tipos de epitélios - ibb.unesp.br · organização em unidades secretoras (glândulas) epitélio...

33
Epitélio de Revestimento Revestimentos da superfície externa e de cavidades do corpo Tipos de Epitélios

Upload: ngodien

Post on 05-Oct-2018

213 views

Category:

Documents


0 download

TRANSCRIPT

Epitélio de Revestimento

Revestimentos da superfície externa e de cavidades do corpo

Tipos de Epitélios

Organização em unidades secretoras (glândulas)

Epitélio Glandular

Tipos de Epitélios

Tubular simples reta Tubular simples enovelada Alveolar simples Tubular simples ramificada

Alveolar simples ramificadaTubulosa compostaAcinosa composta Tubulo-acinosa composta

Estrutura Geral

Epitélio Glandular

Célula glandular: célula secretora de natureza epitelial

Ex: célula caliciforme

Tecido glandular: grupos de células glandulares

Ex: ilhotas pancreáticas

Parênquimacélulas responsáveis pelas principais funções típicas

Estrutura Geral da Glândula:

Epitélio Glandular

EstromaTecido de sustentação, nutrição e inervação do

parênquima

Ex: glândula sudorípara

Tecido Epitelial Glandular (glândulas)

Classificação Geral:

- Quanto ao local de secreção:

Epitélio Glandular

Glândulas endócrinas

Liberam o produto de secreção próximo à

capilares sanguíneos

(Ex: tireóide)

Glândulas exócrinas

Liberam o produto de secreção

dentro de um ducto ou próximo a

uma superfície

(Ex: sudorípara)

Origem Embrionária

Ectoderma: glândulas associadas à pele (sudoríparas, sebáceas e mamárias);

Mesoderma: glândulas adrenais (córtex adrenal);

Endoderma: glândulas associadas ao trato digestório (esofágicas, gástricas, intestinais, fígado e pâncreas).

Epitélio Glandular

Epitélio Glandular

Formação das glândulas a partir de epitélios de revestimento

Glândula exócrina

Glândulas endócrinas

Origem Embrionária

Classificação das Glândulas Exócrinas

- Tipo de ducto excretor

- Forma da porção secretora

- Forma da porção secretora

- Natureza da secreção

- Mecanismo de eliminação da secreção

1. Tipo de ducto excretor:

Simples

liberam seu conteúdo em um ducto ou canal não ramificado

Composta

liberam seu conteúdo em um ducto ramificado (com várias subdivisões)

Classificação das Glândulas Exócrinas

Ex: glândula submandibularEx: intestino grosso

Ex: parótida

Tubular: forma de tubo: reta, ramificada, enovelada

2. Forma da porção secretora:

Classificação das Glândulas Exócrinas

Acinosa: forma de esfera

Túbulo-acinosa: combinação de túbulos e ácinos

Ex: intestino grosso

Ex: parótida

Ex: próstata

Tubular simples reta Tubular simples enovelada Tubular simples ramificada Acinosa simples

Acinosa simples ramificadaTubular composta Acinosa composta Tubulo-acinosa composta

Classificação das Glândulas Exócrinas1. Tipo de ducto excretor

2. Forma da porção secretora

3. Natureza da secreção:

Classificação das Glândulas Exócrinas

Serosarica em proteínas

e fluída

Mucosarica em mucina (glicoproteína)

Sero-Mucosa (Mista)contém os dois tipos

de secreção

4. Mecanismo de eliminação da secreção:

Classificação das Glândulas Exócrinas

Merócrinaexocitose de

proteínas/glicoproteínas

Apócrinacélula comprime parte de

seu conteúdo

Holócrinacélulas morrem e todo conteúdo

é eliminado com a célula

ex: pâncreas ex: glândula mamária ex: glândula sebácea

Ex: glândulas intestinais (intestino grosso)

