xv congresso brasileiro de quadril - sbquadril.org.br · no tratamento da fratura do colo femoral...

Click here to load reader

Post on 14-Nov-2018

215 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Agosto 2013

    Os mdicos se manifestam: a discusso nacional sobre os rumos da sade pblica

    XV Congresso Brasileiro de QuadrilSo Paulo - 11 a 14 de setembro de 2013

  • O Quadril Agosto 2013 3

    EditorialO QUADRIL o informativo oficial da Sociedade Brasileira de Quadril, publicao trimestral com tiragem de 9.000 exemplares.

    Sociedade Brasileira de Quadril Rua D. Adma Jafet, 50, 8 andar So Paulo/SPCEP 01308-050 Tel: (11) 3129-7686www.sbquadril.org.br

    Presidente da SBQ Sergio Rudelli Conselho Editorial:Ademir Schuroff (PR)Milton Roos (RS)Pedro Ivo de Carvalho (RJ)

    Comisso Executiva:Andr WeverEdmilson TakataHenrique M.C. GurgelLucas Leite Ribeiro Marcelo Queiroz Jornalista Responsvel: Luiz Roberto de Souza Queiroz (MTB 8.318)

    Textos e edio:Luiz Roberto de Souza QueirozTta Gago Coutinho

    Projeto grfico: Alexandre de Paula Campos

    Produo: LRSQ Comunicao Empresarial www.lrsq.com.br

    As opinies manifestadas nas entrevistas e nos artigos assinados no refletem, necessariamente, a opinio da diretoria da SBQ.Reproduo permitida desde que citada a

    fonte.

    A Sociedade Brasileira de Quadril est acompanhando de perto e preocupada a evoluo da verdadeira crise institucional vivida pelo Brasil. No que tange Medicina, as manifestaes da populao brasileira comearam reivindicando melhor sade pblica, geraram uma resposta a nosso ver simplista do governo, que se props a contratar mais mdicos, inclusive formados no exterior e culminou com as passeatas dos mdicos, buscando informar a opinio pblica de que a carncia do Pas no de mdicos capacitados, mas sim de infraestrutura.

    Efetivamente, as Prefeituras dos municpios onde no existem mdicos, e so vrias centenas, principalmente no Interior da Amaznia e na rea de serto do Nordeste, tem com frequncia oferecido bons salrios sem conseguir preencher as vagas, isso porque no contam com ambulatrios, com equipamentos para diagnstico por imagem e nem com as condies mnimas para a realizao de uma cirurgia.

    Felizmente a sociedade parece ter entendido a mensagem dos mdicos e uma primeira vitria foi conseguida, medida que o governo entendeu que no pode usar dois pesos e duas medidas, liberando o exerccio da profisso para profissionais formados em escolas latino-americanas de cursos de trs e at de dois anos, que ensinam seus alunos sem o concurso de um hospital-escola. No possvel nivelar essa mo de obra mesma condio dos mdicos brasileiros que se formam em seis anos, fazem mais trs de residncia e pelo menos um de especializao, submetendo-se primeiro ao rigoroso TEOT da SBOT e, em seguida, ao exame de titulao da SBQ.

    O Revalida, exame que nos dois ltimos anos reprovou mais de 90% dos candidatos formados nessas faculdades do exterior, que chegam a cobrar R$ 400,00 de mensalidade, valor claramente insuficiente para que se possa preparar um mdico de qualidade, acabou sendo encampado pelo governo federal, mas s ganhamos uma batalha, ainda no a guerra. que continua sendo levantada a bandeira de que seria preciso flexibilizar, leia-se baixar o nvel do exame, para que os mdicos formados em Cuba, Bolvia e Argentina no sejam reprovados em massa.

    A SBQ, que se orgulha de reunir uma elite mdica, altamente especializada e capaz de exercer uma Medicina de primeiro mundo, h de continuar lutando para que no se nivele por baixo a qualidade da Sade ministrada ao brasileiro. um desafio constante, pois todos sabemos que a Medicina se torna cada vez mais cara, porque incorpora novas tecnologias, medicamentos cuja pesquisa e desenvolvimento tem custo muito alto e no vivel oferecer a mesma qualidade de excelncia que existem em So Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre, imensa maioria da populao brasileira, mas nossa misso lutar por isso e vamos continuar lutando.

    Manifestaes e reao do governo trouxeram tona os problemas da medicina

  • O Quadril Agosto 20134

  • O Quadril Agosto 2013 5

    Joel Matta tem 36 anos de experincia no Hip and Pelvis Institute Saint Johns, da Califrnia, que fundou juntamente com Robert Klench e Andrew Yun e que considerado atualmente como um

    Mais dois conferencistas internacionaisconfirmam presena no congresso da SBQOs professores Joel Matta e Todd Sekundiak confirmaram presena como conferencistas no congresso de setembro, em So Paulo, que passa, portanto, a contar com 15 convidados escolhidos entre os maiores nomes da cirurgia de quadril.

    dos maiores centros mundiais em cirurgia de quadril. O ortopedista, que se formou na Oregon Health and Science University School of Medicine foi tambm diretor do Instituto Emile Letournel, de Paris.

    Todd Sekundiak leciona cirurgia na Universidade de Creighton, em Omaha, Nebraska. formado na Universidade de Manitoba, do Canad, especializou-se em cirurgia ortopdica na Universidade British Columbia, em Vancouver, tambm no Canad e em Artroplastia no Arizona Center for Join Replacement, de Phoenix, nos Estados Unidos.

    Professor do Departamento de Cirurgia em Manitoba, Todd Sekundiak o diretor mdico do Banco de Ossos e Tecidos da mesma cidade, dirige a Subseco de Quadril e Joelho de Adultos da Associao Mdica Canadense e examinador do The Royal College of Physicians and Surgeons, do Canad. Sua especializao a cirurgia de quadril em adultos, com tcnicas minimamente invasivas.

