biomecânica pelve e quadril

19
BIOMECÂNICA DA PELVE E BIOMECÂNICA DA PELVE E QUADRIL QUADRIL

Upload: danipodologa-b-podologa

Post on 14-Feb-2015

463 views

Category:

Documents


4 download

TRANSCRIPT

Page 1: Biomecânica Pelve e Quadril

BIOMECÂNICA DA PELVE E BIOMECÂNICA DA PELVE E QUADRILQUADRIL

Page 2: Biomecânica Pelve e Quadril

BIOMECÂNICA DA PELVE E QUADRILBIOMECÂNICA DA PELVE E QUADRIL

COMPONENTESCOMPONENTES Sacro, cóccix, dois ossos inominados (fusão: ílio, ísquio e Sacro, cóccix, dois ossos inominados (fusão: ílio, ísquio e

púbis).púbis).

FUNÇÕESFUNÇÕES Suporte de peso corporalSuporte de peso corporal Proteção dos órgãos abdominaisProteção dos órgãos abdominais Mobilidade (ADM)Mobilidade (ADM)

SEXOSSEXOS Região pélvica é diferente entre o homem e a mulher.Região pélvica é diferente entre o homem e a mulher. Mulher: mais leves, finas e largas. Abre-se mais lateralmente Mulher: mais leves, finas e largas. Abre-se mais lateralmente

na frente, e o sacro é mais largo (maior cavidade pélvica).na frente, e o sacro é mais largo (maior cavidade pélvica).

Page 3: Biomecânica Pelve e Quadril

BIOMECÂNICA DA PELVE E QUADRILBIOMECÂNICA DA PELVE E QUADRIL

Page 4: Biomecânica Pelve e Quadril

CARACTERÍSTICAS ANATÔMICAS E FUNCIONAISCARACTERÍSTICAS ANATÔMICAS E FUNCIONAIS Articulações (7): Articulações (7): lombossacra, sacroilíacas (2), lombossacra, sacroilíacas (2),

sacrococcígea, sínfise púbica e quadris (2).sacrococcígea, sínfise púbica e quadris (2). Ligamentos:Ligamentos:

BIOMECÂNICA DA PELVE E QUADRILBIOMECÂNICA DA PELVE E QUADRIL

Page 5: Biomecânica Pelve e Quadril

CARACTERÍSTICAS ANATÔMICAS E FUNCIONAISCARACTERÍSTICAS ANATÔMICAS E FUNCIONAIS Sínfise Púbica:Sínfise Púbica: • Articulação cartilaginosa com fibrocartilagem ligando um Articulação cartilaginosa com fibrocartilagem ligando um

osso ao outro.osso ao outro.• Suportada pelo ligamento púbico.Suportada pelo ligamento púbico.• Movimento limitado.Movimento limitado.

BIOMECÂNICA DA PELVE E QUADRILBIOMECÂNICA DA PELVE E QUADRIL

Page 6: Biomecânica Pelve e Quadril

CARACTERÍSTICAS ANATÔMICAS E FUNCIONAISCARACTERÍSTICAS ANATÔMICAS E FUNCIONAIS Artic. Sacro Ilíaca:Artic. Sacro Ilíaca: Conecta a pelve ao tronco.Conecta a pelve ao tronco. Suporta peso do corpo (cargas provenientes da região lombar ou Suporta peso do corpo (cargas provenientes da região lombar ou

solo e absorve energia de atrito durante o andar).solo e absorve energia de atrito durante o andar). Ligamentos são os mais fortes do corpo.Ligamentos são os mais fortes do corpo. Movimentos: ausentes no sexo masculino e móveis no sexo Movimentos: ausentes no sexo masculino e móveis no sexo

feminino (maior frouxidão ligamentar).feminino (maior frouxidão ligamentar).

Movimentos são descritos pelo movimento do sacro (flx./ext./rot.).Movimentos são descritos pelo movimento do sacro (flx./ext./rot.).

