genesis ate levitico atualizado ate 15042010

Download Genesis ate levitico   atualizado ate 15042010

Post on 23-Jun-2015

1.277 views

Category:

Education

4 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 1. GNESIS Porqu devo estud-lo?

2. Simples

  • Gnesis pode muito bem ser considerado o livro mais importante que j foi escrito. Aqui ns temos o fundamento da Bblia toda e o bero da doutrina bblica. O livro de Gnesis sozinho nos d o relato da criao, da origem humana e da queda do homem. Este livro traa o fundamento para toda profecia bblica. Quando os homens rejeitam a autoridade de Gnesis, perdem a base de toda verdade espiritual. Eles literalmente no sabem de onde vm e nem para onde vo.

3. O Ttulo

  • *A palavra Gnesis significaorigem . Gnesis, sem dvida nenhuma, o livro das origens. Em Gnesis ns temos a origem do universo, do nosso sistema solar, da vida, do homem, do pecado, do casamento, dos idiomas, da indstria, do governo, da religio e da nao de Israel.

4. Relatos sobre as origens:

  • 1. Geraes do Universo -- Gnesis 2:4.2. Geraes de Ado -- Gnesis 5:1.3. Geraes de No -- Gnesis 6:9.4. Geraes dos filhos de No -Gnesis 10:1.5. Geraes de Sem -- Gnesis 11:10.6. Geraes de Ter -- Gnesis 11:27.7. Geraes de Ismael -- Gnesis 25:12.8. Geraes de Isaque -- Gnesis 25:19.9. Geraes de Esa -- Gnesis 36:1, 9.10. Geraes de Jac -- Gnesis 37:2.

5. O Autor

  • Moiss foi o autor dos primeiros cinco livros da Bblia. Eles so chamados dePentateuco . Os judeus geralmente se referem aos autores do Velho Testamento como "Moiss e os profetas" [Lucas 24:27 e 44].

6. O Bero da Doutrina Bblica

  • Toda doutrina bblica tem seu fundamento no livro de Gnesis. Este livro mencionado mais de duzentas vezes no Novo Testamento. Sem o livro de Gnesis seria impossvel entendermos a Bblia.

7. Gnesis Como Uma Revelao

  • A. uma grande revelao - Gnesis revela o que o homem nunca poderia aprender por ele mesmo [J 38:1-6]. Gnesis o nico livro da histria da criao e dos primeiros dois mil e quinhentos anos da existncia humana.
  • B. parte de uma revelao progressiva - O restante da Bblia completa o que Gnesis comea. Gnesis faz a primeira promessa da redeno, e termina com a aparente vitria do pecado [Gnesis 50:26].
  • Exemplo: Gnesis 3:15 - Nesta primeira promessa evanglica, temos as sementes de toda a histria da redeno. O restante da Bblia realmente uma exposio deste versculo.

8. C. uma revelao da histria da salvao :

  • Note que em Gnesis h somente dois captulos descrevendo a histria do universo, e apenas nove captulos relatando a histria das naes. O livro constantemente estreito em seu escopo.
  • Trinta e nove captulos tratam da histria de Abrao, Isaque e Jac. O livro termina com os filhos de Jac no Egito. Estes homens eram os "Pais" das tribos de Israel. No Egito eles se tornaram uma grande nao. claro que o livro de Gnesis nos conduz a pessoa deCristo . Esta no apenas uma mera histria da humanidade, mas o plano de salvao de Deus na histria.

9. A queda dos ismos

  • A. Atesmo - Gnesis 1:1 afirma a existncia de Deus.
  • B. Agnosticismo - Os agnsticos afirmam que ningum pode saber se Deus existe. Gnesis 1:1 assume que todo homem por natureza sabe que Deus existe.
  • C. Politesmo - A maior parte da humanidade acredita em muitos deuses. Gnesis 1:1 fala de um s Deus.
  • D. Pantesmo - Esta filosofia afirma que Deus e o universo so um. A maioria das religies orientais so baseadas em tais conceitos. Gnesis 1:1 ensina que Deus separado e transcende o universo. Ele um Deus pessoal, e no apenas uma fora universal.

10. E...

  • E. Materialismo - Esta filosofia afirma que a matria eterna. Gnesis 1:1 declara que a matria teve um comeo.
  • F. Dualismo - Os dualistas ensinam que o universo foi criado e controlado por duas foras opostas: uma boa e a outra m. Gnesis 1:1 ensina que existe um Deus, vivo e verdadeiro, que evidentemente supremo.
  • Estes e uma multido de outros "ismos" so destrudos por uma simples declarao de Deus.
  • O homem sem uma revelao inspirada como um navio sem bssola.

11. Uma ExposiodeGnesis 1:1-2

  • Versculo 1 - Na lngua hebraica este versculo tem apenas sete palavras. O quanto o Senhor pode dizer com poucas palavras.
  • "No princpio" - Se refere ao princpio do universo: a origem do tempo e matria.

12. "Deus"

  • Apropriadamente Deus o primeiro substantivo mencionado na Bblia. Perceba que a Bblia no discute ou tenta provar a Sua existncia. Espera-se de pessoas que so honestas com elas mesmas, reconhecerem a existncia de Deus. Este conhecimento universal entre os homens [Salmo 14:1; Salmo 19:1-3; Romanos 1:18-20]. No fcil ser um atesta, exige muito esforo.

