lydice sant¢â‚¬â„¢ anna meira biografia lydice...

Download LYDICE SANT¢â‚¬â„¢ ANNA MEIRA BIOGRAFIA LYDICE SANT¢´ANNA MEIRA HADDAD, filha de Nice Sant¢´Anna Meira e

Post on 02-Nov-2020

1 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • LYDICE SANT’ ANNA MEIRA HADDAD

    EFEITO DE FUNGOS MICORRÍZICOS ARBUSCULARES SOBRE O

    PARASITISMO DO NEMATÓIDE DAS GALHAS EM PLANTAS DE

    BANANEIRA MICROPROPAGADAS

    Tese apresentada à Universidade Federal de Viçosa, como parte das exigências do Programa de Pós- Graduação em Microbiologia Agrícola, para obtenção do título de Doctor Scientiae.

    VIÇOSA MINAS GERAIS – BRASIL

    2008

    1

  • Livros Grátis

    http://www.livrosgratis.com.br

    Milhares de livros grátis para download.

  • LYDICE SANT’ ANNA MEIRA HADDAD

    EFEITO DE FUNGOS MICORRÍZICOS ARBUSCULARES SOBRE O

    PARASITISMO DO NEMATÓIDE DAS GALHAS EM PLANTAS DE

    BANANEIRA MICROPROPAGADAS

    Tese apresentada à Universidade Federal de Viçosa, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Fitopatologia, para obtenção do título de Doctor Scientiae.

    APROVADA: 28 de julho de 2008.

    Prof. Maurício Dutra Costa (Co-Orientador)

    Prof. Wagner Campos Otoni (Co-Orientador)

    Profa. Francilina Araújo Costa

    Prof. Leandro Grassi de Freitas

    Prof. Maria Catarina Megumi Kasuya (Orientadora)

    2

  • BIOGRAFIA

    LYDICE SANT´ANNA MEIRA HADDAD, filha de Nice Sant´Anna Meira e

    José Lydio Meira, nasceu no dia 11 de dezembro de 1976 em Sete Lagoas, no

    estado de Minas Gerais.

    No ano de 2002, concluiu o curso de Agronomia pela Universidade

    Federal de Viçosa e, em agosto do mesmo ano, iniciou o curso de Mestrado

    pelo Programa de Pós-Graduação em Microbiologia Agrícola na Universidade

    Federal de Viçosa (UFV), obtendo-se o título de Magister Scientiae em 2004.

    Em agosto de 2004, iniciou o curso de Doutorado pelo Programa de

    Pós-Graduação em Microbiologia Agrícola na UFV, submetendo-se a defesa

    em 28 de julho de 2008.

    3

  • “Se enxerguei mais longe, foi por estar apoiada sobre ombros de gigantes”

    (Isaac Newton)

    4

  • DEDICATÓRIA

    Ao meu amado filho Arthur, presente Divino e diário.

    Ao meu grande companheiro, amor e amigo, Fernando.

    Aos meus pais Nice e José Lydio: origem, alicerce, princípios e amor.

    Ao meu pai, José Lydio Meira Ofereço

    5

  • AGRADECIMENTOS

    À minha orientadora, Professora Maria Catarina Megumi Kasuya, pela

    orientação científica e profissional, exemplo de dedicação, que jamais será

    esquecido, pela confiança em mim depositada por todos esses anos e pela

    grande amizade.

    Ao Professor Maurício Dutra Costa pela amizade, contribuição e pelas

    valiosas sugestões.

    Ao Professor Wagner Campos Otoni que sempre acreditou em mim e

    em meu trabalho, sempre incentivando e auxiliando em etapas críticas.

    À amiga e Professora Francilina Araújo Costa, pela grande amizade,

    pelos valiosos ensinamentos e pelas sugestões deste trabalho.

    Ao Professor Leandro Grassi de Freitas pelas sugestões, apoio e

    incentivo para a realização desse trabalho.

    Ao Professor Dalmo Lopes de Siqueira pela doação do material vegetal.

    Ao meu marido, Dr. Fernando Haddad, pelo incentivo, apoio,

    compreensão e amor.

    Aos meus pais, Nice e José Lydio, pelo apoio, carinho e amor.

    Ao meu irmão, tios, tias, primos, primas, amigos, afilhados, sogro e

    sogra pelo apoio e compreensão.

    À amiga Gilmara Duarte Pereira pela nossa preciosa amizade e

    companheirismo em todos os momentos.

