amÉrica latina sub-regiÕes critérios físicos e sócio-culturais

Download AMÉRICA LATINA SUB-REGIÕES Critérios físicos e sócio-culturais

Post on 18-Apr-2015

141 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Slide 1
  • AMRICA LATINA SUB-REGIES Critrios fsicos e scio-culturais
  • Slide 2
  • MXICO E AMRICA CENTRAL
  • Slide 3
  • AMRICA CENTRAL INSULAR
  • Slide 4
  • AMRICA ANDINA
  • Slide 5
  • AMRICA PLATINA
  • Slide 6
  • GUIANAS
  • Slide 7
  • Sub-regies - Geopoltica MERCOSUL MERCADO COMUM DO SUL BLOCO ECONMICO DO TIPO UNIO ADUANEIRA
  • Slide 8
  • PACTO ANDINO
  • Slide 9
  • MCCA MERCADO COMUM CENTRO AMERICANO
  • Slide 10
  • MXICO OBJETIVOS ESPECFICOS Descrever os principais aspectos da colonizao e do povoamento; Relacionar o processo de formao dos Estados ao atual estgio de desenvolvimento; Identificar a economia e o desenvolvimento na rea.
  • Slide 11
  • ESTADOS UNIDOS DO MXICO
  • Slide 12
  • DIVISO POLTICA DO MXICO 31 ESTADOS E UM DISTRITO FEDERAL
  • Slide 13
  • LOCALIZAO Mxico, oficialmente Estados Unidos Mexicanos, uma repblica constitucional federal; Localizada, geograficamente na Amrica do Norte e geopoliticamente na Amrica Latina; O pas limitado a norte pelos Estados Unidos; ao sul e oeste pelo Oceano Pacfico; a sudeste pela Guatemala, Belize e Mar do Caribe; a leste pelo Golfo do Mxico.
  • Slide 14
  • LOCALIZAO
  • Slide 15
  • Caracterizao fsica Geologicamente o Mxico localiza-se em uma zona de instabilidade, pois o territrio fica prximo s bordas das placas tectnicas do Caribe, do Pacfico e da Norte americana. A falha de San Andreas afeta a poro noroeste do Mxico. O Mxico atravessado de norte a sul por duas cadeias de montanhas conhecidas como Sierra Madre Oriental e Sierra Madre Ocidental, que so a extenso das Montanhas Rochosas do norte da Amrica do Norte O Mxico apresenta grande diversidade cllimtica, mas pode-se destacar a tropicalidade do sul (latitude), a semi-aridez do norte e noroeste (Corrente fria da Califrnia) e o frio de montanhas (altitude).
  • Slide 16
  • Vdeo Terremoto entre o Mxico e os Estados Unidos
  • Slide 17
  • MXICO Bero de avanadas populaes indgenas; Povos pr-colombianos: destaque para os ASTECAS E MAIAS conhecimentos de arquitetura, matemtica, astronomia, metalurgia e comrcio. Sua economia era agrcola e os principais gneros eram algodo, milho, feijo e cacau. XV Cristvo Colombo chega ao territrio No incio do sculo XVI, a partir do desembarque de Hernn Corts, a civilizao asteca foi invadida e conquistada pelos espanhis.
  • Slide 18
  • IMPRIO ASTECA
  • Slide 19
  • CIVILIZAO MAIA NO MXICO
  • Slide 20
  • CONSTRUES DOS MAIAS E ASTECAS
  • Slide 21
  • Colonizao Mexicana Dominao espanhola, 1521, a partir de Tenochitln (Cidade Asteca). Grande diversidade lingustica que dificultou o entendimento entre os povos nativos; Superioridade blica da Espanha; Crenas dos Astecas; Doenas disseminadas (Varola) pelos espanhis dizimou grande parte dos grupos indgenas. O Mxico passou a integrar o Vice-Reino da Nova Espanha, cuja riqueza apoiou-se na explorao das minas de prata nos sculos XVII e XVIII.
  • Slide 22
  • MXICO 1821 Torna-se independente da Espanha. Ps-independncia: instabilidade econmica e disputas por fronteiras com os Estados Unidos; O Mxico perdeu mais da metade do territrio para os EUA. Esses territrios eram ricos em recursos minerais, como petrleo, prata, ouro, etc. O Mxico passou de 4,5 milhes de km 2 para 1,9 milho de km 2.
  • Slide 23
  • Expanso dos EUA sobre o territrio mexicano
  • Slide 24
  • MXICO Os governos que se estabeleceram aps a independncia eram ditadores e centralistas. Aps longo perodo de descontentamento com o centralismo poltico, as desigualdades sociais, os problemas de concentrao fundiria e as divergncias de ideias, ocorreu em 1910 a Revoluo Mexicana lderes: Francisco Madero, Emiliano Zapata e Pancho Vila. Com essa Revoluo o Mxico tornou-se o primeiro pas da Amrica Latina a realizar uma Reforma Agrria. Com a Reforma Agrria surgem os EJIDOS Assentamentos rurais com a instituio de cooperativas.
  • Slide 25
  • Organizao do Espao Mexicano AGRICULTURA Com o passar dos anos, a reforma agrria sofre retrocesso (decorrente da falta de fiscalizao). Os EJIDOS perdem o sentido de cooperativismo e do origem s MILPAS; O que deveria ser cooperativa d lugar a pequenos estabelecimentos rurais onde praticada a agricultura de subsistncia.
  • Slide 26
