidade para trabalhar sbados, domingos e feriados, Ambiente agradvel, excelente equipe para trabalhar, Horrio: 14:30 as 23:00h, Salrio: R$ 675,00 e aps experincia R$ 760,00 + alimentao.ATENDENTE DE LANCHONETE Ambos sexos; Acima de 18 anos - 1 grau completo - no depender de nibus - Disposio para o trabalho - horrios distintos no perodo matutino e vespertino ou vespertino e noturno; Obs: Levar encaminhamento.ATENDENTE DE RESTAURANTE E LANCHONETENo necessrio experincia, ambinete excelente, metas de vendas com premiao. Horrio: 08:30 as 16:50 ou 16:00 as 00:20h. Salrio inicial 675,00 + Benefcios e metas, aps 90 dias salrio de R$ 760,00.

    BALCONISTA / ATENDENTEEntre 18 e 30 anos. Com expriencia em atendimento ao pblico; para trabalhar no Centro de Itaja; no horrio comercial de segunda sabdo; Salrio do Comrcio; Entrevista a partir das 14:30 horas com Sra. Cinthia Levar currculo e encaminhamento.COMERCIAL INTERNO OU EXTERNOA partir de 18 anos. 2 grau completo. Experincia em segurana e sade ocupacional; Para vender produtos/servios da empresa: PPRA, PCMSO, LTCAT, PPPS, CIPAS e exames mdicos; Enviar currculo via e-mail: [email protected] DE VENDASAmbos; Acima de 18 anos. No exige experiencia. Empresa oferece treinamento, disponibilidade de horrio, para trabalhar no Shopping. Necessrio Dinamismo, criatividade, para trabalhar com metas. Salrio+Beneficios+Comisso. Levar CV e Encaminhamento.CONSULTOR DE VENDAS Experincia em Vendas. Com veculo prprio. Responsabilidade, bom relacionamento interpessoal, boa dico, capacidade de trabalhar em equipe, planejamento estratgico, conhecimento em informtica, criatividade, tica profissional; Salrio fixo + Comisso.CORRETOR DE IMVEISAmbos sexos. Com curso TTI ou que esteja cursando. Pessoa dinmica, com responsabilidade, capacidade para trab. em equipe, tica profissional, interessados enviar currculo p/ [email protected] ou agendar entrevista por telefone.LIDER DE VENDASAcima de 18 anos, ensino mdio, vivncia com liderana de equipe, perfil de vendas, levar curriculo e encaminhamento.PROMOTOR DE VENDASA partir de 18 anos, no precisa experincia; ser comunicativo (a); Salrio de R$ 695,00 R$ 1.300,00 conforme produo. Atendimento de casa em casa. Horrio comercial de segunda a sexta.

    VENDEDOR (A)Ambos sexos. Com experincia na funo. Possuir veculo prprio/celular. Encaminhar primeiramente o currculo. Atender o comrcio de Itaja e Navegantes. Hr. ds 08:00 s 12:00 hs e das 13:12 hs s 18:00 de seg sab. Salrio combinar + Benefcios.VENDEDOR (A)Vendedora Interna. Com expe rincia. Para venda de loterias (Bolo). Feminino; Acima de 17 anos. Levar currculo e encaminhamento; Horrio comercial. Falar com Sra. Fabiana.VENDEDOR (A) DE PECAS DE CARRETACom experincia na funo ou em televendas e atendimento ao cliente; Conhecimento tcnico de peas de carreta; Conhecimento em informtica; 2 grau completo; A partir de 20 anos.VENDEDOR (A) EXTERNO (A)A partir de 18 anos - Experincia em vendas - Com Habilitao - Dinamismo e fora de vontade - Levar Currculo e Encaminhamento.VENDEDOR (A) EXTERNO (A) Ambos os sexos. Idade entre 18 e 45 anos. Segundo grau completo; Preferencialmente com experincia; Salrio fixo + Comisses. Levar currculo e encaminhamento.VENDEDOR (A) EXTERNO (A)Segundo grau completo. Maior de 18 anos. No exige experincia; Benefcios: Salrio fixo + Comisses; Treinamento; Transporte, com registro em carteira; Agendamento com Sr. Gilson telefone 9909 2793 horrio comercial.

