Questoes cb

Download Questoes cb

Post on 04-Jun-2015

4.283 views

Category:

Documents

7 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

<ul><li> 1. Conhecimentos Bancrios Prof. Antonio Cludio da Silva (C) a denominao cheque, a assinatura do emitente01. (DAVES/BANPAR/2005) Com relao contra- e a ordem condicional de pagar.ordem, o emitente de cheque cliente de um Banco(D) a data e o lugar de emisso, a denominaoonde efetuou depsitos em dinheiro.cheque e a assinatura do gerente do banco. (E) o nome do banco que deve pagar, a assinatura(A) no pode emitir contra-ordem.do beneficirio e local, e data de emisso. (B)unicamente deve fazer boletim de ocorrnciaem qualquer Delegacia de Polcia, pois esta tem05. (DAVES/BANPAR/2005) O conceito deobrigao de comunicar o ocorrido ao Banco.alienao fiduciria est corretamente expresso na alternativa:(C) pode fazer a contra-ordem, por escrito, com baseem relevante razo de direito.(D) pode fazer a contra-ordem somente se o cheque(A) um depsito em dinheiro que garantir otiver sido roubado.pagamento de um emprstimo.(E) pode fazer a contra-ordem to somente no prazo (B) o ato pelo qual um Banco, por conta dede at 48 (quarenta e oito) horas aps a data de algum, ou por conta prpria, instrui suasemisso do cheque. agncias para efetuarem certo pagamento ou crdito a terceiros.02. (DAVES/BANPAR/2005) Entre os ttulos(C) modalidade de seguro garantida pelo Governocomerciais, existem as Duplicatas e as Notas Federal e pelo Banco Central para todos osPromissrias. Sobre quem est obrigado a emitir os depositantes de estabelecimentos bancrios.ttulos citados, est correta a afirmativa:(D) uma forma programada de aplicao, em que o cliente autoriza, por escrito, o Banco onde mantm conta corrente a debitar uma parcela(A) o credor que tem a receber tanto as duplicatasquanto as notas promissrias.mensal, previamente ajustada.(B) o devedor que tem a pagar tanto as duplicatas(E) o contrato pelo qual o devedor, como garantiaquanto as notas promissrias.de uma dvida, pactua a transferncia da propriedade fiduciria do bem ao credor, sob(C) o devedor que emite as duplicatas e o credorque emite as notas promissrias. condio resolutiva e expressa.(D) o credor que emite as duplicatas e o devedorque emite as notas promissrias. 06. (DAVES/BANPAR/2005) A incapacidade civil das pessoas fsicas menores de 18 anos cessar a(E) Tanto pode ser o credor como o devedor; quemestabelece a obrigatoriedade de emisso oquando do(a):contrato firmado entre as partes interessadas.concluso do ensino mdio, em qualquer(A)03. (DAVES/BANPAR/2005) Quanto diviso do estabelecimento de ensino.capital das sociedades annimas, tambm chamadas (B) obteno do ttulo de eleitor.de companhias, est correta a afirmativa:obteno de uma aposentadoria, por ser (C) portador de deficincia fsica.(A) O capital dividido em aes que podem ser(D) casamento. nominativas ou ao portador.(E)exerccio de emprego em empresa privada,(B) O capital dividido em quotas-partes, de acordo desde que haja assinatura do empregador na com o novo Cdigo Civil.carteira de trabalho.(C)Parte do capital poder ser em quotas e parte, em aes, de acordo com o Estatuto da07. (DAVES/BANPAR/2005) Muitas so as Empresa.operaes realizadas entre os estabelecimentos Os scios minoritrios tero participao (D) bancrios e seus clientes, existindo uma delas que em quotas e os scios majoritrios tero usualmente garantida por jias. Essa operao participao em aes.denominada de (E) Tanto os scios minoritrios quanto os scios majoritrios podero ter quotas ou aes, deendosso. (A) acordo com a opo de cada investidor. (B) penhor.04. (DAVES/BANPAR/2005) So elementos (C) cauo.essenciais ao cheque:(D) aval ou fiana. (E) hipoteca.