A teoria crítica da educação de Theodor Adorno e sua apropriação ...

Download A teoria crítica da educação de Theodor Adorno e sua apropriação ...

Post on 30-Dec-2016

222 views

Category:

Documents

6 download

TRANSCRIPT

  • RITA AMLIA TEIXEIRA VILELA

    Coordenadora

    AA tteeoorriiaa ccrrttiiccaa ddaa eedduuccaaoo ddee

    TThheeooddoorr AAddoorrnnoo ee ssuuaa

    aapprroopprriiaaoo ppaarraa aannlliissee ddaass

    qquueesstteess aattuuaaiiss ssoobbrree ccuurrrrccuulloo ee

    pprrttiiccaass eessccoollaarreess

    Relatrio Final de Pesquisa

  • AA TTeeoorriiaa CCrrttiiccaa ddaa EEdduuccaaoo ddee TThheeooddoorr AAddoorrnnoo

    ee ssuuaa

    aapprroopprriiaaoo ppaarraa aannlliissee ddaass qquueesstteess aattuuaaiiss

    ssoobbrree ccuurrrrccuulloo ee pprrttiiccaass eessccoollaarreess

    Relatrio Final de Pesquisa

    2004-2006

    Coordenadora:

    Professora Doutora Rita Amlia Teixeira Vilela

    Mestrandas:

    Denise Perdigo Pereira

    Virginia Coeli Bueno de Queiroz Matias

    Apoio

    Pr-Reitoria de Pesquisa e Ps-graduao da PUC Minas

    DAAD - Deutsche Akademischer Austausch Dienst (Servio alemo de Intercmbio Acadmico)

    CAPES Coordenao de Aperfeioamento de Pessoal de Nvel

    Superior

  • Agradecimentos

    Pr-reitoria de Pesquisa e Ps-Graduao da PUCMINAS pelo

    apoio ao pesquisador: horas de dedicao pesquisa e apoio

    financeiro para as atividades do professor Andras Gruschka, da

    Universidade de Frankfurt, no Mestrado em Educao, em 2004 e

    2006.

    CAPES e DAAD pelo financiamento da estada de pesquisa do

    Professor Andreas Gruscka no Brasil em 2006.

    Ao Grupo de Pesquisa Teoria Crtica e Educao da UNIMEP/SP,

    pelo apoia dado vinda do professor Andreas Gruschka ao Brasil

    e pelo espao de dilogo com a Teoria Crtica.

  • RESUMO

    A pesquisa procurou elucidar e discutir o potencial da Teoria Crtica, em especial em

    Theodor Adorno, para uma Sociologia da Educao. De forma particular, procurou-se

    elucidar as suas possibilidades da epistemologia de Theodor Adorno para a anlise de

    questes atuais na escola e dos processos de escolarizao, como tambm para a

    anlise de proposies curriculares e seus desdobramentos nas prticas escolares

    cotidianas. Atravs de estudo e anlise de um conjunto de textos clssicos da Teoria

    Crtica e de obras de analistas alemes sobre o legado da Escola de Frankfurt, foi

    possvel evidenciar a propriedade da epistemologia de Horkheimer e Adorno para o

    entendimento e a crtica das relaes sociais e para o desvendamento da lgica social

    que determina o funcionamento da escola e os sentidos da escolarizao. Os

    resultados da pesquisas permitiram argumentar sobre o potencial da Teoria Crtica no

    debate acerca de questes da relao entre a escola e a sociedade no mundo

    contemporneo. Com base no que Adorno apontou como possibilidade sociolgica de

    uma educao para a autonomia, procurou demonstrar a potencialidade do autor

    para sustentar, teoricamente, aes curriculares comprometidas com a busca de

    escolaridade que tenha sentido para todos os segmentos sociais, balizando uma tica

    para uma educao transcultural e inclusiva. Essa educao deve abranger a

    possibilidade de que todos os alunos dominem o conhecimento acumulado, que

    patrimnio da humanidade, mas que abarque a construo de identidades solidrias e

    comprometidas com a justica social. Essa pesquisa, aps eleucidar o potencial da

    Teoria Crtica na atualidade, no campo da educao, ter desdobramentos em projeto

    de pesquisa para aplicar a teoria e metodologia de anlise social de Adorno na

    investigao da sala de aula, do intra-muros da escola e de prticas curriculares.