    PROFESSORArea: Profissional Liberal/Consultor - Funo: Idiomas - Cidade: Balnerio Cambori - Estado: SCNome Contato: [email protected] - Telefone Contato: (47) 9649-5338 - Caracteristicas: Professor capacitado para Ingls e Espanhol.

    CURSO DE PINTURAACRLICA EM TELAFuno: Artes / Msica / Teatro / Cultural - Cidade: Balnerio Cambori - Estado: SC - Nome Contato: [email protected] - Telefone Contato: (47) 3361-3587 - Caracteristicas: Curso de pintura acrlica em tela, diversos temas e estilos. Aulas personalizadas. Mximo 4 alunos por turma.

    LAVATRIO SALO DE BELEZASemi-novo, com massageador, branco. De R$6 mil por R$ 2 mil. Balnerio Cambori /SC - Rosana Stopassoli, Espao Bella Reabilitare Contato: 47-9987-6798.

    EMPREGADA DOMESTICAItaja - SC - Contato: RH - Telefone: (47) 3366-8604 - Caractersticas: servios gerais, cozinhar, lavar, passar, comprometida, residir prx bairro Cordeiros.

    VENDEDORA DE MVEISSC - Contato: RH - Telefone: (47) 3366-8604 - Caractersticas: vendedora para mveis sob medida, com experincia, comprometida, simptica, conhecimento dos sistemas de projeto eletrnico.

    SERVENTE DE PEDREIROItaja - SC - Nome: Clayton - Contato: (47) 3344-0085 Caractersticas: Selecionamos Serventes ambos os sexos para trabalhar em construo civil,o salrio de R$ 900,00. Interessados comparecer na Rua Indaial, n 161 Bairro Dom Bosco, prximo Frum na cidade de Itaja.

    SERVENTE DE PEDREIROConstruo Civil - Itaja - SC - Contato: Mayckon - Telefone: (47) 8447-8630 - Caracteristicas: Ofereo-me para trabalhar como ajudante de pedreiro.

    COORDENADOR DE MARKETING (Alimentos)Balnerio Cambori - SC - Nome: Francisco - Telefone: (47) 3366-8604 - Caractersticas: desenvolver ferramentas de endomarketing e de toda comunicao institucional. Assessorar o desenvolvimento de embalagens e material de lanamento, contato com agncias, grficas, veculos de comunicao. Gerenciamento e controle do oramento do setor de comunicao. Experincia com relacionamento junto a agncias e fornecedores. Ingls e espanhol fluente. Ensino superior completo em Marketing ou Publicidade e propaganda.

    MANICURE E PEDICUREBalnerio Cambori /SC - Rosana Stopassoli, Espao Bella Reabilitare Contato: 47-9987-6798 Caractersticas: Ter experincia na rea, bom senso esttico, habilidade com trabalhos manuais e ser detalhista. Essencial ter preocupao constante com a higinie e estar atenta a novidades no ramo. Trabalhar com corte de unhas, polimento, retirada de cutcula, esmaltagem, decorao, aplicao de cremes e esfoliantes e esterilizao dos instrumentos de trabalho.

    VENDEDOR PUBLICIDADE (jornal)Itaja - SC - Nome: Francisco - Telefone: (47) 3366-8604 - Caractersticas: venda de espaos publicitrios em jornal regional.

    ServiosLAVADOR DE CARROSItaja - SC - MAURICIO - Telefone Contato: (47) 3045-7474 - Caracteristicas:PESSOA PARA LAVAR CARROS EM LOJA NA CANINANA.

    RECEPCIONISTA (construtora)Balnerio Cambori - SC - Nome: RH - Telefone: (47) 3366-8604 - Caracteristicas: atendimento telefone, e-mail e recepo, controle e manuteno do escritrio, expediente e caf.

    POLIDOR DE METAIS (metalrgica) Camboriu - SC - Nome: RH - Telefone: (47) 3366-8604 - Caracteristicas: com experincia na funo.

    FAXINEIROS MENSALISTASBalnerio Cambori - SC - Nome: Nereu - Telefone: (47) 3366-8604 - Caracteristicas: faxinas em empresas e/ou condomnios, horrio integral, servio terceirizado.

    SECRETRIA (metalrgica)Camboriu - SC - Nome: RH - Telefone: (47) 3366-8604 - Caracteristicas: com experincia na funo e conhecimento da emisso de nota fiscal eletrnica.

