introdu§£o   engenharia de produ§£o ii t­tulo ?£o...

Download Introdu§£o   engenharia de produ§£o II t­tulo ?£o  ...  Pontos fracos - Sociedade An´nima

Post on 20-Jan-2019

230 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

Clique para editar o estilo do

ttulo mestre

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE PRODUO

1

Introduo engenharia de produo II

Clique para editar o estilo do

ttulo mestre

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE PRODUO

2

Introduo engenharia de produo II

AS EMPRESAS

Empresas so unidades de produo nas

quais se combinam diversos fatores

produtivos para o fornecimento de bens e/ou

servios.

Clique para editar o estilo do

ttulo mestre

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE PRODUO

3

Introduo engenharia de produo II

EMPRESAS SO ORGANIZAES

SOCIAIS

As organizaes so unidades sociais (ou

agrupamentos humanos), intencionalmente

construdas e reconstrudas, a fim de atingir objetivos

especficos.

Clique para editar o estilo do

ttulo mestre

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE PRODUO

4

Introduo engenharia de produo II

ORGANIZAO um arranjo sistemtico de

duas ou mais pessoas que cumprem papis

formais e compartilham um propsito

comum.

Clique para editar o estilo do

ttulo mestre

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE PRODUO

5

Introduo engenharia de produo II

FATORES PRODUTIVOS

Natureza

Capital

Trabalho

Clique para editar o estilo do

ttulo mestre

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE PRODUO

6

Introduo engenharia de produo II

Organizaes formais: regras e

regulamentos formalizados por escrito e

por estruturas de posies e hierarquia

que ordenam as relaes entre os

indivduos ou rgos.

Organizaes lucrativas: empresas

(objetivo de lucro e auto-sustentao).

Clique para editar o estilo do

ttulo mestre

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE PRODUO

7

Introduo engenharia de produo II

Exemplos de organizaes Empresas Industriais

Bancos e Financeiras

Escolas e Universidades

Lojas e Comrcio

Igreja

Hospitais e Laboratrios

Empresas Jornalsticas

Empresas de Consultoria

Empresas de Auditoria

Cinema e Teatro

Empresas de Propaganda

Clnicas Mdicas

Restaurantes

Shopping Centers

Clique para editar o estilo do

ttulo mestre

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE PRODUO

8

Introduo engenharia de produo II

ORGANIZAES PODEM PERSEGUIR

OBJETIVOS

LUCRATIVOS

NO LUCRATIVOS.

Clique para editar o estilo do

ttulo mestre

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE PRODUO

9

Introduo engenharia de produo II

CARACTERISTICA DAS EMPRESAS:

Orientadas para o lucro

Assumem riscos

Possuem uma filosofia de negcio

Avaliadas sob ponto de vista contbil

Reconhecidas como negcios

Propriedade privada

Clique para editar o estilo do

ttulo mestre

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE PRODUO

10

Introduo engenharia de produo II

As empresas podem ser classificadas

considerando-se trs aspectos:

ECONMICO,

ADMINISTRATIVO e

JURDICO

Clique para editar o estilo do

ttulo mestre

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE PRODUO

11

Introduo engenharia de produo II

ECONMICO: As empresas classificam-se em trs grandes grupos ou setores de

atividade:

Setor primrio: engloba as empresas que atuam

diretamente com o cultivo e a explorao do solo,

com a finalidade de obter alimentos, matrias-

primas e combustveis. Exemplo: empresas de

fertilizantes, frutas, madeira, papel e celulose,

soja, caf, mquinas, leite, bovinos, etc.

Clique para editar o estilo do

ttulo mestre

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE PRODUO

12

Introduo engenharia de produo II

Setor secundrio: representado pelas empresas de

transformao, isto , as indstrias. Com a utilizao

dos fatores de produo, estas empresas elaboram,

por diversos processos, um produto diferente do

original, para posterior comercializao. Exemplo:

indstrias de metalurgia, couro, construo, vesturio,

alimentao, etc.

Setor tercirio: representado pelas empresas comerciais

e de prestao de servios. Exemplo: restaurantes,

lojas de vesturios, cinemas, bancos, empresas de

consultoria e acessria contbil, etc.