    Francesco BenazzoDaniel BerryClaudio Mella Grahan Gie John CallaghanHenrik Malchau

    Julio Cesar Palacio Martin Buttaro Miguel CabanelaJohn Timperley Reinhold Ganz Thomas Sampson Wayne Paprosky

  • O Quadril Agosto 20136

  • O Quadril Agosto 2013 7

    Quarta-feira, 11 de setembro de 2013 Sala A

    7:30 9:30 Prova Oficial SBQ

    Quarta-feira, 11 de setembro de 2013 Sala B

    8:00 16:00 Curso Pr-Congresso - Lima Corporate Francesco Benazzo

    Quarta-feira, 11 de setembro de 2013 Sala C

    8:00 18:00 Curso Pr-Congresso - Stryker Graham Gie Hands on em artroplastia total de quadril John Timperley

    Quarta-feira, 11 de setembro de 2013 Sala D

    15:00 18:00 Curso Pr-Congresso Zimmer Wayne Paprosky Bate-papo sobre reviso: destacando a tecnologia de Trabecular Metal Todd Sekundiak

    Quinta-feira, 12 de setembro de 2013 Sala A

    8:00 8:25 Da anatomia compreenso, da compreenso aos novos conceitos em cirurgia preservadora da articulao do quadril Reinhold Ganz8:25 8:45 A mortalidade aps a prtese total de quadril: pesquisa feita nos registros nacionais John Timperley8:45 9:00 Conceito do impacto femoroacetabular Reinhold Ganz9:00 9:15 A evoluo do tratamento artroscpico do impacto femoroacetabular Thomas Sampson9:15 9:30 Impacto isquiofemoral: uma etiologia de quadril doloroso Andre Wever9:30 9:45 Impacto femoroacetabular no atleta Henrique Cabrita9:45 10:05 Discusso moderador Jorge Luiz Penedo10:05 10:30 Coffee break10:30 10:45 Resultados do tratamento cirrgico da pubalgia atravs da tenotomia dos adutores e do reto abdominal Leandro Ejnisman10:45 11:00 Osteotomias do fmur proximal em fraturas transtrocanterianas no consolidadas Paulo Silva11:00 11:15 Tratamento artroscpico do impacto femoroacetabular Claudio Mella11:15 11:30 Resultados funcionais e qualidade de vida ps-osteotomia periacetabular Marco Aurlio Teloken11:30 11:45 Tcnica e resultados da osteotomia periacetabular Bernese Reinhold Ganz11:45 12:00 Osteotomia periacetabular Joel Matta12:00 12:30 Discusso moderador Ademir A. Schuroff12:30 14:00 Almoo14:00 14:15 Fixao acetabular em artroplastia total primria do quadril: onde estamos e para onde vamos John Callaghan

  • O Quadril Agosto 20138

    14:15 14:30 Vantagens da fixao cimentada Graham Gie14:30 14:45 Estudo comparativo do acesso minimamente invasivo posterior com o acesso lateral direto nas artroplastias primrias do quadril aps seis anos de seguimento Jos Ricardo Vicente14:45 15:00 A haste femoral Mayo melhora o resultado da artroplastia do quadril? Celso Picado15:00 15:15 Desenho hemiceflico da cabea grande metal-metal: um estudo prospectivo Francesco Benazzo15:15 15:30 Qual a melhor escolha atualmente para superfcie de carga na artroplastia total de quadril? John Callaghan15:30 15:45 Escolha da superfcie de contato: experincia da Amrica do Sul Luiz Srgio M. Gomes15:45 16:10 Discusso moderador Paulo G. de Alencar16:10 16:30 Coffee break16:30 16:45 Discrepncia dos membros inferiores em artroplastia total de quadril Miguel Cabanela16:45 17:00 Avanos na fixao cimentada do componente acetabular: estado da arte no sculo 21 John Timperley17:00 17:15 Algoritmo da abordagem na luxao do quadril Wayne Paprosky17:15 17:30 Artroplastia total de quadril em fratura transtrocantrica: seria uma opo vlida? Julio Cesar Palacio17:30 17:45 Uma haste modular para quadris difceis: os resultados a longo prazo da Modulus Francesco Benazzo17:45 18:15 Discusso moderador Henrique Cabrita

    Quinta-feira, 12 de setembro de 2013 Sala B

    8:00 8:15 Fraturas do colo e da cabea femoral Itiro Suzuki8:15 8:30 Avaliao do resultado do uso do parafuso deslizante de quadril no tratamento da fratura do colo femoral em pacientes abaixo de 55 anos Carlos R. Schwartsmann8:30 8:45 Fraturas instveis verticais da pelve: correlao da dor e funo com o desequilbrio plvico e qualidade reduo Mark Deeke8:45 9:00 Leses no anel plvico Joel Matta9:00 9:15 Tratamento das fraturas instveis do anel plvico com parafuso lio-sacral associado ao fixador externo supra-acetabular: uma boa opo Rodrigo Guimares9:15 9:30 Hastes curtas de fixao cervicometafisria em cirurgia primria Martin Buttaro9:30 9:45 Fraturas acetabulares Joel Matta9:45 10:05 Discusso Moderador Giancarlo Polesello10:05 10:30 Coffee break10:30 10:45 Complicaes clnicas e cirrgicas em artroscopia do quadril Carlos Csar Vassalo10:45 11:00 Tratamento artroscpico de leses labro-cartilagneas e defeitos do quadril Thomas Sampson11:00 11:15 Prevalncia de coxa profunda em uma amostra de 167 indivduos assintomticos com idade entre 20 e 60 anos Carlos Roberto Galia11:15 11:30 Artroscopia do quadril: posicionamento do paciente e portais, relevncia da anatomia articular e novas ideias Thomas Sampson11:30 11:45 Tratamento artroscpico do impacto femoroacetabular: seguimento mnimo de 5 anos Giancarlo Polesello11:45 12:00 Princpios para o tratamento artroscpico da Patologia do Iliopsoas Thomas Sampson12:00 12:30 Discusso moderador Marco Antonio Pedroni12:30 14:00 Almoo14:00 14:15 Tcnicas de cimentao: fmur e acetbulo Henrik Malchau14:15 14:30 Hastes femorais curtas versus artroplastia de superfcie em pacientes jovens e ativos Martin Buttaro14:30 14:45 Reconstruo dos defeitos acetabulares com enxerto impactado na artroplastia total do quadril: seguimento mdio de 8 anos Guydo Duarte