13. Elohim

  • A palavra traduzida como DEUS, Elohimna lngua hebraica. Esta uma palavra particularmente misteriosa, pois ela ao mesmo tempo singular e plural. Cristos sempre tm visto nela uma implicao ou indicao da doutrina da trindade. Ela mais implcita no uso dos pronomes plurais [Gnesis 1:26; 11:7]. O restante da Bblia esclarece a verdade da Trindade to obscuramente vista na palavraElohim .

14. A Trindade

  • Em outras partes da Bblia, ns somos ensinados que a criao foi um trabalho de todas as trs pessoas da Trindade Divina. Isto prova que os todos os trs soElohim .
  • A. Deus Pai - Gnesis 1:1; J 38:1-4.
  • B. Deus Filho - Joo 1:1-3; Efsios 3:9; Colossenses 1:16-17.
  • C. Deus Esprito Santo - Gnesis 1:2; J 26:13

15. "Criou"

  • Esta palavra significa criar do nada. usada somente com referncia a Deus.

16. "Os cus e a terra"

  • Esta frase se refere a todo o universo.

17. Versculo 2

  • Aqui Deus comea a explicar exatamente como Ele criou o universo. Primeiramente uma massa de matria foi criada. Ela era "sem forma e vazia". Esta expresso significa que a terra no tinha formato e s havia vcuo. Nos dias que se seguiram a criao, Deus deu forma a massa que hoje ns conhecemos por Terra. Ele ento a encheu com plantas e animais.
  • muito interessante notar que neste verso o Esprito Santo mencionado. Ele trabalhou no desenho e embelezamento do universo [J 26:13].
  • Nos dito que "Ele movia-se sobre a face das guas" pois naquele momento a gua cobria tudo

18. eee...

  • Somente o pecado pode impedir algum de ver Deus revelado na criao. A Bblia assume que a existncia de Deus fato auto-evidente.
  • B. Como glorioso o relato bblico da criao. Que contraste com os mitos do paganismo ou as teorias da falsa cincia. Quo profundo o pensamento de que o universo foi criado por um Deus onisciente e onipotente, mas, no entanto, um Deus pessoal.
  • C. Como maravilhosa a unidade da Bblia. Embora ela tenha sido escrita por mais de quarenta autores, num perodo de mil e quinhentos anos, ela um livro s. Pense como o mistrio da tri-unidade de Deus gradualmente revelado e est implcita desde o comeo das Escrituras.

19. O mistrio dos Dias

  • Considere o seguinte:
  • 1. Onde quer que a palavra hebraicayomaparea junto com um nmero (primeiro, segundo, etc.) ela sempre se refere a um dia literal.
  • 2. Estes dias esto em conexo com a rotao ordinria da terra [vers. 16]. Cada dia tinha manh e tarde [vers. 8].
  • H ainda muitas outras provas, mas estas so bvias e deveriam ser suficientes. No h razo para interpretarmos a Bblia de outra maneira.

20. O Primeiro Dia - versculos 3-5.

  • A primeira coisa criada por Deus foi a luz
  • [Tiago 1:17; I Joo 1:5]. Ela usada para representar a santidade, o conhecimento, e o poder criador de Deus. A criao da luz tambm usada como uma figura do Novo Nascimento [II Corntios 4:6]. Na salvao, Cristo traz luz a alma que estava em trevas [I Joo 5:20].

21. O Segundo Dia - versculos 6-8

  • No segundo dia Deus criou o firmamento. A palavra firmamento significa "expanso", e se refere ao cu que est ao nosso redor. Antes do segundo dia, as guas estavam em todo lugar como lquido e vapores. Deus separou as guas que estavam sobre a terra das guas que estavam acima, nas nuvens. Isto deixou uma atmosfera ao nosso redor, como ns a conhecemos.

22. O Terceiro Dia - versculos 9-13

  • No terceiro dia Deus separou a terra ou poro seca, das guas [J 38:11]. Antes disso, a terra era coberta de gua. Tambm neste dia, foram criadas todas as formas de vegetao. Note que junto com a criao da vida, mencionado que ela iria se propagar segundo a sua espcie [vers. 12]. Isto foi sem dvida deixado claro, para antecipadamente contradizer toda falsa doutrina (criao espontnea, evoluo e outras teorias falsas).

23. O Quarto Dia - versculos 14-19

  • No quarto dia Deus fez os corpos celestes, como ns os conhecemos hoje. Possivelmente eles j existiam [vers. 1], mas no brilhavam ou executavam suas funes ainda. De qualquer modo, no quarto dia, o sol, a lua, os planetas e as estrelas comearam a brilhar. O propsito disso nos dado no versculo 14.
  • Nota: O firmamento do versculo 8, diferente daquele do versculo 15. Ambos so expanso, mas um se refere ao lugar onde os pssaros voam e o outro ao espao sideral.

24. O Quinto Dia - versculos 20-23

  • No quinto dia Deus criou os animais que vivem nas guas e tambm os pssaros. Perceba novamente, que cada um se reproduz segundo a sua espcie.

25. O Sexto Dia - versculos 24-26

  • No sexto dia Deus criou todos os animais terrestres e os insetos. Note que a cada dia da criao, Deus d