  • 21
  • >22 Itaja, 27 de maio de 2011 Acesse o site e anuncie gratuitamenteWWW.MANCHETEDOVALE.COM.BRCLASSIFICADOS

    Imveis

    COMERCIAL, Pioneiros, Balnerio Cambori - SC Nome: Lair Motta - Contato: (47) 8415-3372 - Caracte-risticas: Sala Comercial terceiro an-dar, com estrutura em prdio novo, elevador, segurana interna, inter-net, bwc e copa. Valor do aluguel a combinar.

    COMERCIAL, Pioneiros, Balnerio Cambori - SC Nome: Lair Motta - Contato: (47) 8415-3372 - Caracte-risticas: Sala comercial no primeiro andar, livre para modelar, ampla, propria para escritorios, medicos e fisioterapeutas. Com sala de espe-ra com bwc; copa, 2 bwc internos, excelente luminosidade, elevador. Aluguel a combinar.

    COMERCIAL, tima Casa Comer-cial no Centro de Navegantes - Cen-tro, Navegantes - SC - R$ 7.000 - Nome: Luciano Xavier - Contato: (47) 3348-0044 - Caractersticas: tima casa comercial no centro de Navegantes com 08 salas e terreno com 2000m.

    APARTAMENTO, Linda Cobertu-ra Duplex prximo ao centro de Itaja - Vila Operria, Itaja - SC - R$ 2.000 - Nome: Luciano Xavier - Contato: (47) 3348-0044 - Caracters-

    ticas: Linda Cobertura Duplex com 02 sutes, 01 dorm, sala para 03 am-bientes, copa e cozinha mobiliada, 2 bwc social, rea de servio com churrasqueira, 02 vagas de garagem privativa.

    COMERCIAL, Ampla sala comercial em frente ao Merca-do Pblico de Itaja. - Centro, Itaja - SC - R$ 4.000 - Nome Luciano Xavier - Contato: (47) 3348-0044 - Caracte-

    rsticas: tima sala comercial locali-zada em frente ao Mercado Pblico de Itaja com 300m.

    Cordeiros - Itaja - SC - Aparta-mento Ed. Resed - R$ 130.000 - Nome: Mar-lon - Contato: (47) 9903-5542 - Caracters-ticas: Empreendimento localizado em Itaja.

    Bloco nico de 7 andares + trreo, distribudos em 4 apartamentos por andar. O apartamento constitudo de 2 dormitrios, banheiro social, sala, cozinha americana, rea de servio, sacada com churrasqueira e 1 vaga de garagem coberta para cada unidade.

    Fazenda - Itaja - SC - Vila do Verde - Torre Ipe - R$ 200.000 Nome: Rede X - Con-tato: (47) 3341-8100 - Caractersticas: Lan-amento da Torre Ipe. Apartamento com 2 ou 3 dormitrios, ampla

    rea de lazer com belssima rea verde. Parcelamento em at 120 meses direto com o proprietrio. Entre em contato conosco e visite o empreendimento.Centro - Itaja - SC - Salvador Dali -

    R$ 149.000 - Nome: Rede X - Contato: (47) 3341-8100 - Caracters-ticas: Lanamento pr-dio com 12 pavimentos, com 35 unidades resi-

    denciais tipo e 8 unidades duplex. Lofts com 127m - 92m. INSPIRADA NA ARTE DE CONSTRUIR, A RACITEC REVELA NO SALVADOR DAL RESI-DENCE UM EXCLUSIVO CONCEITO DE MORAR. NICO EM SEU FORMA-TO NO MERCADO LOCAL,O EMPRE-ENDIMENTO RENE BELEZA E ALTO PADRO DE ACABAMENTO A MO-DERNO SISTEMAS CONSTRUTIVOS. Valores a partir de R$ 145.000,00 parcelamento em at 144 meses di-reto com a construtora.

    So Joo - Itaja - SC - Costa Esme-ralda - R$ 204.000 - Nome: Rede X - Contato: (47) 3341-8100 - Carac-tersticas: TORRE C (entrega maro 2011). Apto 2 dormitrios, sala de estar e jantar, cozinha, rea de ser-vio, sacada com churrasqueira e 1 vaga de garagem privativa - A/P 63m2 e A/T 90m2. Edifcio com 6 sales de festas panormicos, sala fitness, piscina adulto com raia es-portiva, piscina infantil, espao gou-met, 2 elevadores digitais, portaria com sistema de segurana e rea verde.APTO 802 (2DOR) R$ 49.100 entrada e saldo em 150x 982,00 - Apto 501 e 503 (1s+1d) entrada R$ 51.675,00 + 150x 1.033,00.