(A) a ordem condicional de pagar, a data e o lugarde emisso, e o valor a ser pago. 08. (DAVES/BANPAR/2005) So documentos(B) a assinatura do emitente, a indicao em cifra cuja apresentao exigida na abertura de contas/e por extenso do valor a ser pago, e o nome dobanco que deve pagar.correntes para pessoas fsicas: 1</li></ul><p> 2. Conhecimentos Bancrios Prof. Antonio Cludio da Silva(A)contrato social, comprovao de endereo e 12. (DAVES/BANPAR/2005) No que concerneCPF (Cadastro de Pessoas Fsicas).ao critrio que considera a responsabilidade(B) CPF (Cadastro de Pessoas Fsicas), fontes dedos scios pelas obrigaes sociais, nasreferncias, nome completo e qualificao dosociedades empresrias, podemos afirmar que estadepositante.responsabilidade comprovao de endereo; assinatura do(C)depositante e contrato social.(A) ilimitada em todas as sociedade empresrias.(D) data de abertura da conta e respectivo nmero,(B) limitada em todas as sociedade empresrias.contrato social e CPF (Cadastro de PessoasFsicas).(C)limitada e ilimitada em todas as sociedadeempresrias, definindo que todos os scios tm(E) assinatura do depositante, fontes de refernciasde ter o mesmo grau de responsabilidade.e assinaturas de fiadores.(D) ilimitada, mista e limitada em todas as sociedadeempresrias.09. (DAVES/BANPAR/2005) O ttulo utilizado nas (E)limitada e mista em todas as sociedadeoperaes mercantis, decorrentes de vendas deempresrias.mercadorias a prazo, denominado de13. (DAVES/BANPAR/2005) As cadernetas de(A) Cdula de Crdito Comercial, se for empresa poupana so modalidades de investimento, cujocomercial e/ou industrial.rendimento assim calculado:(B) Nota Promissria.(C) Duplicata.(A)1% (um por cento) ao ms, mais TR (Taxa(D) Ttulo de Hipoteca.Referencial de Juros).(E) Nota Fiscal.(B) 0,5% (meio por cento) ao ms, mais Taxa Selic.(C) 0,5% (meio por cento) ao ms, mais TR (Taxa10. (DAVES/BANPAR/2005) PodemosdefinirReferencial de Juros).endosso, como o ato pelo qual o (D) 1% (um por cento) ao ms, mais Taxa Selic. (E) 0,5% (meio por cento) ao ms, mais a menor(A) favorecido de um cheque nominativo transfere o taxa de juros praticada no mercado financeiro naseu direito a outrem, passando este a ser o novo concesso de emprstimos.beneficirio do cheque.Banco que emitiu o talonrio endossa a(B) 14. (DAVES/BANPAR/2005) O cheque pr-datado,assinatura do emitente. se apresentado ao Banco 10 (dez) dias antes da data (C)portador do cheque nominativo a outrem fazem que consta a emisso,a cobrana do cheque na boca do caixa doBanco depositrio dos fundos. (A) dever ser pago, se a conta corrente apresentar(D) favorecido de um cheque nominativo ape sua suficincia de fundos, por ser uma ordem deassinatura ao lado da assinatura do emitente, pagamento vista.para no deixar dvidas de que realmente o (B)no poder ser pago, mesmo que a contafavorecido do cheque. corrente apresente suficincia de fundos, por(E) emitente, mesmo passando cheque nominativovaler a conveno efetuada entre as partes.a terceiros, ape sua assinatura no verso, para dever ser pago pelo Banco, que estar(C)garantir o pagamento deste em qualquer agnciaobrigado a conceder uma operao dedo estabelecimento bancrio.emprstimo ao correntista, para honrar ocheque, caso a conta corrente no apresente11. (DAVES/BANPAR/2005) So elementosdisponibilidade suficiente.indispensveis produo da Letra de Cmbio, entre(D)no poder ser carimbado com o cdigo 11outros: (onze) correspondente insuficincia de fundos.(E) s poder ser carimbado com o cdigo 11 (onze)(A) o mandato condicional, a quantia determinada ecorrespondente insuficincia de fundos, se oo nome do tomador.emitente autorizar. (B)a expresso letra de cmbio, o nome do tomador e o mandato condicional. 