sÍndrome do empre gado

Click here to load reader

Post on 05-Jan-2016

27 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

SÍNDROME DO EMPRE GADO. A “síndrome do empregado”. É dependente, no sentido de que necessita de alguém para se tornar produtivo; para trabalhar. Descuida de outros conhecimentos que não sejam voltados à sua especialidade. Domina somente parte do processo. - PowerPoint PPT Presentation

TRANSCRIPT

  • SNDROMEDOEMPREGADO

  • A sndrome do empregado dependente, no sentido de que necessita de algum para se tornar produtivo; para trabalhar.Descuida de outros conhecimentos que no sejam voltados sua especialidade.Domina somente parte do processo.No auto-suficiente; exige superviso e espera que algum lhe fornea o caminho.No busca conhecer o negcio como um todo: a cadeia produtiva, a dinmica dos mercados, a evoluo do setor.No se preocupa com o que no existe ou no feito; tenta entender, especializar-se e melhorar somente o que existe.No se preocupa em transformar as necessidades dos clientes em produtos/servios.

  • A sndrome do empregadoNo sabe ler o meio ambiente externo: ameaas, oportunidades;No pr-ativo;Raramente agente de inovaes, no criativo, no gera mudanas e no muda a si mesmo;Faz mais do que aprende;No se preocupa em formar a sua rede de relaes, estabelece baixo nvel de comunicaes;Tem medo do erro, (que punido em nosso sistema de ensino e em nossa sociedade) e no o toma como fonte de aprendizagem.Prioriza o que se passa dentro da organizao, em detrimento do que acontece fora.

  • Mudanas na organizao do trabalho e suas repercusses na educao empreendedoraCooperaoIndivduoTrabalhoKnow howEmpregoIndivduoTrabalho Gerar conhecimentosOportunidadeMundo para o qual fomos preparadosMundo em que vivemosCompetioDependnciaAutonomia

  • Da idia aoPlanoDa decisoaopro-duto/servio

    Do nasci mento sobrevivncia

    Onde estamos? Fases do empreendimentoDa perplexidade motivaoDa moti-vao ideaDa sobrevivncia ao crescimentoCrescimentoEstgio ICrescimentoEstgio IICrescimentoEstgio n1234571089nDo Plano nego-ciao

    Do produto ao nasci-mento6Empre-endedo-rismoEmpre-endedo-rismo+GernciaGerncia+Empre-endedo-rismo

  • empregado-empreendedorpesquisador-empreendedorfuncinrio pblico-empreendedorinmeros outrosCampos do empreendedorismogerao de empresasgerao do auto-emprego

  • PERFILDOEMPREENDEDOR

  • Empreendedores, quem so eles ? (1)O empreendedor tem um modelo que o influencia.Tem iniciativa autonomia, autoconfiana, otimismo, necessidade de realizao.O fracasso visto como um resultado.EnergiaLuta contra padres impostos. Diferencia-se. Tem a capacidade de ocupar um intervalo no ocupado por outros no mercado.Tem forte intuio. Como no esporte, o que importa no o que se sabe, mas o que se faz.Comprometimento. Ele cr no que faz. Orientado para resultados.

  • Empreendedores, quem so eles ? (2)Trabalhador incansvel. Sonhador realista. racional, mas usa tambm a parte direita do crebro.Lder. Sistema prprio de relaes com empregados. Lder de banda.Orientado para o futuro.Dinheiro como uma das medidas de desempenhoRede de relaes moderadas. Rede interna tambm muito importante .Conhecimento do negcio.Cultiva a imaginao e aprende a definir vises

  • Empreendedores, quem so eles ? (3)Traduz os seus pensamentos em aes. Define o que deve aprender (a partir do no definido) para realizar as suas vises (aprender a aprender, pr-ativo). Fixador de metasMtodo prprio de aprendizagem. Aprende a partir do que faz. Emoo e afeto so determinantes para explicar o seu interesse. Aprendem indefinidamenteInternalidade. Empresa um sistema social que gira em torno do empreendedor.Assume riscos moderados inovador e criativoAlta tolerncia ambigidade e incerteza

