viviane abreu terapeuta ocupacional clinica de memória mestre em gerontologia presidente da abraz-...

of 33 /33
Viviane Abreu Terapeuta Ocupacional Clinica de Memória Mestre em Gerontologia Presidente da ABRAz- Associação Brasileira de Alzheimer

Author: internet

Post on 21-Apr-2015

110 views

Category:

Documents


0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Slide 1
  • Viviane Abreu Terapeuta Ocupacional Clinica de Memria Mestre em Gerontologia Presidente da ABRAz- Associao Brasileira de Alzheimer
  • Slide 2
  • Memria Humana: Questes bsicas Como a informao entra para a memria? Como a informao mantida na memria? Como a informao puxada de volta da memria? Abreu, VPS
  • Slide 3
  • Como o Conhecimento est Representado e Organizado na Memria? Agrupamentos e Hierarquias Conceituais Esquemas e Roteiros (scripts) Redes Semnticas Redes Coneccionistas e modelos Distribuio Paralela de Processamento (PDP) Abreu, VPS
  • Slide 4
  • DESENVOLVIMENTO DA MEMRIA: Dois Modelos de Memria Modelos de armazenamento recentemente colocados pelos modelos de redes da memria Redes Interconectadas para informao associada Modelos de Rede consistem em conceito de ns conectados por ligaes (links) Ligaes variam em fora As redes enfatiza, que a informao pode ser ativada por graus variando em qualquer ponto A propagao da ativao aumentar o grau de ativao dos ns conectados 4 Abreu, VPS
  • Slide 5
  • Processamento da Memria Codificao Colocar a information dentro de um armazm Manuteno Mant-la viva Recuperao Encontrar a informao codificada 5 Abreu, VPS
  • Slide 6
  • Codificao: Iniciando a informao na memria A funo da ateno Focando a conscincia Ateno seletiva = seleo da entrada Filtrar: cedo ou tarde? Abreu, VPS
  • Slide 7
  • Modelos de Ateno Seletiva Estmulo Deteco Sensorial Reconhecimento de significado Seleo da resposta Resposta Modelos de Seleo inicial colocam o filtro aqui Modelos de Seleo tardia colocam o filtro aqui Abreu, VPS
  • Slide 8
  • Teoria dos Nveis de Processamento A palavra est escrita em letras maisculas? A palavra combina com seu peso? A palavra caberia na sentena: Encontrou-se com um _____________na rua? Codificao Fonmica: nfase no som da palavra Processamento Primrio Processamento Intermedirio Processamento Profundo Codificao Estrutural : nfase na estrutura fsica do estmulo Codificao Semntica : nfase no significado da entrada verbal Profundidade do processamento Nveis de processamento Tipos de Codificao Exemplos de questes usadas para elicitar a codificao apropriada Abreu, VPS
  • Slide 9
  • O Modelo de Armazenamento Mltiplo Waugh e Norman (1965) Ala Ensaio Transfer para armazenagem Estmulo permanente Armaze nagem Sensorial Memria de Curta Durao Memria de Longa Durao Esquecimento Resposta Abreu, VPS
  • Slide 10
  • O Modelo de Armazenamento Mltiplo Caractersticas do modelo de armazenamento mltiplo Prope trs partes distintas para a memria. Armazenagem Sensorial Armazenagem de Curta Durao Armazenagem de Longa Durao ensaios mltiplos com relao direta entre a quantidade de ensaio na armazenagem de Curta Durao e a fora da memria na armazenagem de Longa Durao Abreu, VPS
  • Slide 11
  • O Modelo de Armazenamento Mltiplo Armazenagem Sensorial: A persistncia da informao sensorial por um momento aps sua percepo. A informao modalidade especfica. Viso: A Armazenagem Icnica Pesquisada por Sperling (1960) Abreu, VPS
  • Slide 12
  • O Modelo de Armazenamento Mltiplo relatar usualmente apenas 4 ou 5 das 12 letras. A informao na armazenagem icnica geralmente decai dentro de menos de segundo de exposio ao estmulo. Problema com o experimento: memrias das letras decaiu antes que os participantes pudessem relat-las. Averback e Coriell (1961) - 2 fileiras de 8 letras aleatrias. Uma pequena marca aparecia ao lado de uma posio da letra imediatamente depois que ela apareceu. Recordao dessa letra com a exatido de aproximadamente 75%, informao de aproximadamente 12 das 16 letras aps apenas 50 milissegundos de exposio a elas. Somente um item de cada vez ser recordado a informao no foi perdida durante que os participantes levaram para relatarem o que viram. Abreu, VPS
  • Slide 13
  • Estudo de Sperlings (1960) sobre a memria sensorial FixaoMostragem 1/20 seg Tom Aparecem ou antes ou depois de 15, 30, 50 ou 1 segundo Relato Alto Mdio Baixo Tempo (fraes de segundos) Abreu, VPS
  • Slide 14
  • O Modelo de Armazenamento Mltiplo Armazenagem Sensorial : A persistncia da informao sensorial por um momento aps sua percepo. A informao modalidade especfica. Audio: A armazenagem Ecica P. ex. Leitura e escutar Pesquisada por Treisman (1964) Tarefa de Escuta Dictica Durao Temporal 2 seg aprox. Abreu, VPS
  • Slide 15