  • O Quadril Agosto 2013 9

    14:45 15:00 Luxao ps artroplastia total de quadril: cabeas maiores so mais estveis? Edison Fujiki15:00 15:15 Artroplastia total do quadril aps artrodese Miguel Cabanela15:15 15:30 Posicionamento acetabular: como podemos otimizar? Henrik Malchau15:30 15:45 Posicionamento do componente acetabular na artroplastia total do quadril com e sem o auxlio de um sistema de navegao computadorizado: estudo prospectivo randomizado Henrique Gurgel15:45 16:10 Discusso moderador Nelson Franco Filho16:10 16:30 Coffee break16:30 16:45 O desastre da cabea grande metal-metal Graham Gie16:45 17:00 O auxlio da mesa ortopdica na abordagem anterior para artroplastia do quadril Joel Matta17:00 17:15 Luxao recidivante: opes atuais de tratamento Henrik Malchau17:15 17:30 Resultados do seguimento da artroplastia total do quadril com superfcie metal-metal Cleber Furlan17:30 17:45 Artroplastia de quadril com prtese Logical CM: 8 anos de seguimento Carlos Alberto Macedo17:45 18:15 Discusso moderador Guydo Duarte

    Sexta-feira, 13 de setembro de 2013 Sala A

    8:00 8:15 Ponte ilio-isquitica para descontinuidade plvica Todd Sekundiak8:15 8:30 Artroscopia de quadril pela abordagem lateral Thomas Sampson8:30 8:45 O tratamento artroplstico das fraturas do colo femoral em pacientes neurolgicos com a utilizao de acetbulo restringido Nelson Franco Filho 8:45 9:00 Capsulotomia extensa para exposio ideal e tratamento artroscpico das doenas do quadril Thomas Sampson9:00 9:15 Osteotomia de reduo da cabea femoral para deformidades graves da Doena de Perthes Reinhold Ganz9:15 9:30 Artroplastia total do quadril em doenas neuromusculares Miguel Cabanela9:30 9:45 Cirugia de reviso acetabular: anis de reforo versus metal trabeculado Martin Buttaro9:45 10:10 Discusso moderador Jose Carlos A. Ferreira10:10 10:35 Coffee break10:35 10:50 Aspectos relevantes da fisiopatologia da epifisilise que justificam a luxao cirrgica e reduo anatmica da epfise Reinhold Ganz10:50 11:05 Avanos na fixao cimentada do fmur: vantagens e tcnica John Timperley11:05 11:20 Cirurgia de reviso acetabular: estado atual Wayne Paprosky11:20 11:35 O paradoxo no-cimentado, resultados atuais relacionados a tcnicas de fixao baseadas em 6 registros nacionais Henrik Malchau11:35 11:50 Enxerto impactado no acetbulo: resultados, tcnicas e indicaes em 2013 John Timperley11:50 12:05 Tcnica cirrgica de reconstruo acetabular com a utilizao de enxerto estrutural: 25 anos de experincia Milton Roos12:05 12:30 Discusso moderador Pedro Ivo Carvalho12:30 14:00 Almoo14:00 14:15 Introduo de novas tecnologias em cirurgia ortopdica: lies baseadas na artroplastia total do quadril Daniel Berry14:15 14:30 Complicaes neurovasculares em artroplastia total do quadril: como evitar? Julio Cesar Palacio14:30 14:45 Reviso da artroplastia total do quadril: o que aprendemos nos ltimos 30 anos? Daniel Berry14:45 15:00 Reviso cimento-em-cimento femoral e acetabular Graham Gie15:00 15:15 Aloenxerto circunferencial de fmur proximal em reviso de artroplastia de quadril : acompanhamento de 4 a 20 anos Bruno Roos

  • O Quadril Agosto 201310

    15:15 15:30 Reviso de prtese total do quadril com haste no-cimentada de fixao distal Anthony Yepez15:30 15:45 Reconstruo acetabular em reviso de artroplastia total de quadril John Callaghan15:45 16:10 Discusso e perguntas moderador Milton Roos16:10 16:30 Coffee break16:30 16:45 Descontinuidade plvica em reviso de artroplastia total de quadril: um problema no resolvido Daniel Berry16:45 17:00 Haste cnica modular em reviso de quadril: 11 anos de experincia Francesco Benazzo17:00 17:15 Cirurgia de reviso femoral: reconstruo ssea versus fixao distal no cimentada modular Martin Buttaro17:15 17:30 Reviso femoral complexa Daniel Berry17:30 17:45 Avaliao da fixao do componente acetabular em pacientes submetidos reviso com a utilizao de cunha de metal trabeculado Marco B. Fernandes17:45 18:15 Discusso moderador Carlos Csar Vassalo

    Sexta-feira, 13 de setembro de 2013 Sala B

    8:00 8:15 Artroplastia total de quadril na presena de deformidade femoral: algoritmo de escolha John Callaghan8:15 8:30 Uso de metal trabecular na artroplastia total primria de quadril complexa Claudio Mella8:30 8:45 Acetbulo primrio com Delta-TT: a confiabilidade dos materiais porosos Francesco Benazzo8:45 9:00 Avaliao das prteses totais do quadril do tipo metal-metal (Metasul) com longo follow up Sergio Drumond9:00 9:15 Avaliao do quadril doloroso ps artroplastia total, incluindo superfcie metal-metal Wayne Paprosky9:15 9:30 Correlao entre reviso da artroplastia total do quadril e culturas positivas Alberto Croci9:30 9:45 Influncia da inclinao do componente acetabular nos resultados a longo prazo em artroplastia total do quadril Paulo G. de Alencar9:45 10:10 Discusso moderador Fernando Cabral10:10 10:35 Coffee break10:35 10:50 Artroplastia total do quadril em deformidade femoral proximal Miguel Cabanela10:50 11:05 Seguimento a longo prazo na artroplastia total de quadril cimentada e no-cimentada em pacientes com menos de 50 anos John Callaghan11:05 11:20 Prtese Exeter de haste curta: resultados e avanos Graham Gie11:20 11:35 Orientao com radioscopia para acesso anterior em artroplastia total de quadril Joel Matta11:35 11:50 Uso de metal trabecular em cirurgia de reviso acetabular Claudio Mella11:50 12:05 Artroplastia de quadril minimamente invasiva Todd Sekundiak12:05 12:30 Discusso moderador Edmilson Takata12:30 14:00 Almoo14:00 14:15 A etiologia da reviso da artroplastia total de quadril Miguel Cabanela14:15 14:30 Cirurgia de reviso femoral: estado atual Wayne Paprosky14:30 14:45 Impactao do enxerto femoral: resultados, tcnicas e indicao em 2013 John Timperley14:45 15:00 Ostelise do componente acetabular bem fixado: manter ou remover o metal-back? Wayne Paprosky15:00 15:15 Titnio trabecular na reviso de quadril: a nossa experincia Francesco Benazzo15:15 15:30 Polietileno, resultados atuais da primeira e segunda gerao de polietileno cross-linked Henrik Malchau15:30 15:45 Falha precoce das artroplastias totais de quadril metal-metal cimentadas Gustavo R. Pepicelli15:45 16:10 Discusso moderador Carlos Roberto Galia16:10 16:30 Coffee break