    Palavras-chave: Sociologia da Educao; Sociologia do Currculo; Teoria Crtica;

    Theodor Adorno.

    Data de incio: maro de 2004

    Data de trmino: dezembro de 2006

  • SUMRIO

    1) O tema e o objeto de pesquisa: apresentao e justificativa.

    01

    2) Objetivos da pesquisa.

    04

    3) Metodologia.

    04

    4) A pesquisa realizada.

    05

    4.1) Notas sobre o contexto social alemo no perodo que precede a fundao do ISF (Institut zur Sozialforschungen - Instituto para a Pesquisas Social) e no perodo que determina a sua mudana para os Estados Unidos da Amrica

    05

    4.1.1) A Teoria Crtica como anlise social crtica: gnese e perspectivas

    10

    4.1.2) A crtica social no centro do projeto epistemolgico da Teoria Crtica

    12

    4.1.3) Apontamentos sobre a Dialtica do Esclarecimento: texto fundamental para entendimento da epistemologia da Teoria Crtica de Theodor Adorno e Max Horkheimer.

    19

    4.1.4) Apontamentos sobre a anlise de Adorno sobre a Indstria Cultural e a Semiformao.

    25

    4.2) Theodor Adorno: o crtico social no seu tempo: contexto social e influncias

    29

    4.2.1)Theodor Wiesengrund Adorno 1903-1969.

    29

    4.2.2) Theodor Adorno e a Teoria Crtica

    30

    4.2.3) O Marxismo em Adorno a sociedade e o indivduo.

    31

    4.2.4) Adorno marxismo e psicanlise. 34

    4.2.5) Dois textos de Adorno sobre a orientao da pesquisa social emprica. 38

    4.2.6) O pensamento sociolgico de Theodor Adorno: posio assinalada por cientistas sociais alemes.

    39

    4.3) Analisando a epistemologia de Adorno frente s questes da pesquisa: Adorno

    apresenta uma crtica ao sistema escolar e educao? Pode, a epistemologia de

    Theodor Adorno ancorar o debate sobre as questes da escola de hoje e sobre o

    currculo?

    42

  • 4.3.1) A Teoria Crtica como crtica social apresenta os fundamentos para a

    crtica da escola enquanto instituio da sociedade capitalista.

    42

    4.3.2) Theodor Adorno e a Educao: uma teoria da educao ou apenas a sinalizao de uma outra perspectiva: educao para a autonomia ou educao para a no dominao.

    45

    4.3.3) A propriedade da crtica adorniana educao para a escola e o campo do currculo na atualidade

    59

    5) Concluso: Apropriao da teoria crtica da educao de Adorno para anlise das questes atuais sobre currculo e prticas escolares. Possibilidades da educao e da escola na contemporaneidade, segundo Theodor Adorno.

    69

    6) Desdobramentos da pesquisa

    74

    Referncias Bibliogrficas. 75

    Bibliografia Passiva 80

    Anexos

    Lista detalhada das atividades decorrentes da pesquisa.

    Artigos para Publicao

    Comunicao em Congressos

    Novo Projeto de Pesquisa

    Projeto de Ps-Doutorado

    Organizao de Eventos

    Cursos em outras instituies no Brasil (fora da PUC Minas)

    Disciplinas ofertadas no Mestrado em Educao da PUC Minas

    Dissertao de Mestrado (orientadora)

    83

  • AA tteeoorriiaa ccrrttiiccaa ddaa eedduuccaaoo ddee AAddoorrnnoo ee ssuuaa aapprroopprriiaaoo ppaarraa aannlliissee ddaass qquueesstteess aattuuaaiiss ssoobbrree ccuurrrrccuulloo ee pprrttiiccaass eessccoollaarr 1 1) O tema e o objeto de pesquisa: apresentao e justificativa

    A opo pelo tema da pesquisa resultou de investimentos anteriores e significa

    continuidade de duas pesquisas realizadas, sobre questes relacionadas com a Teoria

    Crtica.

