código de ética

Click here to load reader

Post on 30-Oct-2015

512 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Preparatrio

    SADE DF ENFERMEIRO

    AULA 1

    Preparatrio para concurso pblico

    Prof. Marcelo Musa Abed

  • Preparatrio

    Contedo

    Fundamentos do Exerccio da Enfermagem.

    Lei do Exerccio Profissional (Lei n.

    7.498/1986 Regulamentada pelo Decreto

    94.406/1987). Cdigo de tica e

    Deontologia de Enfermagem anlise

    crtica.

    Administrao dos Servios de

    Enfermagem.

    Teorias Administrativas e Teorias de

    Enfermagem.

  • Preparatrio

    OBSERVAES

    EDITAL NORMATIVO N 6, DE 31 DE MARO DE 2011.

    CONCURSO PBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS E FORMAO

    DE CADASTRO-RESERVA PARA O CARGO DE ENFERMEIRO

  • Preparatrio

    2. DAS ESPECIALIDADES

    2.1. CARGO: ENFERMEIRO ESPECIALIDADE: ENFERMEIRO (CDIGO 101)

    2.1.1. REQUISITOS: diploma, devidamente registrado, de concluso de curso de graduao em Enfermagem, expedido por instituio de ensino superior reconhecida pelo Ministrio da Educao, e registro no Conselho de Classe.

    2.1.2. DESCRIO SUMRIA DAS ATRIBUIES: planejar; coordenar; supervisionar e avaliar atividades e aes de enfermagem no mbito da assistncia, pesquisa e docncia, nos diferentes nveis de complexidade das aes de sade, observando o Cdigo de tica e a legislao de enfermagem; participar de programas de treinamentos; e executar outras atividades de interesse da rea.

  • Preparatrio

    7. DA PROVA OBJETIVA

    7.1. Para as especialidades do cargo da carreira de enfermeiro as provas objetivas tero a durao de 4 (quatro) horas e sero aplicadas na data provvel de 12 de junho de 2011, no turno vespertino.

    7.3 Para as especialidades do cargo da carreira de enfermeiro, a prova objetiva abrange as reas de conhecimento constantes deste item e do Anexo I deste edital e ser composta da seguinte forma:

    a) prova objetiva de conhecimentos bsicos: 20 (vinte) questes, peso 1 (um);

    b) prova objetiva de conhecimentos especficos: 30 (trinta) questes, peso 2 (dois).

    7.3.1. A prova objetiva ser composta por questes de mltipla escolha, com 5 (cinco) alternativas em cada questo, para escolha de 1 (uma) nica resposta correta, e pontuao total variando entre o mnimo de 0,00 (zero) ponto e o mximo de 80,00 (oitenta) pontos, de acordo com o nmero de questes e os pesos definidos no subitem 7.3 deste edital.

  • Preparatrio

    ANEXO I OBJETOS DE

    AVALIAO 1. CONHECIMENTOS BSICOS PARA AS ESPECIALIDADES

    DOS CARGOS DA CARREIRA DE ENFERMEIRO

    1.1. LNGUA PORTUGUESA. 1. Compreenso e inteleco de textos.

    2. Tipologia textual.

    3. Coeso e coerncia.

    4. Figuras de linguagem.

    5. Ortografia.

    6. Acentuao grfica.

    7. Emprego do sinal indicativo de crase.

    8. Formao, classe e emprego de palavras.

    9. Sintaxe da orao e do perodo.

    10. Pontuao.

    11. Concordncia nominal e verbal.

    12. Colocao pronominal.

    13. Regncia nominal e verbal.

    14. Equivalncia e transformao de estruturas.

    15. Paralelismo sinttico.

    16. Relaes de sinonmia e antonmia.

  • Preparatrio

    ANEXO I OBJETOS DE

    AVALIAO 1.2. NOES DE DIREITO ADMINISTRATIVO. LEI n 8.112/1990,

    adotada pelo Distrito Federal por meio da Lei n 197, de

    4/12/1991.

    1.3. LEI ORGNICA DO DISTRITO FEDERAL. 1. Dos

    Fundamentos da Organizao dos Poderes e do Distrito Federal. 2.

    Da organizao do Distrito Federal. 3. Da Organizao

    Administrativa do Distrito Federal. 4. Dos Servidores Pblicos.

    1.4. SISTEMA NICO DE SADE. 1. Evoluo histrica da organizao do sistema de sade no Brasil e a construo do Sistema nico de Sade (SUS)

    princpios, diretrizes e arcabouo legal.

    2. Controle Social no SUS.

    3. Resoluo 333/ 2003 do Conselho Nacional de Sade. Poltica Nacional de Gesto Estratgica e Participativa do MS.

    4. Constituio Federal artigos de 194 a 200. 5.

    Lei Orgnica da Sude Lei n. 8.080/1990 e 8.142/1990.

    6. Determinantes Sociais da Sade.

    7. A Estratgia de Sade da Famlia sua evoluo, seus princpios e sua aplicao.

    8. Sistemas de Informao em Sade.

    9. O Pacto pela Sade. 10. O SUS/DF estrutura, organizao e funcionamento.

  • Preparatrio

    ANEXO I OBJETOS DE

    AVALIAO 2. CONHECIMENTOS ESPECFICOS PARTE COMUM PARA AS

    ESPECIALIDADES DO CARGO DA CARREIRA DE ENFERMEIRO.

    1. Fundamentos do Exerccio da Enfermagem.

    2. Lei do Exerccio Profissional (Lei n. 7.498/1986 Regulamentada pelo Decreto 94.406/1987). Cdigo de tica e Deontologia de Enfermagem anlise crtica. Biotica.

