51044807 historia dos hinos cantor cristao

Download 51044807 Historia Dos Hinos Cantor Cristao

Post on 24-Jul-2015

1.521 views

Category:

Documents

132 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

1. Oh, vinde adorar!NESTE COMOVENTE convite, Henry Maxwell Wright nos chama adorao ao Deus Criador, exaltandoo atravs de expresses como: excelso, bom, soberano, luz e poder. Esse Deus se manifesta no apenas na criao, mas principalmente em seu Filho, Jesus Cristo, que o ponto culminante da revelao (Hebreus 1.1,2). A David William Hodges, membro do Grupo de Trabalho de Textos do HCC, foi dada por Joan Larie Sutton, Coordenadora Geral, a tarefa de acrescentar uma terceira estrofe trinitria a este hino, em 1989. O resultado, ento, um hino que comea e termina com a frase Oh, vinde adorar!, sendo assim um excelente hino nmero 1 do nosso Hinrio para o culto cristo.1 Henry Maxwell Wright nasceu em Lisboa, Portugal, em 7 de dezembro de 1849. De ascendncia inglesa, mais tarde optou pela cidadania britnica. Associou-se aos Batistas Livres. Em visita Inglaterra, durante as campanhas do evangelista Dwight L. Moody, Wright decidiu deixar a profisso de bem sucedido comerciante e, em outubro de 1875, passou a dedicar-se evangelizao. Durante os seus trs anos de treinamento bblico ensinou os meninos de rua numa escola noturna e pregou tanto na Inglaterra como na Esccia. Em 1878, achou que Deus o queria na China e, antes de partir, passou por Portugal. L, impressionado com a falta de obreiros, sentiu-se desafiado a trabalhar com os povos de lngua portuguesa, o que fez por mais de 50 anos. Evangelizou extensivamente no Arquiplago dos Aores. Wright empreendeu quatro viagens ao Brasil, onde falava a grandes auditrios, percorrendo quase todo o pas. Em sua segunda viagem foi preso como inimigo da religio oficial.2 Na terceira viagem, veio acompanhado de sua irm Luiza Wright (evangelista e escritora de hinos). Contraiu impaludismo e voltou Inglaterra para tratamento de sade. Em 1897, j restabelecido, voltou a Portugal para continuar o seu ministrio ali. Wright esteve duas vezes nos Estados Unidos, pregando aos povos de lngua portuguesa ali residentes, e, na volta, pregou aos portugueses residentes nas Ilhas Bermudas. Em 1901, Wright casou-se com Ellen Dellaforce, filha de ingleses, e juntos construram o salo evanglico da Associao Crist de Moos (ACM) no Porto, inaugurado em 1905. A contribuio hinolgica de Wright muito significativa. Suas letras so de grande valor inspirativo. Ele possua tambm uma bela voz e cantava solos em suas reunies evangelsticas. Gostava de ensinar hinos e cnticos nestas ocasies, que ele escolhia ou escrevia para reforar a mensagem da noite. Wright foi autor ou tradutor de cerca de 200 hinos.3 H uma coletnea chamada In Memoriam (Em Memria), editada por J.P. da Conceio e publicada no Porto, em 1932, que contm 185 hinos dele. Os seus hinos e cnticos aparecem em grande nmero na maior parte dos hinrios evanglicos no Brasil. Na 36 edio do Cantor cristo se encontram 61 hinos seus. No Hinrio para o culto cristo, publicado 60 anos depois da sua morte, ainda h 29 das letras e tradues deste servo de Deus. Cristo consagrado para quem a comunho com Cristo era estado habitual,4 Wright foi o Moody-Sankey do povo de lngua portuguesa, alcanando milhares de almas com sua vida dedicada, sua poderosa pregao e sbio uso da msica no seu ministrio. Em 23 de janeiro de 1931, Wright faleceu no Porto. Entre os presentes ao seu sepultamento achava-se o nosso saudoso missionrio Antnio Maurcio, ainda jovem. Foram cantados os hinos Com tua mo segura bem a minha; Doce, doce lar e Rocha eterna, a pedido do prprio Wright antes de falecer. David William Hodges, autor da terceira estrofe, nasceu em Kansas City, Estado de Missouri, EUA, em 22 de dezembro de 1942. Criado em lar cristo, foi batizado aos nove anos, e comeou a trabalhar na msica da igreja. David comeou a estudar canto, aos 16 anos, com a prof. Gladys Cranston. David casou-se em 4 de junho de 1966, com Ramona Gay Miller, que conhecera na universidade. O casal tem quatro filhos: Charles, Catherine, Elizabeth, e Robert, seu caula brasileiro. Hodges adquiriu um treinamento aprimorado, com Bacharel e Mestrado em Artes (especializao em canto), na Faculdade Central do Estado de Missouri; Mestrado em Educao Religiosa, no Seminrio Teolgico Midwestern, tambm, no seu estado natal. No Seminrio Teolgico Southwestern, em Fort Worth, Estado de Texas, ainda fez dois anos em busca do Doutorado em Educao Religiosa. Ramona fez o Bacharel e o Mestrado em ingls. Comeou seus estudos de piano ainda criana e a acompanhadora predileta de seu marido, alm de servir como organista da sua igreja. Foi no seminrio que Deus tocou no corao do casal, chamando-o para o trabalho missionrio. O casal apresentou-se Junta de Richmond, e foi nomeado para o Brasil, chegando aqui em 31 de janeiro de 1980. O ministrio de Hodges tem sido multifacetado e profcuo. No final dos seus estudos da lngua portuguesa, j servia interinamente como Ministro de Msica, na Igreja Batista da Liberdade, So Paulo, Capital, e em