Clique para editar o estilo do

ttulo mestre

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE PRODUO

13

Introduo engenharia de produo II

ADMINISTRATITIVO:

Empresa Estatal ou Pblica:

aquela cujo CAPITAL pertence inteiramente

ao PODER PBLICO. Exemplo: casa da

moeda, correios e telgrafos, servio de

abastecimento de gua, etc.

Clique para editar o estilo do

ttulo mestre

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE PRODUO

14

Introduo engenharia de produo II

Empresa Mista:

aquela cujo capital se origina de parte do setor

pblico, parte do setor privado, independentemente

do controle que um ou outro setor possa deter.

Exemplo: Banco do Brasil.

Empresa Privada:

aquela em que o capital e a administrao so de

total responsabilidade da iniciativa particular.

Exemplo: farmcias, lojas de materiais de

construo, cabeleireiros, supermercados, bares,

restaurantes, lojas de veculos, etc.

Clique para editar o estilo do

ttulo mestre

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE PRODUO

15

Introduo engenharia de produo II

JURDICO:

EMPRESA INDIVIDUAL:

empresa de propriedade de uma nica pessoa, que

opera visando seu prprio lucro. O capital

normalmente provm de recursos pessoais ou de

emprstimos. O proprietrio tem responsabilidade

ilimitada, ou seja, todos os seus bens, no apenas o

valor do investimento original, podem ser utilizados

para satisfazer seus credores. Exemplo: loja de

veculos, escritrio contbil, loja de vesturios, etc.

Clique para editar o estilo do

ttulo mestre

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE PRODUO

16

Introduo engenharia de produo II

SOCIEDADE:

um empreendimento com fins lucrativos de

propriedade de duas ou mais pessoas. A maioria das

sociedades forma-se a partir de um contrato formal,

ou seja, o contrato social, que estabelece os termos

da sociedade. Nas sociedades em geral, todos os

scios tm responsabilidade ilimitada. J nas

sociedades limitadas, um ou mais scios podem ter

responsabilidade limitada, desde que pelo menos um

deles assuma responsabilidade ilimitada. Exemplo:

RIZZATTI & ASSOCIADOS LTDA, etc.

.

Clique para editar o estilo do

ttulo mestre

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE PRODUO

17

Introduo engenharia de produo II

SOCIEDADE ANNIMA:

uma entidade empresarial intangvel,

criado por lei (frequentemente chamada

de pessoa jurdica). Os principais

integrantes de uma sociedade annima

so os acionistas, o conselho de

administrao e o presidente. Exemplo:

Renner S.A, Grazziotin S.A, Gerdau S.A,

Grendene S.A, Perdigo S.A, etc

Clique para editar o estilo do

ttulo mestre

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE PRODUO

18

Introduo engenharia de produo II

Pontos Fortes -Firma individual

- o proprietrio recebe todo o lucro

- baixos custos organizacionais

- o IR recai sobre os rendimentos do

proprietrio

- sigilo

- facilidade de soluo

Clique para editar o estilo do

ttulo mestre

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE PRODUO

19

Introduo engenharia de produo II

Pontos fortes - Sociedade Limitada

- pode levantar mais fundos que as firmas

individuais

- maior capacidade de obter emprstimos

- maior disponibilidade de pessoas

pensantes e capacitadas

- retm os bons empregados

Clique para editar o estilo do

ttulo mestre

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE PRODUO

20

Introduo engenharia de produo II

Pontos fortes - Sociedade Annima

- os proprietrios tm responsabilidade limitada

- pode alcanar grandes dimenses

- os direitos dos proprietrios so facilmente

transferveis

- vida longa da empresa

- possibilidade de contratar administradores

profissionais

- maior capacidade de expanso

- certas vantagens tributrias

Clique para editar o estilo do

ttulo mestre

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE PRODUO

21

Introduo engenharia de produo II

Pontos fracos - Firma Individual

- o proprietrio tem responsabilidade ilimitada

- todos os bens podem ser utilizados para saldar as

dvidas

- a limitada capacidade de obteno de fundos tende a

inibir seu crescimento

- o proprietrio deve ser capaz de realizar qualquer

atividade

- dificuldades de oferecer oportunidades de carreira aos

empregados a longo prazo

- perda de continuidade quando morre o proprietrio

Clique para editar o estilo do

ttulo mestre

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE PRODUO

22

Introduo engenharia de prod