cp032/14 - obras termo de referência 1. objeto 3. 032-14 - termo de... · pdf file...

Click here to load reader

Post on 21-Jan-2019

219 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • FUNDAO DE APOIO AO HEMOSC/CEPON

    R. Presidente Coutinho, 160 /fax (0xx 48) 3212.1300 - e-mail: fahece@fahece.org.br - 88015-230 - FLORIANPOLIS SC

    CP032/14 - OBRAS TERMO DE REFERNCIA

    1. OBJETO

    Contratao de empresa especializada para prestao de servios de manuteno corretiva/preventiva predial nas dependncias do Hemocentro Regional de Joinville, Agncia Transfusional e Unidade de Coleta de Jaragu do Sul abrangendo instalaes hidro sanitrias, pluviais, lgicas, eltricas, civis e de telefonia. 2. JUSTIFICATIVA

    A contratao de empresa especializada para prestao dos servios descritos neste termo de referncia justifica-se mediante a resciso contratual com a empresa atualmente responsvel pela execuo destes servios. 3. CONDIES PARA CONTRATAO 3.1. Qualificao da contratada:

    A empresa dever apresentar:

    3.1.1. Atestado de pessoa jurdica de direito pblico ou privado, que comprove que a empresa desempenha atividades compatveis com o objeto contratado. 3.1.2. Documentao do profissional legalmente habilitado junto ao CREA, engenheiro civil, que ser o responsvel tcnico pela fiscalizao e administrao dos servios de manuteno. 3.1.3. Lista de profissionais que estaro executando aos chamados de manuteno sob a responsabilidade do engenheiro, sendo que para trabalhos de manuteno eltrica obrigatrio apresentar um profissional com certificao dos cursos de NR10. A CONTRATADA dever entregar ao Hemocentro Regional de Joinville o formulrio preenchido (Anexo II), com os endereos, telefones (fixo e celular) e fax, devendo atender aos chamados do Hemocentro Regional de Joinville, da Agncia Transfusional e da Unidade de Coleta de Jaragu do Sul.

    3.2. Garantias contratuais:

    Conforme minuta do contrato. 4. CONDIES PARA PRESTAO DOS SERVIOS 4.1. Local:

    4.1.1. Hemocentro Regional de Joinville situado na Avenida Getlio Vargas, 198 - Anita Garibaldi, Joinville/SC;

    4.1.2. Ag. Transfusional (com aproximadamente 60m) do Hospital Regional Hans Dieter Schmidt, situado na Rua Xavier Arp, Boa Vista. Joinville/SC.

    4.1.3. Unidade de Coleta de Jaragu do Sul, situado na Rua Santos Dumontt, s/n, Jaragu do Sul/SC.

    4.2. Modo para prestao dos servios: 4.2.1. O Hemocentro Regional de Joinville responsvel pelos servios que sero executados na Agncia Transfusional e Unidade de Coleta de Jaragu do Sul. Toda e quaisquer dvidas referente realizao dos servios a CONTRATADA estar reportando-se ao Hemocentro.

  • FUNDAO DE APOIO AO HEMOSC/CEPON

    R. Presidente Coutinho, 160 /fax (0xx 48) 3212.1300 - e-mail: fahece@fahece.org.br - 88015-230 - FLORIANPOLIS SC

    4.2.2. Para a prestao de servios ao Hemocentro Regional de Joinville e a Agncia Transfusional e Unidade de Coleta de Jaragu do Sul, a CONTRATADA dever receber as solicitaes de servio por e-mail ou telefone. As solicitaes de servios sero encaminhadas a CONTRATADA conforme Anexo III, que ter o prazo de 48 horas para disponibilizar um profissional habilitado. 4.2.3. Na prestao de servios caracterizado pela CONTRATANTE como emergencial (via ligao telefnica), a CONTRATADA dever responder ao chamado no prazo de 2 horas, conforme itens abaixo:

    4.2.3.1. Os servios de manuteno corretiva emergencial correspondem s atividades de diagnstico, reparos emergenciais e auxilio no transporte de equipamentos para evacuao mediante sinistros e na ocorrncia de infortnios aos setores tcnicos e laboratoriais; 4.2.3.2. A manuteno corretiva emergencial dever ser atendida ilimitadamente quando acionada pela CONTRATANTE, servio esse que ainda inclui ajustes, verificao e substituio de peas e acessrios considerados necessrios pela CONTRATADA;

