Avaliar Com Portflio

Download Avaliar Com Portflio

Post on 07-Jun-2015

37.732 views

Category:

Documents

9 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

<p>Um caminho de avaliao alternativa</p> <p>PortfolioCaldas da Rainha, 8 de Abril de 2006Graa Santos Cardoso Graa Cardoso</p> <p>Portfolio:um lbum do crescimento, da aprendizagem e do desenvolvimento(Parente, 2002)Graa Santos Cardoso</p> <p>Portfolio(Originrio das artes e do domnio do investimento financeiro)</p> <p>Elementos constitutivos:Implicao pessoal Seleco ao nvel dos contedos Reflexo Autoavaliao Controlo entre variedade e profundidade de representao Estrutura e apresentao especficasGraa Santos Cardoso</p> <p>PortfolioAfigura-se como uma estratgia que se inscreve no movimento de avaliao alternativa e que apresenta componentes adequadas para a avaliao de crianas pequenas, tornando possvel aceder a mltiplas fontes de evidncia para olhar e documentar o processo de aprendizagem da criana.(Grubb e Courtney, 1996)</p> <p>Graa Santos Cardoso</p> <p>Perspectivas sobre avaliaoTradicional Verificao da aprendizagem Procedimentos estandardizados</p> <p>Socioconstrutivista(Alternativa) Promoo da aprendizagem Procedimentos heursticohermenuticos (de descoberta e interpretativos)</p> <p>Listas de Verificao Escalas de avaliao do desenvolvimento</p> <p>Observao Registo Documentao</p> <p>(Portfolio) Realizados criana Realizados COM a crianaGraa Santos Cardoso</p> <p>A avaliao na educao de infncia distancia-se da concepo de avaliao tradicional, centrada mais nos resultados do que nos processos, subentendendo um novo olhar sobre o modo de conceber a avaliao.Graa Santos Cardoso</p> <p>Portfolio(Dossier documental, dossier de evidncias de aprendizagem, dossier demonstrativo)</p> <p>Num enquadramento socioconstrutivista, um conceito de avaliao, e no apenas um instrumento ou um mtodo.</p> <p>Graa Santos Cardoso</p> <p>Avaliao em educao de infncia Reflexo sobre os contextos(perspectiva ecolgica Bronfenbrenner)</p> <p> Observao e documentao do progresso e das aprendizagens da criana</p> <p>Finalidade: Tomar decises e melhorar a qualidade educativa (a avaliao resulta em benefcio da criana)</p> <p>Graa Santos Cardoso</p> <p>Avaliao do ambiente educativo</p> <p>Instrumentos: ECERS ITERS PIP ACEI Escala de envolvimento da criana Escala de empenhamento do adulto</p> <p>Graa Santos Cardoso</p> <p>Escala de envolvimento da crianaEsta escala baseia-se na teoria de que quando as crianas esto a aprender a um nvel profundo exibem certas caractersticas, ou sinais de envolvimento: Concentrao Energia Criatividade Expresso facial e postura Persistncia Preciso Tempo de reaco Linguagem SatisfaoGraa Santos Cardoso</p> <p>Laevers Pascal e Bertram</p> <p>Escala de empenhamento do adulto(Mede as qualidades de um ensino eficaz demonstrado pelo adulto)</p> <p>Este instrumento assenta na noo de que o estilo de interaces entre o educador e a criana um factor crtico para a eficcia da experincia de aprendizagem (Pascal e Bertram,1999)A qualidade das interaces adulto/criana definida por 3 elementos nucleares:</p> <p>Graa Santos Cardoso</p> <p>Escala de empenhamento do adultoSENSIBILIDADE sinceridade, empatia, capacidade de resposta e afecto; sensibilidade do adulto aos sentimentos e bem-estar da criana</p> <p>Graa Santos Cardoso</p> <p>Escala de empenhamento do adultoESTIMULAO forma e contedo da interveno do adulto no processo de aprendizagem</p> <p>Graa Santos Cardoso</p> <p>Escala de empenhamento do adultoAUTONOMIA liberdade dada criana para experimentar, fazer juzos de valor, escolher actividades e expressar ideias; inclui tambm a gesto de conflitos e as questes comportamentais</p> <p>Graa Santos Cardoso</p> <p>Questes para reflexo (Espaos):As reas de actividade da sala reflectem as reas curriculares? So verdadeiramente Centros de Aprendizagem? As reas so flexveis? A organizao da sala promotora da autonomia da criana? So claras, para todos os intervenientes, as aprendizagens que podem ser realizadas em cada rea? Planifica-se para as reas?Graa Santos Cardoso</p> <p>Questes para reflexo (Actividades /Projectos):</p> <p>At que ponto as experincias e actividades que proporciono correspondem totalidade dos contedos curriculares das Orientaes Curriculares? Que aprendizagens estaro as crianas a obter como resultado destas experincias? Os projectos desenvolvidos mobilizam os interesses das crianas? Fazem sentido para elas, do seu ponto de vista? As crianas participam activamente na construo dos mesmos?