    De 1991 a 1993, desenvolvi uma pesquisa sobre a Sociologia da Educao na

    Alemanha, atravs da qual foi possvel elucidar o arcabouo terico e as perspectivas

    metodolgicas das abordagens mais correntes, assumidas e utilizadas por

    pesquisadores alemes, socilogos e pedagogos, para obter o conhecimento

    emprico, a anlise e apontamento de perspectivas para superao dos problemas do

    sistema de ensino escolar, naquela sociedade. O titulo da pesquisa foi: A Sociologia

    da educao alem orientaes tericas e metodolgicas1. Desta, resultou meu

    interesse na Teoria Crtica, ao ter constatado que existia uma tendncia da Sociologia

    da Educao na Alemanha, identificada como Sociologia Hermenutica da Educao,

    cuja especificidade era apresentar uma anlise terica (no emprica) do sentido social

    da educao e de seus problemas, balizada, indiscutivelmente, pelos fundamentos

    tericos da anlise social fornecidos pela Teoria Crtica. Essa pesquisa foi realizada

    com o apoio de CNPQ, atravs da bolsa de produtividade acadmica, e do DAAD,

    que concedeu uma bolsa de 40 dias para estadia de pesquisa na Alemanha, atravs

    de convnio com a FAPEMIG, que concedeu a passagem area.

    No perodo seguinte, de 1994 a 1996, foi desenvolvida nova pesquisa, objetivando

    deslindar a presena particular da Teoria Crtica no debate sociolgico no mbito da

    educao na Alemanha. Na nova pesquisa, A funo social da escola segundo a

    Teoria Crtica contribuies de Adorno e Horkheimer2, o que se pretendeu foi

    pontuar como era entendida a funo social da escola na Teoria Crtica, de forma

    1Alguns resultados desta pesquisa foram apresentados no GT sociologia da Educao da ANPEd, em

    1992 sob o ttulo: Sociologia da Educao na Alemanha algumas pistas para elucidao de seu objeto

    epistmico. 15 Reunio Anual da ANPEd, caxambu/MG, 1992.

    2 Alguns resultados desta pesquisa foram apresentados no GT sociologia da Educao da ANPEd, em

    1994 sob o ttulo: A funo social da escola segundo a Teoria Crtica de Adorno e Horkheimer. 17

    Reunio Anual da ANPEd, Caxambu/MG, 1994, e, posteriormente, no Seminrio Internacional Teoria

    Crtica e Educao, realizado em setembro de 2004 na Universidade Metodista de Piracicaba, SP, sob o

    titulo: A funo social da escola na Teoria Crtica: apontamentos para uma sociologia crtica da educao

    em Adorno e Horkheimer. Parte do Relatrio da Pesquisa foi sintetizado e transformado em capitulo de

    livro. Vilela, Rita Amlia Teixeira. Para uma Sociologia da Educao em Theodor Adorno

    apontamentos. In.: MAFRA, Leila de Alvarenga e TURA, Maria de Lourdes Rangel (Orgs.). Sociologia para

    Educadores 2: O debate sociolgico da educao no sculo XX e as perspectivas atuais.

  • AA tteeoorriiaa ccrrttiiccaa ddaa eedduuccaaoo ddee AAddoorrnnoo ee ssuuaa aapprroopprriiaaoo ppaarraa aannlliissee ddaass qquueesstteess aattuuaaiiss ssoobbrree ccuurrrrccuulloo ee pprrttiiccaass eessccoollaarr 2 particular em Adorno e Horkheimer, e como essa dimenso sociolgica fora

    apropriada pela chamada Pedagogia Crtica na Alemanha. Essa pesquisa tambm

    contou com apoio do CNPQ, atravs da bolsa de produtividade acadmica e do

    DAAD, atravs de cota de doao de livros para ex-bolsistas3.

    Aps um hiato de tempo no qual estive comprometida com outra dimenso de

    pesquisa4, retomei o tema em 2004, aps ter participado do Seminrio comemorativo

    de 100 anos de Adorno, realizado em junho de 2003 na Universidade de Frankfurt.

