Escola Secundária EB3 Dr. Jorge Correia – Tavira PORTUGAL PROJECTO eTWINNING: PRÉMIOS NOBEL DA LITERATURA José saramago - prémio nobel da literatura -

Download Escola Secundária EB3 Dr. Jorge Correia – Tavira PORTUGAL PROJECTO eTWINNING: PRÉMIOS NOBEL DA LITERATURA José saramago - prémio nobel da literatura -

Post on 16-Apr-2015

102 views

Category:

Documents

0 download

TRANSCRIPT

  • Slide 1
  • Escola Secundria EB3 Dr. Jorge Correia Tavira PORTUGAL PROJECTO eTWINNING: PRMIOS NOBEL DA LITERATURA Jos saramago - prmio nobel da literatura - 1998 - 1998 Turma: 10 A2 Professora: Ana Cristina Matias Ano lectivo: 2007/2008
  • Slide 2
  • 1. O Homem Jos Saramago
  • Slide 3
  • Jos Saramago Filho e neto de camponeses pobres e sem grande estudos.Filho e neto de camponeses pobres e sem grande estudos. Seu av, Jernimo Meirinho, era pastor e contador de histrias, embora analfabeto.Seu av, Jernimo Meirinho, era pastor e contador de histrias, embora analfabeto. Sua av, Josefa Caixinha, tinha uma formosura invulgar.Sua av, Josefa Caixinha, tinha uma formosura invulgar. Seus avs paternos, Joo e Carolina, so aqueles que ele nunca aprendeu a amar.Seus avs paternos, Joo e Carolina, so aqueles que ele nunca aprendeu a amar.
  • Slide 4
  • Jos Saramago Sua me chamava-se Maria da Piedade.Sua me chamava-se Maria da Piedade. Seu pai, Jos de Sousa, serviu na I Guerra Mundial, em Frana.Seu pai, Jos de Sousa, serviu na I Guerra Mundial, em Frana. Aps o servio militar, tornou-se agricultor.Aps o servio militar, tornou-se agricultor. Mais tarde, foi para Lisboa, onde se tornou polcia.Mais tarde, foi para Lisboa, onde se tornou polcia.
  • Slide 5
  • Jos Saramago NOME: Jos de Sousa SaramagoNOME: Jos de Sousa Saramago NATURALIDADE: aldeia de Azinhaga, concelho da Goleg,NATURALIDADE: aldeia de Azinhaga, concelho da Goleg, Ribatejo, Portugal Ribatejo, Portugal NASCIMENTO: 16 de Novembro de 1922.NASCIMENTO: 16 de Novembro de 1922. Alunas: Slvia Fernandes e Marina Amorim, 10 A2
  • Slide 6
  • Jos Saramago: regio de naturalidade RIBATEJO
  • Slide 7
  • Jos Saramago: regio de naturalidade Regio do centro de Portugal que abrange os terrenos da bacia do Tejo, logo tem excelentes aptides agrcolas. cortado a meio pelo rio Tejo no sentido NE-SO Regio famosa pelos seus bons vinhos, boas pastagens para touros e cavalos, campinos e touradas portuguesa. RIBATEJO
  • Slide 8
  • Jos Saramago: regio de naturalidade Santarm, capital do Ribatejo
  • Slide 9
  • Jos Saramago: concelho de naturalidade GOLEG Divide-se em duas freguesias: Azinhaga, terra de origem Azinhaga, terra de origem de Jos Saramago; de Jos Saramago; Goleg, conhecida pela Goleg, conhecida pela tradicional feira de cavalos. tradicional feira de cavalos.
  • Slide 10
  • AZINHAGA Freguesia do concelho da Goleg, bastante tradicional e repleta de encantos.Freguesia do concelho da Goleg, bastante tradicional e repleta de encantos. Jos Saramago recorda a sua terra de origem com saudade e alegria, chegando a escrever um livro onde diz isso mesmo e onde lembra a famlia e amigos que l permanecem.Jos Saramago recorda a sua terra de origem com saudade e alegria, chegando a escrever um livro onde diz isso mesmo e onde lembra a famlia e amigos que l permanecem. Jos Saramago: terra de naturalidade Alunas: A. Rita Ribeiro e Joana Pereira, 10 A2
  • Slide 11
  • A sua Infncia/Idade adulta Escritor portugus laureado com o prmio Nobel da Literatura
