cyrela brazil realty s.a. empreendimentos e · pdf filecyrela brazil realty s.a....

Click here to load reader

Post on 18-Aug-2018

216 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Cyrela Brazil Realty S.A.

    Empreendimentos e Participaes

    Demonstraes Financeiras Individuais e Consolidadas Referentes ao Exerccio Findo em 31 de Dezembro de 2016 e Relatrio dos Auditores Independentes sobre as Demonstraes Financeiras

    Deloit te Touche Tohmatsu Auditores Independentes

  • RELATRIO DO AUDITOR INDEPENDENTE

    SOBRE AS DEMONSTRAES FINANCEIRAS INDIVIDUAIS E

    CONSOLIDADAS

    Aos Acionistas, Conselheiros e Diretores da

    Cyrela Brazil Realty S.A. Empreendimentos e Participaes

    So Paulo - SP

    Opinio

    Examinamos as demonstraes financeiras individuais e consolidadas da Cyrela Brazil

    Realty S.A. Empreendimentos e Participaes (Companhia), identificadas como

    Controladora e Consolidado, respectivamente, que compreendem o balano patrimonial

    em 31 de dezembro de 2016 e as respectivas demonstraes do resultado, do resultado

    abrangente, das mutaes do patrimnio lquido e dos fluxos de caixa para o exerccio

    findo nessa data, bem como as correspondentes notas explicativas, incluindo o resumo

    das principais polticas contbeis.

    Opinio sobre as demonstraes financeiras preparadas de acordo com as

    prticas contbeis adotadas no Brasil

    Em nossa opinio, as demonstraes financeiras individuais e consolidadas acima

    referidas apresentam adequadamente, em todos os aspectos relevantes, a posio

    patrimonial e financeira da Cyrela Brazil Realty S.A. Empreendimentos e Participaes

    em 31 de dezembro de 2016, o desempenho de suas operaes e os seus fluxos de caixa

    para o exerccio findo nessa data, de acordo com as prticas contbeis adotadas no

    Brasil.

    Opinio sobre as demonstraes financeiras consolidadas preparadas de acordo

    com as Normas Internacionais de Relatrio Financeiro (IFRSs), aplicveis a

    entidades de incorporao imobiliria no Brasil, como aprovadas pelo Comit de

    Pronunciamentos Contbeis - CPC, pela Comisso de Valores Mobilirios - CVM

    e pelo Conselho Federal de Contabilidade - CFC

    Em nossa opinio, as demonstraes financeiras consolidadas acima referidas

    apresentam adequadamente, em todos os aspectos relevantes, a posio patrimonial e

    financeira consolidada da Companhia em 31 de dezembro de 2016, o desempenho

    consolidado de suas operaes e os seus fluxos de caixa consolidados para o exerccio

    findo nessa data, de acordo com as Normas Internacionais de Relatrio Financeiro

    (IFRSs) aplicveis a entidades de incorporao imobiliria no Brasil, como aprovadas

    pelo CPC, pela CVM e pelo CFC.

  • Base para opinio

    Nossa auditoria foi conduzida de acordo com as normas brasileiras e internacionais de

    auditoria. Nossas responsabilidades, em conformidade com tais normas, esto descritas

    na seo a seguir intitulada Responsabilidades do auditor pela auditoria das

    demonstraes financeiras individuais e consolidadas. Somos independentes em

    relao Companhia e suas controladas, de acordo com os princpios ticos relevantes

    previstos no Cdigo de tica Profissional do Contador e nas normas profissionais

    emitidas pelo Conselho Federal de Contabilidade, e cumprimos com as demais

    responsabilidades ticas de acordo com essas normas. Acreditamos que a evidncia de

    auditoria obtida suficiente e apropriada para fundamentar nossa opinio.

    nfase

    Conforme descrito na nota explicativa n 2, s demonstraes financeiras individuais

    (controladora) e consolidadas foram elaboradas de acordo com as prticas contbeis

    adotadas no Brasil. As demonstraes financeiras consolidadas preparadas de acordo

    com as IFRSs aplicveis a entidades de incorporao imobiliria consideram

    adicionalmente a Orientao OCPC 04 - Aplicao da Interpretao Tcnica ICPC 02 s

    Entidades de Incorporao Imobiliria Brasileiras editada pelo CPC. Essa orientao

    tcnica trata do reconhecimento da receita desse setor e envolve assuntos relacionados

    ao significado e aplicao do conceito de transferncia contnua de riscos, benefcios e

    controle na venda de unidades imobilirias, conforme descrito em maiores detalhes na

    nota explicativa n 2.8. Nossa opinio no est ressalvada em virtude desse assunto.