    3. Contextualizao da Enfermagem evoluo histrica da enfermagem.

    4. Processo Social de Mudana das Prticas Sanitrias no SUS e na Enfermagem.

    5. Administrao dos Servios de Enfermagem. 5.1. Normas, Rotinas e Manuais elaborao e utilizao na enfermagem.

    6. Teorias Administrativas e Teorias de Enfermagem.

    7. Enfermeiro como lder e agente de mudana.

    8. Concepes terico-prticas da Assistncia de Enfermagem.

    9. Sistematizao da Assistncia de Enfermagem.

    10. Auditoria em Enfermagem.

    11. Administrao dos servios de Enfermagem.

    12. Poltica Nacional de Humanizao da Gesto e da Ateno Sade.

    13. Poltica Nacional de Ateno s Urgncias.

    14. Atendimento pr-hospitalar.

    15. Portaria GM/MS n. 2.048 de 5/11/2002.

    16. Sistemas Estaduais de Urgncia e Emergncia.

    17. Planejamento e Gesto em Sade formulao e implementao de Polticas Pblicas.

    18. Conhecimento de Enfermagem em Gerenciamento dos Resduos de Servios de Sade.

    19. Epidemiologia e Enfermagem.

    20. Estatstica e Enfermagem.

  • Preparatrio

    ANEXO I OBJETOS DE

    AVALIAO 3. CONHECIMENTOS ESPECFICOS

    3.1. CARGO: ENFERMEIRO ESPECIALIDADE:

    ENFERMEIRO (CDIGO 101) 1. Administrao de materiais e enfermagem.

    1.1. Organizao dos servios de enfermagem.

    1.2. Estrutura e funcionamento dos servios de enfermagem.

    1.3. Planejamento na administrao e na assistncia de enfermagem em nvel ambulatorial, centro cirrgico, centro de material e esterilizao, na preveno e controle de infeco hospitalar.

    1.4. Enfermagem e recursos humanos recrutamento e seleo.

    1.5. Enfermagem na equipe de sade dimensionamento dos recursos humanos.

    1.6. Enfermagem, tomada de deciso na administrao da assistncia e do servio.

    1.7. Enfermagem na auditoria dos servios e da assistncia.

    2. Normas do Ministrio da Sade para atuao. 2.1. Programa Nacional de Imunizaes.

    2.2. Programa da Mulher.

    2.3. Programa da Criana.

    2.4. Programa do Adolescente.

    2.5. Programa do Homem.

    2.6. Programa do Idoso.

    2.7. Programa DST e AIDS.

    2.8. Programa de Hansenase.

    2.9. Programa de Pneumologia Sanitria.

    2.10. Programa de Hipertenso.

    2.11. Programa de Diabtico.

  • Preparatrio

    3. Processo de Enfermagem teoria e prtica.

    4. Consulta de enfermagem.

    5. Participao do Enfermeiro na CIPA.

    6. Enfermagem em situaes clnico-cirrgicas.

    7. Enfermagem em situaes de urgncia e emergncia.

    8. Assistncia de enfermagem em sade mental.

    9. Assistncia de enfermagem ao paciente crtico.

    10. Assistncia de enfermagem em cuidados paliativos.

    11. Assistncia de enfermagem nas doenas infecto-contagiosas.

    12. Assistncia de enfermagem nas doenas crnicas no transmissveis.

    13. lcool, tabagismo, outras drogas e reduo de danos.

    14. Vigilncia em sade conceitos, funes, indicadores. 14.1. Vigilncia epidemiolgica.

    14.2. Vigilncia sanitria.

    14.3. Vigilncia ambiental.

    15. Assistncia integral s pessoas em situao de risco: violncia e negligncia contra criana, adolescente, mulher e idoso.

    16. Modalidades assistenciais. 16.1. Hospital-dia.

    16.2. Assistncia domiciliar.

    16.3. Trabalho de grupo.

    17. Planejamento da educao em sade com vistas ao autocuidado promoo, preveno, reabilitao.

    18. Assistncia integral por meio do trabalho em equipes enfermagem, multiprofissional e interdisciplinar.

  • Preparatrio

    8. DOS CRITRIOS DE AVALIAO E

    DE CLASSIFICAO8.2. A nota de cada candidato na prova objetiva ser obtida pela soma das

    notas obtidas na prova objetiva de conhecimentos bsicos e na prova objetiva

    de conhecimentos especficos, considerando-se os pesos.

    8.3. Ser reprovado na prova objetiva e eliminado do concurso pblico o

    candidato que obtiver pontuao inferior a:

    a) 60% (sessenta por cento) do mximo de pontos possveis na prova objetiva

    de conhecimentos bsicos;

    b) 60% (sessenta por cento) do mximo de pontos possveis na prova objetiva

    de conhecimentos especficos.

    8.4. Somente sero considerados aprovados no certame para o

    cargo/especialidade os candidatos que obtiverem classificao at a 3.500

    (terceira milsima quingentsima) posio, observada a reserva de vagas para

    os portadores de deficincia e respeitados os empates na ltima posio.

    8.6. O candidato no eliminado na forma dos subitens 8.3 e 8.4 deste edital

    ser ordenado por cargo/especialidade de acordo com os valores

    decrescentes da nota final na prova objetiva, que corresponde soma das

    notas obtidas na prova de conhecimentos bsicos e na prova de

    conhecimentos especficos.

  • Preparatrio

    9. DOS CRITRIOS DE

    DESEMPATEEm caso de empate, ter preferncia o candidato

    que, na seguinte ordem,

    a) for mais idoso;

    b) obtiver maior nota nas questes relativas ao item 3. Conhecimentos Especficos do Anexo I Objetos de Avaliao;

    c) obtiver maior nota nas questes relativas ao item 2. Conheciment