BIOMECÂNICA DA PELVE E QUADRILBIOMECÂNICA DA PELVE E QUADRIL

Page 7: Biomecânica Pelve e Quadril

CARACTERÍSTICAS ANATÔMICAS E FUNCIONAISCARACTERÍSTICAS ANATÔMICAS E FUNCIONAIS Cintura Pélvica (Pelve):Cintura Pélvica (Pelve): Movimentos (acompanham os movimentos da coxa e tronco).Movimentos (acompanham os movimentos da coxa e tronco). São dadas pelas posições das espinhas ilíacas.São dadas pelas posições das espinhas ilíacas.

BIOMECÂNICA DA PELVE E QUADRILBIOMECÂNICA DA PELVE E QUADRIL

Page 8: Biomecânica Pelve e Quadril

CARACTERÍSTICAS ANATÔMICAS E FUNCIONAISCARACTERÍSTICAS ANATÔMICAS E FUNCIONAIS Articulação Quadril:Articulação Quadril: Articulação muito estável e móvel (gl 3).Articulação muito estável e móvel (gl 3). Formada pelo acetábulo na pelve e a cabeça do fêmur.Formada pelo acetábulo na pelve e a cabeça do fêmur.

BIOMECÂNICA DA PELVE E QUADRILBIOMECÂNICA DA PELVE E QUADRIL

Page 9: Biomecânica Pelve e Quadril

CARACTERÍSTICAS ANATÔMICAS E FUNCIONAISCARACTERÍSTICAS ANATÔMICAS E FUNCIONAIS Articulação Quadril:Articulação Quadril: Possuem grandes quantidades de osso esponjoso, facilitando a Possuem grandes quantidades de osso esponjoso, facilitando a

distribuição das forças absorvidas pela articulação do quadril.distribuição das forças absorvidas pela articulação do quadril. Ligamentos: iliofemoral, pubofemoral e isquiofemoral e redondo Ligamentos: iliofemoral, pubofemoral e isquiofemoral e redondo

(estabilização).(estabilização).

IliofemoralIliofemoral

PubofemoralPubofemoral

isquiofemoralisquiofemoral

BIOMECÂNICA DA PELVE E QUADRILBIOMECÂNICA DA PELVE E QUADRIL

FLXFLX EXTEXT RIRI RERE ADD ADD ABDABD

FF TT FF TT T FT F

FF TT FF TT F TF T

FF TT TT FF T FT F

Page 10: Biomecânica Pelve e Quadril

CARACTERÍSTICAS ANATÔMICAS E FUNCIONAISCARACTERÍSTICAS ANATÔMICAS E FUNCIONAIS

Articulação Quadril:Articulação Quadril:

Flexão eu tenho maior ADM devido aos ligamentos estarem Flexão eu tenho maior ADM devido aos ligamentos estarem frouxos.frouxos.

Extensão eu tenho menor ADM devido aos ligamentos estarem Extensão eu tenho menor ADM devido aos ligamentos estarem tensos.tensos.

BIOMECÂNICA DA PELVE E QUADRILBIOMECÂNICA DA PELVE E QUADRIL

Page 11: Biomecânica Pelve e Quadril

CARACTERÍSTICAS ANATÔMICAS E FUNCIONAISCARACTERÍSTICAS ANATÔMICAS E FUNCIONAIS

Fatores Coaptadores da Articulação do QuadrilFatores Coaptadores da Articulação do Quadril

1.1. Ação da GravidadeAção da Gravidade

2.2. Pressão Atmosférica: ex. tirar flan do copinho.Pressão Atmosférica: ex. tirar flan do copinho.

3.3. Ligamentos e MúsculosLigamentos e Músculos

BIOMECÂNICA DA PELVE E QUADRILBIOMECÂNICA DA PELVE E QUADRIL

Page 12: Biomecânica Pelve e Quadril

CARACTERÍSTICAS ANATÔMICAS E FUNCIONAISCARACTERÍSTICAS ANATÔMICAS E FUNCIONAIS

Fatores Estabilizadores da Articulação do QuadrilFatores Estabilizadores da Articulação do Quadril

Músculos com linhas de ação transversalMúsculos com linhas de ação transversal: piramidal (RE), : piramidal (RE), obturador interno e externo (RE), glúteo médio e mínimo obturador interno e externo (RE), glúteo médio e mínimo (ABD).(ABD).

