segunda aula de ft segundo semestre de .stevin simon stevin (1548 - 1620) p p h h h p h p h b a b

Download Segunda aula de FT Segundo semestre de .Stevin Simon Stevin (1548 - 1620) p p h h h p h p h B A B

Post on 24-Jan-2019

214 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Segunda aula de FT Segundo semestre de 2014

  • Mostre a soluo do exerccio

  • Dados:

    Pa7,895267,14

    10123413xxPapsi13

    Pa101234psi7,14

    .s

    m8,9g

    ;cm23hH;psi13p;m

    kg13534

    ;mm182h;mm125h;m

    kg7,996

    2

    mm3Hg

    213gua

  • Cont.:

    y8,114134p

    182,08,97,996y5,115912p

    hpphpp

    py5,115912p

    182,08,913534y3,91773p

    hpp

    y3,91773ypp

    Pa3,91773p

    23,08,97,9967,89526hpp

    OHA

    OHA

    2OHBA

    2OHAB

    BOH

    C

    OHC

    2HgDC

    OHOH2D

    2

    mm2

    2'

    2'

    2''2''

    '2'

    2'

    ''

    22'

    2

  • Cont.:

    Pa1294938,97,99613534125,08,114134P

    yhypp

    yPp

    ypP

    hyphPp

    hpP

    phyphpP

    ypP

    Pa8,114134p

    yy8,114134ypp

    ypp

    2

    OHOHHg1OH12

    OHA2

    OH2A

    OHHg1OH11OHBA

    1OHAB

    B1HgOH11HgDC

    OH1D

    1

    OHOHOHA

    1

    OH1A

    222

    2

    2

    222

    2

    2

    2

    222'

    2'

  • Concluso:

    Pa90160P

    Pa9016033,10

    1012342,9'x'xmca2,9

    Pa101234mca33,10

    mca2,9p

    Pa129493P

    2

    min

    2

    Podemos instalar!

  • A soluo apresentada nos permite evocar o

    teorema de Stevin.

    E qual o teorema de Stevin?

  • Teorema de

    Stevin

    Simon Stevin (1548 - 1620)

    hhhpp

    hphp

    ABAB

    BBAA

    Enunciado: a diferena de presso entre dois pontos fluidos, pertencentes a um fluido contnuo, incompressvel e em repouso igual ao produto do seu peso especfico pela diferena de cotas entre os pontos.

    O que podemos concluir deste enunciado?

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Simon-stevin.jpeg

  • Concluses de Stevin

    Concluses: 1. Em um plano horizontal em

    um meio fluido todos os seus pontos esto submetidos a mesma presso.

    FEDCB

    FAEADACABA

    ppppp

    hpppppppppp

    2. A presso de um ponto fluido no depende da distncia entre os pontos, depende s da diferena de cotas.

    3. A presso do ponto fluido no depende do formato do recipiente.

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Simon-stevin.jpeg

  • Mas ser que no existe

    uma maneira mais fcil de

    achar esta diferena de

    presses?

  • Existe e s recorrer a equao manomtrica

  • a equao que aplicada nos

    manmetros de coluna de

    lquidos,

    resulta em uma diferena de

    presses

    entre dois pontos fluidos, ou

    na

    presso de um ponto fluido.

    Para se obter a equao

    manomtrica, deve-se adotar um

    dos dois pontos como referncia.

    Parte-se deste ponto, marcando a

    presso que atua no mesmo e a

    ela soma-se os produtos dos

    pesos especficos com as colunas

    descendentes (+S*hdescendente),

    subtrai-se os produtos dos pesos

    especficos com as colunas

    ascendentes (-S*hascendente) e

    iguala-se presso que atua no

    ponto no escolhido como

    referncia.

  • Aplicando-se a equao manomtrica ao esboo abaixo, resulta:

    OHHg212OHHgOHOH1

    2

    222

    hpp

    pxhhxp

    :(1) ponto o referncia como se-Adotando

  • Pela equao manomtrica temos:

    mca2,9mca2,138,91000

    129493ph

    Pa129493p

    p125,08,97,996125,08,913534

    182,08,97,996182,08,91353423,08,97,9967,89526

    psi7,89526xpsi13xPa

    psi7,14Pa101234

    phhhhHp

    0

    0

    0

    011Hg22Hgm

    Resposta: pode instalar o aparelho

  • Todos os seus pontos esto submetidos a praticamente a

    mesma presso!

    Vamos procurar aplicar o conceito de presso em um ponto do gs.

    Nova reflexo!

  • Exatamente j que o peso especifico do gs

    bem menor!

    Agora eu entendo porque s consideramos a

    variao da presso do ar atmosfrico para alturas maiores de 100 metros! E como determinamos

    a presso do ar atmosfrico?

  • pelo barmetro que trabalha na escala absoluta que aquela que adota como zero o

    vcuo absoluto e por este motivo que podemos afirmar que nesta escala s temos

    presses positivas e teoricamente poderamos ter a presso igual a zero que corresponderia a

    presso no vcuo absoluto

  • Em relao ao vcuo absoluto temos:

    hp Hgatmlocal

    Entendi!

  • local

    local

    atmamanomtricabaromtric

    efetivaamanomtric

    atmefetivaabsoluta

    absolutaabaromtric

    ppp

    pp

    ppp

    pp

  • Para no esquecer a diferena entre

    presso manomtrica e

    baromtrica, que a presso

    atmosfrica local lida por um

    barmetro!

  • Proponho mais alguns exerccios

  • O dispositivo mostrado na figura abaixo mede o diferencial de presso entre os pontos A e

    B de uma tubulao por onde escoa gua.

    Com base nos dados apresentados na figura, pede-se:

    1. determine o diferencial de presso entre os pontos A e B, em Pa; (valor: 2,5 pontos)

    2. calcule a presso absoluta no interior da camada de ar, sendo a leitura do

    manmetro de Bourdon Pman = 104Pa, e a presso atmosfrica local

    Patm = 105Pa; (valor: 2,5 pontos)

    s/m8,9g

    ;m/kg2,1

    ;m/kg1000

    :Dados

    ar

    gua

    22

    Parece tranquila a soluo!

  • E mesmo, vamos a ela!

    arm pp

    y

    2AB

    OHarA

    OHarB

    m

    N980pp

    ypp

    y8,910001,0pp

    2

    2

    Isto porque consideramos par igual em todos os

    pontos

  • Exatamente, pois consideramos:

    arm pp

    y

    0har

    2

    54abs

    atmabs

    m

    N1100001010p

    ppplocal

  • Pa oum

    N6,3841ppp6,3841p

    p01,08,91000

    12,08,910008,08,913600)1,013,0(

    05,08,910008,005,08,91000p

    2BABA

    B

    A

    Soluo Para a situao representada,

    como pA maior que pB,

    podemos afirmar que o escoamento de A para B.

  • Pa oum

    N30380pp

    p30380p

    p38,91000

    4,08,910004,08,9750p

    2AB

    BA

    B

    A

    Soluo

    Para a situao representada, como pA

    menor que pB, podemos afirmar que o

    escoamento de B para A.

Recommended

View more >