odontologia – 2018 - upf.br · pdf fileodontologia – p. 4 políticas...

Click here to load reader

Post on 27-Sep-2018

238 views

Category:

Documents

2 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Odontologia p. 1

    Odontologia 2018

  • Seleo de candidatos s vagas do programa de psgraduao lato sensu na modalidade de residncia multiprofissional em sade e rea profissional de sade - 2018

    Odontologia p. 2

    POLTICAS PBLICAS

    Questo 1 - Analise as alternativas a seguir sobre o conceito de Sade proposto pela VIII Conferncia Nacional de

    Sade (1986) e assinale a alternativa correta.

    a) Sade diz respeito apenas ao resultado das condies

    econmicas da populao.

    b) As causas que determinam o processo de sade/doena tm

    origem orgnica.

    c) Sade ausncia de doena.

    d) Sade o estado do mais completo bem-estar fsico, social e

    mental.

    e) A Sade tem como fatores determinantes e condicionantes,

    entre outros, a alimentao, a moradia, o saneamento bsico,

    o meio ambiente, o trabalho, a renda, a educao, o transporte,

    o lazer e o acesso aos bens e servios essenciais.

    Questo 2 - Analise as seguintes afirmativas:

    I. Em 1988, a Constituio brasileira reconheceu a sade como

    um direito do cidado e um dever do Estado.

    II. Esse reconhecimento constitucional do direito sade s foi

    possvel aps longa luta poltica e graas atuao do

    Movimento pela Reforma Sanitria.

    III. A implantao de um sistema de sade universal no Brasil teve

    incio em um contexto poltico e econmico desfavorvel.

    IV. O SUS aumentou amplamente o acesso aos cuidados de

    sade para grande parte da populao brasileira.

    Est correto o que se afirma em:

    a) I, II e III, apenas.

    b) I e II, apenas.

    c) III e IV, apenas.

    d) I, II, III e IV.

    e) I e IV, apenas.

    Questo 3 - Sobre os Determinantes Sociais de Sade (DSS), assinale a alternativa correta.

    a) A relao entre os determinantes da sade e a sade das

    pessoas no tem ligao com os nveis de vida da sociedade,

    atingindo apenas o nvel macroambiental.

    b) Normalmente, so poucos os fatores que influenciam o

    processo sade/doena das pessoas e a presena desses

    fatores no determina o estado de sade da populao.

    c) A maior parte da carga de doenas ocorre devido s condies

    em que as pessoas nascem, vivem, crescem, trabalham e

    envelhecem.

    d) A diversidade gentica, o sexo, a dieta, a nutrio e os

    processos de envelhecimento so determinantes fundamentais

    da sade, sobre os quais no possvel intervir positivamente

    para promover e recuperar a sade.

    e) Recomenda-se que as abordagens ligadas aos determinantes

    sociais seja implementada por meio de um programa que

    executado envolvendo somente os usurios do Sistema nico

    de Sade.

    Questo 4 - Considerando o que dispe o Decreto Presidencial n 7.508, de 28 de junho de 2011, acerca das

    Regies de Sade, considere as seguintes afirmativas:

    I. Regio de Sade o espao geogrfico contnuo constitudo

    por agrupamentos de Municpios limtrofes, delimitado a partir

    de identidades culturais, econmicas e sociais e de redes de

    comunicao e infraestrutura de transportes compartilhados,

    com a finalidade de integrar a organizao, o planejamento e

    a execuo de aes e servios de sade.

    II. As Regies de Sade sero institudas pelo Estado, em

    articulao com os Municpios, respeitadas as diretrizes gerais

    pactuadas na Comisso Intergestores Tripartite (CIT).

    III. Podero ser institudas Regies de Sade interestaduais,

    compostas por Municpios limtrofes, por ato conjunto dos

    respectivos Estados em articulao com os Municpios.

    IV. As Regies de Sade no podero ser referncia para as

    transferncias de recursos entre os entes federativos.

    Est correto apenas o que se afirma em:

    a) II e III.

    b) I e II.

    c) III e IV.

    d) I e IV.

    e) I, II e III.

    Questo 5 - A respeito do Controle Social no Sistema nico de Sade, analise as seguintes assertivas.

    I. O Conselho de Sade rgo colegiado, em carter

    permanente e deliberativo, composto 50% (cinquenta por

    cento) por representantes do governo e 50% (cinquenta por

    cento) por representantes dos usurios dos servios de sade.

    II. A Constituio Federal de 1988 no faz referncia ao controle

    social no SUS.

    III. O controle social no SUS exercido pela sociedade civil

    organizada nas esferas da ao do Estado na rea da sade.

    IV. As Conferncias de Sade e os Conselhos de Sade so

    instrumentos legais de controle social.

    Est correto o que se afirma em:

    a) I, II, III e IV.

    b) III e IV, apenas.

    c) I, II e III, apenas.

    d) I e II, apenas.

    e) I e IV, apenas.