Músculos com linhas de ação verticalMúsculos com linhas de ação vertical: adutores (magno, : adutores (magno, longo, curto e grácil).longo, curto e grácil).

Orientação do Colo femoralOrientação do Colo femoral:: Ângulo de inclinaçãoÂngulo de inclinação Ângulo de anteversãoÂngulo de anteversão

BIOMECÂNICA DA PELVE E QUADRILBIOMECÂNICA DA PELVE E QUADRIL

Page 13: Biomecânica Pelve e Quadril

CARACTERÍSTICAS ANATÔMICAS E FUNCIONAISCARACTERÍSTICAS ANATÔMICAS E FUNCIONAIS

Fatores Estabilizadores da Articulação do QuadrilFatores Estabilizadores da Articulação do Quadril Orientação do colo femoralOrientação do colo femoral:: Ângulo de Inclinação:Ângulo de Inclinação:

BIOMECÂNICA DA PELVE E QUADRILBIOMECÂNICA DA PELVE E QUADRIL

Page 14: Biomecânica Pelve e Quadril

BIOMECÂNICA DA PELVE E QUADRILBIOMECÂNICA DA PELVE E QUADRIL

Page 15: Biomecânica Pelve e Quadril

Movimentos Movimentos (combinação de pelve e coxa)(combinação de pelve e coxa)

BIOMECÂNICA DA PELVE E QUADRILBIOMECÂNICA DA PELVE E QUADRIL

Page 16: Biomecânica Pelve e Quadril

MÚSCULOSMÚSCULOS FLEXÃO DO QUADRIL:FLEXÃO DO QUADRIL:

Psoas-ilíaco (ILIOPSOAS)Psoas-ilíaco (ILIOPSOAS)

FLEXÃO, ABD E ROTAÇÃO LATERAL DO QUADRIL COM FLEXÃO, ABD E ROTAÇÃO LATERAL DO QUADRIL COM FLEXÃO DE JOELHO:FLEXÃO DE JOELHO:

SartórioSartório

EXTENSÃO DO QUADRIL:EXTENSÃO DO QUADRIL:

Glúteo máximoGlúteo máximo

Semitendinoso e SemimembranosoSemitendinoso e Semimembranoso

Bíceps femoral (cabeça longa)Bíceps femoral (cabeça longa)

BIOMECÂNICA DA PELVE E QUADRILBIOMECÂNICA DA PELVE E QUADRIL

Page 17: Biomecânica Pelve e Quadril

MÚSCULOSMÚSCULOS ABDUÇÃO DO QUADRIL:ABDUÇÃO DO QUADRIL:

Glúteo médioGlúteo médio

ABDUÇÃO DO QUADRIL A PARTIR DA POSIÇÃO FLETIDA:ABDUÇÃO DO QUADRIL A PARTIR DA POSIÇÃO FLETIDA:

Tensor da fáscia lataTensor da fáscia lata

ADUÇÃO DO QUADRIL:ADUÇÃO DO QUADRIL:

Adutores (magno, curto e longo)Adutores (magno, curto e longo)

PectíneoPectíneo

GrácilGrácil

BIOMECÂNICA DA PELVE E QUADRILBIOMECÂNICA DA PELVE E QUADRIL

Page 18: Biomecânica Pelve e Quadril

MÚSCULOSMÚSCULOS ROTAÇÃO LATERAL (externa) DO QUADRIL:ROTAÇÃO LATERAL (externa) DO QUADRIL:

Obturador externo e internoObturador externo e interno

Quadrado femoralQuadrado femoral

PiriformePiriforme

Gêmeo superior e inferiorGêmeo superior e inferior

Glúteo máximoGlúteo máximo

ROTAÇÃO MEDIAL (interna) DO QUADRIL:ROTAÇÃO MEDIAL (interna) DO QUADRIL:

Glúteo mínimoGlúteo mínimo

Tensor da fáscia lataTensor da fáscia lata

BIOMECÂNICA DA PELVE E QUADRILBIOMECÂNICA DA PELVE E QUADRIL

Page 19: Biomecânica Pelve e Quadril

BIOMECÂNICA DA PELVE E QUADRILBIOMECÂNICA DA PELVE E QUADRIL