  • O Quadril Agosto 2013 11

    16:30 16:45 Tcnica modificada e resultados da artroplastia capsular (codivilla, hey grovers, colonna) Reinhold Ganz16:45 17:00 Luxao ps artroplastia total de quadril Miguel Cabanela17:00 17:15 Como introduzir novas tecnologias no mercado: em perodos ou de forma catica? Henrik Malchau17:15 17:30 Procedimentos em quadris infectados Todd Sekundiak17:30 17:45 Reteno de cimento femoral em revises infectadas Graham Gie17:45 18:15 Discusso moderador Emlio Freitas

    Sbado, 14 de setembro de 2013 Sala A

    8:00 8:15 Resultados das revises das artroplastias totais do quadril com a tcnica de Exeter, com 10 anos de seguimento Flvio Maldonado8:15 8:30 Tcnica da osteotomia trocantrica estendida em reviso de artroplastia total de quadril Daniel Berry8:30 8:45 Avaliao radiogrfica e tcnica cirrgica de 50 prteses de quadril metafisrias Metha Edmilson Takata8:45 9:00 Indicaes e resultados de artroplastia total de quadril bilateral simultnea Claudio Mella9:00 9:15 Reviso acetabular complexa Daniel Berry9:15 9:30 Avaliao da marcha de idosos aps fratura transtrocanteriana instvel do fmur Julio Rigol9:30 9:45 Opes cirrgicas no tratamento da prtese infectada do quadril Claudio Mella9:45 10:10 Discusso moderador Sergio Delmonte Alves10:10 10:35 Coffee break10:35 10:50 Superfcies cermica - cermica em quadris complicados Francesco Benazzo10:50 11:05 Tendncias atuais em artroplastia primria de quadril Todd Sekundiak11:05 11:20 Consideraes atuais sobre a fixao e superfcie de contato das prteses de quadril primria Miguel Cabanela11:20 11:35 Porque prtese total de quadril cimentada Graham Gie11:35 12:05 Discusso moderador Emerson Honda12:05 12:15 Encerramento12:00 12:15 Assembleia Geral

    Sbado, 14 de setembro de 2013 Sala B

    8:00 8:15 Reviso acetabular: tcnicas e opes Todd Sekundiak8:15 8:30 Reviso da artroplastia total do quadril: minha opo Julio Cesar Palacio8:30 8:45 Hastes femorais cnicas para reviso Todd Sekundiak8:45 9:00 Artroplastia total do quadril Julio Cesar Palacio9:00 9:15 Dor gltea profunda: reviso da literatura e relato de tratamento endoscpico de 3 casos Marcelo Queiroz9:15 9:30 Tratamento ortopdico das metstases no quadril Manuel Diogenes9:30 9:45 Highly cross linked polyethylene, cincia bsica e resultados clnicos Henrik Malchau9:45 10:10 Discusso moderador Itiro Suzuki10:10 10:35 Coffee break10:35 10:50 Porque as prteses total de quadril primria falham em 2013: o que ns aprendemos? Daniel Berry10:50 11:05 Como o meu tratamento evoluiu na prtese total primria do quadril nas ltimas 3 dcadas John Callaghan11:05 11:20 O futuro da cirurgia de substituio do quadril nos prximos 20 anos John Timperley11:20 11:35 Registros nacionais e regionais: estado atual Henrik Malchau11:35 12:05 Discusso moderador Sergio Rudelli

  • O Quadril Agosto 201312

  • O Quadril Agosto 2013 13

    A iniciativa da organizao do congresso da SBQ de solicitar o envio de abstracts sobre trabalhos, dos quais os melhores foram selecionados para que seus autores faam apresentaes j deu bons resultados. A entidade recebeu 169 trabalhos assinados por 84 autores de 12 unidades da Federao.

    Embora predominem, como seria de esperar, as contribuies do Rio de Janeiro, 17 trabalhos, do Rio Grande do Sul, 26 trabalhos, e de So Paulo, 74 trabalhos, o resultado mostra que a pesquisa original na rea de quadril realizada em hospitais e servios de vrios

    Secretaria recebeu 169 abstracts enviados por 84 autores

    Estados, o que indica o dinamismo do setor. A Comisso encarregada da seleo dos trabalhos que merecem a distino de serem apresentados pelos autores informou que h contribuies efetivamente importantes, entre os trabalhos recebidos.

    Os abstracts vieram de Macei, da Bahia, do Cear, Distrito Federal, Gois, de Minas Gerais, onde pesquisadores de Belo Horizonte e tambm de Juiz de Fora esto participando, de Mato Grosso, do Paran, Rio de Janeiro, representado por trabalhos do Rio e de Terespolis, do Rio Grande do Sul, tambm com origem diversificada,

    j que foram recebidos trabalhos de ortopedistas de Porto Alegre, Passo Fundo e Alegrete. De Santa Catarina inscreveram-se especialistas de Lages e de Florianpolis, enquanto de So Paulo participam trabalhos feitos em Santo Andr, So Jos dos Campos, So Jos do Rio Preto, Marlia, Ribeiro Preto, Botucatu, So Paulo, Batatais, Santos, Ourinhos e Campinas.

    Diante do sucesso da iniciativa, que vai resultar na renovao do quadro de palestrantes, incluindo jovens ortopedistas, a proposta que o novo sistema vigore de forma permanente, sendo adotado tambm no prximo congresso da SBQ.

    J est formada a Comisso Eleitoral que vai presidir as eleies para escolha da nova Diretoria da SBQ no binio 2014/2015. Foram escolhidos para dirigir o processo Ricardo Horta, de Minas Gerais, Marco Pedroni, do Paran e Julio Rigol, do Rio Grande do Sul, que marcaram as eleies para a sexta-feira, dia 13, das 8 s 16 horas, durante o Congresso Brasileiro de Quadril.