  • Slide 12
  • Quando o pai, Jos da Silva, foi matricular o seu filho na escola, esta foi rejeitada porque o filho no tinha o mesmo nome do pai. O pai de Saramago teve, ento, de mudar de nome de Jos da Silva para Jos Saramago para que o seu filho pudesse estudar. Quando tinha 3,6 e 10 anos
  • Slide 13
  • Aos dois anos veio viver com os pais para Lisboa.Aos dois anos veio viver com os pais para Lisboa. Aos doze anos, por problemas econmicos, teve que transferir-se para uma escola tcnica.Aos doze anos, por problemas econmicos, teve que transferir-se para uma escola tcnica. S aos onze anos recebe o seu primeiro livro (O Mistrio do Moinho), mas aos 18 j frequentava a Biblioteca do Palcio das Galveias e l lia tudo o que podia.S aos onze anos recebe o seu primeiro livro (O Mistrio do Moinho), mas aos 18 j frequentava a Biblioteca do Palcio das Galveias e l lia tudo o que podia. JOS SARAMAGO:
  • Slide 14
  • Em 1944, casou com a pintora Ilda Reis, de quem se divorciou em 1970.Em 1944, casou com a pintora Ilda Reis, de quem se divorciou em 1970. Em 1947, nasce a filha Violante e publica a Terra do Pecado, o seu primeiro romance.Em 1947, nasce a filha Violante e publica a Terra do Pecado, o seu primeiro romance. Trabalhou como serralheiro, desenhador, funcionrio da sade e da previdncia social.Trabalhou como serralheiro, desenhador, funcionrio da sade e da previdncia social. Em 1949, escreveu Clarabia, que foi recusado pela editoraEm 1949, escreveu Clarabia, que foi recusado pela editora. JOS SARAMAGO:
  • Slide 15
  • Em 1966 estreia-se na poesia com Os Poemas Possveis Em 1966 estreia-se na poesia com Os Poemas Possveis Em 1970, publica um novo livro de poesia, Provavelmente Alegria.Em 1970, publica um novo livro de poesia, Provavelmente Alegria. A partir de 1968, passa a escrever crnicas para jornais, reunindo-as posteriormente em livro: Deste Mundo e do Outro (1971) e A Bagagem do Viajante (1973). A partir de 1968, passa a escrever crnicas para jornais, reunindo-as posteriormente em livro: Deste Mundo e do Outro (1971) e A Bagagem do Viajante (1973). JOS SARAMAGO: Alunos: Diogo Carmo e Helena Martins, 10A2
  • Slide 16
  • Com o 25 de Abril de 1974, Portugal passa para um regime democrtico e Saramago chamado para trabalhar no Ministrio da Comunicao Social. 1975 - nomeado director-adjunto do Dirio de Notcias, mas despedido a 25 de Novembro. Dedica-se escrita e traduo, mas a partir de 1976 j vive exclusivamente do seu trabalho literrio. Dedica-se escrita e traduo, mas a partir de 1976 j vive exclusivamente do seu trabalho literrio.
  • Slide 17
  • Muitos foram os livros e os prmios que conquistou, como:Muitos foram os livros e os prmios que conquistou, como: 1980- Que Farei com Este Livro? (teatro) e Levantado do Cho (Romance). -lhe atribudo o Prmio Cidade de Lisboa e o Prmio Internacional Ennio Flaiano, Itlia1980- Que Farei com Este Livro? (teatro) e Levantado do Cho (Romance). -lhe atribudo o Prmio Cidade de Lisboa e o Prmio Internacional Ennio Flaiano, Itlia 1982- Recebe dois prmios: PEN Clube Portugus e o Literrio do Municpio de Lisboa, pelo seu novo xito,1982- Recebe dois prmios: PEN Clube Portugus e o Literrio do Municpio de Lisboa, pelo seu novo xito, Memorial do Convento. Memorial do Convento. 1985 - Condecorado Comendador da1985 - Condecorado Comendador da Ordem Militar de Santiago de Espada. Ordem Militar de Santiago de Espada. Alunos: Milton Brito e Antnio Kamota, 10A2