    Vila Operria - Itaja - Mondrian Residence - SC - R$ 300.000 - Nome: Rede X - Contato: (47) 3341-8100 - Caractersticas: Apartamentos com 01 sute, 02 domitrios,

    sacada com churrasqueira e 02 va-gas de garagem privativas. Prdio com salo de festas, espao gour-met e piscina.

    So Judas, Itaja - SC - R$ 132.000 Nome: REDE X - Contato: (47) 3341-8100 Caractersticas: Apartamen-to com Sala, Cozinha,Banheiro, 2 Quartos, rea de Servio, Garagem privativa. rea Total 70,80 m.

    Centro, Itaja - SC - R$ 150.000 - Nome: REDE X - Con-tato: (47) 3341-8100 - Caractersticas: Aparta-mento prximo Univa-li, trreo com 2 quartos, sala, cozinha, banheiro,

    area de servio, garagem rotativa.

    Centro, Itaja - SC - R$ 190.000 - Nome: REDE X - Contato: (47) 3341-8100 - Caractersticas: Apartamento com 1 sute, 1 dormitrio, sala de tv, sala de jantar, lavabo, cozinha com mveis sob medida, rea de servio com mveis sob medida, sacada com churrasqueira, garagem privativa A/T 97,75m e A/P 71,00m.

    Centro - Itaja - SC - R$ 460.000 - Nome: EDUARDO - Contato: (47) 9982-0701 - Caracteristicas: Apto no Centro de Itaja, prximo ao F-rum. Possui 1 sute com closet + 2 dormitrios, 1 Banheiro Social, 1 La-vabo, 2 Vagas cobertas independen-tes, 1 Box na garagem, Ampla saca-da com churrasqueira, Cozinha sob medida, rea de servio em granito. Estuda propostas. Apto com acaba-mento diferenciado, rebaixamento em gesso. Todo climatizado, split na sala e nos 3 dormitrios.

    Centro - Itaja - SC - R$ 450.000 - Nome: Via Imvel - Contato: (47) 3398-8888 - Caractersti-cas: APARTAMENTO NO CENTRO DE ITAJA COM 02 SUITES SENDO

    UMA MASTER, 02 DORMITRIOS, BWC, SALA DE ESTAR, SALA DE JAN-TAR, LAVABO, COZINHA, AREA DE SERVIO, DEPENDNCIA DE EM-PREGADA, GARAGEM PARA 02 VE-CULOS. SALO DE FESTAS, PISCINA. OCASIO R$ 450.000,00, ESTUDA PROPOSTA DE PARCELAMENTO DI-RETO EM AT 36 VEZES CORRIGIDO PELO CUB/SC.

    Centro, Itaja - SC - R$ 210.000 - Nome: REDE X - Con-tato: (47) 3341-8100 - Caracteristicas: Apar-tamento com 1 sute, 1 dormitrio, sala, saca-da com churraqueira,

    cozinha e rea de servio, predio com piscina e salo de festas. Pr-ximo Univali.

    Cordeiros, Itaja - SC - R$ 125.000 - Nome: REDE X - Telefo-ne Contato: (47) 3341-8100 - Caractersticas: Apartamento pronto para morar, com 2 dor-mitrios, sala de estar,

    jantar, banheiro social, cozinha, rea de servio, vaga de estaciona-mento. rea total de 59,663m

    Aluguel Venda Apartamento

    Vila Operria - Itaja - Renoir Resi-dence - - SC - R$ 330.000 - Nome Contato: Rede X - Telefone Contato: (47) 3341-8100 - Caracters-ticas: Apartamentos com 01 sute, 02 domi-

    trios, sacada com churrasqueira e 02 vagas de garagem privativas. Pr-dio com salo de festas e piscina. A/P 94m. PARCELAMENTO DIRETO COM A CONSTRUTORA 40% de entrada e saldo em at 48 meses.

    So Joo, Itaja - SC - R$ 200.000 - Nome: REDE X - Con-tato: (47) 3341-8100 - Caractersticas: Apar-tamentos com 1 suite, 1 domritrio, sala estar e jantar, bwc, cozinha,

    area de servio, garagem privativa.

