introdução a histogênese · origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas...

65
Introdução a Histogênese: origem embrionária dos tecidos Prof. Leonardo M. Crema

Upload: dolien

Post on 08-Nov-2018

215 views

Category:

Documents


0 download

TRANSCRIPT

Page 1: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos

Introdução a Histogênese:origem embrionária dos tecidos

Prof. Leonardo M. Crema

Page 2: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos

Ovogênese

Page 3: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos

Espermatogênese

Page 4: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos
Page 5: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos
Page 6: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos
Page 7: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos
Page 8: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos
Page 9: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos

Diferentes níveis de organização

Page 10: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos

Histologia

Page 11: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos

HistologiaAnimal

Page 12: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos

Tecido epitelial

Prof. Leonardo M. Crema

Page 13: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos

Origem

ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca eglândulas sebácea, mamária e salivar.

mesoderma: endotélio (tecido que reveste osvasos sanguíneos internamente), epitéliourogenital e de membranas que envolvem osórgãos - serosas (pleura, pericárdio e peritônio).

endoderma: fígado, pâncreas, glândulas tireóide e paratireóide, epitélio de revestimento interno do tubo digestório, dos pulmões e da bexiga urinária.

Page 14: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos

Características Células poliédricas justapostas;

Pouca substância extracelular;

Adesão umas às outras por meio de junções;

Revestem a superfície externa e as cavidades internasdo corpo;

Não há vasos sanguíneos

(trocas por difusão - derme).

Page 15: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos

Principais funções

Revestimento de superfícies;

Proteção – barreira física;

Absorção de moléculas - intestinos;

Secreção – glândulas;

Percepção de estímulos – neuroepitélio

olfatório e gustativo;

Contração – células mioepiteliais (contém

miosina e actina).

Page 16: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos

Células epiteliais

Morfologia: pavimentosas,

cúbicas e cilíndricas.

Núcleos acompanham as formas

da células.

Células estão apoiadas sobre

tecido conjuntivo – lâmina própria.

Page 17: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos

Células epiteliais

Porção basal: porção da célula epitelial voltada para o tecido conjuntivo.

Porção apical: extremidade oposta a porção basal, voltada para uma cavidade.

Superfície livre: superfície da porção apical.

Paredes laterais: superfícies de células epiteliais que confrontam células vizinhas.

Page 18: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos

Lâmina Própria

Praticamente todos os epitélios estão

apoiados sobre tecido conjuntivo. No

caso dos epitélios que revestem as

cavidades de órgãos ocos

(principalmente no aparelho digestivo,

respiratório e urinário), esta camada de

tecido conjuntivo recebe o nome de

lâmina própria.

Histologia Básica, 12ª ed; Junqueira & Carneiro

Page 19: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos

MEMBRANA BASAL E/OU

LÂMINA BASAL

Histologia e Embriologia

Humanas, 4ª ed; Eynard,

Aldo.

Page 20: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos

MEMBRANA BASAL E/OU

LÂMINA BASAL

Histologia Básica, 12ª ed; Junqueira & Carneiro

Page 21: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos

MEMBRANA BASAL E/OU

LÂMINA BASAL

Histologia: texto e atlas; 5ª ed; Ross, Michael H.

Os termos “membrana basal” e “lâmina basal” são utilizados de formainconsistente na literatura. Alguns autores usam “membrana basal” quando sereferem às imagens das microscopias óptica (MO) e eletrônica. Outrosdispensam o termo “membrana basal” e usam “lâmina basal” nas MO e ME(microscopia eletrônica). Como o termo “membrana basal” originou-se com aMO, é utilizado neste livro apenas no contexto das descrições da MO e apenasem relação ao epitélio. O termo “lâmina basal” da ME é reservado para oconteúdo ultra-estrutural para indicar a camada presente na interface do tecidoconjuntivo com as células epiteliais. O termo “lâmina externa” é empregadopara identificar essa mesma camada quando ela forma um revestimento celularperiférico, como nas células musculares e nas células de sustentação donervos periféricos.

Page 22: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos

Síntese do Professor Leonardo

Baseando-me nos dados da literatura dos 4 últimos slides epara facilitarmos nosso entendimento, consideraremos emnossas aulas “membrana e lâmina basais” como termossimilares, ou seja, uma camada de diversasmacromoléculas complexas que auxiliam na sustentaçãodas células epiteliais.

Abaixo desta camada, há um espessa camada de tecidoconjuntivo denominada lâmina própria, que nutre aquelascélulas através da “membrana e lâmina basais”.

Page 23: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos

Junções intercelulares

Especializações de membranas laterais de célulasepiteliais.

Funções: locais de adesão;

• vedantes – previnem fluxo de materiais pelo espaçointercelular;

• canais para comunicação entre células adjacentes.

