salt magick - satananda

Download Salt Magick - SatAnanda

Post on 26-Jun-2015

906 views

Category:

Documents

5 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

SALT MAGICK

SatAnanda

2

SatAnanda, 2009 Originalmente produzido como material de apoio para Caos, O jogo Verso on-line gratuita 25 de dezembro de 2009

saltmagick@gmail.com

www.magiadocaos.blogspot.com

3

INTRODUO E AGRADECIMENTOSEste material ficou durante anos esquecido, passando de HD pra HD, de mquina pra maquina, junto com vrias outras anotaes e perdido em meio a teras de e-books e arquivos acumulados nestes ltimos anos. Meu encontro com ele foi casual. Na busca de algo que pudesse auxiliar no trabalho feito com jogadores-magistas em Caos o Jogo. Procurava por algo que pudesse servir para magistas com pouca familiaridade com Magia do Caos e que fosse instigante para magistas mais experientes que participam do jogo. Encontrei a Macumba com Sal, como estava no arquivo original, cuja ltima atualizao foi feita em 2004. Percebi que este material teria boa aplicabilidade quando me dei conta de que ambos os elementos utilizados (gua e sal) eram muito comuns e poderiam ser encontrados em qualquer lugar, a qualquer hora, desde que o magista estivesse em casa. O passo seguinte era torn-lo interessante para magistas experientes. Na ocasio em que fiz as anotaes, utilizei as operaes bsicas de Magia do Caos, dentre elas, a popular sigilizao. Para que fosse interessante aos experientes, retirei toda a parte do material bsico e inseri as propostas mais recentes que tenho utilizado com sucesso nas minhas prticas. Chegando a este ponto, terminei o trabalho e o batizei de Salt Magick. Como este material tem por finalidade a utilizao junto aos trabalhos feitos com os jogadores de Caos o Jogo, omiti propositalmente algumas informaes. Tais informaes so necessrias para que o jogador ingresse no jogo e, no intuito de estimular a obteno destas informaes por intermdio das orientaes preliminares, contidas no ato da inscrio e logo aps ele, no transferi para este material maiores detalhes. Todavia, certo que este material ter leitores que no so, no foram ou no sero jogadores de Caos o jogo. Para estes, minha dica: Leiam e pesquisem. H uma vasta literatura na internet. H muito material de autores como Austin Osman Spare, Peter J. Carrol, Phil Hine e Frater U..D.. disponibilizados na internet. H sites variados, fruns como a lista Kaos-Brasil no Yahoo e comunidades do Orkut como Magia do Caos a qual modero desde 2005. Um dos objetivos deste material incentivar o leitor a pesquisar, procurar e buscar, por seus prprios meios, as informaes necessrias para que monte seu prprio quebra-cabea. Por este motivo, fique feliz por no entender algo. Esse ser um sinal de que h um novo caminho a trilhar e novas fronteiras a desbravar. Por fim, sinto-me na obrigao de agradecer a todas as pessoas que me ajudaram com opinies e na reviso. Estava um pouco desmotivado em editar este material e todos foram muito importantes nesta deciso. Mesmo que parea estranho iniciar este trabalho com uma opinio negativa, tenho que ser honesto em afirmar que o considerava um tanto pueril. Creio que seja pelo fato de ter suplantado esta fase inicial, onde usava apenas o sal, e caminhado para uma proposta maior (que poderia chamar de Crystal Magick), com a utilizao de ampla variedade de cristais.www.magiadocaos.blogspot.com

4

Tambm estou muito envolvido com outro material que iniciei agora com o ttulo de Isto CAOS! (meme que criei h alguns anos) onde apresento uma proposta filosfica sobre meu entendimento a respeito de magia do Caos sob vrios aspectos, inclusive psicolgico e social. Porm, conversando com alguns amigos, fui incentivado a editar um material com prticas e onde pudesse apresentar algumas novidades a respeito de como estou desenvolvendo atualmente. Iniciando aqui uma cronologia e estabelecendo uma ordem mais especfica. Foi a empolgao destes amigos respeito de algumas propostas que apresento aqui (Vivendi, Selamento, Sigilo-Decreto, Cyber-Yantra, dentre outras) que me fez reavaliar o que pensava sobre sua relevncia. Por este motivo tenho que agradecer muito a todos. Vou nomear alguns, j com a sensao de injustia quanto a outros que por esquecimento, no estaro aqui. Primeiramente destaco dois nomes fundamentais para a realizao deste trabalho: A Bel (sempre tem uma mulher n...) que uma eterna incentivadora, a quem tenho um carinho infinito e sei que sou correspondido e a Caronte III um amigo recente que fez um trabalho magnfico e voluntrio na correo do texto. Muito obrigado a ambos pela inspirao e adequao desta inspirao em um texto coerente. Ao meu professor, Master Choa Kok Sui, que me proporcionou o contato com outro aluno seu, J.R.R. Abraho que, por sua vez, me apresentou os trabalhos de Peter J. Carrol e Phil Hine, onde tudo comeou. Ao amigo Cleber e sua consorte Camila, casal de magistas que muito respeito. Aos amigos da lista do Yahoo Kaos Brasil e da Comunidade do Orkut Magia do Caos (incluindo aqui cerca de 3.000 doidos irremediveis). A mfia do cotidiano: Canania, Lila, Reinaldo, Alssio, Daniel, Theomagus, Joo Paulo, Iago, Dom, Rodolfo, Mordechai, Seletor, Azoth, Retculo, Ken Tzar, Frater K., Frater P., Hihipirate, Odysseus, Zed, Wsr, Fernandez, Zelinda e todos do Imagick, Mulheres gostosas da Wicca, Daniel Atalla, Eddie Van Feu, Fire, Thais, Bat, Feiticeira, Horus, Davis, George, os fs do Slayer, Fs do Pavarotti, Prof. Adhemar Ramos, as trs marias do CAOS: (Mantis, Kat e Thaiz), Prof. Lucas, que cobra este material h dois anos, Ricardo Maffia, Prof. Carlos Rosa, praticantes de Yoga Arhtica, Michael, Anita, os 8 do crculo em So Paulo, cabeudos de Ribeiro Preto, morena do RJ que transei no carnaval de 1998 e que nunca mais vi, mas procuro at hoje, grupo de meditao de Poos de Caldas, Dra. Acaccia Barros, Franz Bardon,Helinho meu advogado, meu boxer Ozzy, meus peixes marinhos, meus filhos Jr. e Julia Claro que tenho que deixar um destaque aqui uma dedicao mais do que especial a todos os participantes, jogadores e mestres de jogos de Caos O jogo. por culpa de vocs que saiu isso aqui. Bem feito! A lembrana sempre aos amigos da Teosofia, Rosa Cruz, Golden Dawn, Thelema, pastores e bispos da IURD e a todos os que leram tudo isso na esperana que seus nomes estivessem aqui e, vendo que no est, iro arrumar alguma forma de falar mal do livro e de mim. E antes que me esquea: Obrigado Z. pela minha primeira viagem de balo.