    4.2.4. O tempo de resposta s chamadas corretivas emergencial ser de no mximo 2 horas, contadas a partir da abertura do chamado junto CONTRATADA (via ligao telefnica) e a chegada do tcnico para diagnstico do problema no local. 4.2.5. Todos os servios prestados ao Hemocentro Regional de Joinville e Agncia Transfusional e Unidade de Coleta de Jaragu do Sul devero ser preenchidos, anexo III, para que fique registrado: horrio do encaminhamento da solicitao do servio a CONTRATADA, horrio da chegada do tcnico ao local, o motivo do chamado, o diagnstico, a soluo adotada e relao de materiais utilizados. Obrigatoriamente este documento (anexo III) deve ser assinado pelo tcnico que executou o servio e o engenheiro responsvel pela fiscalizao e entregue ao Hemocentro Regional de Joinville para controle e liberao de pagamento do ms. 4.2.6. Todos os materiais e peas necessrias para a execuo dos servios sero de responsabilidade da CONTRATADA, no limite mximo de R$ 6000,00 (seis mil reais) anuais. Este valor ser para atender as 02 unidades do HEMOSC. Os gastos que ultrapassarem este teto correr por conta da CONTRATANTE via Coleta de Preo. 4.2.7. A CONTRATADA deve submeter para aprovao da CONTRATANTE e INTERVENIENTE/BENEFICIRIO os valores de servios no previstos em contrato, que sero adquiridos atravs de Autorizao de Fornecimento (AF), emitida pela CONTRATANTE; 4.2.8. Para o controle de gastos com materiais e peas pelo Hemocentro Regional de Joinville, as notas ficais das despesas devero ser anexadas ao seu respectivo formulrio, Anexo III. 4.2.9. A CONTRATADA dever providenciar o transporte, destinao e descarte do detritos/entulhos, observando a legislao ambiental pertinente. 4.2.10. Toda material adquirido que no for utilizado dever ser encaminhado ao Hemocentro Regional de Joinville, responsvel pelo controle e guarda dos materiais. Caso seja retirado/substituido algum material/peas que possam ser reaproveitados, ficar sob responsabilidade do Hemocentro definir guarda. 4.2.11. Sempre que necessrio a CONTRATADA disponibilizar a CONTRATANTE, quando solicitado, at 04 (quatro) colaboradores treinados para executar servio eventual, extras rotina remunerada.

    4.3. Descrio dos servios de manuteno preventiva e corretiva:

    Os servios considerados objeto deste Termo de Referncia devero ser executados utilizando-se tcnicas e rotinas adequadas, e em estrita concordncia e respaldo s normas tcnicas vigentes, de modo a garantir o perfeito e ininterrupto funcionamento do Hemocentro Regional de Joinville e da Agncia Transfusional e Unidade de Coleta de Jaragu do Sul. A execuo dos servios dever ser realizada, ainda, de acordo com os projetos hidrulicos, eltricos e arquitetnicos e demais itens pertinentes ao Hemocentro Regional de Joinville e a Agncia Transfusional e Unidade de Coleta de Jaragu do Sul.

    4.3.1. Servios a serem executados (telefonia)

  • FUNDAO DE APOIO AO HEMOSC/CEPON

    R. Presidente Coutinho, 160 /fax (0xx 48) 3212.1300 - e-mail: fahece@fahece.org.br - 88015-230 - FLORIANPOLIS SC

    4.3.1.1. Promover os reparos ou consertos detectados nas verificaes, inclusive a substituio de elementos avariados; 4.3.1.2. Promover as modificaes dos pontos de telefonia e ampliaes de pequeno porte nas instalaes telefnicas. 4.3.2. Servios a serem executados (civil)

    Os servios de manuteno e conservao das instalaes civis normalmente restringem substituio de elementos quebrados ou deteriorados. Esta substituio deve ser feita aps a remoo do elemento falho e da reconstituio original, se assim for o caso, de sua base de apoio, adotando-se, ento, o mesmo processo construtivo original da edificao.

    Conforme o caso, necessria a substituio de toda uma rea ao redor do elemento danificado, de modo que, na reconstituio do componente, no sejam notadas reas diferenciadas, manchadas ou de aspecto diferente, bem como seja garantido o mesmo desempenho do conjunto.

    Se a deteriorao do elemento for derivada de causas ou defeitos de base, dever esta tambm ser substituda. Outras causas decorrentes de sistemas danificados de reas tcnicas diversas como hidrulica, eltrica e outras, devero ser verificadas e sanadas antes da correo das instalaes civis.

    Lista dos servio de manuteno corretiva/preventiva: 4.3.2.1. Verificar telhados e suas estruturas, checando a proteo dos rufos, capacidade de escoamento e pontos de interferncia, de forma a identificar e corrigir falhas e anomalias, quando constatadas; 4.3.2.2. Verificar revestimentos de paredes, tetos e pisos (pintura, azulejos, cermicas, granito, rejuntamentos, rodaps, fixaes, protees, calafetao de juntas), realizando eventuais correes; 4.3.2.3. Verificar revestimentos internos e externos, eliminando a existncia de trincas, descolamentos, manchas e infiltraes, realizando eventuais correes de falhas constatadas; 4.3.2.4. Verificar forros internos e recuperar os pontos defeituosos, utilizando os mesmos materiais anteriormente empregados, de forma a manter o nivelamento e a pintura na mesma cor j existente; 4.3.2.5. Verificar regulagem, alinhamento, ajustes de presso, lubrificaes de portas e janelas, consertos ou, se necessrio, substituies de fechaduras, travas, dobradias, molas hidrulicas, prendedores, puxadores, trincos, incluindo servios de plaina, executando correes quando forem constatadas falhas; 4.3.2.6. Verificar caixas de incndio, quadros de distribuies eltricos, quadros telefnicos e molduras de equipamentos de ar condicionado, corrigindo o que for necessrio; 4.3.2.7. Verificar caladas, ptios, revestimentos de pisos, acessos, cercas, gradis, corrimos, alambrados, muros e portes, corrigindo falhas quando constatadas; 4.3.2.8. Verificar a estabilidade dos muros e fixao dos gradis, regularizando os pontos instveis e corrigindo falhas na estrutura; 4.3.2.9. Verificar estruturas do concreto armado e de madeira, realizando correes caso existirem dilataes, quebras, trincas, recalques, etc; 4.3.2.10. Verificar paredes eliminando quebras, trincas, fissuras, desgastes, pinturas, efetuando correes nas mesmas necessrias; 4.3.2.11. Verificar lajes e marquises impermeabilizadas, realizando correes, eliminando infiltraes ou vazamentos, quando constatados. Caso seja necessrio, proceder

View more