Classificação: junções de adesão – zônulas deadesão, hemidesmossomos e desmossomos;

• junções impermeáveis – zônulas de oclusão;

• junções de comunicação – junções gap.

Page 24: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos

TECIDO EPITELIAL

Page 25: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos

Zônulas de oclusão

Junção da camada mais externa da membrana

plasmática de células adjacentes (pontos de fusão).

Principal função: impedir o movimento de

materiais entre células epiteliais (base-ápice e vice-

versa).

Epitélios com poucos locais de fusão (rim) são mais

permeáveis à água e solutos que epitélios com

numerosos pontos de fusão (bexiga).

Page 26: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos

Zônulas de adesão

Contribuem para aderência entre células vizinhas.

Inserem filamentos de actina no citoplasma

subjacente da membrana da junção (M.P. não se

tocam).

Complexo unitivo: zônula de oclusão + zônula de

adesão da região apical de células epiteliais

(resistência).

Page 27: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos

“Gap junctions”

Junções comunicantes

Grupos de proteínas específicas (conexinas) nas

membranas plasmáticas de células epiteliais

vizinhas.

Formam canais hidrófilos entre duas células.

Comunicação entre células – permitem intercâmbio

de moléculas como hormônios e fazem com que

células trabalhem de forma coordenada.

Page 28: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos

“Gap junctions”

Junções comunicantes

Page 29: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos

Desmossomos e

Hemidesmossomos

Discos de adesão entre as células.

Estendem filamentos de queratina até o outro

desmossomo.

Promovem adesão muito firme entre as células.

Hemidesmossomos: aderem a célula epitelial à

lâmina basal. Têm estrutura de meio desmossomo.

Page 30: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos
Page 31: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos

Especializações de superfície

Microvilosidades: projeções do citoplasma.

Presentes em células de intensa absorção.

microfilamentos de actina no seu interior.

Page 32: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos

Especializações de superfície

Cílios: prolongamentos longos e dotados de

motilidade.

• Envolvidos por membrana plasmática e contêm dois

microtúbulos centrais.

• Inseridos em corpúsculos basais no ápice das células.

• ATP é a fonte de energia para o movimento ciliar.

Page 33: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos

Tipos de epitélios

Divididos em dois grupos : epitélios de

revestimento e epitélios glandulares.

Epitélios de revestimento: células organizadas

em camadas que recobrem superfícies externas e

internas do corpo.

Classificados de acordo com o número de camadas

de células e morfologia das células superficiais.

Page 34: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos

Epitélios de revestimento

Quanto ao número de camadas celulares

Epitélios simples: uma camada de células.

Epitélios estratificados: mais de uma camada de

células.

Pseudo-estratificados: única camada de células com

núcleos em alturas diferentes, dando a impressão de

várias camadas.

Page 35: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos

Epitélios de revestimento

Quanto a forma das células presentes na

camada superficial:

Pavimentoso – células achatadas;

Cúbico – células cúbicas;

Prismático – células altas em forma de prisma;

De transição – células globosas.

Page 36: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos

Tipos de Epitélio

Page 37: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos

Forma das células Exemplos de localização

Função principal

Pavimentoso Revestimento de vasos (endotélio), das cavidades pericárdica, pleural, peritoneal (mesotélio).

Facilita movimento das vísceras (mesotélio); transporte ativo por pinocitose; secreção (endotélio).

Cúbico Revestimento externo do ovário, ductos de glândulas.

Revestimento, secreção.

Prismático Revestimento do intestino, vesícula biliar

Proteção, lubrificação, absorção, secreção.

Pseudo-estratificado Revestimento da traqueia, brônquios, cavidade nasal.

Proteção, secreção, transporte mediado por cílios.

Epitélios simples

Page 38: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos

Epitélios simples

Epitélio simples pavimentoso Epitélio simples cúbico

Epitélio pseudo-estratificado Epitélio simples prismático

Page 39: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos

Forma das células Exemplos de localização

Função principal

Pavimentoso queratinizado (seco)

Epiderme Proteção, previne perda de água.

Pavimentoso não queratinizado (úmido)

Boca, esôfago, vagina, canal anal.

Proteção, secreção.

Cúbico Glândulas sudoríparas, folículos ovarianos em crescimento

Proteção, secreção.

Transição Bexiga, ureteres, cálices renais.

Proteção, distensibilidade.

Prismático Membrana conjuntiva do olho

Proteção

Epitélios estratificados

Page 40: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos

Epitélios estratificados

PavimentosoCúbico

De TransiçãoPrismático

Page 41: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos
Page 42: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos

Epitélios glandulares

Constituídos por células secretoras.

Moléculas a serem secretadas são armazenadas em

grânulos de secreção.