    Naquele momento, j trabalhando com pesquisas que buscam desvendar os

    mecanismos e significados de currculos em escolas reais, registrei um novo encontro

    com a Teoria Crtica. Foi nessa condio que se desenvolveu a necessidade de

    realizar a pesquisa que hora se encerra, cujo objejtivo foi, portanto, procurar

    demonstrar o potencial da Teoria Crtica para a discusso de questes educacionais

    atuais, em especial, no campo da Sociologia do Currculo, particularizando o terico

    Theodor Adorno. Esse esforo investigativo integrou o grupo de pesquisa em currculo

    na ps-graduao da PUC Minas e foi registrado, inicialmente, com trs projetos de

    pesquisa5: a minha, dando prosseguimento ao estudo da obra de Adorno e de duas

    mestrandas, cujos objetos de investigao apresentaram desafios de elucidao, paro

    o que precisam de amparo na teoria social. A epistemologia sociolgica dos tericos

    da Escola de Frankfurt foi buscada para orientar as questes de pesquisa e a

    discusso com a realidade investigada6. Algumas evidncias dessas pesquisas foram

    apresentadas no VII Encontro de Pesquisa da Regio Sudeste, realizado em Belo

    3 Recebi bolsa de doutorado do DAAD entre agosto 1980 a julho de 1984 e entre janeiro e junho de 1985.

    4 Aposentei-me da UFMG em 1993 e continuei como pesquisadora do Programa de Ps-graduao em

    Educao naquela universidade at o final de 1996, tendo acumulado no perodo de dez. de 1993 a dez. de

    1995 o cargo de Secretria Geral da ANPEd. Em 1997 estive afastada de atividades acadmicas. Em 1998

    assumi o trabalho de professora no Programa de Ps-graduao em Educao da PUC Minas. Na equipe

    organizadora do Programa, assumimos como atividade central de investigao aspectos concretos da

    profisso docente e, assim, me vi obrigada a migrar de tema e de rea de investigao, conforme atesta

    meu Curriculum Vitae. Nesse novo contexto abandonei meus estudos sobre a Teoria Crtica e Educao.

    Essa situao explica a publicao tardia da divulgao da pesquisa ( em evento na UNIMEP , em 2004 -

    cap. de livro, em 2005).

    5 Foram, inicialmente, definidos os seguintes temas de pesquisa das alunas: Educao e emancipao

    atravs do currculo: a experincia de uma escola municipal em Belo Horizonte e Quando a arte est

    prescrita no currculo mas no est na escola.

    6 Uma das alunas desistiu do referencial da Teoria Crtica e buscou outras perspectivas tericas. A outra

    defendeu a dissertao e maio de 2006: PERDIGAO, Denise. Que arte entra na escola atravs do

    currculo? Entre o utilitarismo e a possibilidade de emancipao humana. Dissertao de Mestrado - Puc

    Minas.

  • AA tteeoorriiaa ccrrttiiccaa ddaa eedduuccaaoo ddee AAddoorrnnoo ee ssuuaa aapprroopprriiaaoo ppaarraa aannlliissee ddaass qquueesstteess aattuuaaiiss ssoobbrree ccuurrrrccuulloo ee pprrttiiccaass eessccoollaarr 3 Horizonte, em 2005, no II Colquio Internacional de Polticas e Prticas Curriculares,

    realizado em 2005 em Joo Pessoa, e no VII Colquio sobre Questes Curriculares e

    III Colquio Luso-Brasileiro sobre Questes Curriculares, realizado nos dias 09, 10 e

    11, de fevereiro 20067, em Braga, Portugal.

    A pesquisa de minha responsabiidade, A teoria crtica da educao de Adorno e sua

    apropriao para anlise das questes atuais sobre currculo e prticas escolares8 foi

    desenvolvida como uma pesquisa de cunho terico, na qual, atravs da retomada

    sistematizada de um conjunto de textos deste autor,da minha produo anterior sobre

    a temtica e de obras de analistas alemes sobre o legado da Escola de Frankfurt,

    procurei apontar as evidncias de suas contribuies para o desvendamento da lgica

    social que determina o funcionamento da escola, os resultados e os sentidos da

    educao, buscando confirmar a potencialidade dessa contribuio no debate sobre a

    funo social da escola na atualidade, em especial no campo do currculo.

    No grupo de estudos sobre currculo desenvolvo, ainda, junto com outra colega e com

    alunas do mestrado, uma pesquisa emprica para diagnosticar o que se processa na

    sala de aula nas relaes de mediatizaco do conhecimento assumidas pelos

    professores. Nessa, a indagao central : como se processam, na sala de aula, as

    condies de realizao do currculo escolar, o prescrito e o real?9. Nessa pesquisa

    pretende-se, a partir da anlise das relaes que professores e alunos mantm com o

    currculo estabelecido na escola, desvendar o processo de relaes didticas e sociais

    na sala...