  • Slide 18
  • Jos Saramago & Pilar del Ro Mara del Pilar del Ro Snchez nunca tinha ouvido falar de Jos Saramago at ao dia que leu o romance Memorial do Convento (1982). A cada pgina, pensava para ela que aquele homem tinha um olhar sobre o mundo absolutamente moderno e contemporneo.
  • Slide 19
  • Em Lisboa, aconteceu o primeiro encontro, onde houve uma atraco num princpio intelectual: ambos eram apaixonados pelo poeta Fernando Pessoa. Passado seis meses, reencontraram- se em Sevilha e a relao entre ambos estava mais prxima.
  • Slide 20
  • O seu relacionamento com Pilar del Ro comeou em 1986. Passado dois anos casaram-se. O casamento realizou-se no dia 16 de Julho de 1988, em Castril, na Espanha
  • Slide 21
  • Em 1992, foi viver para Lanzarote, Ilhas Canrias (Espanha), porque nessa altura Jos Saramago ficou desgostoso com as crticas de alguns polticos portugueses sua obra, nomeadamente, O Evangelho Segundo Jesus Cristo. Como a sua mulher tinha uma casa em Lanzarote, foi para l viver e escrever com tranquilidade. As alunas: Andreia Domingos e Andreia Sousa, 10 A2
  • Slide 22
  • 9 de Outubro de 1998 Atribuio do Prmio Nobel a Jos Saramago
  • Slide 23
  • Em 1998, foi atribudo a Jos Saramago o Prmio Nobel da Literatura pelo conjunto da sua obra que ganhara grande notoriedade aps os romances Memorial do Convento e Ensaio sobre a Cegueira, entre outros. No seu discurso, Saramago salientou e agradeceu aos seus avs maternos.
  • Slide 24
  • Uma das reaces do escritor Jos Saramago: Sou portugus, no quero nem posso ser outra coisa, mas por circunstncias vrias a minha Ptria cresceu, que o que mais podemos desejar.... No nasci para isto... O facto de ser Prmio Nobel no significa que seja o nico que o merecia em Portugal. Fernando Pessoa merecia mil prmios Nobel. Hlio Queimado e Tatiana Nascimento, 10A2
  • Slide 25
  • 2. A obra literria Objecto Quase (1978)Objecto Quase (1978) O Ouvido (1979)O Ouvido (1979) A Ilha Desconhecida (1997)A Ilha Desconhecida (1997) A Maior Flor do Mundo (2001)A Maior Flor do Mundo (2001) Saramago tem uma vasta obra. J publicou contos, romances, poesia, dirios e peas de teatro, entre outros. 2.1 Contos
  • Slide 26
  • Objecto Quase Compilao de seis contos: - Cadeira;- Cadeira; - Embargo- Embargo - Refluxo- Refluxo - Coisas- Coisas - Centauro- Centauro - Desforra- Desforra
  • Slide 27
  • A Ilha Desconhecida No Conto A Ilha Desconhecida, um sbdito vai porta das peties do palcio e pede ao rei um barco para ir procura de uma ilha desconhecida, mas o rei negava a existncia de ilhas desconhecidas.No Conto A Ilha Desconhecida, um sbdito vai porta das peties do palcio e pede ao rei um barco para ir procura de uma ilha desconhecida, mas o rei negava a existncia de ilhas desconhecidas. Por insistncia e boa argumentao, consegue o barco. Por insistncia e boa argumentao, consegue o barco. Parte, ento, descoberta, acompanhado pela mulher da limpeza. Parte, ento, descoberta, acompanhado pela mulher da limpeza. Alunos: Joo dos Santos e Hlio Valente, 10A2
  • Slide 28
  • 2. A obra literria
  • Slide 29
  • Desde que se dedicou escrita, Saramago j publicou 14 romances: Levantado do Cho, 1980 Levantado do Cho, 1980 O Ano da Morte de Ricardo Reis, 1984 Terra do Pecado, 1947 Manual de Pintura e Caligrafia, 1977
  • Slide 30