15. (DAVES/BANPAR/2005) caracterstica do(C)o nome do sacado, a expresso letra deTED (Transferncia Eletrnica Disponvel) a que se cmbio e o mandato condicional de pagar apresenta na alternativa: quantia determinada. (D) o nome do tomador, o nome do sacado e o(A) O recurso estar disponvel ao beneficirio no mandato condicional. prazo mximo de 48 (quarenta e oito) horas, ou(E) o mandato puro e simples, a expresso letra de seja, de 2 (dois) dias. cmbio e o nome do sacado.(B) O recurso sair da conta do pagador no prazo de24 (vinte e quatro) horas, para poder compensar 2 3. Conhecimentos BancriosProf. Antonio Cludio da Silvaem at 48 (quarenta e oito) horas ao beneficirio. (C) Se o TED for feito em cheque, poder levar at 5 (cinco) dias teis para o recurso entrar na conta do beneficirio. (D) Se o TED for feito em cheque de valor superior a R$ 1.000,00 (um mil reais), obrigatoriamente dever ficar disponibilizado ao beneficirio, no prazo mximo de 48 (quarenta e oito) horas. (E) Ter liquidao no prprio dia, ou seja, atualizar o saldo da conta do recebedor na mesma data em que emitida pelo pagador. 16. (DAVES/BANPAR/2005) Na ordem de pagamento, a pessoa que autoriza a transferncia de numerrio identificada como (A) favorecido. (B) remetente, se for pessoa jurdica; e favorecido, se for pessoa fsica. (C) beneficirio. (D) sacador. (E) tomador. 17. (DAVES/BANPAR/2005) Com relao venda com reserva de domnio, correto afirmar: (A) O bem ficar em poder do devedor ou fiduciante,que passa a ser o possuidor direto e depositriodo bem. (B) O bem ficar em poder do credor ou fiducirio,que, se perder o bem, ser considerado pela Leicomo depositrio infiel.(C) O bem poder ficar em poder do devedor oudo credor, mas estes no podero atravessara fronteira do Estado onde foi realizada aoperao, sob pena de serem consideradosevadidos. (D) O bem s poder ficar em poder do devedor, seeste se comprometer, em contrato firmado com aInstituio Financeira, que ser realizada vistoriamensal para avaliar o estado do bem objeto docontrato. (E) para cada contrato o Banco Central avaliar ascondies do devedor e do credor e, em relatriocircunstanciado, determinar em poder de quemficar o bem. 18. (DAVES/BANPAR/2005) Nota Promissria poder ser definida como sendo uma promessa de pagamento. Para a sua emisso faz-se necessria a existncia das seguintes partes: (A) o credor e o avalista. (B) o credor e o fiador. (C) o emitente e o tomador. (D) o emitente e o subscritor. (E) o credor e o tomador. 3 4. Conhecimentos Bancrios Prof. Antonio Cludio da Silva19. (DAVES/BANPAR/2005) No caso de vendade um bem com alienao fiduciria, caso no23. (DAVES/BANPAR/2005) O cruzamento noshaja o pagamento da dvida no prazo contratual, cheques efetuado por meio deo credor poder adotar corretamente o seguinteprocedimento, entre outros: (A) observao no verso do cheque, quando setratar de cheque nominal.(A) Comunicar ao Banco Central a inadimplncia do (B)observao na face do cheque, quando secliente, para que aquele tome as providncias detratar de cheque ao portador.sua alada.(C)duas linhas paralelas traadas na face do(B) Executar ao para penhora e alienao judicialcheque.de bens do devedor fiduciante.(D)duas linhas paralelas traadas no verso do(C) Comunicar unicamente Diretoria do seu Bancocheque.sobre a inadimplncia do cliente. (E)sua emisso diretamente a um Banco, pois(D) Comunicar ao Banco Central e Diretoria do seusomente este poder descontar os chequesBanco. cruzados.(E) Comunicar ao Banco Central e ao Serasa.24. (DAVES/BANPAR/2005) A hipoteca que recai20. (DAVES/BANPAR/2005) So garantias reaissobre um bem imvel, poder ser extinta seque podem ser averbadas nos cartrios de registrode imveis: (A) o muturio decidir que j pagou o suficientesobre o financiamento.(A)o contrato particular de compra e venda de (B) houver sentena judicial transitada em julgado imvel.favorvel ao muturio.(B) a hipoteca e os cheques pr-datados.