  • Quem o empreendedor? O empreendedor algum que sonha e tenta transformar o seu sonho em realidade (Dolabela)O empreendedor algum capaz de identificar, agarrar e aproveitar oportunidade, buscando e gerenciando recursos para transformar a oportunidade em negcio de sucesso (Timmons)O empreendedor imagina, desenvolve e realiza vises (Filion)

  • Gerente versus empreendedor

  • Gerente x empreendedor Diferenas nos sistemas de atividades GerenteEmpreendedorTenta otimizar os recursos Estabelece uma viso e objetivospara atingir metas e depois localiza os recursosA chave adaptar s mudanas A chave iniciar a mudanasOpera dentro de uma estrutura Define tarefa e papis que criamexistente uma estrutura de organizaonfase no hemisfrio esquerdo nfase no dois hemisfrios

  • Gerente x empreendedor Diferenas nos sistemas de atividades GerenteEmpreendedorBusca aquisio de conhecimentos Apoia-se na auto-imagem geradoragerenciais e tcnicos. de viso, inovao. Aquisio deknow how e know whoPadro de trabalho implica anlise Padro de trabalho implicaracional.imaginao e criatividadeTrabalho centrado em processos Trabalho centrado no planejamentoque levam em conta o meio em de processos que resultam de umaque ele se desenvolveviso diferenciada do meioApoiado na cultura da afiliaoApoiado na cultura da liderana

  • Gerente x empreendedorDiferenas-chave no ensinoGerenteEmpreendedorCentrado no trabalho em grupoCentrado na evoluo individuale na comunicao grupalBaseado no desenvolvimento doBaseado no desenvolvimento doconceito de si, com nfase naconceito de si, com nfase naadaptabilidade.perseveranaDesenvolve padres para a buscaDesenvolve padres para a busca de regras gerais e abstratasde aplicaes concretas eespecficasVoltado para a aquisio de knowVoltado para a aquisio de knowhow em gerenciamento de recursoshow em definir contextos quee da rea de prpria especializaolevam ocupao de um espao nomercado

  • Contedo e habilidadesContedo Habilidades individuaisKNOW WHY .Auto confiana, motivao para (atitudes, motivao, valores) realizar, perseverana, riscoKNOW HOW (habilidades) .Habilidades tcnicasKNOW WHO (relaes).Habilidade para networkingKNOW WHEN (oportunidade).Experincia e intuioKNOW WHAT (negcio) .Conhecimento do setor de atuao

  • TICADOEMPREENDEDOR

  • HonestidadeNo entregar gato no lugar da lebreNo negociar algo que no tem condies de produzir ou comercializarProduto ou servio deve ser entregue conforme especificado no contratoCumprir horrios e prazos estabelecidos

  • HonestidadeNo sonegar impostosContribuem para a melhoria da sociedadeNo explorar o trabalho e enganar o trabalhadorBoas Condies de Trabalho Pagar Salrios JustosGarantir os Direitos do EmpregadoNo fraudar documentos e licitaes

  • tica na CompetioNo desmerecer a concorrncia para obter vantagens competitivasEm particular, mentindo!!!No exercer prticas monopolistas ou cartelizadorasDumping (vender abaixo do custo para acabar com a concorrncia)Combinar preos com concorrncia

  • tica na CompetioNo piratear idias, produtos e serviosNo roubar clientesNo exigir exclusividade de fornecedores para inviabilizar a concorrnciaNo usar recursos esprios para obter vantagens competitivasLiminares para o no pagamento de impostos (ICMS)

  • Responsabilidade SocialPapel da Empresa como Propulsora do Desenvolvimento SocialDignidade atravs do Emprego (diretos e indiretos)Produo e Distribuio de Renda Impostos para Programas Sociais Apoio s atividades assistenciais e a organizaes no governamentaisFinanciando ou Gerindo

  • Responsabilidade SocialPreservao Ambiental e Sade PblicaQuestesEmpreendedorismo instrumento de concentrao de renda e poder ou de igualdade social?Eticamente, possvel ter empresas sem responsabilidade social? Em que medida a misria afeta a sua vida, a vida de seus filhos e a vida do Pas?

