paraguai - artigo

Download Paraguai - artigo

Post on 25-Jul-2015

20 views

Category:

Documents

1 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

Poltica e regulamentao O Paraguai ainda um dos poucos pases na Amrica Latina que adota o modelo de monoplio pblico no setor eltrico. As responsabilidades do setor eltrico paraguaio esto concentradas em um monoplio verticalmente integrado pblico, a Administrao Nacional de Eletricidade (Administracin Nacional de Electricidad, ANDE). A Lei 167/93 indica que o Vice-Ministrio de Minas e Energia (no mbito do Ministrio das Obras Pblicas e Comunicao) responsvel por estabelecer e orientar a poltica energtica, bem como para o estudo dos aspectos tcnicos, econmicos, financeiros e legais que promovam uso de energia. No entanto, o vice-ministrio no tem os recursos adequados para um desempenho eficaz de suas funes. Na prtica, todas as responsabilidades de energia esto concentradas no ANDE, que o regulador de eletricidade e de fato fornecedor. A ANDE tambm elabora a estrutura tarifria, que ento analisada e aprovada pelo Conselho Econmico do Poder Executivo. O Conselho geralmente define tarifas mais baixas para as propostas pela ANDE, que leva a uma falta de recursos para o investimento necessrio para o desempenho adequado do sistema eltrico. Hidreltrica compreende quase 100 por cento da eletricidade no Paraguai, e 90 por cento da energia gerada exportada, com os pases vizinhos Argentina e Brasil a receber a maioria. O Paraguai um dos principais exportadores do mundo maior rede de energia eltrica. Devido predominncia de hidroeletricidade , tarifas (principalmente residencial) so notavelmente abaixo das mdias para a regio. investment No entanto, apesar da abundncia de recursos, o sistema de eletricidade do Paraguai enfrenta uma dificuldade devido falta de investimento em redes de transmisso e distribuio. Alm disso, as perdas na distribuio esto entre os maiores da regio. Paraguai opera duas binacionais hidreltricas, Itaipu , de longe, a maior estao de energia no pas, operado com Brasil e tem uma capacidade instalada de 7000 MW (86 por cento da capacidade do Paraguai gerao). Yacyret , a segunda maior instalao hidreltrica, tem uma capacidade instalada de 900 MW (11 por cento), e operada com a Argentina . Uma terceira usina, Acaray tem uma capacidade instalada de 210 MW (3 por cento). As usinas trmicas contribuem com menos de 0,1 por cento. Toda eletricidade do Paraguai para o consumo domstico vem de uma nica instalao, a binacional 14 GW hidreltrica de Itaipu. Fonte Itaipu Capacidade instalada (MW) Capacidade instalada (% do total) 7.000 86% 11% 3%

Yacyret 900 Acaray 210

Trmico 6 TOTAL 8.116

0,1% 100,1%

Fonte: ESMAP, 2006. Capacidade instalada mostrado para Itaipu e Yacyret refere-se apenas parcela Parguayan nessas plantas. Enquanto a gerao total ascendeu a 51,17 TWh em 2005, o consumo foi de apenas 5,01 TWh, com exportaes de at 43,8 TWh.Gerao, transmisso e distribuio ANDE controla o mercado de eletricidade do pas inteiro, incluindo gerao, transmisso e distribuio. ANDE opera somente de uma barragem hidreltrica, Acaray e seis usinas termeltricas, com capacidade total instalada de 220 MW. tambm responsvel pela participao do Paraguai de Itaipu e Yacyret , as duas usinas hidreltricas bi-nacionais. ANDE opera 2.100 quilmetros de linhas de transmisso no Sistema Interligado Nacional, divididos em 6 subsistemas, e 670 quilmetros de linhas de distribuio. tambm responsvel por toda a distribuio, com duas excees: CLYFSA (Companhia de Luz y Fuerza, SA), que tem uma concesso para distribuir e comercializar energia eltrica em Villarrica , e as Empresas Distribuidoras Menonitas del Chaco Central. A ANDE ANDE essencialmente uma entidade tcnica e econmica. Um pioneiro na sua classe, hoje ocupa uma posio de liderana no pas. Desde a sua criao, assumiu o sistema eltrico antes da recente tendncia mundial para a segregao de atividades, estabelecendo parmetros para garantir a cobertura em todos os momentos. Sua misso satisfazer a demanda por energia, produtos associados e servios que melhoram a qualidade de vida dos indivduos e da competitividade das empresas. Com mais de meio sculo de existncia, todo o seu trabalho projetado negcio ANDE e de investimento com uma perspectiva de longo prazo, que anda de mos dadas com o crescimento, sucesso e desenvolvimento das regies do Paraguai e seu povo. Atravs de suas agncias, a empresa est atualmente envolvido nos mercados de gerao, transmisso e distribuio de electricidade e os servios e produtos associados a estas actividades. Sua misso manter viva a sua proposio de valor por empresas especializadas e alinhado, gerar razes expressas como identificao completa, conhecimento e integrao com todos os interessados em sua rea de influncia, oferecendo servios de qualidade atravs de empresas especializadas e alinhados, minimizando o risco de fornecer fornecimento de educao de qualidade baseada na gesto por valores, construir, fortalecer e estender a reputao e liderana de pensamento. Atualmente atende a mais de 2 milhes de clientes de distribuio de energia eltrica atravs de suas agncias. Consciente de que o investimento tem o poder consolidado no pas e as suas actividades no sector da energia so desenvolvidos em todo o pas, ANDE assume os desafios que isso implica responsabilidade e aspira se tornar um parceiro construtivo para o desenvolvimento de

regies de nosso pas, contribuindo com seu conhecimento para melhorar a cadeia de valor energtico. Transmisso O resumo dos dados fsicos do sistema de transmisso existente em 2009 apresentada na tabela seguinte:

O sistema de transmisso consta ilustraes grficas que fornecem insights sobre as linhas existentes e futuras linhas de transmisso construdas pela ANDE na rea metropolitana de Asuncin.

