mangueiras hidráulicas manual

Download Mangueiras hidráulicas Manual

Post on 16-Jul-2015

794 views

Category:

Documents

2 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

Manual de Treinamento Mangueiras e Conexes

Manual de treinamento Mangueiras, conexes e equipamentosLinhasflexveisparaconduodefluidosAs linhas flexveis para conduo de fluidos so necessrias na maior parte das instalaes onde a compensao de movimentos e absoro de vibraes se fazem presentes. Um exemplo tpico de linhas flexveis so as mangueiras, cuja aplicao visa atender a trs propostas bsicas:Tubo interno

1) Conduzir fluidos lquidos ou gasosos; 2) Absorver vibraes; 3) Compensar e/ou dar liberdade de movimentos.

Reforo

Cobertura

Basicamente as mangueiras possuem trs partes construtivas: TubointernooualmadamangueiraDeve ser construdo de material flexvel e de baixa porosidade, ser compatvel qumica e termicamente com o fluido a ser conduzido. Principaismateriaisutilizadosnaconfecodetubosinternos: Mangueirasdeborracha Material Cdigo Parker para seleo para seleo Nitrlica NBR Neoprene CR Policloropreno PKR EPDM/Butil Classe ll Silicone Mangueirastermoplsticas Material Cdigo Parker Hytrel Nylon Teflon Uretano Vinil (PVC) H N TFE U V

ReforooucarcaaConsiderado como elemento de fora de uma mangueira, o reforo quem determina a capacidade de suportar presses. Sua disposio sobre o tubo interno pode ser na forma tranada ou espiralada. Principais tipos de materiais aplicados em reforo de mangueiras:

Fiosmetlicos Ao carbono corda de piano Ao inox

Fiostxteis Algodo Rayon Polyester Kavler

CoberturaoucapadamangueiraDisposta sobre o reforo da mangueira, a cobertura tem por finalidade proteger o reforo contra eventuais agentes externos que provoquem a corroso ou danificao do reforo.Borracha Neoprene Nitrlica + PVC CPE Txtil Algodo Polyester Metlico Ao galvanizado Ao inox Termoplstica Uretano PVC Nylon

1

Parker Hannifin Ind. Com. Ltda. Jacare, SP - Brasil

Manual de treinamento Mangueiras, conexes e equipamentos

S T A M PSize Temperature Application Media Pressure

Antes de

ESPECiFICAR

it.

Size(tamanho)A Parker utiliza de um sistema de indicao de bitola indicada por trao. A bitola se refere ao dimetro interno da mangueira divido por 16. Esse sistema utilizado de maneira universal para indicao das bitolas de mangueiras hidrulicas.Vazo em gales por minuto (gpm)200

Dimetro interno em pol. Todas,excetomangueirasde refrigerao e automotivas Trao -3 -4 -5 -6 -8 -10 -12 -16 -20 -24 -32 -40 Pol. 3/16 1/4 5/16 3/8 1/2 5/8 3/4 1 1-1/4 1-1/2 2 2-1/2 mm 5 6,3 8 10 12,5 16 19 25 31,5 38 51 63 Mangueiras de refrigerao e automotivas Pol. 3/16 1/4 5/16 13/32 1/2 5/8 7/8 1-1/8 1-3/8 1-13/16 2-3/8 3 mm 5 6,3 8 10 12,5 16 22 29 35 46 60 76

100 90 80 70 60 50 40 30

-48

Dimetro interno da mangueira em pol. Velocidadedofluido em ps por segundo32 24 2 1-1/2 1-1/4 1 3/4 5/8 1/2 3/8 5/16 1/4 3/16 15 20 3 4 5 6 7 8 10 2

O grfico ao lado foi desenhado para auxiliar na escolha correta do dimetro interno da mangueira, baseada na vazo do circuito e na velocidade mxima recomendada para a conduo do fluido. Exerccio: Determine o dimetro interno apropriado para uma mangueira aplicada em uma linha de presso com vazo de 16 gpm. Soluo: Localize na coluna da esquerda a vazo de 16 gpm e na coluna da direita a velocidade de 20 ps por segundo. Em seguida, trace uma linha unindo os dois pontos localizados. Verifique que encontramos na coluna central o dimetro de 0,625 pol. = 5/8. Para linhas de suco e retorno, proceda da mesma forma utilizando a velocidade recomendada para as mesmas.