  • OFICINADOEMPREENDEDOR

  • 1 Conceito de si2 Perfil empreendedor3 Criatividade4 Viso5 Relaes6 Validao da idia7 Plano de Negcios8 Negociao

    Os 8 caminhos do aprendizado

  • Conceito de SiIdentificao das caractersticas pessoais, os pontos fortes e fracos em relao atividade empreendedoraComo desenvolver o conceito de siAuto-avaliaoObteno de feedbackProjeo do futuro

  • Auto-AvaliaoDescrever o que importante para vocseus pontos fortes e fracosSeus sucessos e fracassos at hojesua capacidade e disponibilidade de dedicao ao trabalhosua capacidade de convencer e motivar outras pessoas, bem como de expor suas idiassua persistncia e criatividade

  • FeedbackProcurar pessoas de suas relaes prximas e nas quais voc confieApresentar lista de caractersticas importantes para a atividade empreendedora e solicitar que as pessoas te avaliem objetivamente segundo estas caractersticasAvalie se os feedbacks so pertinentes e como podem mudar a sua auto-avaliao

  • Projeo do FuturoListaras metas que tero sido atingidas quando voc tiver 70 anosas metas a serem atingidas nos prximos 7 anosas metas que gostaria de realizar se tivesse apenas mais um ano de vidaAs suas metas atuais e as que gostaria de realizar durante a vida, classifique-as por ordem de prioridade e indique os problemas e obstculos que ir encontrar

  • Perfil do EmpreendedorConhecer as caractersticas do empreendedor de sucesso e compar-las com as suas caractersticasComo desenvolver o perfil do empreendedorPalestras do CursoDepoimentos e Entrevistas dos EmpreendedoresRelatrio

  • DepoimentoObjetivoTraar perfil psicolgico, social e profissional do empreendedorRoteiro OrigemFalar um pouco sobre as suas origens, sua famlia, pais e outros parentes. O que os pais fazem?Existe algum empreendedor em sua famlia? Tm algum como modelo?Falar sobre sua formao. Foi bom aluno? Gostava de estudar? Como aprende melhor?

  • DepoimentoRoteiro Conceito de SiComo se v como pessoa? Quais suas caractersticas pessoais mais importantes para a sua empresa?VisoComo surgiu a idia de ser empreendedor? Como sua empresa comeou? Pensou muito tempo sobre isso antes de realmente comear o negcio? Conte sobre os primeiros tempos

  • DepoimentoRoteiro Atuao como EmpreendedorComo identifica oportunidades? Como aprende e como resolve problemas? Possui um mtodo prprio? Como lida com o fracasso? Qual o seu trabalho na empresa? Em que reas gosta de se concentrar? Se envolve com a rotina, com as operaes do dia-a-dia? Quantas pessoas se reportam a voc? Voc delega poder e atividades?

  • DepoimentoRoteiro Atuao como Empreendedor membro de grupos/conselhos de outras companhias ou entidades? Como obtm informao sobre o que est acontecendo na empresa? E como controla as coisas l? Qual o percentual de soluo representado pela tecnologia no produto ou servio? Ou seja, qual a importncia percentual da tecnologia no sucesso de sua empresa?

  • DepoimentoRoteiro EnergiaQuantas horas trabalha por dia? Trabalha nos sbados e domingos? Tira frias? Sempre foi assim? Pensa em se aposentar?RelaesQue importncia d as relaes internas e externas na empresa? Quais contatos so mais importantes: fornecedores, clientes, pessoas de influncia?