    Vila Operria , Itaja - SC - R$ 238.000 - Nome: Anderson - Te-lefone: (47) 8809-5871 - Condomnio Belle Vil-le, Apto 501 sito Rua: Carlos Seara , bairro: Vila Operaria - Itaja/SC, com

    3 dormitrios,sendo uma sute e de-mais dependncias ,com duas vagas de garagem. R$ 238.000,00 ato 30 % e o saldo em at 60X.

    timo terreno em condomnio fe-chado, tima infra-estrutura, pron-to para construir, no bairro fazendo. R$ 330.000. Ref 95629

    Lindo sobrado geminado, 3 sutes, duas vagas de garagem, sala de jantar e estar, cozinha com churras-queira, lavabo e rea de servio. R$ 480.000. Ref 101614Dom Bosco - Itaja - Apartamen-

    to Ed. Santorini - SC - R$ 245.000 - Nome: Marlon - Contato: (47) 9903-5542 - Carac-tersticas: Espao Fit-ness, Espao Gourmet,

    Piscina com Raia de 18m e Poolbar integrado. Apartamento: 1 Dormi-trio + 1 Sute, 1 Banheiro, Sacada de 8m com churrasqueira. Entrada R$ 85.000,00 e assumir prestaes. Aceito Veculo.

    DOM BOSCO - Itaja - SC - R$ 135.000 - Nome: REDE X - Conta-to: (47) 9609-4672 - Caractersti-cas: FAA J SUA RESERVA! Aptos com 1 suite, 1 dormitrio, ou 2 dormitrios, sala estar e jantar, cozinha, rea de servio, gara-gem. A/P 55m A/T 80m. Prdio com excelente infra estrutura e rea de lazer com salo de fes-tas, sala de fitness, piscina, play-ground, pub, rea de descanso, espao zen, living.

  • 23
  • >24 Acesse o site e anuncie gratuitamenteWWW.MANCHETEDOVALE.COM.BRCLASSIFICADOS

    Imveis

    Venda CasaLoteamento Bella Vista, Bombi-

    nhas - SC - R$ 230.000 - Nome: Anderson - Contato: (47) 8809-5871 - Caracteristi-cas: 4 dormitrios, sendo 1 sute, living

    integrado c/cozinha americana, BWC social, garagem 2 carros, churrasqueira, jardim e ptio. LO-CALIZAO: Rua Hortncias, 2 casa da 4 quadra, lado esquer-do da Rua sentido praia morro, praia Morrinhos-Zimbros. Lote 2 Quadra E Loteamento Bella Vista.

    Cordeiros - Itaja - SC - R$ 380.000 - Nome: Jonas SpiessContato: (47) 9652-9752 - Caracteristi-cas: Linda Casa + Ed-cula c/area de festas no terreo e 2 quartos

    no segundo piso. + dados do im-vel em: imovelsc.blogspot.com.

    ESPINHEIROS - Itaja - SC - R$ 93.000 - Nome: VIA IMVEL - Contato: (47) 3398-8888 - Ca-racteristicas: 02 CASAS GERMINADAS NO LO-TEAMENTO SANTA RE-

    GINA, 02 DORMITRIOS, SALA DE ESTAR E JANTAR, COZINHA, REA DE SERVIO, BWC E GARAGEM COM 02 VAGAS DESCOBERTAS.

    Aririb - Balnerio Cambori - SC - Valor: R$ 260.000 - Nome: Righetto ou Ma-ria Augusta - Contato: (47) 9195-6606Carac-teristicas: O sobrado novo. Ainda est na

    garantia! Conta com um quarto de casal todo mobiliado e outro de sol-teiro. No piso superior ainda tem um banheiro todo mobiliado (sob medi-da). No trreo conta com uma sala, um lavabo, cozinha e lavanderia mo-biliados. Nos fundos tem churras-queira coberta. Na frente comporta 2 automveis pequenos ou 1 auto-mvel grande e outro pequeno.

    Centro - Balnerio Cambori - SC - Valor: R$ 350.000 - Nome: 100% Im-veis - Contato: (47) 3367-2888 - Carac-teristicas: Sobrado com 1 sute + 2 demi-

    -sutes,lavabo,ampla sala 2 ambientes,cozinha,lavanderia,rea de lazer com churrasqueira,garagem cober-ta.Fino acabamento em porcelana-to. tima localizao.