Sistema Metropolitano

SE San Lorenzo

SE Parque Caballero

SE Puerto Botnico

SE Puerto Sajonia

SE Lambar

Interligao A interligao do sistema com os pases vizinhos apresentado no grfico seguinte.

Interrupo freqncia e durao Em 2005, o nmero mdio de interrupes por assinante foi de 16,4, enquanto a durao das interrupes por assinante foi de 7,58 horas. Embora o nmero de interrupes apenas ligeiramente acima do que a mdia ponderada para LAC , 13 interrupes, a durao bem abaixo da mdia ponderada de 14 horas. [5] BlackoutsBlackouts Apesar de consumir menos do que 6 TWh por ano e perto de exportao para 45 TWh por ano, o Paraguai enfrenta apages, bem como um risco srio de sofrer uma crise energtica. Este o resultado de as limitaes tanto a transmisso e sistemas de distribuio. [ 7 ] O teto do sistema colocada por ANDE do em 1.700 MW, com demanda acima de 1.500 MW em 2008. [7] a capacidade de transmisso urgentemente necessria para evitar uma crise de abastecimento [7] em um sistema em que a qualidade e um servio adequado tcnico praticamente inexistente. [3] Diferentes autores acreditam que o preo recebido pela energia vendida ao Brasil (a partir de partes do Paraguai em Itaipu) e tambm para a Argentina, em certa medida (a partir de sua participao em Yacyret) atualmente muito baixa. O "preo justo", estabelecido pelo Tratado de Itaipu foi concebido com base em uma "compensao para a concesso de energia" e no com base em uma troca comercial. Este preo se manteve muito baixo (cerca de EUA $ 2,81 por MWh). Argumenta-se que, se esse preo era mais em linha com os preos

da electricidade reais no mercado brasileiro, o Paraguai teria recursos suficientes para reforar a sua capacidade de transmisso de eletricidade. Perdas na Distribuio e Transmisso Em 2005, as perdas na distribuio no Paraguai eram tem alta de 31%, bem acima dos 13,5% mdia ponderada para LAC (America latina e caribe) e at de cerca de 22% em 2001 Perdas do sistema tornaram-se um problema srio nos ltimos anos, tendo seguido uma tendncia contnua para cima. O maior percentual de perdas ocorre no Sistema Interligado Nacional (SIN), enquanto os restantes corresponde s empresas bi-nacionais. No SIN, as perdas na distribuio representaram 23% do total em 2003, enquanto as perdas de transmisso, de acordo com a ANDE, eram 7,3%. ANDE estabeleceu a meta de 23% para perdas de energia eltrica para o ano de 2010. Hidreltricas Itaipu Paran River Em abril de 1973, os governos do Brasil e Paraguai assinaram o Tratado de Itaipu, pela qual decidiu-se criar uma entidade binacional para aproveitamento hidreltrico do Rio Paran . Esta entidade foi constituda por ANDE (Paraguai) e ELETROBRAS (Brasil). EUA 100 milhes dlares, onde contribuiu em partes iguais por ambas as empresas.

Itaip

Nmero de Unidades: 18 generadores, cada uno con una capacidad nominal de 700 MW (9 pertenecen al Paraguay y los dems 9 al Brasil). Potencia Disponible: 6300 MW para el Paraguay. Estado Actual: en operacin.Yacyret

Vista da represa Yacyret a jusante

Em dezembro de 1973, os governos da Argentina e Paraguai assinaram o Tratado de Yacyret, pelo qual ANDE e Agua y Energa constituiu a Entidade Binacional, cujo objetivo o aproveitamento hidreltrico do rio Paran. EUA 100 milhes dlares, onde contribuiu em partes iguais por ambas as empresas.

Yacyret

Nmero de Unidades: 20 generadores, cada uno con una capacidad nominal de 175 MW (10 pertenecen al Paraguay y los dems a la Argentina). Potencia Disponible: 1750 MW para el Paraguay. Estado Actual: 20 unidades operando con cota reducida (100 MW cada una).

Acaray O Paraguai tornou-se autossuficiente em energia quando entrou em funcionamento, em 1976, complexo hidreltrico de Acaray, com capacidade para 190 MW. A inaugurao do complexo binacional brasileiro-paraguaio de Itaipu (12 000 MW), no rio Paran, tornou o Paraguai exportador de energia, principalmente para o Brasil. Dois outros projetos, de Yacyret-Apip e de Corpus, em cooperao com a Argentina, enfretaram uma srie de problemas, dentre os quais avultavam os de financiamento. Nmero de unidades: 4 geradores, cada um com capacidade nominal de 50 MW (Acaray pertence ANDE). Alimentao Disponvel: 200 MW Estado: em operao.