    Principais assuntos de auditoria

    Principais assuntos de auditoria so aqueles que, em nosso julgamento profissional,

    foram os mais significativos em nossa auditoria do exerccio corrente. Esses assuntos

    foram tratados no contexto de nossa auditoria das demonstraes financeiras individuais

    e consolidadas como um todo e na formao de nossa opinio sobre essas

    demonstraes financeiras individuais e consolidadas e, portanto, no expressamos uma

    opinio separada sobre esses assuntos.

    a) Reconhecimento de receitas

    A Companhia reconhece parte substancial das receitas e custos durante a execuo das

    obras, conforme descrito nas notas explicativas n 2.8 a) e n 25. Os procedimentos

    utilizados pela Companhia envolvem estimativas significativas por parte da

    Administrao, como por exemplo, prever os custos a serem incorridos at o final das

    obras. Consequentemente, devido ao fato de tais estimativas utilizarem premissas

    subjetivas que podem ou no se concretizar, consideramos o assunto como um risco

    significativo em nossa abordagem de auditoria, que exigiu consideraes especiais

    durante a execuo de nossos procedimentos.

  • Identificamos os processos e as atividades de controles implementados pela Companhia,

    principalmente nas reas de engenharia e na contabilidade, e efetuamos procedimentos

    especficos de auditoria, que incluem, mas no se limitam a: (i) obteno das

    estimativas de custos a serem incorridos at o final de cada empreendimento, preparadas

    e aprovadas pela rea de engenharia; (ii) questionamentos sobre a razoabilidade de

    algumas das premissas utilizadas para elaborao do oramento; (iii) anlise das

    variaes dos principais dados utilizados na apropriao imobiliria, incluindo receitas,

    custos e margens; (iv) reclculo do mapa de apropriao imobiliria e confronto com os

    saldos apresentados nas demonstraes financeiras; (v) seleo de transaes de vendas

    e custos incorridos durante o exerccio com base em amostragem estatstica, e confronto

    com a respectiva documentao suporte para verificar se representavam receitas e

    custos vlidos e adequados com o ramo de atividade; e (vi) avaliao da adequao das

    divulgaes realizadas nas demonstraes financeiras.

    b) Partes relacionadas e Conta-corrente com parceiros nos empreendimentos

    A Companhia possui transaes significativas com partes relacionadas e conta-corrente

    com parceiros nos empreendimentos, decorrentes de transferncia de numerrio com

    suas controladas e coligadas conforme notas explicativas n 13 e n 14, cuja recuperao

    ou liquidao depende de negociaes entre os acionistas, da lucratividade dos

    empreendimentos ou da obteno de garantias, e, portanto, entendemos que existe um

    risco de que alguns montantes no sejam realizados ou exigidos pelos valores

    apresentados nas demonstraes financeiras, e consequentemente, exigiu consideraes

    especiais durante a execuo de nossos procedimentos de auditoria.

    Identificamos os processos e as atividades de controles implementados pela Companhia,

    e efetuamos procedimentos especficos de auditoria, que incluem, mas no se limitam a:

    (i) anlise da lucratividade dos empreendimentos e confronto com a respectiva

    documentao suporte, a fim de concluir se os montantes registrados nos ativos so

    realizveis; (ii) seleo de determinados valores e obteno dos contratos relacionados,

    se aplicvel, analisando se as condies determinadas nos contratos foram refletidas nas

    demonstraes financeiras; e (iii) avaliao da adequao das divulgaes realizadas nas

    demonstraes financeiras.

  • c) Distratos com clientes

    A Administrao realiza anlises peridicas, a fim de identificar se existem evidncias

    objetivas que indiquem que os benefcios econmicos associados receita apropriada

    podero no fluir para a entidade, conforme descrito nas notas explicativas n 2.8 a) e n

    19. Caso existam tais evidncias, a respectiva proviso para distrato registrada.

    Consequentemente, devido ao fato de tais estimativas poderem ou no se concretizar,

    entendemos que existe um risco significativo que exigiu consideraes especiais durante

    a execuo de nossos procedimentos de auditoria. As principais premissas utilizadas

    referem-se aos saldos do contas a receber em atraso, valores estimados a serem retidos

    dos clientes, margem do reconhecimento dos projetos, entre outras.

    Identificamos os processos e as atividades de controles implementados pela Companhia,

    e efetuamos procedimentos especficos de auditoria, que incluem, mas no se limitam a:

    (i) reclculo da estimativa preparada pela administrao; (ii) anlise da razoabilidade

    das premissas utilizadas no clculo da proviso efetuada; (iii) adequao da poltica de

    crdito utilizada pela Companhia; e (iv) avaliao da adequao das divulgaes

    realizadas nas demonstraes financeiras.

    d) Aquisio de participao societria

    Conforme divulgado na nota explicativa n 7, a Companhia adquiriu participaes

    societrias em determinadas Entidades e, portanto, necessitou efetuar a avaliao

    preliminar dos ativos e passivos adquiridos a valor justo, que envolveram incerteza na

    elaborao das estimativas.

    Efetuamos procedimentos especficos de auditoria, que incluem, mas no se limitam a:

    (i) anlise dos instrumentos de compra, bem como do tratamento contbil adotado

View more