  • Resumo do Registro Sensorial descrio: uma cpia (fotogrfica) de entrada formato: cpia de caractersticas capacidade: muito alta Entrada de informao: no-atentiva (automtica) durao: cerca de 1/4 segundo Manuteno da informao: impossvel 15 Abreu, VPS
  • Slide 16
  • Modelo de Armazenagem da Memria de Atkinson e Schiffrin Memria SensorialMemria Curta DuraoMemria Longa Durao Entrada Sensorial Ateno Evocao Arquivo Abreu, VPS
  • Slide 17
  • Memria de Curta Durao Memria Operacional Armazenamento usado para tarefas conscientes Semntica, no icnica Dura cerca de 15 segundos Constantemente sendo ensaiada exemplo: balde de gua sob uma torneira de gua: Novo material entra (interferncia) Material velho flui para fora (decai) 17 Abreu, VPS
  • Slide 18
  • DESENVOLVIMENTO DA MEMRIA : Memria Operacional Refere-se informao correntemente ativa no sistema de memria e disponvel para uso A Informao no transferida para nenhum lugar, ela simplesmente est disponvel Componentes da memria operacional Processamento da informao verbal Processamento da informao auditiva Aloca e monitora os recursos cognitivos tanto quanto o ensaio para a armazenagem temporria da informao 18 Abreu, VPS
  • Slide 19
  • DESENVOLVIMENTO DA MEMRIA : Memria Operacional Capacidade limitada e a informao perdida no tempo se no h ensaio ou uso Afeta virtualmente todas as tarefas cognitivas e est positivamente relacionada a medidas de outras habilidades 19 Abreu, VPS
  • Slide 20
  • Memria de Curta Durao (Memria Operacional) A memria de curta durao limitada em tamanho ou durao? 20 Quando a luz se apagar (aps alguns segundos) diga quais eram as consoantes Teste: apresente brevemente ao sujeito trs consoantes GCH Abreu, VPS
  • Slide 21
  • Tarefa de relato de Consoante: Resultados Observadores podem relatar 3 consoantes Exatas tanto quanto so possveis ao ensaios durao > 30 segundos (um tempo longo!) 21 Durao Acurcia 100% 50% 0% 30 s20 s10 s Abreu, VPS
  • Slide 22
  • Decaimento da memria de Curta Durao Informao rapidamente decai quando o ensaio para 22 Apresente brevemente ao sujeito as trs consoantes KBS Ento, faa-o contar inverso por 3s em voz alta a partir de um nmero dado 504 Quando a luz se apagar (aps alguns segundos) diga quais eram as consoantes Abreu, VPS
  • Slide 23
  • Tarefa de Decaimento: Resultado Desempenho declina rapidamente com a demora (delay) Essencialmente zero depois de 15-20 segundos 23 Durao Acurcia 100% 50% 0% 30 s20 s10 s Abreu, VPS
  • Slide 24
  • Interferncia e Memria de Curta Durao Presena do estmulo a ser lembrado Presena de estmulo no-similar Presena de estmulo similar interferindo Example: RHT, 520, 294, 93, Vagabundo 24 Abreu, VPS
  • Slide 25
  • Capacidade da MCD Veja como a recordao depende do nmero de dgitos (amplitude ou extenso) 25 3 dgitos: 2 7 3100% 5 dgitos : 9 2 6 1 2100% 7 dgitos : 4 6 7 8 1 0 490% 9 dgitos : 9 5 4 8 6 7 6 3 220% Abreu, VPS
  • Slide 26
  • Capacidade da MCD Nmero de dgitos lembrados: amplitude de dgitos (digit span) Genericamente, capacidade da MCD: amplitude da memria Miller: amplitude da memria de 7(2) itens Verdade para viso, audio, etc. o mgico nmero 7 Mas.. 7 o que? O que um tem? Quais so as unidades da MCD? 26 Abreu, VPS
  • Slide 27
  • Unidades da MCD: Agrupamentos Agrupamento: grupo de itens que tm um significado 27 Por exemplo, esta seqncia difcil de lembrar: Mas esta seqncia fcil de lembrar: Segunda seqncia tem as mesmas letras - arranjadas como agrupamentos unidades tm significado (11 letras) Abreu, VPS
  • Slide 28
  • Aplicaes da MCD Usada para muitas tarefas perceptuais/cognitivas Seguir itens atravs do espao Fazer adio/subtrao Temporariamente lembrar nm de telelfones Sistemas de MCD especializados para viso, audio, espacial, faces, etc. Baddeley: proposta geral para sistema de memria operacional 28 Abreu, VPS
  • Slide 29
  • Sumrio da Memria de Curta durao descrio: dados para operaes mentais formato: amostras capacidade: cerca de 7 amostras entrada de informao: requer ateno durao: > 30 segundos (se no perturbada) Manuteno da informao: ateno continuada e exigncia de busca 31 Abreu, VPS
  • Slide 32
  • Memria de Longa Durao (MLD) Sistema separado da MCD Evidncia: leso do complexo temporal medial HM (veja Milner) hipocampo removido de ambos hemisfrios Pacientes com Sndrome de Korsakov devido a alcoolismo crnico Para estes pacientes, a aprendizagem de longa durao impedida, mas: normal amplitude de memria da MCD normal velocidade de escaneamento da MCD 32 Abreu, VPS
  • Slide 33
  • Memria de Longa Durao: Capacidade Ilimitada Armazenagem permanente? Memrias em Flash Recordao atravs de hipnose Debate: MCD e MLD so realmente diferentes? Codificao Fonmica vs. Semntica Esquecimento baseado em Decimento vs. Interferncia Mas, isto no significa que tudo estar disponvel mais tarde... Recordao diferente de Reconhecimento Abreu, VPS