    Como a Secretaria manter um estande durante todo o Congresso, os scios inadimplentes podero fazer a quitao dos pagamentos, habilitando-se imediatamente a votar. Tambm no estande os scios podero confirmar seu endereo para correspondncia, pois h endereos desatualizados, impedindo o envio de O Quadril e de correspondncia.

    Terminada a votao, a apurao ser em seguida e ainda na sexta-feira ser proclamado o resultado, e os eleitos tomaro posse em janeiro.

    Eleio da nova diretoriaser durante o congresso

  • O Quadril Agosto 201314

    Local do CongressoSHERATON SO PAULO WTC HOTELAvenida das Naes Unidas, 12.559.CEP 04578-903 So Paulo SPTelefone: (11) 3055-8000Endereo eletrnico www.sheratonsaopaulowtc.com.br

    Data do evento11 a 14 de setembro de 2013.

    Funcionamento da Secretaria11 a 13 de setembro, das 7 s 18 horas.14 de setembro, das 7 s 13 horas.

    Credenciamento e materialO material pode ser retirado na Secretaria.Credenciamento, dependendo de disponibilidade de vagas, de 11 a 13 de setembro.

    Agncia de ViagensLimatur Viagens e TurismoTel./Fax: (11) [email protected] - www.limatur.com

    OrganizaoVS FuturaTel. (16) [email protected]

    Conflito de interessesPalestrantes: O Conselho Federal de Medicina e a Agncia Nacional de Vigilncia Sanitria (ANVISA) obrigam a todos os palestrantes de eventos cientficos a seguirem estritamente a regra disposta no Artigo 42 - 2: Os palestrantes de qualquer sesso cientfica que estabeleam relaes com laboratrios farmacuticos ou tenham qualquer outro interesse financeiro ou comercial

    devem informar potencial conflito de interesses aos organizadores dos congressos, com a devida indicao na programao oficial do evento e no incio da palestra, bem como, nos anais, quando estes existirem.

    SeguranaA SBQ SE PREOCUPA COM SUA SEGURANA.COLABORE.

    Evite transportar todos seus documentos e grande quantidade de dinheiro. No abra sua carteira em pblico. D preferncia a locais que aceitam cartes, para evitar levar dinheiro ou talo de cheques. Evite bolsas a tiracolo em locais pblicos. Bolsas, pochetes, carteiras, mochilas, celulares e sacolas devem sempre ficar frente do corpo, nunca penduradas na cadeira ou colocadas no cho. Evite caixas eletrnicos de rua ou de postos de gasolina, prefira os caixas de supermercados, shoppings e locais com segurana. No hotel, mantenha seus documentos e valores no cofre. Guarde malas e volumes em locais apropriados. No local do evento existe guarda-volumes para essa finalidade. No deixe o notebook desassistido, pois eletrnicos so alvo preferencial de larpios. Para conhecer a cidade e contratar passeios, procure o estande da Limatur Viagens e Turismo. Evite dicas de desconhecidos. Seguindo essa orientao, voc no vai precisar, mas o telefone da Policia 190.

    Bom evento.

    Informaes Gerais

    A participao comprovada no XV Congresso Brasileiro de Quadril dispensa de ponto o servidor pblico. A dispensa deciso antiga e vigora em decorrncia do Decreto N 1.684, de 26 de outubro de 1995.

    Segundo o documento, que leva a assinatura do ento presidente Fernando Henrique Cardoso, o servidor est dispensado do ponto durante os dias em que decorrer o evento, condicionada a dispensa ao disposto em trs artigos:

    1- A autorizao prevista somente poder ser concedida nos casos em que o tema objeto do evento

    Lei garante dispensa de ponto para quem participar de Congressotenha como finalidade o aperfeioamento e atualizao do servidor, nos diversos campos do conhecimento humano.

    2- A autorizao dever ser publicada no Dirio Oficial da Unio com antecedncia de at dois dias da data de incio do evento, devendo ser precedida de justificativa com o temrio e a relevncia do mesmo para a instituio.

    3- O servidor cujo afastamento tenha sido autorizado nos termos deste Decreto dever comprovar a participao efetiva no evento.

  • O Quadril Agosto 2013 15

  • O Quadril Agosto 201316

    NOME SEGMENTO TELEFONE LOCALIZAO

    BADAR Restaurante 3043-9322 Piso Boulevard

    BARBACOA Churrascaria 3043-9244 Piso Boulevard

    BLENZ CAF Doces e cafs 3043-9294 Piso Boulevard

    BON CAF Doces e cafs 3043-9294 Piso Boulevard

    BON GRILL Fast Food 3043-9466 Piso Boulevard

    BON RESTAURANTE Restaurante 3043-9288 Piso Boulevard

    CAF DO PONTO Doces e Cafs 3042-9021 Piso Trreo

    CASA DO PO DE QUEIJO Doces e Cafs 3043-7124 Piso Boulevard

    DIVINA COMEDIA Restaurante 3043-9085 Piso Boulevard

    ESPAO RABE Fast Food 5505-2187 Piso Boulevard

    GENDAI Fast Food 3043-7777 Piso Boulevard

    HAVANNA Doces e Cafs 7028-6354 Piso Boulevard

    KOPENHAGEN Doces e Cafs 3043-9167 Piso Boulevard

    MC DONALDS Fast Food 5505-1665 Piso Boulevard

    RISTORANTE ANDIAMO Restaurante 3043-9050 Piso Boulevard

    RIZZO GOURMET Restaurante 3043-9072 Piso Boulevard

    SPOLETO Fast Food 3043-9073 Piso Boulevard

    SWEET PIMENTA Restaurante 3043-9850 Piso Boulevard

    TUTTI FRUTTI Doces e cafs 3043-9216 Piso Boulevard

    VIENA EXPRESS Fast Food 3043-9145 Piso Boulevard

    VIVENDA DO CAMARO Fast Food 4613-2600 Piso Boulevard

    Local do congresso tem 21opes para alimentao

    O Sheraton So Paulo WTC, onde se realizar o XV Congresso da Sociedade Brasileira de Quadril, faz parte do conjunto do Shopping D& D, com uma das melhores praas de alimentao do Brasil,

    que inclui 21 opes de restaurantes e lanchonetes para todos os gostos, mas o hotel tambm conta com restaurante prprio, com capacidade para 80 pessoas.