1981 se tornou professor da Faculdade Teolgica Batista da mesma cidade, ensinando e regendo corais com grande sensibilidade. Hodges, que ama as lnguas, dedicou-se tambm traduo, dando-nos assim um grande repertrio antes desconhecido dos evanglicos. A maior obra traduzida por ele e apresentada pelo Coro da FTBSP sob a sua regncia, foi o oratrio So Paulo, de Mendelssohn. Ainda traduziu o Te Deum 5 (Ns te louvamos, Senhor), de G.F. Handel, para o Coro, no qual foi o tenor solista sob a regncia do pr. Marclio de Oliveira Filho. O pr. Marclio, num artigo para O Jornal Batista, intitulado Ele segurou as cordas!, falou do grande mpeto que o projeto Cantem, Batistas brasileiros! recebeu desse dedicado missionrio, que se empenhou para que o projeto tivesse sustento de sua misso, e se prontificou a tomar o lugar de Marclio frente do Coro da Igreja Batista do Ipiranga e na FTBSP durante a ausncia do casal Oliveira.6 Em 1987 a famlia Hodges se mudou para a cidade do Recife, PE, onde David assumiu o professorado de msica sacra no Seminrio Teolgico Batista do Norte do Brasil. Hodges serviu tambm na Igreja Batista do Forte, na cidade de Paulista, e na Igreja Batista da Capunga, na cidade de Recife, PE, como diretor interino de msica. David um tenor de voz pura e maviosa, sendo requisitado freqentemente para solos e recitais por onde anda. Nas chamadas frias nos Estados Unidos, tem prazer em divulgar, com a sua famlia, a msica sacra brasileira. No mbito nacional, Hodges atuou incansavelmente no preparo do Hinrio para o culto cristo, primeiramente, na pesquisa (computada com o auxlio do seu filho, Charles) dos hinos prediletos do povo batista em todo o Brasil. Hodges tambm preparou o livreto Sete hinos congregacionais para a Igreja de hoje, publicado pela JUERP em 1986. Ele continuou a dar de si eficientemente, sem medir esforos, ora na Subcomisso de Msica, ora no GTT (Grupo de Trabalho de Textos, que trabalhava com os hinos mais problemticos), ora no Grupo de Verificao de Dados, em cooperao com a Subcomisso de Documentao e Histrico, ora no preparo e computao dos ndices. Sua capacidade de ver um problema com clareza e achar uma resposta certa foi de grande auxlio para todos os seus colegas. Quando perguntado pelo pr. Marclio quais eram as suas maiores alegrias no Brasil, David respondeu: o pas e o povo em geral, a aceitao de todos, o desenvolvimento da denominao, o trabalho em geral, e principalmente, os grandes amigos brasileiros 7 O Hinrio para o culto cristo inclui 11 excelentes letras e tradues de Hodges, e 10 msicas, verdadeiras jias que o povo aprender a amar. Vamos todos cantar para o louvor e a glria de Deus.8 Esta frase, ouvida dos lbios de William Knapp (1698-1768) em cada culto da sua igreja, caracterizou a sua vida. Knapp, descendente de alemes, nasceu no condado de Dorsetshire, Inglaterra, em 26 de setembro de 1698. Foi chamado O salmista do campo. 