20 16

10 9 8 7 6 5 4 3

20 16 12 10 8 6 5

Velocidademxima recomendada para linha de suco

Velocidademxima recomendada para linha de retorno

2

4 3

Velocidademxima recomendada para linha de presso

1.0 .9 .8 .7 .6 .5 .4

30

2

Parker Hannifin Ind. Com. Ltda. Jacare, SP - Brasil

Manual de treinamento Mangueiras, conexes e equipamentosTemperature(temperatura)As mangueiras podero operar dentro da faixa de temperatura mnima e mxima de trabalho sem que haja qualquer comprometimento de sua vida til. A temperatura mxima indicada em catlogo geralmente para trabalho contnuo, exceto quando indicado para trabalho intermitente. As mangueiras tm sua temperatura mxima de trabalho indicada para fluidos base de petrleo. Portanto, quando o fluido a ser conduzido tratar-se de ar, gua ou emulso (gua/leo), a temperatura mxima de trabalho reduz sensivelmente.

Application (aplicao)Antes de selecionar uma mangueira, importante considerar como a mangueira montada ser utilizada. Algumas perguntas podem ajudar esta escolha: Quaisostipodeequipamentosestoenvolvidos? Hfatoresambientaisquepossamcomprometera integridade damangueira? Halgumacargamecnicaaplicadanamangueira? Osterminaisseroprensadosoureusveis? Oconjuntoestsujeitoabraso? s vezes precisamos especificar mangueiras para certos tipos de aplicao, por exemplo, para aplicaes que submetam a mangueira contatos em superfcies abrasivas podemos indicar as mangueiras da famlia com coberturas TOUGH ou SUPER TOUGH.

Resistncia da mangueira a Super Tough abraso metlica(ST) cover 450 vezes

Nveis de resistncia abraso

Tough cover (TC) Cobertura de borracha padro 80 vezes

Ao selecionarmos uma mangueira, de fundamental importncia que levemos em considerao o seu raio mnimo de curvatura, bem como se a aplicao em questo requer da mangueira flexo intensa. Submeter a mangueira a um raio de curvatura inferior ao mnimo especificado, significa que estamos condenando esta mangueira, pois esta ao promove a desconformao do reforo sobre o tubo interno, criando interstcios que provocaro a ruptura da mangueira quando submetida presso.

Interstcio

3

Parker Hannifin Ind. Com. Ltda. Jacare, SP - Brasil

Manual de treinamento Mangueiras, conexes e equipamentosMedia (meio) de fundamental importncia que a mangueira selecionada seja compatvel com os fluidos a serem conduzidos. Portanto, consulte o catlogo e assegure que os fluidos sejam compatveis com o tubo interno e a cobertura da mangueira.NBR,Nitrlica,Buna-N Excelenteresistnciaaleoecombustveis; Baixaresistnciaaotempoeinterpries; FreqentementemisturadocomPVCparausocomo cobertura; Usualmenteutilizadosemmangueirasparausogeral, combustveis e hidrulica. Neoprene Excelenteresistnciaabraseseaotempo; Boaresistnciachama; Boaresistnciaaleo; Usualmenteutilizadocomocoberturaetubointernode mangueiras hidrulicas. PKR/CPE Excelenteresistnciaaleosecombustveis; Excelenteresistnciatemperatura(-46Ca150C); Boaresistnciaqumica; Resistnciaainterpries. EPDM/BUTIL Boaresistnciaainterpries,aquecimentoeaotempo; Moderadaresistnciaqumica; Noresistentechamaeleo; Usocomumemmangueirasparausogeral,vaporeem mangueiras mais baratas para conduo de fluidos qumicos. Silicone Notransferecheiroegostoaosistema; Boaresistnciaqumica; Resistenteaosonioeraiosultravioletas; Nocondutivo; Excelenteresistnciatemperatura(-17Ca315C).