(C) ocorrer o falecimento do muturio, mesmo sem opagamento ser efetuado pela Seguradora. (C) a cauo e o contrato particular de compra e (D) o muturio mudar de endereo, ocupando outro venda de imvel.imvel e no mais o financiado, que objeto da(D) a hipoteca e o penhor.hipoteca.(E)as alteraes contratuais das sociedades (E) houver desmoronamento de uma das paredes do empresariais, que possuem imveis no seu imvel. patrimnio.25. (DAVES/BANPAR/2005) correto afirmar que21. (DAVES/BANPAR/2005) (So) motivo(s) domiclio da pessoa jurdica pelo(s) qual(quais)o comprador poder deixar deaceitar a duplicata emitida contra sua empresa:aquele(A)quefica maisfcilpara o EstabelecimentoBancrio enviar suas(A) defeitos e diferenas devidamente comprovadoscorrespondncias e avisos.na qualidade das mercadorias.(B) o local eleito pelo Ministrio da Fazenda, que(B) diferena para menos no preo ajustado.faz constar no Cadastro Nacional das Pessoas(C) antecipao do prazo de entrega. Jurdicas CNPJ. (D)emisso de mais de uma duplicata para (C) o local da residncia do scio majoritrio.uma mesma fatura, mesmo que a soma das (D)a sede jurdica da pessoa, onde esta praticaduplicatas se iguale ao valor total da fatura. habitualmente seus atos e negcios jurdicos.(E) desconto efetuado pelo vendedor, da duplicata,(E) o local da residncia do Diretor Administrativo daem Estabelecimento Bancrio, sem a anunciaEmpresa.do comprador.26. (DAVES/BANPAR/2005) correto afirmar que22. (DAVES/BANPAR/2005) A incapacidade a administrao das sociedades limitadas se realizaabsoluta que impede algum de exercerpessoalmente os atos da vida civil diz respeito ao(a)(A)por uma ou mais pessoas designadas no(s) contrato social ou em ato separado.(B) pelo chefe do departamento financeiro.(A) funcionrios pblicos aposentados.(C) pelo chefe do departamento de pessoal.(B) pessoas maiores de 75 anos de idade.(D) pelo contador.(C) casados menores de 18 anos de idade.(E) pelo scio majoritrio, obrigatoriamente. (D) pessoas que se encontram ausentes do Pas,por mais de 5 (cinco) anos, sem exercer o direito 27. (DAVES/BANPAR/2005) A emisso dedo voto.nota fiscal, pelo vendedor, referente venda de(E) pessoas que, mesmo por causa transitria, no mercadorias a prazo ser efetuadapuderem exprimir sua vontade.4 5. Conhecimentos BancriosProf. Antonio Cludio da Silva(A) na data do recebimento da primeira parcela, para de emisso da debnture.obedecer ao regime de Caixa. (C) resgatada, conforme regras do contrato de(B) na data do recebimento da ltima parcela, dada emisso da debnture.a certeza do recebimento do valor da venda.(D) trocada por bens da empresa emissora da(C) trinta dias antes da sada das mercadorias, para debnture, conforme regras do contrato de emissoobedecer ao regime de competncia. da debnture.na data da sada das mercadorias do(D)(E) trocada por aes de outra empresa, existentesestabelecimento vendedor.no patrimnio da empresa emissora da debnture,(E) na data da chegada das mercadorias ao local do conforme regras do contrato de emisso dadestino. debnture.28. (DAVES/BANPAR/2005) Segundo a definio 32. (FGV/BESC/2004) ordem de pagamento:correta, contrato de mtuo o contrato (A) a letra de cmbio;(A) de locao de um imvel, seja terreno ou prdio. (B) a fatura (C) a nota promissria; (B)pelo qual um dos contratantes transfere apropriedade de bem fungvel ao outro, que se (D) a ao ordinriaobriga a lhe restituir coisa do mesmo gnero,(E) o warrantqualidade e quantidade. 33. (FGV/BESC/2004) Assinale a afirmativa correta.(C) de locao de veculos para uso empresarial ouparticular. (A) As companhias seguradoras subordinam-se (D) de aluguel de bens infungveis, tipo marcas defabricao e patentes. Bolsa de Valores e so por ela fiscalizadas. (B) A CVM um rgo fiscalizador dos bancos (E)pelo qual um dos contratantes transfere apropriedade de bens infungveis, tipo marcas demltiplos....</p>