www.magiadocaos.blogspot.com

5

COMO APROVEITAR AO MXIMO ESTE MATERIALNo h nenhuma exigncia para a leitura deste livro, desde que o magista esteja ciente de que tudo o que resultar desta leitura ser fruto de sua livre e espontnea vontade. Porm, se h uma orientao a ser dada, ela se resume em: Saiba ANTES de ler, o que realmente Magia do Caos, caso nunca tenha ouvido falar a respeito. As dicas a respeito do assunto esto muito resumidas aqui. Este material se resume em uma magick simples, onde utilizamos dois elementos bsicos: o sal e a gua. Todo o trabalho estruturado nos princpios da Magia do Caos ou Chaos Magick, e parte do pressuposto que o leitor tenha um mnimo de afinidade com o assunto. Aquele leitor que ainda no domina os conceitos bsicos de CM como a Tcnica de Sigilizao de Austin Osman Spare dever, primeiramente, procurar informaes sobre o assunto para que no queime etapas e se perca no processo. Por outro lado, tanto para veteranos como para iniciantes em CM, o texto poder ser bem til, pois trata de novas propostas e novas alternativas dentro do que j de amplo conhecimento da maioria. certo que o mago catico, por sua natureza, sempre estar criando novas formas de abordagens dentro de tudo o que lhe proposto. Mas a grande dificuldade se encontra na aplicabilidade destas mudanas e, acima de tudo, no tempo necessrio para que possa refin-las. Em todos os casos, s h duas alternativas para testar a eficcia de seus empreendimentos: erro e acerto. Nem sempre temos tempo ou pacincia para inmeras tentativas. Por este motivo, penso que este trabalho pode servir de incentivo para que os magistas que se envolvem com novos procedimentos possam compartilhar suas descobertas, de modo abreviar o trabalho de outros colegas. Ao longo de mais de duas dcadas envolvido com magia, percebi que, a cada dia, aumenta o nmero de magistas no Brasil, e vejo isso com grande entusiasmo, porque somos um pas com riqueza e diversidade espiritual e religiosa. H no momento atual uma grande abertura para que possamos praticar magia, independente do preconceito e das resistncias ainda presentes na nossa cultura, e bem menos impeditivas se comparado a outros pases. Percebo um nmero crescente de jovens com grande interesse sobre o assunto, e esse outro sinal de que a magia no pas ter um belo futuro pela frente. O que tempos atrs era privilgio de pequenos grupos, quase sempre fechados, hoje se espalha para todos os lugares por intermdio da internet. Para um magista do Caos isso uma grande vantagem, pois suas atividades so, na grande maioria, trabalhos solitrios. Tambm h um grupo grande - e eu me incluo nele - de magistas que no se sentem compelidos a participar de iniciaes, pactos, reunies cotidianas e grandes celebraes. Nunca participei de uma magia catica que tivesse acima de 15 pessoas juntas, sendo que, em 99% de minhas prticas, estou sozinho. Esta uma das facilidades que me atraram para este meta-sistema.www.magiadocaos.blogspot.com

6

Outra questo, que sempre ressalto, o fato de no haver necessidade de se acorrentar a nada, nem a ningum. A liberdade proporcionada pela CM algo que no se encontra em nenhum outro sistema. A objetividade igualmente importante. Desde o comeo sempre ouvimos a frase se no te serve, jogue fora ou se funcionou bom. Esta praticidade faz com que a Magia do Caos se torne algo muito divertido e gratificante; ao mesmo tempo em que direciona o foco para algo realmente importante. Sem firulas. Estes pontos me fizeram um adepto da CM. Mas adianto que possivelmente minha abordagem difere da maioria. Um amigo apelidou esta abordagem de