sist esquelético

Download Sist esquelético

Post on 19-Jul-2015

1.632 views

Category:

Documents

3 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • O conhecimento orgulhoso por ter aprendido tanto; a sabedoria humilde por no saber mais.

    William Cowper

  • OSTEOLOGIA

    Prof rika Sales

  • Esqueleto: Conjunto de ossos e cartilagens que se interligam para formar o arcabouo do corpo do animal e desempenhar vrias funes.

    Caractersticas do Esqueleto Humano: endosqueleto articulado

    Funes do Esqueleto Humano:

    - Sustentao;

    - Ponto de insero dos msculos;

    - Proteo de rgos vitais;

    - Formao do sangue.

    O osso renova-se constantemente e os fatores reguladores entre a formao e a reabsoro (perda) sseas so o estresse do peso, atividade muscular, circulao, vitamina D, paratormnio(hormnio da tireide), calcitonina (proveniente da tireide), e estrgeno (hormnio sexual).

  • So 206 no indivduo adulto, j completado o desenvolvimento orgnico.

    Entretanto deve-se considerar os seguintes fatores nessa contagem:

    -Fatores etrios: do nascimento senilidade h uma diminuio do n de ossos.

    -Fatores individuais: em alguns indivduos pode haver a persistncia da diviso dos ossos.

    - Critrios de contagem: h divergncias entres anatomistas quanto aos ossos sesamides e os ossculos do ouvido mdio.

    NMERO DE OSSOS

  • DIVISO DO

    ESQUELETO

    Esqueleto Axial

    Esqueleto

    Apendicular

  • Podem ser classificados quanto sua topografia (ossos do esqueleto axial e ossos do esqueleto apendicular). A mais difundida aquela que leva em considerao a forma dos ossos e a predominncia de uma das dimenses (comprimento, largura e espessura);

    Osso longo: Comprimento > largura e espessura. Ex.: fmur, tbia, fbula, mero. Apresenta duas extremidades (epfase) e um corpo (difase). No interior possui uma cavidade (canal medular), que aloja a medua ssea.

    Osso Laminar: Comprimento e largura equivalentes > espessura. Ex.: ossos do crnio, quadril e escpula.

    CLASSIFICAO DOS OSSOS

  • Osso Curto: 3 dimenses equivalentes. Ex.: ossos do carpo e tarso.

    Osso Irregular: morfologia complexa, que no se encaixa

    nas formas geomtricas conhecidas. Ex.: vrtebras e osso temporal.

    Osso Pneumtico: apresenta uma ou mais cavidades,

    revestidas de mucosa e contendo ar chamadas de SINUS ou SEIO. Esto situados no crnio: frontal, maxilar, temporal, etmide e esfenide.

    Ossos Sesamides: desenvolvem-se nas substncias de

    certos tendes (intratendneos) ou cpsula fibrosa (peri-articulares) que envolvem as articulaes. Ex.: patela.

    CLASSIFICAO DOS OSSOS

  • CLASSIFICAO DE OSSOS

    Ossos longos

  • Ossos

    Irregulares

    CLASSIFICAO DE OSSOS

    Ossos

    Laminares Ossos

    Curtos

  • Existem 2 tipos (compacta e esponjosa), formadas dos mesmos elementos, mas estes se agrupam de modo diferente em cada uma delas.

    Subst. ssea compacta: as lamnulas de tecido sseo se sobrepes uma sobre as outras, sem que haja espao livre interposto. mais rgido e denso.

    Subst. ssea esponjosa: as lamnulas sseas tem formas irregulares e se arranjam se modo a deixar espaos entre si.

    Essas 2 duas substncias conferem ao osso rigidez e leveza.

    TIPOS DE SUBSTNCIA SSEA

  • Os ossos apresentam em sua superfcie, depresses, salincias e aberturas que constituem elementos descritivos para seu estudo.

    Salincias: cabeas, cndilos, cristas, eminncias, processos, etc.

    Depresses: fossas, fossetas, sulcos, recessos, etc.

    Aberturas: forames, meatos, stios, poros, etc. Destinam-se passagem de nervos e vasos.

    ELEMENTOS DESCRITIVOS DA SUPERFCIE DOS OSSOS

  • Delicada membrana conjuntiva que reveste osso, exceto nas articulaes, cujas clulas se transforma em clulas sseas, promovendo assim o seu espessamento.

    PERISTEO

    NUTRIO Os ossos, seja por sua funo hemopoitica, seja

    pelo fato de apresentarem um desenvolvimento contnuo e lento, so altamente vascularizados. As artrias do peristeo penetram no osso, irrigando-o e distribuindo-se na medula.

  • OSSOS DO CRNIO

  • OSSOS DO CRNIO

  • OSSOS DO CRNIO

  • OSSOS DO CRNIO

  • OSSOS DO CRNIO

  • COLUNA VERTEBRAL

    7 Cervicais

    12 Torcicas

    5 Lombares

    5 Sacrais e 4 Coccgeas

  • COLUNA VERTEBRAL

    FLEXIBILIDADE:

    -Vrtebras

    individuais que so

    mveis entre si;

    -A justaposio das

    vrtebras atravs dos

    ligamentos;

    -A existncia dos

    discos vertebrais.

  • CAIXA TORCICA

  • MEMBRO INFERIOR

  • MEMBRO INFERIOR

  • MEMBRO SUPERIOR

  • ARTICULAES

  • Os ossos unem-se uns aos outros para constituir o esqueleto, mas essa unio no tem a finalidade exclusiva de colocar ossos em contato, mas tambm de permitir certa mobilidade.

    Para designar a conexo existente entre quaisquer partes rgidas do esqueleto, quer sejam ossos ou cartilagens, empregamos os termos junturas ou articulaes.

  • JUNES FIBROSAS

    -O elemento que se interpes s peas o tecido conjuntivo fibroso.

    a)Suturas: podem ser planas(ossos nasais); dentadas (parietais); escamosas (parietal-temporal).

    b)Sindesmoses: sindesmose tbio-fibular.

    CLASSIFICAO

  • JUNES CARTILAGINOSAS

    -O elemento que se interpes s peas o tecido cartilaginoso.

    a)Cartilagem Hialina: formam as sincondroses. Ex.: sincondrose esfeno-occipital.

    b) Cartilagem Fibrosa: formam as snfises. Ex.:snfise pbica.

    CLASSIFICAO

  • JUNES SINOVIAIS

    -O elemento que se interpes s peas o lquido sinovial, envolvida pela cpsula articular que permite maior mobilidade.

    -Nesse tipo de articulao as peas sseas no se tocam.

    Principais Articulaes:

    -Cabea: Tmporo-mandibular

    -Membro Inferior: Sacro-ilaco, coxo-femoral, joelho e calcanhar.

    -Membro Superior: Ombro, cotovelo e pulso.

    CLASSIFICAO

  • Principais Movimentos Articulares:

    -Flexo: dobrar.

    -Extenso: esticar.

    -Abduo: afastar da linha mdia.

    -Aduo: aproximar da linha mdia.

    -Rotao: girar para dentro ou para fora.