Classificação das Glândulas Exócrinas

1. Tipo de ducto excretor:

2. Forma da porção secretora:

3. Natureza da secreção:

4. Mecanismo de eliminação da secreção:

Simples

Glândula simples tubulosa reta

Tubulosa reta

Predomínio Mucoso

Merócrina

Ex: glândulas sudoríparas

Classificação das Glândulas Exócrinas

1. Tipo de ducto excretor:

2. Forma da porção secretora:

3. Natureza da secreção:

4. Mecanismo de eliminação da secreção:

Simples

Glândula simples tubulosa enovelada

Tubulosa enovelada

Predomínio seroso

Merócrina

Função: secreção do suor

Ducto: epitélio cúbico estratificado

Porção secretora: epitélio cúbico simples

Contração: eliminação da

secreção

Ex: glândulas sebácea

Classificação das Glândulas Exócrinas

1. Tipo de ducto excretor:

2. Forma da porção secretora:

3. Natureza da secreção:

4. Mecanismo de eliminação da secreção:

Simples

Glândula simples acinosa ramificada

Acinosa ramificada

Holócrina

Função: Secreção do sebo (lubrifica a pele)

Anexos dos folículos pilosos →→→→ abrem-se nos folículos

Ex: glândulas sebácea

Classificação das Glândulas Exócrinas

Glândula simples acinosa ramificada

Função: Secreção do sebo (lubrifica a pele)

Anexos dos folículos pilosos →→→→ abrem nos folículos

Ex: glândula parótida

Classificação das Glândulas Exócrinas

1. Tipo de ducto excretor:

2. Forma da porção secretora:

3. Natureza da secreção:

4. Mecanismo de eliminação da secreção:

Composta

Glândula composta acinosaramificada de secreção serosa

Acinosa ramificada

Serosa

Merócrina

Ex: glândula sublingual

Classificação das Glândulas Exócrinas

1. Tipo de ducto excretor:

2. Forma da porção secretora:

3. Natureza da secreção:

4. Mecanismo de eliminação da secreção:

Composta

Glândula composta túbulo-acinosaramificada de secreção mucosa

Túbulo-acinosa ramificada

Mucosa

Merócrina

Ex: glândula submandibular

Classificação das Glândulas Exócrinas

1. Tipo de ducto excretor:

2. Forma da porção secretora:

3. Natureza da secreção:

4. Mecanismo de eliminação da secreção:

Composta

Glândula composta túbulo-acinosaramificada de secreção mista

Túbulo-acinosa ramificada

Sero-Mucosa (Mista)

Merócrina

Células do Ducto Estriado

transporte de íons

Células de secreção

Epitélio Glandular

Formação das glândulas a partir de epitélios de revestimento

Glândula exócrina

Glândulas endócrinas

Origem Embrionária

Glândulas EndócrinasSistema Endócrino

- Células isoladas: células APUD ou do sistema neuro-endócrino difuso

- Partes de glândula mista (ilhotas pancreáticas)

- Glândulas propriamente ditas

- Carecem de ductos

- Secreção endócrina/parácrina

- Órgão(s) alvo (s): receptor específico

Glândulas Endócrinas

- Carecem de ductos

- Secreção endócrina/parácrina

- Órgão(s) alvo (s): receptor específico

→→→→ Hormônios

- Esteróides

- Polipeptídicos

(protéicos)

- Glicoprotéicos

- Derivados de aa

Sistema Endócrino

- Células isoladas: células APUD ou do sistema neuro-endócrino difuso

- Partes de glândula mista (ilhotas pancreáticas)

- Glândulas propriamente ditas

Glândulas Endócrinas

� Tecido adiposo

� Fígado

• hepatócitos individuais

• funções endócrinas/exócrinas

� Órgãos

• funções endócrinas/exócrinas

• componentes (pâncreas, rins, testículos, ovário)

� Glândula endócrina transitória

• placenta

Funções Endócrinas

Glândulas Endócrinas

� Número de células

• Unicelulares

Sistema neuroendócrino difuso (células APUD)

• Multicelulares

Pineal, paratireóide, tireóide,, adrenal, pituitária

� Morfologia

• Vesicular ou folicular

• Cordonal

Glândulas Endócrinas Clássicas

Glândulas EndócrinasVesicular (Folicular)

Glândulas EndócrinasCordonal

Glândulas EndócrinasCordonal

Glândulas EndócrinasCordonal

Interpretação dos cortesInterpretação dos cortes