  • Organizao do Espao Mexicano AGRICULTURA Principais gneros cultivados: MILPAS: abbora, feijo, milho, batata doce (policultura de subsistncia). PLANTATION: caf, banana e laranja (Especializao produtiva/monoculturas de exportao). A maior produo agrcola do Mxico para o mercado interno (baixo investimento no campo). O milho ocupa as maiores reas de cultivo. O sisal cultivado para produo de tecidos e Tequila (bebida tpica do Mxico).
  • Slide 27
  • Produo no Mxico
  • Slide 28
  • CRESCIMENTO INDUSTRIAL Industrializao Tardia. Pioneira na Amrica Latina. O pas comea a se industrializar aps a 1 Guerra Mundial, com a poltica de substituio de importaes. As primeiras indstrias eram de bens de consumo e de base. Expanso de ferrovias norte-americanas em direo ao pas; Extrativismo de petrleo e gs natural no Golfo do Mxico;
  • Slide 29
  • CRESCIMENTO INDUSTRIAL Aps a 2 Guerra Mundial, a presena de multinacionais tornou-se uma realidade (mais de 2.300 maquilladoras localizadas na fronteira EUA, Japo, Frana, Alemanha e Gr-Betanha); Grande concentrao industrial na fronteira com os Estados Unidos; Vantagens associadas: Menor custo de produo; Mo-de-obra pouco qualificada e barata; Incentivos fiscais; Mercado consumidor em expanso; E para o Mxico oferta de trabalho e fixao do homem (diminuio da imigrao clandestina);
  • Slide 30
  • CRESCIMENTO INDUSTRIAL Desde a dcada de 1990 o pas vive uma onda de privatizaes das empresas estatais. Somente o Petrleo ainda monoplio do Estado (PEMEX). 1994 o pas assinou o Acordo de Livre Comrcio da Amrica do Norte (NAFTA), juntamente com Estados Unidos e Canad; 1 produtor mundial de prata. O petrleo a maior fonte de renda externa do Mxico.
  • Slide 31
  • Turismo As estncias balnerias na regio do Caribe tm atrado turistas de todo o mundo. Ex. Cancum.
  • Slide 32
  • Situao Socioeconmica A economia do Mxico , atualmente, a 11 maior do mundo se consideramos PIB medido em Poder de Compra (alm de ser, efetivamente, a 2 mais desenvolvida da Amrica Latina, superada somente pelo Brasil). um pas subdesenvolvido industrializado; O Mxico a maior nao produtora automobilstica da Amrica do Norte. As desigualdades sociais ainda so muito expressivas.
  • Slide 33
  • POPULAO 60% EURAMERNDIOS + 30% AMERNDIOS + 9% BRANCOS + 1% NEGROS; 75% da populao mexicana URBANA concentrada na regio Centro-Sul (o norte semi- rido e o sul florestal); A Cidade do Mxico possui mais de 8 milhes de habitantes; Maior rea de favelas do mundo. Na Cidade do Mxico, durante quase todo o ano a qualidade do ar considerada abaixo dos nveis mnimos em decorrncia dos seguintes fatores: Altitude elevada 2.300m Poluio industrial Poeira expelida pelos vulces
  • Slide 34
  • Cidade do Mxico Maior aglomerao Urbana do pas
  • Slide 35
  • Imigrao para os EUA -Imigrao legal (Green Card); -Os braceiros so trabalhadores temporrios ilegais (ganham em dlar na colheita de frutos da Califrnia). Os coiotes so traficantes da imigrao ilegal.
  • Slide 36
  • Vdeo: Imigrao Clandestina
  • Slide 37
  • Vdeo: Imigrao Mxico-EUA
  • Slide 38
  • CHIAPAS REA DE INSTABILIDADE O estado de CHIAPAS o mais pobre do Mxico. Regio localizada ao sul do pas; Habitada, em sua maior parte, por camponeses descendentes dos antigos maias; O governo mexicano resiste cultura indgena no sul do pas, obrigando as crianas a assistirem aulas somente em espanhol, proibindo as transmisses de rdio nos idiomas indgenas, etc. Praticam uma agricultura de subsistncia, sofrem carncia alimentar, alta natalidade e extrema pobreza o que gera revoltas camponesas, exigindo assistncia do governo.
  • Slide 39
  • CHIAPAS REA DE INSTABILIDADE Em 1994, os zapatistas iniciaram uma rebelio armada, reivindicando melhorias econmicas e sociais para a regio. O sul permaneceu atrasado;. O grupo guerrilheiro Exrcito Zapatista de Libertao Nacional (EZLN) atua no Estado de Chiapas, tentando impor suas leis e de maneira subversiva tentam destruir a soberania do Estado e criar um Estado Socialista. Praticam trfico de armas e de drogas.
  • Slide 40
  • EZLN O Exrcito Zapatista de Libertao Nacional (EZLN), uma organizao armada mexicana de carter poltico-militar e composio de maioria indgena. Sua inspirao poltica principal o anarcossindicalismo, corrente principal de Zapata e sua estratgia militar a guerrilha. Seu objetivo subverter a ordem para fazer a revoluo socialista.
  • Slide 41
  • EZLN
  • Slide 42
  • Slide 43
  • Slide 44
  • AMRICA CENTRAL
  • Slide 45
  • AMRICA CENTRAL CONTINENTAL Guatemala, Belize, El Salvador, Nicargua, Honduras, Costa Rica e Panam; Aspectos fsic