</p> <p>Graa Santos Cardoso</p> <p>(Planifica Questes para reflexo (Planificao):</p> <p>Fao uma planificao a longo prazo, que me permita uma viso da amplitude de oportunidades a oferecer ao longo do ano? Ofereo possibilidades criana de auto-aprendizagem, criando, por exemplo, caixas de recursos para tpicos do interesse das crianas? A planificao realizada sobre as aprendizagens j efectuadas pelas crianas? A planificao explicita claramente os contedos curriculares das actividades? Os recursos que utilizo esto a providenciar as oportunidades de aprendizagem de que as crianas necessitam?</p> <p>Graa Santos Cardoso</p> <p>Rotina Diria - CrecheComponente de Apoio Famlia Chegadas 9:30 Acolhimento Recreio Actividade de pequenos grupos 11:00 Almoo Sesta</p> <p>15:00</p> <p>Lanche Actividade de grande grupo Componente de Apoio Famlia Partidas</p> <p>Graa Santos Cardoso</p> <p>Plano Semanal2 3Relaes sociais (visitas/ sadas/ surpresas) Av Av do MiguelMiguel- traz coelhinhos</p> <p>Semana de ____ a ____</p> <p>4Espao</p> <p>5Representao criativa</p> <p>6Noo precoce de quantidade e nmero</p> <p>Pequenos Grupos</p> <p>Explorar objectos</p> <p>Alecrim</p> <p>Garrafes e rolhas</p> <p>Pintura com cotonetes</p> <p>Tampas de diversas formas e cores Comunicao e linguagem</p> <p>Grande Grupo</p> <p>Sentido de si prprio</p> <p>Msica</p> <p>Movimento</p> <p>Tempo</p> <p>Pinturas faciais Roupas</p> <p>(Andakibeb) Andakibeb O gafanhoto canhoto canhoto</p> <p>Tecido azul tenda (o mar, a tenda)</p> <p>Jogo manda O rei manda</p> <p>Hist Histria Esguincha Espincha Espincha</p> <p>Graa Santos Cardoso</p> <p>Exemplo de uma planificao diria:ManhTemposReunio Manh Trabalho Autnomo (reas) Comunicaes[1] Pequenos Grupos[2]</p> <p>Actividade</p> <p>Contedo curricular</p> <p>Enfoque da observao / Interveno</p> <p>[1] [2]</p> <p>Na linha do modelo Movimento da Escola Moderna Na linha do modelo High Scope</p> <p>Graa Santos Cardoso</p> <p>TardeTempos Actividade Contedo curricularEnfoque da observao / Interveno</p> <p>Reunio TardeSegunda Tera Quarta Quinta Sexta</p> <p>Exemplo:</p> <p>Ex: Ex: Movim. Movim. Msica</p> <p>Ex: Ex: Visitas Sadas Sa</p> <p>Ex: Ex: Culinria Culin Corresp. Corresp. Jornal</p> <p>Ex: Ex: Conselho</p> <p>Actividade de grande grupo</p> <p>Histrias Hist Teatro</p> <p>Momentos de transio</p> <p>Graa Santos Cardoso</p> <p>Questes para reflexo (Observao): (Observa</p> <p>De que modo estou a registar a observao sobre as minhas crianas? A recolha de documentao sobre as aprendizagens das crianas faz parte integrante da rotina diria? recolhida informao sobre todos os aspectos das reas curriculares? Incluo a criana na recolha da documentao e reflectimos em conjunto? Analiso periodicamente a documentao recolhida?</p> <p>Graa Santos Cardoso</p> <p>Avaliar como: observar e documentarInstrumentos de Observao e Registo: Registo contnuo Registo de ocorrncias significativas(incidentes crticos)</p> <p> Amostragem temporal Amostragem de acontecimentos Escalas de classificao Listas de verificao</p> <p>Graa Santos Cardoso</p> <p>Registo Contnuo:O que Uma narrativa escrita sequencialmente num determinado perodo de tempo, enquanto o comportamento decorre</p> <p>FinalidadeAprofundar causas e efeitos de comportamentos; para reunies individuais sobre a criana; para planificao individualGraa Santos Cardoso</p> <p>Registo contnuoNome da Criana ________________________ Data ________ Observador ________________ Tempo de Observao ________ Contexto_____________________________________________</p> <p>Observao</p> <p>Comentrios / Notas</p> <p>Graa Santos Cardoso</p> <p>Registo de Ocorrncias Significativas:O que Uma narrativa de pargrafos descritivos registada depois do comportamento ocorrer</p> <p>FinalidadesPormenorizar comportamentos especficos para documentao do dossier da criana; para reunies individuais sobre a criana; para planificao individual</p> <p>Graa Santos Cardoso</p> <p>Registo de ocorrncias significativasNome da criana _______________________ Observador ____________________ rea de contedo ______________</p> <p>Data/ Hora</p> <p>Item</p> <p>Contexto</p> <p>Ocorrncia</p> <p>Comentrio</p> <p>Graa Santos Cardoso</p> <p>Trata-se fundamentalmente de dispor de elementos que possam ser periodicamente analisados, de modo a compreender o processo desenvolvido e os seus efeitos na aprendizagem da criana.Orientaes Curriculares: 25</p> <p>Graa Santos Cardoso</p> <p>Procedimentos e prticas organizativas e pedaggicas na avaliao na educao pr-escolar</p> <p>Direco-Geral de Inovao e Desenvolvimento Curricular Ministrio da Educao</p> <p>Trata-se, essencialmente, de um processo contnuo e interpretativo que se interessa mais pelos processos do que pelos resultados e procura tornar a criana protagonista da sua aprendizagem, de modo a que v tomando conscincia do que j conseguiu e das dificuldades que vai tendo e como as vai ultrapassando.</p> <p>Graa Santos Cardoso</p> <p>Portfolio: o que Compilao organizada e intencional de evidncias que documentam o desenvolvimento e a aprendizagem de uma criana realizada ao longo do tempo.(McAfee e Leong, 1997)</p> <p>Graa Santos Cardoso</p> <p>Elementos caractersticos e definidores de portfolio:</p> <p>Coleco de evidncias seleccionadas Participao da criana, que selecciona e explicita as razes da mesma Tomada de conscincia, auto-reflexo sobre a aprendizagem Anlise e interpretao para a continuidade do processo</p> <p>Graa Santos Cardoso</p> <p>Portfolio(Envolvimento da criana na sua prpria avaliao): </p> <p>Aprende o valor do seu prprio trabalho Desenvolve o sentido de participao na sua prpria aprendizagem Consciencializa-se do currculo Encoraja a reflexo e a auto-anlise Favorece processos de metacognio</p> <p>Graa Santos Cardoso</p> <p>portfolio): (Objectivos do portfolio):Apreciar / Documentar o crescimento e o desenvolvimento da criana Obter informao para planear o processo de ensino e aprendizagem Comunicar com pais e professores Identificar necessidades educativas especiais Desenvolver na criana procedimentos de autoavaliao do seu prprio trabalho e realizaesGraa Santos Cardoso</p> <p>Antes de iniciar o portfolio:Tornar claros os objectivos subjacentes inteno de realizar o portfolio Explicitar as principais metas educacionais que constituem o foco da avaliao Definir uma estrutura e organizao para a concretizao do portfolio Estabelecer uma linha do tempo que defina os momentos em que sero recolhidos dados e partilhadas as informaes Definir contedos e processos de seleco Perspectivar a interpretao e reflexo que se ir realizar sobre o portfolioGraa Santos Cardoso</p> <p>Para iniciar o portfolio:</p> <p>Concepo de uma organizao para as diferentes partes do portfolio Contedos seleccionados de acordo com critrios predeterminados Concepo de um processo para acumular, reunir e seleccionar a documentao a incluir</p> <p>Graa Santos Cardoso</p> <p>Exemplo1:Lngua Matemtica Expresso Artstica Formao Pessoal e SocialGraa Santos Cardoso</p> <p>Exemplo 2: Resoluo de problemas (Matemtica, cincias, tomada de decises) Criatividade (projectos de auto-expresso, competncias intelectuais) Linguagem e literacia Vida no mundo com os outros (crescimento pessoal e social e cinciassociais)</p> <p>Envolvimento familiar (relatos de conferncias entre educadores e pais,relatos de encontros entre professores e crianas, observaes dos pais)</p> <p>Graa Santos