    O acesso, tanto ao restaurante do hotel, como praa de alimentao, atravs do lobby do hotel e bem sinalizado.

  • O Quadril Agosto 2013 17

    Sob o ttulo Esportes X Leses, o ortopedista Henrique Gurgel precisou recentemente explicar em linguagem acessvel para leigos porque cada vez maior nmero de esportistas, amadores ou profissionais, est procurando o consultrio dos ortopedistas especializados em quadril e o que fazer para prevenir e tratar as leses que afetam at 6% dos adultos e chegam a 24% no caso de esportistas infantis.Abaixo, o artigo publicado com destaque num importante jornal de So Paulo.

    Esportes x Leses

    Cada vez mais aparecem pacientes com leses no quadril em consultrios mdicos do Pas. E a relao com os esportes de alto rendimento clara. Segundo o dr. Henrique Gurgel, mdico do Instituto Vita e do Instituto de Ortopedia e Traumatologia do Hospital das Clnicas da USP, cada vez mais frequente a associao do impacto fmero-acetabular (IFA) contato anormal da cabea do fmur (osso da coxa) com o acetbulo (osso da bacia) - com a Osteoartrite de quadril. O IFA acontece em esportes de alta performance que envolvem muitas repeties, diz ele, entre eles futebol, tnis, atletismo, lutas e surfe.

    As leses do quadril afetam de 5% a 6% dos atletas adultos, chegando a 24% no caso de crianas. Em determinados grupos a incidncia significativamente maior, como nas bailarinas (44%), nos jogadores de futebol (13%) e nos corredores (11%). Isso ocorre porque as pessoas buscam mais qualidade de vida e, nesse contexto, praticam mais esporte.

    No consultrio, recebemos cada vez mais pessoas que praticam agressivamente esportes e, consequentemente, machucam seus quadris, diz Gurgel, para quem entre tais leses, a incidncia do IFA tem aumentado. Ainda de acordo com o mdico, qualquer pessoa que comece a prtica de um esporte ou aumente a intensidade do mesmo, deve estar com a musculatura fortalecida e preparada. Alm disso, sempre indicado

    A difcil misso de explicar aoleigo os problemas do quadril

    contar com o auxlio de um bom profissional (professor de Educao Fsica).

    Esse apoio mais importante quando se trata de esportes de alta performance, nos quais as exigncias sobre o corpo so maiores. A recomendao que, ao sentir qualquer dor no quadril, deve-se parar a prtica do esporte, fazer repouso e usar analgsicos comuns e, caso a dor persista por mais de uma semana, torna-se necessrio procurar um especialista para que o problema seja corretamente diagnosticado e tratado. A dor pode ser consequncia de vrios problemas, como leses musculares ou tendneas, ou de doenas potencialmente mais graves, como o IFA.

    O IFA, caso no tratado, pode ser uma importante causa de Osteoartrose do quadril. Esta ocorre com a degenerao da cartilagem e afeta cerca de 6% da populao mundial, gerando dores incapacitantes que comprometem a qualidade de vida. Quando a doena progride e no melhora com mtodos conservadores, tratada com a substituio da articulao por uma prtese, explica o ortopedista.

    Os pacientes com IFA queixam-se de dores profundas no quadril ou virilha, que pioram quando permanecem muito tempo sentados, ao levantarem-se (sarem do carro, por exemplo) ou ao realizarem movimentos que envolvem flexo e rotao do quadril. Segundo Gurgel, o tratamento de qualquer atleta com IFA deve ser inicialmente no cirrgico, com medicao, fisioterapia com analgesia e fortalecimento muscular e, por vezes, reeducao no esporte, evitando os movimentos que foram a articulao.

    Caso a dor persista, torna-se necessria a interveno cirrgica, que pode ser feita atravs da Artroscopia. Com pequenas incises e o auxlio de uma cmara, tratamos todas as leses existentes, retirando as possveis salincias sseas. Assim, o objetivo da cirurgia de Artroscopia, alm de tratar as leses, retirar o fator de risco, prevenindo novos problemas de cartilagem, afirma o mdico.

    O objetivo final , portanto, tratar o IFA para evitar que este gere a Osteoartrose.

  • O Quadril Agosto 201318 O Quadril Agosto 201318

    RegionaisNORTE-NORDESTE

    CENTRO-OESTE

    SUDESTE

    RIO DE JANEIROPAULISTA

    PARAN

    SUL

    Rio de Janeiro

    O Hospital Ortopdico de Passo Fundo acolheu, nos dias 7 e 8 de junho o encontro cientfico da Regional Sul da SBQ, organizado por Andr Kruel, Ari Ungaretti e Bruno D. Roos.

    O evento foi um sucesso, tanto que os participantes decidiram que o prximo encontro ser em outubro, e os temas apresentados foram Artroplastia de Quadril em

    Foi um sucesso, com 137 ortopedistas inscritos, um recorde, o III Encontro Rio-Minas de Cirurgia de Quadril, que teve lugar em Itaipava, juntamente com o VI Encontro da SBQ/RJ, no final do ms de maio.

    O vice-presidente da SBQ, Sergio Delmonte, conta que para expor os temas escolhidos, Artroplastia primria de quadril, Artroplastia de reviso com utilizao de enxerto sseo e substituto metlico e cirurgia preservadora de quadril, foram convidados, alm dos especialistas

    da regio, Sergio Rudelli, Luiz Sergio Marcelino Gomes, Bruno Roos, Milton Roos, Paulo Alencar, Ademir Schuroff, Itiro Suzuki, Manoel Digenes, entre vrios outros, o que garantiu uma excelente qualidade cientfica do evento.

    Jantar em castelo estilo medievalcoroou evento de Itaipava

    Aps o encerramento dos trabalhos, aconteceu o jantar de confraternizao, oferecido no castelo construdo pelo baro Smith de Vasconcelos no incio do sculo XX e que recentemente serviu de cenrio para uma novela.

    A construo do imvel de estilo medieval foi feita com o concurso de 20 famlias de artesos trazidas da Europa e at os blocos de pedra talhada vieram de Portugal. A obra, um dos monumentos da arquitetura na regio de Petrpolis tem telhado de ardsia, importado da Frana, o mrmore italiano, de Carrara, os vitrais foram encomendados na ustria e todas as ferragens so inglesas. Entre os 42 cmodos do castelo, so destaque os quartos destinados aos sete filhos do baro, cujos nomes esto estampados em ouro, nas portas de jacarand.