Glândulas: formadas por epitélio de revestimento.

Podem sintetizar, armazenar e excretar :

• Proteínas - enzimas (pâncreas);

• Lipídios (sebáceas);

• Carboidratos (mamárias).

Page 43: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos

Formação das glândulas

Page 44: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos

Tipos de epitélios glandulares

Glândulas exócrinas: Conexão com epitélio do

qual se originaram. Ductos tubulares eliminam

substâncias que atingem a superfície do corpo ou

uma cavidade. Ex: sudoríparas, sebáceas,

lacrimais.

Glândulas endócrinas: não têm ductos. Suas

secreções são lançadas no sangue e transportadas

para o seu local de ação. Ex: hipófise, tireóide.

Glândulas mistas ou anfícrinas: secreção interna

e externa.Ex: testículos, ovários, pâncreas.

Page 45: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos

Tipos de epitélios glandulares Glândulas exócrinas: diferentes mecanismos de

secreção.

MERÓCRINA- Mais comum: céls

acinares pancreáticas;

APÓCRINA- Glândulas mamárias

em lactação;

Pele; glândulas ceruminosas

orelha externa.

HOLÓCRINA- Glândulas

sebáceas da pele; pálpebra.

Page 46: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos

“Goblet Cell”- Células Caliciformes (glândulas unicelulares)

Goblet cells derive their name from their shape, that

of a goblet (Fig. 5–21). Their thin basal region sits on

the basal lamina, whereas their expanded apical

portion, the theca, faces the lumen of the digestive

tube or respiratory tract. The theca is filled with

membrane-bound secretory droplets, which displace

the cytoplasm to the cell’s periphery and the nucleus

toward its base. The process of mucinogen release is

regulated and stimulated by chemical irritation and

parasympathetic innervation, resulting in exocytosis

of the entire secretory contents of the cell, thus

lubricating and protecting the epithelial sheet.

For more information see the Unicellular Exocrine Gland section of Chapter 5: Gartner and Hiatt: Color Textbook of Histology, 3rd ed. Philadelphia, W.B. Saunders, 2007.

Figure 5–21 Ultrastructure of a goblet cell illustrating the tightly packed secretory granules of the

theca. (From Lentz TL: Cell Fine Structure: An Atlas of Drawings of Whole-Cell Structure.

Philadelphia, WB Saunders, 1971.)

Page 47: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos

Tipos de epitélios glandulares

Glândulas compostas: têm ductos ramificados.

Podem ser:

• tubulares;

• acinosas;

• túbulo-acinosas.

Page 48: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos
Page 49: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos

Glândula Unicelular: célula caliciforme

Células cilíndricas com

aparência de cálices, que

sintetizam e secretam

muco, presentes nos

revestimentos epiteliais

simples (vias respiratórias

e trato gastrintestinal). O

muco é formado por

grânulos de mucina que

quando liberados, por

exocitose, reage com água

e forma um fluido pouco

viscoso

Page 50: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos

BIÓLOGO ANALISANDO TECIDOS!

Page 51: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos

REVESTIMENTO SIMPLES

PAVIMENTOSO

Page 52: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos

BIÓLOGO ANALISANDO TECIDOS!

Page 53: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos

REVESTIMENTO DE TRANSIÇÃO

Page 54: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos

BIÓLOGO ANALISANDO TECIDOS!

Page 55: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos

REVESTIMENTO ESTRATIFICADO

PAVIMENTOSO NÃO

QUERATINIZADO

Page 56: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos

BIÓLOGO ANALISANDO TECIDOS!

Page 57: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos

REVESTIMENTO ESTRATIFICADO

PAVIMENTOSO QUERATINIZADO

Page 58: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos

BIÓLOGO ANALISANDO TECIDOS!

Page 59: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos

REVESTIMENTO ESTRATIFICADO

PAVIMENTOSO NÃO

QUERATINIZADO

Page 60: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos

BIÓLOGO ANALISANDO TECIDOS!

Page 61: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos

REVESTIMENTO PSEUDO-

ESTRATIFICADO COM

MICROVILOSIDADES

Page 62: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos

EPITÉLIO GLANDULAR

Ácinos

Tireoide humana

Parótida humana

Page 63: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos

EPITÉLIO GLANDULAR

Cólon- Intestino Grosso

Exócrina- tubular simples

Glândula sebácea

Exócrina- tubular simples

Page 64: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos

EPITÉLIO GLANDULAR- Glândula Mista

Pâncreas (mista)Exócrina- tubular

ramificada.

Ilhota de Langen

Page 65: Introdução a Histogênese · Origem ectoderma: epiderme, epitélios do nariz, boca e glândulas sebácea, mamária e salivar. mesoderma: endotélio (tecido que reveste os vasos

Células caliciformes (“globet cells”)