9 Tornou-se organista, compositor e compilador de colees de melodias. Serviu por 39 anos como precentor, uma funo semelhante de diretor de msica, na Igreja de Saint James, em Poole, porto no seu condado natal no extremo sul do pas. Knapp publicou duas colees de salmos, antemas e hinos, em 1738 e 1753. Hoje cantamos somente a sua melodia WAREHAM, que faz parte da primeira coleo. Uma das caractersticas distintas dessa melodia que, com duas pequenas excees, ela se movimenta, do incio ao fim, em graus conjuntos.1. HODGES, David William. Carta autora em 1991 2. ICHTER, Bill H. Vultos da msica evanglica no Brasil. 1 ed. Rio de Janeiro: JUERP, 1967. p.90. 3. Os hinos de H.M. Wright apareceram muitas vezes nas difundidas revistas O Bblia e O christo, na coletnea da Igreja Evanglica Fluminense: Nova colleco de hymnos evanglicos, em 1882, e tambm nos seus prprios hinrios: Hymnos e coros (1890 ou 1891) e Hymnos em 1892. A coletnea In memoriam Henry Maxwell Wright, publicada por J.P. da Conceio em 1932, reunindo todo o seu acervo, inclua 151 hinos e 42 cnticos. Destas fontes foram difundidos para Salmos e Hinos, Cantor cristo, e todos os hinrios evanglicos no Brasil. Ver BRAGA, Henriqueta Rosa Fernandes. Msica sacra evanglica no Brasil. Rio de Janeiro: Livraria Kosmos Editora, 1961, p.233,234. 4. BRAGA, Ibid., p.233. 5. Te Deum (Te Deum Laudamos) (Ns te louvamos, Senhor), provm de um hino latino usado por muitas igrejas crists para expressar um momento supremo de jbilo. O texto latino tem msica tradicional em cantocho, mas tambm foi musicado com acompanhamento orquestral (por diversos msicos eruditos, inclusive por Handel, em ingls). HORTA, Luiz Paulo, ed., Dicionrio de msica, trad. lvaro Cabral, Rio de Janeiro: Zahar Editores, p.379. 6. OLIVEIRA FILHO, Marclio de. Ele segurou as cordas! Rio de Janeiro: O Jornal Batista, 5 de julho de 1987, p.5. 7. Ibid. (grifo meu). 8. REYNOLDS, William J. Companion to Baptist Hymnal. Nashville: Broadman Press, 1976. p.354. 9. MCCUTCHAN, Robert Guy. Our hymnody. 2 ed. Nashville: Abingdon Press, 1937. p.67.

2. Santo! Santo! Santo!ESTE HINO tem sido chamado o melhor hino j escrito, considerando sua pureza de linguagem, sua devoo,