    Dom Bosco - Itaja - SC - R$ 418.000Nome: VIA IMVEL - Contato: (47) 3398-8888 - Caracteristicas: Casa no Bairro dom Bosco, com 01 sute + 02 dormitrios, 2 salas,

    BWC, copa/cozinha, dispensa, pisci-na, churrasqueira, porto eletrni-co e 03 vagas de garagem.

    Itaja - SC - R$ 150.000 - Nome: Pa-mella - Contato: (47) 9624-8660Caracteristicas: linda casa na fazen-da com terreno enorme, 1 quarto, 1 banheiro, 1 Sala, Cozinha, escada e estrutura para construo , com escada, churrasqueira, garagem enorme, Terrenomuito grande com vrias Arvores. Barbada! - Pamella 9624.8660.

    Centro - Balnerio Cambori - SC - R$ 280.000 - Nome: Imobiliria Ghisleni Personnalit - Con-tato: (47) 3056-1200 - Caracteristicas: Belo apartamento com 2

    dormitrios sendo um sute, living para 2 ambientes, sala de jantar, copa/cozinha, rea de servio, bwc, terrao. Agende sua visita! Ser um prazer atend-lo! Cdigo do Imvel:IGA3 Visite nosso site: www.imobiliariaghisleni.com.br

    Navegantes - SC - R$ 140.000 - Nome Contato: REDE X Telefone Contato: (47) 3341-8100 - Caracte-risticas: Sobrado com 02 dormitrios, bwc, sala estar, cozinha,

    area de servio, lavabo, garagem.

    Centro, Balnerio Cambori - SC - R$ 450.000 - Nome: Anderson - Contato: (47) 8809-5871 - Carac-tersticas: CASA DE ALVENARIA em BC: Rua 2870 n 906, centro Bal-nerio Camboriu/SC, com 3 dor-mitrios sendo 1 suite, cloused, sa-cadas, garagem para 3 carros, sala de churrasco, moveis na cozinha e demais dependncias, excelente estado de conservao.

    So Judas, Itaja - SC - R$ 370.000 - Nome: REDE X - Con-tato: (47) 3341-8100 - Caractersticas: Casa de alvenaria com 2 sui-tes, 1 dormitrio, sala estar, jantar, 3bwcs, co-

    zinha, area de servio, churrasquei-ra, jardim, aquecedor a gs, cerca eltrica, 2 portes eletrnicos, ga-ragem para 5 carros. Ficam moblia do bwc, cozinha e dormitrio. A/C 263m - A/T 330m (10x33).

    So Vicente, Itaja - SC - R$ 230.000 - Nome: REDE X - Conta-to: (47) 3341-8100 - Ca-ractersticas: Sobrado com 1 suite, 3 dormit-rios, sala de TV, lavabo, bwc, cozinha, area de

    servio, despensa, 2 vagas de gara-gem. Area contruida 154m.

    Estaleiro - Balnerio Cambori - SC - R$ 1.350.000 - Nome: Via Imve - Contato: (47) 3398-8888 - Ca-ractersticas: LINDA CASA COM A/T 525M (15X35) - A/C 319M

    SENDO: 1 PISO. Sala estar, lavabo, cozinha, salo, churrasqueira, rea servio, sute (podendo ser aposen-to de empregada), garagem 02 car-ros. 2 PISO. 01 Sute mster (hidro. + sacada), 02 sutes c/ sacada.

    Estaleiro - Balnerio Cambori - SC - R$ 1.350.000 - Nome: Via Imvel - Contato: (47) 3398-8888 - Ca-racteristicas: LINDA CASA COM A/T 525M (15X35) A/C 219M

    SENDO: 1 PISO. Sala star, lavabo, cozinha, salo, churrasqueira, rea servio, 01 sute (podendo ser apo-sento de empregada), garagem 02 carros. - 2 PISO / 1 NIVEL. 01 Sute mster (hidro. + sacada). - 2 PISO / 2 NIVEL. 02 sutes c/ sacada vista para o mar e o verde.