    Ao Bruno Coutinho Moreira pela amizade, auxílio, paciência, e grande

    dedicação durante a realização deste trabalho.

    Ao Ubiratan e à Ana Lúcia pela ajuda e disposição durante a condução

    de parte dos experimentos.

    Aos grandes amigos, Professor Marlon Corrêa Pereira e Marliane

    Soares da Silva pela amizade, excelente convívio e pelas valiosas conversas.

    Aos amigos do Laboratório de Associações Micorrízicas Adalberto

    Akihiko, Andréa, André, André Carvalho, André Marcos, André Narvaes,

    Cidinha, Cristiane, Daniela, Daniele, Denise, Fernanda, João Júlio, José Maria,

    6

  • Laélia, Mateus, Melissa, Muriel, Ozias, Priscila, Sabrina, Saulo, Tiago, Tomás,

    Vinícius, pelas seções de humor, pela convivência e pela amizade.

    À Dra. Rosângela Dallemole Giareta pelo auxílio em todas as etapas do

    trabalho com o patógeno e pela amizade formada a partir desta convivência

    diária.

    A todos os Professores do Departamento pelos ensinamentos.

    Aos funcionários do Departamento, em especial, Danilo, Evandro, Júlio,

    Sr. Toninho, Nilcéia e Laura pelo auxílio e convivência.

    À Universidade Federal de Viçosa, em particular o Departamento de

    Microbiologia, pela oportunidade de realizar o curso.

    À Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais

    (FAPEMIG) pela concessão da bolsa de estudo e aprovação do projeto.

    7

  • SUMÀRIO

    RESUMO................................................................................................... xi

    ABSTRACT............................................................................................... xii

    INTRODUÇÃO GERAL............................................................................ 01

    REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS......................................................... 10

    CAPÍTULO I

    Cultura dixênica do fungo micorrízico arbuscular Glomus clarum e o nematóide das galhas (Meloidogyne incognita) e atividade enzimática de

    raízes de cenoura (Daucus carota) transformadas

    RESUMO.................................................................................................... 17 1. INTRODUÇÃO....................................................................................... 18 2. MATERIAL E MÉTODOS...................................................................... 22

    2.1. Raízes de cenoura transformadas................................................ 22 2.2. Cultura monoxênica de Glomus clarum........................................ 22 2.3. Cultura monoxênica de Meloidogyne incognita............................ 23 2.4. Cultura dixênica de Glomus clarum e Meloidogyne incognita...... 24 2.5. Atividade enzimática em raízes de cenoura transformada........... 25

    3. RESULTADOS E DISCUSSÃO............................................................ 28 3.1. Cultura monoaxênica de Meloidogyne incognita.......................... 28 3.2. Cultura dixênica de Glomus clarum e Meloidogyne incognita...... 32 3.3. Atividade enzimática em raízes de cenoura transformada........... 38

    4. CONCLUSÕES...................................................................................... 43 5. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS...................................................... 44

    CAPITULO II Aclimatização de plantas de bananeira micropropagada micorrizadas

    in vitro

    RESUMO..................................................................................................... 50 1. INTRODUÇÃO........................................................................................ 51

    8

  • 2. MATERIAL E MÉTODOS....................................................................... 55 2.1. Material vegetal e cultivo in vitro...................................................... 55 2.2. Cultura monoaxênica de Glomus clarum......................................... 56 2.3. Sistema de cultivo tripartite in vitro.................................................. 56 2.4. Aclimatização das plantas............................................................... 58

    3. RESULTADOS E DISCUSSÕES.......................................................... 60 3.1. Sistema de cultivo tripartite in vitro................................................ 60 3.2. Aclimatização das plantas.............................................................. 65

    4. CONCLUSÕES..................................................................................... 72 5. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS..................................................... 73

    CAPÌTULO III

    Efeito protetor do fungo micorrízico arbuscular (Glomus clarum) aos nematóides das galhas (Meloidogyne incognita) em bananeiras

    micropropagada

    RESUMO..................................................................................................... 79 1. INTRODUÇÃO........................................................................................ 80 2. MATERIAL E MÉTODOS....................................................................... 85

    2.1. Material vegetal e cultivo in vitro...................................................... 85 2.2. Cultura monoxênica de FMA........................................................... 86 2.2. Inóculo do nematóide...................................................................... 86 2.3. Efeito de Glomus clarum no controle de Meloidogyne incognita

    em mudas de bananeira micropropagada em casa de

    vegetação.........................................................................................

    86

    2.4. Sistema de compartimentalização de raízes de bananeira

    micr