  • DepoimentoRoteiro LideranaComo convence as pessoas a realizar o seu sonho? Como descreveria a si prprio como lder da sua companhia? Como sua equipe se desenvolveu? Qual mtodo usa para encorajar as pessoas a serem mais criativas? O que diria que diferente na sua maneira de comandar seus negcios?Para onde direciona seus esforos ao comandar a empresa? V as coisas diferentes ou mudou o estilo de gerenciamento desde que fundou a empresa? O que lhe d mais satisfao ao comandar uma empresa e o que pensa sobre o poder como instrumento de comando?

  • DepoimentoRoteiro Criatividade e ImaginaoO que acha do erro? Como trata colaboradores que erram? Sua empresa erra muito? O que lhe d mais prazer no processo de empreender? O quanto voc diria que a imaginao importante para o sucesso? Qual a importncia da intuio no seu negcio? O que intuio para vc?Responsabilidade SocialRealiza ou apia algum tipo de trabalho voluntrio, atividade assistencial ou ONG?

  • DepoimentoRoteiro A EmpresaQual o fator mais importante para o sucesso? Quais as principais potencialidades e fraquezas? Quais critrios utiliza na seleo de pessoal? Estabelece metas? Tem documento descrevendo as metas e polticas da empresa?Qual a posio de mercado dos seus produtos e servios? Quais argumentos usa para persuadir os clientes a comprar os seus produtos?

  • DepoimentoRoteiro RecomendaesO que diria a algum que est pensando em iniciar um negcio? Como decidir ser empreendedor? Como perceber o momento e a oportunidade? Como agir como empreendedor?Teria idias para novos negcios que pudesse sugerir para novos empreendedores?Algo mais a dizer?

  • RelatrioTpicos Empreendedor teve modelo? Algum que o influenciou?Foi criado em ambiente de negcios? Obteve conhecimento sobre negcios na infncia ou juventude?Como identificou nicho de mercado que comeou a atuar?Qual a importncia da empresa em sua vida? Qual a dedicao aos negcios?Qual a origem de sua liderana sobre os colaboradores?Como so construdas as suas relaes?Como seleciona os seus empregados e como faz para motiv-los?

  • CriatividadeAprender como inovar no seu prprio negcio, criando uma vantagem competitiva para o seu produto/servioApresentar5 exemplos de inovao em empresas de informtica3 inovaes que representem vantagens competitivas para a sua empresa

  • Processo VisionrioSaber desenvolver uma viso para estar apto a gerar a idia completa do prprio negcio. Estar preparado para ler o ambiente com o intuito de identificar oportunidadesNecessrioConhecimento do Setor/Mercado Capacidade Inovadora

  • Idia e oportunidadeIdias no so necessariamente oportunidadesA oportunidade deve se ajustar ao empreendedorCaractersticas da oportunidade: atraente,durvel,tem uma hora certa, ancorada em um produto ou servio que cria ou adiciona valor para o seu comprador um alvo mvel. Se algum a v, ainda h tempo de aproveit-la. Um empreendedor habilidoso d forma a uma oportunidade onde outros nada vem, ou vem muito cedo ou tarde.No questo de usar tcnicas, checklists e outros mtodos

  • Fontes de idiasPesquisa universitriaOlhar nas ruas Idias que deram certo em outros lugaresExperincia enquanto consumidoresExperincia no empregoMudanas demogrficas e sociaisCaos econmico, crises, atrasosComo usar as capacidades e habilidades pessoaisFranquias

  • Processo VisionrioDescrever A sociedade do futuro. Sociedade do ser ou ter? O que as pessoas possuiro? Como o trabalho ser organizado? Todos sero autnomos, no existiro empregados? Qual ser o papel do lazer? Como ser feito? Qual a natureza das mdias: televiso, rdio, cinema, jornal, livros, computadores? Quais os contedos veiculados nas mdias? Qual a velocidade das mudanas? Como ser a adaptao das pessoas?

  • Processo VisionrioResponder Quais as oportunidades de trabalho existiro no setor que atua? Existem oportunidades em outros setores onde se sentiria mais realizado? Quais so as idias de produtos e servios decorrentes da sua projeo do futuro? Quais destas idias de produtos e servios pode levar criao de empresa ou a trabalhar por conta prpria?