  • A Jangada de Pedra, 1986 Histria do Cerco de Lisboa, 1989 O Evangelho Segundo Jesus Cristo, 1991
  • Slide 31
  • Ensaio sobre a Cegueira, 1995 Todos os Nomes, 1997 A Caverna, 2000
  • Slide 32
  • O Homem Duplicado, 2002 Ensaio sobre a Lucidez, 2004 As Intermitncias da Morte, 2005
  • Slide 33
  • Memorial do Convento Um romance cuja aco decorre no reinado de D. Joo V ( sculo XVIII) e que foca a construo do Convento de Mafra, a primeira experincia de navegao area pelo padre Bartolomeu Loureno e duas personagens ficcionais, Baltasar e Blimunda.
  • Slide 34
  • O ano da morte de Ricardo Reis Ricardo Reis, heternimo do famoso poeta Fernando Pessoa, chega a Lisboa, vindo do Brasil, com vontade de rever os seus amigos. Porm, o seu criador, Pessoa, j morrera e ele s tem mais uns meses de vida para poder desfrutar da capital portuguesa. Alunos: ngelo Leal e Tiago Av, 10 A2
  • Slide 35
  • Jos Saramago retrata nos seus dirios os acontecimentos dos anos em que os mesmos foram escritos. Dirios O primeiro foi Cadernos de Lanzarote I, 1994, tendo este continuao at ao V.
  • Slide 36
  • Dirios Cadernos de Lanzarote I, 1994 Cadernos de Lanzarote II, 1995 Cadernos de Lanzarote III, 1996 Cadernos de Lanzarote IV, 1997 Cadernos de Lanzarote. Dirio V, 1998
  • Slide 37
  • Livros de poesia: 1966 - Os Poemas Possveis 1970 - Provavelmente Alegria 1975 - O Ano de 1993
  • Slide 38
  • Esta foi a primeira obra de poesia de Jos Saramago (1966). Os seus poemas clamam pela liberdade, pela fraternidade e pela luta. Uma luta disfarada, pois a represso nos anos sessenta, perodo salazarista, era severa. Colectnea de poemas de sombra e de luz, de trevas e de mar, de uma certa amargura e tristeza bem portuguesas, mas tambm de amor.
  • Slide 39
  • Poemas sem rima que os aproximam da prosa, focando o futuro da prpria escrita de Saramago. Poemas de desespero, de alerta, mas tambm de esperana. Alunas: Tnia do Carmo e Vernica Rodrigues, 10 A2
  • Slide 40
  • Slide 41
  • Jos Saramago j escreveu vrias peas de teatro. A noite. (1979) Que farei com este livro? (1980) A segunda vida de Francisco de Assis. (1987) In Nomine Dei. (1993) Don Giovanni, ou o Dissoluto Absolvido, 2005
  • Slide 42
  • A aco passa-se na redaco de um jornal em Lisboa, na noite que ficou famosa para a Histria de Portugal: 24 para 25 de Abril de 1974 A ironia passa tambm pela histria desta noite em que administradores e redactores entram em conflito.
  • Slide 43
  • A pergunta formulada pelo grande poeta portugus do sculo XVI, Cames, quase no final da obra, e o livro a que se refere Os Lusadas. Esta obra decorre entre a sua chegada a Lisboa, vindo da ndia e Moambique, e as dificuldades que teve para publicar 'Os Lusadas, uma epopeia de elogio ao povo portugus.
  • Slide 44
  • Nesta pea h uma luta entre a razo e a fora. Estamos em 1986, j h computadores, mas muita coisa mudou. "As coisas j no so o que eram", diz a certa altura uma das personagens. "Houve muitas mudanas e nem todas esto vista."
  • Slide 45
  • In Nomine Dei Uma citao da pea: Entre o homem, com a sua razo, e os animais, com o seu instinto, quem, afinal, estar mais bem dotado para o governo da vida? Se os ces tivessem inventado um Deus, brigariam por diferenas de opinio quanto ao nome a dar-lhe. Aluno: Kush Lescrooge, 10 A2
  • Slide 46
  • Os livros de Saramago j foram traduzidos para 42 lnguas e alguns adaptados pera e ao cinema.