    Jornada cientfica no hospital ortopdico de passo fundoSul

    situaes especiais e Reviso de Artroplastia de Quadril.

    O nmero de inscritos foi considerado expressivo, 80 especialistas tanto do Rio Grande do Sul, como do Paran e Santa Catarina e os palestrantes convidados foram Itiro Suzuki, de So Paulo e Carlos Macedo e Carlos Berwanger, ambos do Rio Grande do Sul.

  • O Quadril Agosto 2013 19O Quadril Agosto 2013 19

    Paulista

    Os responsveis pela IV Jornada do Quadril da SBQ Paulista, David Nicoletti Gumieiro e Gilberto Jos Cao Pereira esto satisfeitos com o sucesso do evento, realizado em Botucatu, no interior paulista, nos dias 19 e 20 de abril.

    Foram dois dias de intenso aprendizado, dizem eles, nos quais conseguimos alcanar os principais objetivos da iniciativa pioneira, como aproximar os colegas do interior e da capital do Estado, dar oportunidade para que todos pudessem apresentar tanto suas experincias, como dificuldades, incluindo a discusso dos casos com companheiros de vasta experincia em diferentes frentes da cirurgia de quadril. Mais importante, fortalecemos os laos de amizade e respeito entre os profissionais dos

    A V Jornada Itinerante de Quadril da Sociedade Brasileira de Quadril Regional Paulista foi na cidade litornea de Santos, durante os dias 24 e 25 de maio e a programao cientfica foi estruturada em mdulos constitudos de mesas-redondas modernas.

    O organizador do evento, Paulo Rogrio Ferreira, conta que alm de profissionais da rea de quadril, houve participao da rea de Radiologia, Fisioterapia e de Oncologia. Dos especialistas em quadril participaram ortopedistas de So Paulo, Santos, Campinas, So Jos do Rio Preto, Marlia, Rio de Janeiro e Botucatu, entre eles Srgio Paulo Viriato, Ricardo Basile, Giancarlo Polesello, Roberto Dantas

    Jornada itinerante em Santos foi com mesa-redonda moderna

    Queiroz, Rogerio Naim Sawaia, Henrique Cabrita, Jeisner Godoy, Ricardo Luiz Santana, Silvio Borges, Lus Felipe Elias, Fbio Devito, Luiz Gustavo C. Melo, Flvio Maldonado, Fernando Pina Cabral e Valter Penna.

    Os radiologistas foram Carlos Longo, Guinel Hernandes e Marco Tlio Gonzalez e tambm esteve presente a oncologista Sueli Monterroso Cruz e o fisioterapeuta

    Jos Carlos Bahir. O evento foi considerado

    proveitoso, com discusso de casos clnicos analisados sob a viso de profissionais de reas diversas e, no final dos trabalhos o organizador agradeceu a oportunidade e a confiana da SBQ Paulista e disse que, diante do sucesso do evento, Santos continua pronta a receber eventos da entidade.

    Jornada do quadril de Botucatu teve nvel de congresso

    diferentes servios. Os organizadores

    ressaltam que a Jornada foi realizada graas ao trabalho de vrias pessoas, que merecem agradecimentos especiais, o Grupo de Cirurgia de Quadril da Faculdade de Medicina de Botucatu e os palestrantes, cujas apresentaes foram do mais alto nvel, digna dos grandes congressos, enfatiza David Gumieiro. Eles agradecem tambm o entusiasmo dos participantes, quase 50 inscritos, que interromperam suas obrigaes do dia a dia para participar do evento, o que muito gratificante para os organizadores.

    Na ocasio em que a Faculdade de Medicina de Botucatu festeja seu quinquagsimo aniversrio, a SBQ Paulista se associou s

    comemoraes, organizando um evento de grande porte, como foi desejado pelo presidente da Regional, Giancarlo Polesello e pelo diretor cientfico, Henrique Cabrita.

    Ex-estagirios do Grupo de Cirurgia de Quadril da Faculdade de Medicina de Botucatu, com o chefe do Grupo Gilberto Jos Cao Pereira.

  • O Quadril Agosto 201320

    Norte/Nordeste

    O Quadril Agosto 201320

    Com a participao de 64 inscritos e quatro conferencistas de outros Estados, realizou-se em Fortaleza, no final de julho, a Jornada Itinerante da Regional Norte/Nordeste, que teve como temas principais a artroplastia primria complexa, infeco, tcnicas de reviso prottica, revises completas e discusso sobre como evitar complicaes em trauma e cirurgias preservadoras.

    O presidente da Regional, Robson Alves, disse que o local foi muito bem escolhido, pois o

    A sexta e ltima Jornada Itinerante da Regional Paulista da SBQ foi nos dias 21 e 22 de junho, em Guaratinguet, no 500 Hotel e Golfe Clube, com a participao de professores vindos de vrios Estados brasileiros.

    O organizador do evento foi o professor Nelson Franco Filho, e entre os palestrantes convidados estavam Milton Ross, de Passo Fundo, Luciano Martins Alves Rosa, da Faculdade de Medicina de Itajub, Luiz Sergio Marcelino Gomes, da PUC de Campinas, Welber Castanhato, da Universidade So Francisco, de Bragana Paulista, Sergio Pedro Lapinha, de Jacare, Paulo Cesar

    Jornada de Guaratinguet encerra ciclo de 2013 da Regional Paulista

    Villani, de Araatuba, Giancarlo Polesello, que o presidente da Regional, Roberto Dantas Queiroz, Takeshi Chikude, Henrique Cabrita, Itiro Suzuki, Nelson Ono, Emerson Honda e Edison Fujiki.

    Vrios palestrantes representaram os servios do Vale do Paraba, como Rafael Kallauer, Alex Sandro Freitas, Luciano Moura, Fabio Martins Pinto e Andr Carvalho.

    A Jornada foi acompanhada por cerca de 60 participantes, muitos dos quais compareceram com familiares que aproveitaram o lazer nas instalaes do Clube, que tem uma infraestrutura muito bem cuidada.

    Fortaleza recebe nova jornada itinerante de quadrilevento foi na cobertura de um hotel na avenida Beira Mar e abrilhantado pela participao de Emerson Honda, de So Paulo, Srgio Delmonte, do Rio de Janeiro e de Raul Lins e Cludio Marques, de Pernambuco, alm dos conferencistas do Cear, ente os quais Manuel Digenes, Ronaldo Silva, Tiago Gomes, Francisco Machado, Marcos Giro e do prprio coordenador do evento, Robson Alves.