  • Processo VisionrioResponder Existe realmente uma necessidade para este produto ou servio? Qual ser o mercado? Quais so e onde estaro os clientes? Qual valor ele vai agregar para o cliente? Como ser a concorrncia? Ser competitivo no mercado? Quais as suas vantagens competitivas? Como ser a empresa? Quantas pessoas? Qual a necessidade de equipamentos e instalaes? Qual o capital de giro necessrio? Tem recursos financeiros necessrios?

  • Processo VisionrioResponder A idia desperta em voc um interesse real? Deseja ter o estilo de vida determinado por esse negcio? Ser uma atividade prazerosa, agradvel, que poder executar de forma descontrada? Quer trabalhar em tempo integral ou parcial nesta atividade? Esta oportunidade tem potencial para satisfazer seus objetivos de renda e lucro? Vale realmente a pena o esforo para desenvolver esse negcio?

  • Rede de RelaesEstabelecer relaes que possam servir de suporte ao desenvolvimento e aprimoramento da idia de negcio e sustentao deste ltimo. Identificar as relaes a serem estabelecidas para dar suporte a sua idia de empresaIndicar como vai ter acesso s pessoas

  • O que o futuro empreendedor acha...Que ?Que vai ser?

  • Mas na verdadetem que estabelecer relaes com...

  • De Csar...passa a rezar

  • Na verdade, o empreendedor emergente tem que conseguir a interdependncia com cada um destes grupos em condies de incerteza

  • Os sciosAlgumas regras para a sociedade:(50% dos empreendedores trabalham em parceria. Ficam mais tempo com o scio do que com o cnjuge.)Formao semelhanteConfianaNecessidades comunsAceitao mtuaVises partilhadas (problema: sucesso)Valores partilhadosComplementaridadeBom contrato legal (shot gun clauses)Muita comunicao. (Ideal: somente entre os scios. Os maiores problemas surgem do envolvimento dos familiares)

  • Rede de RelaesAvaliao do sistema de relaesComo seu jeito influencia as suas relaes e amizades? Quais relaes desenvolveu e mantm? Quanta energia emprega na formao e preservao de relaes? Como sua rede de relaes contribui para facilitar a sua vida familiar, profissional e social? Quais aes te levam a estabelecer novas relaes?

  • NegociaoFaz parte da rotina do empreendedor: negocia com clientes, fornecedores, scios, colaboradores, terceirizados, financiadores, etc.;Saber exatamente o que deseja, objetivos claros;Abertura e franqueza entre os negociadores: desarme;Conhecimento profundo do parceiro da negociao;Jamais deixar o outro em desvantagem;Saber ouvir

  • Plano de NegciosForma de pensar sobre o futuro do negcio:Onde ir, como ir rapidamenteO que fazer durante o caminho para diminuir incertezas e riscosDescreve a oportunidade de um negcio:Porque a oportunidade existe e porque o empreendedor e sua equipe tem condies de aproveita-la Como o empreendedor (e equipe) pretende agarra-laInstrumento de negociao interna e externa, para administrar a interdependncia mais um processo do que um produtoNo o negcioNo imutvel

  • Plano de Negcios

    [email protected]

  • O processo de aprendizagem do empreendedor na pequena empresaSolucionando problemasFazendo sob pressoInterao com os pares e outras pessoasTrocas com o ambienteAproveitando oportunidadesCopiando outros empreendedoresPelos prprios erros: uma rea em que se podem cometer erros (pequenos) porque h liberdade.Atravs do feedback dos clientes

  • Peculiaridades da pequena empresa (Allan Gibb )Dominada pelo lder.Papeis multifuncionais para os gerentesEquipe de gerenciamento muito pequena.Sistemas de controle informais.Controle limitado do meio ambiente e poucos recursos para pesquis-lo.Capacidade limitada de obteno de capital Processo tecnolgico limitado, em escala de produo.Faixa de produtos limitada, embora grande flexibilidade dentro da faixa.Mercado limitado e, freqentemente, parte pequena deste mercado