SeleodemangueiraspelofluidoetipodemangueiraEsta tabela uma referncia prtica de compatibilidade das mangueiras Parker com vrios fluidos. A inteno que seja um guia de compatibilidade qumica com os materiais do tubo interno e o lubrificante de montagem aplicado internamente. As recomendaes especficas so baseadas em experincias de campo, nas indicaes de vrios fornecedores de polmeros ou fluidos, bem como, nas experincias especficas feitas em laboratrios. de suma importncia esclarecer que estas informaes so oferecidas somente como um guia. A seleo final de uma mangueira depende tambm da presso, da temperatura do fluido e do ambiente, bem como de requisitos especiais ou variaes que possam ser desconhecidas pela Parker Hannifin. Onde possa causar um problema externo de compatibilidade ou para fluidos no listados na tabela, recomendados consultar a Parker.

Utilizeatabeladaseguintemaneira12345Procure o fluido que ser conduzido pela mangueira. Selecione o material adequado mangueira e conexo, utilizando a referncia de desempenho esperado. Procure o nmero da mangueira nas colunas I, II, III IV e V. Para saber a disponibilidade do material da conexo em lato ou inox, consulte a Parker. Verifique as especificaes das mangueiras neste catlogo. Consulte a Parker sobre qualquer item que no esteja catalogado.

ResistnciadedesempenhoesperadoA = Satisfatrio F = Razovel Observaesespeciaisnumeradas

X = Insatisfatrio7-

~ = No recomendado

1 - A mangueira dever ser perfurada finamente. Use a ferramenta manual 601069. 2 - Regulamentaes legais e de seguros devem ser consideradas. 3 - As mangueiras push lok no so recomendadas para aplicaes com combustveis. 4 - O uso de mangueiras 285 ou 244 para sistemas de refrigerao devem ser avaliados caso a caso. 5 -Temperaturamximarecomendadade65C. 6 - Satisfatrio com algumas concentraes e temperaturas, insatisfatrio com outras.

Para fluidos de steres Fosfatos consulte a Parker sobre mangueiras de EPDM. 8 - Poder ocorrer alguma descolorao do fluido sem prejudicar as suas prioridades. 9 - Usar mangueira 221FR. 10 - Para aplicaes com ar seco, as mangueiras com tubo interno dos grupos IV e V so recomendadas. 11 - Temperaturamximarecomendadade100C. 12 - Temperaturamximarecomendadade121C. 13 - Usar mangueiras SS23Cgou SS25SUL. 14 - Usar mangueira SS23CG.

4

Parker Hannifin Ind. Com. Ltda. Jacare, SP - Brasil

Manual de treinamento Mangueiras, conexes e equipamentosTiposdemangueirasGrupoI-Neoprene AX, BXX, 201, 225, 301, 341, 422, 601, 701, 711 721, 721TC, 721ST, 731, 761, P35, 781, 791TC e 881 GrupoII SS25UL, 301LT, 351TC, 351ST, 421WC, 431, 451TC, 451ST, 471TC, 471ST, 801, 811, 811HT GrupoIII-Nitrlica 221FR, 302, 381, 422, 472TC, 482TC, 482ST, 772TC, 772ST, 782TC, 782ST, 792TC, 792ST, 821, 831, 302, JK GrupoIV-PKR 206, 213, 266, 293, 426, 436, 821FR, 836 Grupo V - EPDM 304, 424, 604, 774, 804 Tabeladecompatibilidadequmicaextradadapg