Cardoso</p> <p>Exemplo 3:Famlia Formao Pessoal e Social -Relao Interpessoal -Autonomia Pessoal e Social -Educao para os valores /cidadania Expresses e Comunicao -Expresso Motora -Expresso Dramtica -Expresso Plstica -Expresso Musical -Linguagem -Matemtica Conhecimento do Mundo -Saberes Sociais -Saberes Cientficos</p> <p>Graa Santos Cardoso</p> <p>Contedos:(Observao / Documentao)</p> <p>Graa Santos Cardoso</p> <p>(Famlia)Questionrios /Entrevistas /Comentrios Correspondncia /troca de saberes Reunies</p> <p>Graa Santos Cardoso</p> <p>(Criana)Entrevistas(colocao de questes criana para que descreva as suas realizaes e, deste modo, possa revelar o seu pensamento)</p> <p>Fotografias Amostras de trabalho Listas de verificao feitas com a criana Ocorrncias significativasObservao sistemtica da criana a trabalhar e a jogar (Realizao de tarefas concretas e resoluo de problemas)</p> <p>Graa Santos Cardoso</p> <p>Ocorrncias significativasNome da criana _____________________________ Observador_______________________________</p> <p>Data</p> <p>Domnio/ Item Matemtica Matem (Relao (Rela espacial)</p> <p>Contexto Autocarro, viagem feira do livro</p> <p>Ocorrncia O Joel ia sentado na parte de trs; gritou para a Mnica, dizendo: Mnica, eu vou sentado c atrs, do lado direito!</p> <p>Matemtica Matem (Geometria) Saberes cientficos cient Matemtica Matem Nmero/ quantidade Saberes cientficos cient (Geografia) Linguagem (Escrita)</p> <p>Conversa manta No recreio Mesa da Plstica rea da biblioteca</p> <p>na</p> <p>O Pedro olha para mim e diz: Olha, eu estou sentado em cima de muitos crculos (O padro da carpete tem crculos) Ao olhar para as nuvens, o Bernardo disse: As nuvens no andam porque no tm pilhas; elas s andam quando eu caminho Gerou-se confuso e ouvia-se principalmente a voz da Brbara. A educadora aproximou-se e logo a Brbara disparou: O Z tem duas canetas, o Rafael tem trs e eu s tenho uma O Rafael, ao ver um livro que a Lusa tinha levado para a sala disse: H um planeta no livro que no tem a mesma cor do nosso. O nosso planeta azul., Porqu? perguntou a educadora. Porque tem muita gua, respondeu. Quando estava na sanita, a Francisca disse que estava sentada em cima de umO.</p> <p>Na casa de banho</p> <p>Notas /Comentrios</p> <p>Graa Santos Cardoso</p> <p>Registo de EntrevistaParticipantes _________________ Data ________ Contexto ___________________________________ Desenvolvimento da entrevista:</p> <p>Impresses da educadora:Graa Santos Cardoso</p> <p>Registo FotogrficoNome da criana ______________________________ Data ___ / ___ / _______ Intervenientes ______________________________________________________ Contexto____________________________________________________________</p> <p>rea contedo/Item__________________________________________________ Comentrios da criana:______________________________________________</p> <p>Observaes da educadora:____________________________________________</p> <p>Fotografia:Graa Santos Cardoso</p> <p>Comentrios da criana sobre a amostra de trabalhoNome ________________________________________ Como fiz este trabalho: O que gosto nele: O que gostaria de mudar: Outros comentrios: Data _______</p> <p>Observaes da educadora Contexto de realizao do trabalho: Domnio/ Item: Observaes:</p> <p>Graa Santos Cardoso</p> <p>Listas de verificaoMOVIMENTO J consigo (sozinho!):Nome Setembro Junho</p> <p>Correr Subir escadas Descer escadas Pr-me na ponta dos ps Andar para trs</p> <p>()NOTA: a criana que preenche esta lista, lida pelo adulto. Ter sempre em ateno o nvel de sucesso da criana, que deve ser superior aos itens no conseguidos. Incluir ou retirar os itens que se considere serem relevantes para a criana em questo. Construir a lista de acordo com a especificidade da criana. (Verde sim; Amarelo quase; Vermelho no; usar este, ou combinar outro cdigo com a criana)Graa Santos Cardoso</p> <p>AUTONOMIA PESSOAL E SOCIAL J consigo (sozinho!):Vestir o bibe Ir casa de banho sem ajuda Mast...</p>