regulamento de estgio supervisionado - fucap.edu.br .regulamento do estgio curricular supervisionado

Download Regulamento de Estgio Supervisionado - fucap.edu.br .REGULAMENTO DO ESTGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO

Post on 16-Nov-2018

216 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • REGULAMENTO DO ESTGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO CURSO DE

    ENGENHARIA DE PRODUO

    Dispe sobre o Regulamento do Estgio Curricular Supervisionado do Curso de Engenharia

    de Produo da Faculdade Capivari.

    CAPITULO I - DA NATUREZA E DOS OBJETIVOS Art.1 - O Estgio Curricular Supervisionado a ser desenvolvido no 10 semestre do Curso

    de Engenharia de Produo integra as dimenses tericas e prticas do currculo e articula de

    forma interdisciplinar os contedos de formao bsica, formao profissional e de estudos

    especficos.

    Art. 2 - O Estgio Curricular Supervisionado tem por objetivos oportunizar ao futuro

    profissional:

    Incentivar a experincia profissional dos alunos do Curso de Engenharia de Produo; Refletir sobre a correlao dos contedos vistos nas atividades acadmicas dos Cursos e a

    prtica profissional;

    Desenvolver a interdisciplinaridade por meio da participao em atividades que abordem

    assuntos das diversas reas e subreas do conhecimento;

    Criar mecanismos de oferta de experincia profissional aos estudantes para o futuro

    desenvolvimento das suas atividades; e

    Estimular nos estudantes o desenvolvimento do esprito crtico- analtico sobre as

    prticas da profisso.

  • CAPITULO II - DA ESTRUTURA, DURAO E

    DESENVOLVIMENTO DO ESTGIO

    Art. 3 - Atividades de estgio sero desenvolvidas em empresas e organizaes conveniadas

    com a FUCAP.

    Art.4 - Na realizao do Estgio devem ser cumpridas um mnimo de 2 horas e um

    mximo de 6 horas dirias. As excees devem ser justificadas na Coordenao pelo

    aluno, e por ela autorizadas. Art. 5 - Sendo o Estgio uma atividade curricular obrigatria, a no totalizao da carga

    horria a ser cumprida, de 180 horas, implica na reprovao do aluno e impede sua colao

    de grau, at que o estgios, assim como as demais disciplinas do curso, estejam cumpridos.

    1 - Para realizao de matrcula em Estgio Supervisionado, o acadmico dever

    ter cumprido pelo menos 70% da matriz curricular do curso. Tal restrio feita para que

    o aluno j possua viso interdisciplinar do mundo e amadurecimento de contedos

    referentes ao exerccio da profisso de engenheiro.

    CAPITULO III - DA SUPERVISO DO ESTGIO

    CURRICULAR SUPERVISIONADO

    Art. 6 - O Estgio Curricular supervisionado por um professor, a quem compete

    esclarecer aos alunos sobre o significado e os objetivos do estgio no contexto da proposta

    do Curso de Engenharia de Produo, nos termos da legislao vigente.

    Art. 7 - Das atribuies do Professor de Estgio:

    I. Orientar os alunos quanto escolha do local em que o estgio deve ser realizado.

    II. Manter contato, na medida do possvel, com as organizaes que sero campo

    de estgio.

  • Pargrafo 1 - Orientar as atividades a serem realizadas no estgio, no que se referem:

    I. Organizar, com o estagirio e com o supervisor do estgio na empresa, um plano

    de estgio;

    II. Orientar o estagirio a desenvolver as atividades fixadas no planejamento e auxili-

    lo quanto s providncias a serem tomadas com relao ao levantamento de dados,

    fontes de consulta e anlises a serem efetuadas;

    III. Acompanhar e manter sob sua guarda o processo de estgio, desde o seu recebimento

    formal at a sua concluso, ocasio em que dever devolv-lo Coordenao.

    IV. Fixar prazos para a apresentao de relatrios parciais do estgio, estabelecer as

    normas de apresentao do relatrio final, discuti-lo com o aluno e avali-lo.

    V. Avaliar os relatrios parciais e final.

    Art. 8- Das atribuies do estagirio:

    I. Frequentar as atividades de orientao de estgios em horrios previamente

    estabelecidos. A ausncia em trs encontros de superviso no decorrer do semestre

    implica na no convalidao do estgio realizado no perodo;

    II. Desenvolver as atividades programadas com o professor, respeitando os prazos

    estabelecidos;

    III. Registrar sistematicamente as atividades desenvolvidas no campo de estgio,

    conforme as orientaes constantes deste Regulamento ou propostas pelo professor;

    IV. Apresentar periodicamente os registros ao professor, mantendo-o informado do

    andamento das atividades;

    V. Apresentar os documentos necessrios apresentao formal do Relatrio de

    Estgio dentro dos prazos estabelecidos, para apreciao pelo professor de estgio

    e posterior entrega Coordenao.

  • CAPITULO IV - DA APRESENTAO FORMAL DO

    RELATRIO DE ESTGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO

    Art. 9 - O Estgio uma atividade de natureza estritamente individual, por isso, o Relatrio

    de suas atividades deve resultar de uma elaborao pessoal de cada estagirio que

    acontecer, no 10 semestre do curso na disciplina de Estgio Supervisionado, mediante a

    orientao de um professor de estgio.