    Estaleiro - Balnerio Cambori - SC - R$ 1.750.000 - Nome: Via Imvel - Contato: (47) 3398-8888 - Ca-ractersticas: LINDA CASA COM A/T 525M (15X35) - A/C 400M

    SENDO: 1 PISO - Sala star, lavabo, cozinha, salo, churrasqueira, rea servio, garagem para 02 veculos, 01 sute (podendo ser aposento de empregada). 2 PISO - 01 Sute ms-ter (hidro. + sacada), 03 sutes c/ sacada (sendo uma com detalhe em gesso no meio do quarto). 3 PISO - Sala multiuso (possibilidade de fazer excelente sute ou 02 quartos).

    Gravat, Navegantes - SC, R$ 350.000 - Nome: REDE X - Contato: (47) 3341-8100 - de alvenaria QUADRA MAR com 3 dormitrios, sala estar, 2 bwc, copa, cozinha,

    area de servio, churrasqueira, 2 despensas, 4 vagas de garagens sendo 2 cobertas. Aceita propostas e parcelamento.

    Centro - Balnerio Cambori - SC - R$ 160.000 - Nome: 100% Imveis - Con-tato: (47) 3367-2888 - Caractersticas: Loja de acabamentos e re-vestimentos, vendendo

    o nome fantasia "Bella Casa",ponto comercial,equipamentos e estoque. Estabelecida em Balnerio Cambo-ri h 4 anos,tima localizao.

    Centro, Navegantes - SC - R$ 330.000 - Nome: Taicil Contato: (47) 8813-3105 - Caractersticas: Terreno 12 x 25, 3 dor-mitrios sendo 1 suite e demais dependncias,

    garagem PISCINA, excelente estado de conservao. Rua Arnado Passos, 646, Matricula 166.549 Registro de Imveis. R$ 330.000,00 Ato 30%, saldo em at 60X. VISITAS: Marcar com o Rinaldo Fone 47-9987-1113.

    Fazenda - Itaja - SC - R$ 350.000 - Nome: Luciano Xavier - Contato: (47) 3348-0044 - Caractersticas: tima casa de alvenaria com 03 dorm. (sendo 01 sute), sala com 02 ambientes, cozinha, rea de servi-o, quintal, garagem para 02 carros, edcula com churrasqueira.

    Morro da Cruz, Itaja - SC - R$ 780.000 - Nome: REDE X - Contato: (47) 3341-8100 - Caractersticas: Linda casa no morro da Cruz com vista panor-mica com 01 suite com

    hidro e closet; 02 dormitorios; 04 Bwc; Sala estar; Sala jantar; Sala TV; Escritorio; Copa; Cozinha; Adega; Dependencia de empregada; Area de servio; Sacada; Varanda; Edicu-la; Jardim; Alarme; Cerca eltrica; Interfone; Portao eltrico; 02 vagas cobertas. rea construda 400m. rea total do terreno 1.064m.

    So Judas, Itaja - SC - R$ 230.000 - Nome: REDE X - Conta-to: (47) 3341-8100 - Ca-ractersticas: Belssimo Sobrado de alvenaria com 3 dormitrios, BWC, sala, cozinha,

    rea de servio, lavabo, garagem privativa.

    Espinheiros - Itaja - SC - R$ 115.000 - Nome: Via Imvel - Contato: (47) 3398-8888 - Caractersticas: Casa geminada sendo 1 sute + 1Q, sala, cozinha, banheiro, garagem. Entra-da R$ 15.000 saldo financiado plano Minha Casa Minha Vida.

    Aririb - Balnerio Cambori - SC - R$ 205.000 - Nome: 100% Im-veis - Contato: (47) 3367-2888 - Caracte-rsticas: 2 dormitrios, BWC, ampla sala 2

    ambientes,copa,cozinha enor-me, lavanderia, 1 vaga de gara-gem coberta e espao para mais 3 carros,ptio grande na frente. Loca-lizado no Bairro Aririb,proximo ao centro e a praia.

    Terreno de esquina no bairro cor-deiros, rea total de 2.020,15m. timo para construo de prdios. R4 1.000.000. Ref 101932 Terreno em Barra Velha, plano e arborizado, com 348m. Loteamen-

    to em pleno desenvolvimento. R$ 40.000. Ref 104578

    Itaja, 27 de maio de 2011

  • MANCHETE DO VALEgeral 25
  • MANCHETE DO VALEgeral>26 Itaja, 27 de maio de 2011