    Aps a programao cientfica, o humorista Z Modesto apresentou

    um show, seguindo-se uma feijoada oferecida aos presentes.

    Para Robson, o sucesso dos ltimos eventos promovidos o predispe a montar anualmente pelo menos trs Jornadas Itinerantes, a se realizarem em Fortaleza, Recife e Salvador.

    Cartas RedaoA redao de O Quadril recebeu agradecimentos e mensagem de apoio de Ricardo Horta, que

    cumprimenta pela publicao que, no seu entender, est muito boa.

    Tambm Robson Alves se manifestou, afirmando que no imaginou que a divulgao da operao pioneira com enxerto sseo no Nordeste tivesse tanta divulgao e afirma que a semente plantada h de se tornar rvore frondosa.

    J Marcelo Rosa, do IOT do Hospital das Clnicas da USP agradeceu a divulgao dos dados das pesquisas sobre os efeitos dos acidentes com motocicletas e considera a matria um alerta importante sobre o tema.

    Tambm se manifestaram elogiando O Quadril e a publicao de entrevistas que consideram oportunas o diretor cientfico Carlos Roberto Galia e o secretrio Guydo Marques.

    Paulo Cesar Villani, interrompido pelo O Mscara Roni Azevedo Carvalho, por estourar o tempo de conferncia.

    Nelson Franco Filho, organizador da VI Jornada de Guaratinguet.

  • O Quadril Agosto 2013 21

  • O Quadril Agosto 201322

    A Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia denunciou recentemente que em todos os grandes hospitais brasileiros persistem filas de at cinco anos para que um paciente do SUS seja operado para receber uma prtese. As filas existem no por falta de mdicos, mas porque o governo no financia a infraestrutura, no d condies de trabalho, principalmente na rea de urgncia e emergncia e faltam salas cirrgicas, ambulatrios, equipamentos para anestesia, aparelhos para exames de imagem, material e financiamento, afirmam os ortopedistas.

    colocar uma prtese de quadril, de joelho ou para uma reviso substituio da prtese aps uma dcada de uso de cinco anos, mas eu tenho mdicos, ps-graduandos, professores, anestesistas e pessoal de enfermagem mais que suficiente para zerar essa fila em pouqussimo tempo, se houvesse recursos para fazer mais de duas prteses de semana, que o nmero que nossa equipe est autorizada a fazer.

    Para o especialista, a situao idntica nos demais hospitais de So Paulo, Santa Marcelina, Hospital das Clnicas entre eles, e nos grandes hospitais do Brasil inteiro, e no fazendo festas que representaro votos nas Prefeituras das pequenas cidades, quando os mdicos estrangeiros chegarem, que o problema ser resolvido. Temos depoimento de dezenas de ortopedistas os quais, idealistas, foram trabalhar em cidades pequenas, logo depois de se formarem, e acabaram voltando, diz ele, porque o mdico o elo final de uma corrente que precisa preexistir, ou ento o profissional se torna intil.

    Exame rigoroso absolutamente necessrioA SBOT lembra tambm que um mdico formado no Brasil

    s recebe o ttulo de Ortopedista depois de passar pelo TEOT, um exame muito rigoroso, que s na parte terica tem 200 perguntas e demora quatro horas para ser feito, depois do qual o candidato a ortopedista precisa examinar uma pessoa que faz o papel de paciente na frente de um grupo de professores.

    Para Faloppa, a Medicina e em especial a Ortopedia evolui to rapidamente que, mesmo os ortopedistas formados no Brasil, onde o curso dura seis anos, depois dos quais fazem dois anos de residncia mdica, seguindo-se a especializao de pelo menos mais um ano, precisam se submeter Educao Continuada oferecida pela SBOT, para acompanhar o estado da arte na Ortopedia. E no tem cabimento algum, diz, que o Brasil importe como mdicos pessoas que se formaram nas mesmas Faculdades cubanas das quais dezenas de brasileiros escolhidos por sua filiao partidria vieram recentemente diplomados, mas incapazes de passar num exame para validao dos seus conhecimentos o qual, no ano passado, teve mais de 92% de reprovados.

    Ao concluir, o presidente da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia afirmou que, como sempre, o Governo acena com uma soluo milagrosa, tenta mostrar que basta trazer alguns milhares de mdicos do exterior e o problema estar resolvido, porque essa deciso demaggica muito mais barata e mais visvel do que o trabalho necessrio e inadivel, de melhorar a infraestrutura de sade do Brasil.

    Ortopedistas denunciam que fila de 5 anos para uma cirurgia falta de estrutura, no de mdicos

    Ao anunciar total apoio da SBOT ao manifesto A Sade Pblica e a Vergonha Nacional, divulgado pelo Conselho Federal de Medicina, AMB, ANMR e FENAM, o presidente da entidade, Flvio Faloppa, garantiu que os 10 mil ortopedistas brasileiros so mais que suficientes para atender a toda a populao necessitada, a eliminar as filas nos hospitais, desde que sejam dadas a eles as mnimas condies necessrias.

    Enquanto essas condies no so garantidas e o governo federal engana a populao, dizendo que basta trazer mdicos estrangeiros para resolver o problema, h dezenas de milhares de vtimas de acidentes de trnsito, de motocicleta, principalmente, incapacitados de trabalhar porque no h condies de infraestrutura para promover a cirurgia reparadora, insiste Faloppa, para quem o mais grave problema do setor a falta de atendimento decorrente da carncia de meios, no de mdicos.

    O smbolo dessa carncia de infraestrutura pode ser visto toda manh nas estradas paulistas, diz o especialista, por onde trafegam dezenas de ambulncias vindas das cidades do Interior, para descarregar os pacientes nos poucos hospitais da Capital que tem infraestrutura, entenda-se o equipamento adequado para atender a um poli traumatizado ou a um idoso que sofreu uma fratura decorrente da osteoporose.

    Flvio Faloppa, que integra os quadros do Hospital So Paulo, pertencente Unifesp, exemplifica dizendo que no hospital em que trabalha, um dos melhores do Brasil, a fila para

  • O Quadril Agosto 2013 23

  • O Quadril Agosto 201324