    Art. 10 - Aps o encerramento de cada etapa do estgio, no prazo estabelecido pelo

    professor, o aluno dever apresentar o relato das atividades desenvolvidas em relatrio, para

    anlise e avaliao.

    1 - Para o estgio curricular, exige-se que o aluno elabore a apresente ao professor de

    Estgio 3 (trs) relatrios, de acordo com o modelo especificado, a cada 60 (sessenta) horas

    de estgio realizado.

    Art. 11 - A apresentao formal da experincia prtica, ou seja, do Relatrio de

    Estgio Curricular Supervisionado, deve constituir-se em um documento a ser apresentado

    em uma nica via original, impresso de acordo com as normas ABNT (Associao Brasileira

    de Normas Tcnicas) e orientaes da Coordenao, conforme anexo.

    CAPITULO V

    DAS DISPOSIES FINAIS E TRANSITRIAS

    Art. 12 - O presente Regulamento complementa o Projeto Poltico Pedaggico do Curso

    dando- lhe respaldo legal.

    Art. 14 - Os casos omissos e as dvidas surgidas na aplicao deste Regulamento sero

    solucionados por deliberao do Colegiado de Curso.

  • ANEXO 01 MODELO DE TERMO DE CONVNIO

    TERMO DE CONVNIO

    Aos dias do ms de de , na cidade de Capivari de Baixo, estado de Santa Catarina, as partes a seguir

    qualificadas, celebram este Termo de Convnio, estipulando as clusula e condies, que seguem.

    IDENTIFICAO DA IES:

    FACULDADE CAPIVARI- FUCAP

    CNPJ: 03.681.405/0001-20

    Rua : Aven id a Na es Un id a s Nm ero : 5 0 0 Ba i rro : S a n to An d r

    CEP: 88745-000 Cidade: Capivari de Baixo UF: SC

    Telefone: 48 3623-6000 E-mail: coordenacoes@fucap.edu.br

    Representante legal: Prof. Expedito Michels

    IDENTIFICAO DA PARTE CONCEDENTE:

    Nome da empresa:

    CNPJ:

    Rua Nm ero :

    CEP: Cidade: UF:

    Telefones: E-mail:

    Representante legal:

    CLUSULA PRIMEIRA - DO OBJETO

    O presente convnio tem por objetivo viabilizar a realizao de estgio obrigatrio, entendido enquanto ato educativo escolar

    supervisionado, desenvolvido no ambiente de trabalho, e definido como tal no projeto pedaggico do Curso, cuja carga horria requisito para

    aprovao e obteno do diploma, junto PARTE CONCEDENTE, de alunos regularmente matriculados e com frequncia efetiva em

    Cursos de Ensino Superior mantidos pela FUCAP, visando ao desenvolvimento de atividades conjuntas, capazes de proporcionar a plena

    operacionalizao da legislao vigente, em cumprimento ao que dispe a lei n 11.788/08, relacionada ao estgio de estudantes,

    conforme clusulas e perodos previamente estabelecidos.

    CLUSULA SEGUNDA - DAS OBRIGAES DA FUCAP

    So obrigaes da FUCAP:

    I. Celebrar Termo de Compromisso com o educando e com a PARTE CONCEDENTE, indicando as condies de adequao

    do estgio ao Projeto Pedaggico, ao Regulamento de Estgio do Curso e ao horrio e calendrio escolar;

    II. Avaliar as instalaes da PARTE CONCEDENTE de estgio e sua adequao formao cultural e profissional do acadmico, por

    meio das informaes cedidas pela PARTE CONCEDENTE;

    III. Instruir sobre a elaborao do Programa de Atividades de Estgio e sobre a produo e desenvolvimento de relatrios e/ou

    outros documentos de avaliao e tcnico-cientficos;

    IV. Indicar professor orientador da rea a ser desenvolvida no estgio, como responsvel pelo acompanhamento e avaliao das

    atividades do estagirio;

    V. Exigir do acadmico-estagirio a apresentao peridica dos relatrios e/ou fichas de frequncia e avaliao, conforme previsto

    no Regulamento de Estgio do Curso;

  • VI. Comunicar, com presteza, quaisquer fatos supervenientes relacionados vida acadmica do estagirio, tais como trancamento ou

    cancelamento de matrcula, afastamento ou outros que possam alterar a natureza jurdica da relao estabelecida entre o acadmico-

    estagirio e a PARTE CONCEDENTE;

    VII. Exigir do acadmico-estagirio a apresentao das fichas de frequncia, avaliao e/ou outros documentos, conforme previsto no

    Regulamento de estgio do Curso.

    CLUSULA TERCEIRA - DAS OBRIGAES DA PARTE CONCEDENTE

    So obrigaes da PARTE CONCEDENTE:

    I. Celebrar Termo de Compromisso com a FUCAP e o acadmico, zelando por seu cumprimento;

    II. Proporcionar condies fsicas e materiais adequadas, bem como informaes tcnicas e legais necessrias ao bom aproveitamento

    do estgio;

    III. In

View more >