    por Joel Minusculi

    VIDA DIGITALpor Joel Minusculi

    > Muita gente entrou nas redes sociais na quarta-feira (25) e pode ter se encontrado com um movimento muito estranho: #DiaDaToalha, em companhia do #OrgulhoNerd. Acontece que os nerds e geeks celebram nessa data o Dia da Toalha, em homenagem ao escritor Douglas Adams, autor da srie O Guia do Mochilei-ro das Galxias. A dia ainda marca o Orgulho Nerd, pois o aniversrio de 34 anos da estreia do primeiro lme da srie Star Wars. Nerds e geeks de todo o mundo comemo-ram a data ao seu jeito e, no Twitt er, muitos deles discu-tem o potencial de nerdice da pessoa pela comemorao que ela escolhe celebrar. Por exemplo, quem a favor do Dia da Toalha se considera mais geek do que o restante. Nos Trending-Topics Brasil, as hashtags #orgulhonerd, #diadatoalha e #diadoorgulho-nerd caram entre as mais usadas no dia, sendo que as duas primeiras tambm tem destaque nos TTs mundiais.

    Youtube tem audincia bilionria na web

    > O Youtube comemora em mais seis anos de existncia e acaba de anunciar, em seu blog, que ati ngiu um marco histrico: hoje ultrapassa os trs bilhes de visualizaes por dia, aumento de 50% em relao ao ano passado. como dizer que, a cada 24 horas, quase metade da popu-lao mundial v um vdeo no site. Alm disso, mais de 48 horas de vdeo so enviadas para o Youtube a cada minuto, o dobro do que em 2010.

    > O Youtube hospeda mais de sete milhes de vdeos, aumentando cerca de 20% ao ms.Os vdeos ocupam 45 terabytes de armazenamen-to, o que equivale, aproximadamente a cinco mil computadores usados em nossas casas. Se uma pessoa quisesse ver todos os vdeos que exis-tem hoje no Youtube, desde que comeou suas ati vidades, essa pessoa precisaria de 9305 anos sem sair da frente do monitor. As palavras dan-ce, love, music e girl so disparadamente as mais populares nos t tulos dos vdeos.

    Web palco das comemoraes do Dia da Toalha e Orgulho Nerd

    > Siga o Vida Digital: htt p://www.twitt er.com/joelminusculi > Entre em contato: [email protected]

    No bico do [email protected] e voc que xinga o lme da Britney Spears mas gos-ta de grey'sanatomy? a autora a mesma, amigo... CADE TEU DEUS [email protected] bem que eu queria parti cipar do #orgulhonerd , mas nem que eu me esfore eu vou ser nerd :/@GoogleDiscovery Encontrou uma imagem ofensiva no Google Ima-ges? Voc pode denunciar o contedo pelo link "Denunciar imagens ofensivas" no rodap da [email protected] Melhor forma de comemorar o #orgulhonerd ouvir Queen'sBohemianRhapsodyMeme Versionhtt p://youtu.be/[email protected] ns Dia da toalha: Vi o trend, me enrolei na toalha e fui pro trampo... resultado ? Justa Causa e Assdio sexual.

    NERDDISSE.COM.BR

    Diogo S. [email protected]

    ITAJA - O trabalho rural ainda ganha largo destaque, em-bora no seja o que se v em boa parte dos veculos de comuni-cao. As principais manchetes mostram um crescimento do segmento de construo civil e o dficit na mo de obra agrcola, mas, nem sempre cidades como Itaja aparecem nesse quadro, como um das que ainda se valem dos trabalhos nos campos.

    O 25 de maio celebrado como o dia do Trabalhador Ru-ral, e foi neste ms em que o se-tor conseguiu maior apoio, tanto por parte da c-mara de vere-adores como dos progra-mas

    de apoio do governo municipal.

    Itaja conta com o CMDRA cidade de Itaja tanto se

    vale do trabalho rural que di-reciona as obrigaes do setor para o Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural (CMDR). O rgo serve para estabelecer diretrizes para a po-ltica de desenvolvimento rural municipal, bem como integrar os setores agrcolas, que na ci-dade se dividem em produo, comercializao, armazena-mento, industrializao e trans-porte.

    O conselho formado por 24 membros, sendo 12 titulares e 12 suplentes, que representam ou-tras secretarias da cidade como secretaria de Obras, Famai, e Epagri e Cidasc. Outra parte formada por a agricultores no-meados por entidades associati-vas do meio rural, como a Asso-ciao Microbacias So Roque e Rio Novo, Associao Microba-

    cias Brilhante II, Aprai,