  • Seleo de candidatos s vagas do programa de psgraduao lato sensu na modalidade de residncia multiprofissional em sade e rea profissional de sade - 2018

    Odontologia p. 3

    Questo 6 - A Lei 8.080/1990, alm de constituir um instrumento legal e normativo do Sistema nico de Sade (SUS),

    tambm uma fonte de conceitos operacionais. Nesse sentido,

    integralidade, no mbito do SUS, entendida como:

    a) Medida de centralizao de decises para resolver os

    problemas de sade no nvel nacional.

    b) Um conjunto articulado e contnuo das aes e servios

    preventivos e curativos, individuais e coletivos, exigidos para

    cada caso em todos os nveis de complexidade do sistema.

    c) Estratgia que prioriza as atividades curativas, sem prejuzo

    dos servios preventivos.

    d) Uma conjugao dos recursos financeiros, tecnolgicos,

    materiais e humanos, com vistas ao fortalecimento sanitrio

    decorrente do meio ambiente.

    e) Um conjunto de aes capaz de eliminar, diminuir ou prevenir

    riscos sade e de intervir nos problemas sanitrios

    decorrentes do meio ambiente.

    Questo 7 - O artigo 200 da Constituio Federal de 1988, em seu inciso III, atribui ao SUS a competncia de ordenar a

    formao na rea da Sade. Portanto, as questes da

    educao na sade passam a fazer parte do rol de atribuies

    finalsticas do sistema. Para observ-lo e efetiv-lo, o Ministrio

    da Sade tem desenvolvido, ao longo do tempo, vrias

    estratgias voltadas para a adequao da formao e

    qualificao dos trabalhadores de sade s necessidades de

    sade da populao e ao desenvolvimento do SUS. Nesse

    contexto, uma poltica vem sendo desenvolvida com a

    finalidade de contribuir para a transformao dos processos

    formativos, das prticas pedaggicas e de sade, e para a

    organizao do processo de trabalho em sade. A que poltica

    nacional o texto se refere?

    a) Poltica Nacional de Educao Popular em Sade.

    b) Poltica Nacional de Educao Permanente para o Controle

    Social em Sade.

    c) Poltica Nacional de Educao Permanente em Sade.

    d) Poltica Nacional de Educao Continuada em Sade.

    e) Poltica Nacional de Promoo da Educao em Sade.

    Questo 8 - A representao paritria composta pelos Conselhos de Secretarias Municipais de Sade (COSEMS) e

    pelas Secretarias Estaduais de Sade nos estados

    denominada:

    a) Conselho Nacional de Secretrios de Sade (CONASS).

    b) Comisso Intergestores Bipartite (CIB).

    c) Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Sade

    (CONASEMS).

    d) Comisso Intergestores Regional (CIR).

    e) Comisso Intergestores Tripartite (CIT).

    Questo 9 - O Decreto 7.508/11 estabelece a organizao do SUS em Regies de Sade, tendo como objetivos:

    I. Garantir o acesso resolutivo e de qualidade rede de sade,

    constituda por aes e servios de ateno primria,

    vigilncia sade, ateno psicossocial, urgncia e

    emergncia e ateno ambulatorial e hospitalar especializada.

    II. Efetivar o processo de descentralizao, com

    responsabilizao compartilhada, favorecendo a ao

    solidria e cooperativa entre os entes federados.

    III. Reduzir as desigualdades loco-regionais, por meio da

    conjugao interfederativa de recursos.

    Est correto o que se afirma em:

    a) II e III, apenas.

    b) I e II, apenas.

    c) I e III, apenas.

    d) I, II e III.

    e) I, apenas.

    Questo 10 - A conferncia de Alma-Ata definiu a APS como cuidados essenciais baseados em mtodos de trabalho

    e tecnologias de natureza prtica, cientificamente crveis e

    socialmente aceitveis, universalmente acessveis na

    comunidade aos indivduos e s famlias, com a sua total

    participao e a um custo suportvel para as comunidades e

    para os pases, medida que se desenvolvem num esprito de

    autonomia e autodeterminao. Dessa definio emergiram,

    naquele momento, elementos essenciais da APS.

    So elementos essenciais da APS:

    I. A educao em sade; o saneamento bsico; o programa

    materno-infantil, incluindo imunizao e planejamento familiar.

    II. A preveno de endemias; o tratamento apropriado das

    doenas e danos mais comuns e a proviso de medicamentos

    essenciais.

    III. A promoo de alimentao saudvel e de micronutrientes e a

    valorizao das prticas complementares.

    IV. O programa de sade do homem; o programa sade na escola

    e alimentao saudvel.

    Est correto o que se afirma em:

    a) I e III, apenas.

    b) II, III e IV, apenas.

    c) I, II e III, apenas.

    d) II e IV, apenas.

    e) I, II, III e IV.

  • Odontologia p. 4

    POLTICAS PBLICAS ODONTOLOGIA

    Questo 11 - Quanto as ao credenciamento de uma equipe de Sade Bucal (eSB), correto afirmar:

    O municpio dever contar com equipe de Sade de Famlia.

    A contrapartida de recursos do governo estadual.

    Na proposta, deve cons