ramon sena

Download Ramon Sena

Post on 05-Jun-2015

577 views

Category:

Documents

2 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 1. UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA DEPARTAMENTO DE EDUCAO RAMON SENA DE JESUS DOS SANTOSTAE-KWON-DO COMO PRTICA EXTENSIONISTA NA FORMAO SCIO- EDUCATIVA DE CRIANAS DACOMUNIDADE RIACHO DO MEL EM ALAGOINHAS-BA. ALAGOINHAS2010

2. RAMON SENA DE JESUS DOS SANTOSTAE-KWON-DO COMO PRTICA EXTENSIONISTA NA FORMAO SCIO- EDUCATIVA DE CRIANAS DACOMUNIDADE RIACHO DO MEL EM ALAGOINHAS-BA.Trabalho monogrfico para conclusode curso apresentado como exignciaparcial para obteno do Grau deLicenciatura em Educao Fsica daUniversidade do Estado da Bahia UNEB, Campus II, sob a orientao doProfessor Ms. Ubiratan Menezes ALAGOINHAS2010 3. FICHA CATALOGRFICASantos, Ramon Sena de Jesus dosTae-Kwon-Do Como Prtica Extensionista na Formao Scio- Educativade Crianas da Comunidade Riacho do Mel em Alagoinhas-Ba/RamonSena de Jesus dos Santos - Alagoinhas: Universidade do Estado daBahia, 2010. 59f. Orientador: Ubiratan Menezes Monografia (Graduao) Universidade do Estado da Bahia. Departamento de Educao.1. Tae-Kwon-Do 2. Educao 3. Comunidade 4. Universidade 4. AGRADECIMENTOSObrigado Senhor Jesus, pelo Dom da Vida. Obrigado Senhor, por tuapresena a me guiar em todos os momentos, at chegar neste, que representaa concluso de um sonho. Obrigado Senhor, pois bem sei que nos momentosde dificuldades, em que as coisas pareciam no ter sada, o teu Brao forterealizava prodgios em minha vida. Obrigado Senhor pelo Amor de minhafamlia, pela sade, e pela F. Obrigado Senhor, por todos os amigos quecontriburam para que este sonho pudesse se tornar realidade. ObrigadoSenhor por encontrar tambm nesta caminhada minha Anninha, meu grandeamor. Obrigado virgem Santa, Me de Jesus, por sua proteo em nossasvidas. Obrigado aos Anjos e Santos, a quem sempre recorro em minhasoraes. Obrigado Senhor! 5. DEDICATRIA Comunidade Riacho do Mel. 6. A Educao a arma mais poderosa que vocpode usar para mudar o mundo. Nlson Mandela 7. RESUMOA presente pesquisa nasceu da experincia na monitoria de ensino do Projetode Extenso Cultura Corporal na UNEB, realizado no ano de 2009, por meio docurso de Licenciatura em Educao Fsica, da Universidade do Estado daBahia - UNEB, Campus II, Alagoinhas-Ba. Trata-se de um estudo que focou oTae-kwon-do como prtico extensionista na formao scio-educativa decrianas da comunidade Riacho do Mel, situada na zona rural da cidade deAlagoinhas, agreste baiano. O universo da investigao compreende o grupode 25 crianas com faixa etria entre 05 e 12 anos, de ambos os sexos. Osprocedimentos tcnicos de pesquisa qualificam esta enquanto pequisa-ao,de natureza qualitativa. Utilizou-se da observao participante e entrevistacoletiva como instrumentos para coleta e anlise de dados. O Tae-Kwon-Dolegitimou-se como prtica scio-educativa de grande importncia no processode formao das crianas emergidas no estudo, j que seus ensinamentosfilosficos possibilitaram dentre outras, aes em sua comunidade de origem. Afalta de gerenciamento e mobilizao dos recursos destinados para aconcretizao do Projeto de Extenso Cultura Corporal na UNEB, por parte daestrutura da universidade em pauta, caracterizaram suas limitaes. Para ofortalecimento das inter-relaes entre universidade e comunidade, torna-seimprescindvel uma reavaliao tanto dos setores administrativos, bem comodos recursos destinados para tal finalidade. Entretanto, estes empecilhos foramsuperados por meio dos esforos de docentes, discentes e principalmente porparte dos sujeitos sociais da Comunidade em evidncia.Palavras- Chave: Tae-Kwon-Do, Educao, Universidade, Comunidade. 8. ABSTRACTThis research was born out of experience in monitoring teaching ExtensionProject in UNEB Body Culture, held in 2009, through the Bachelor of PhysicalEducation, State University of Bahia - UNEB, Campus II, Ba - Alagoinhas. Thisis a study that focused on the Tae-kwon-do and practical training extensionistsocio-educational childrens community of Honey Brook, located in the ruraltown of Alagoinhas, Bahia harsh. The research universe consists of the groupof 25 children aged between 05 and 12 years, of both sexes. The technicalprocedures of this research qualify as action research, qualitative in nature. Weused participant observation and press conference as tools for collecting andanalyzing data. The Tae-Kwon-Do legitimized itself as a socio-educationalpractice of great importance in the formation of children emerged in the study,as their philosophical teachings allowed among others, shares in their homecommunity. The lack of management and mobilization of resources for therealization of extension project in UNEB Body Culture by the structure ofuniversity staff, marked his limitations. The strengthening of inter-relationshipsbetween university and community, it is essential both a reassessment ofadministrative sectors, as well as resources for this purpose. However, theseobstacles were overcome through the efforts of teachers, students, andespecially by the social subjects of the Community in evidence.Keywords: Tae-Kwon-Do, Education, University, Community. 9. SUMRIO1 INTRODUO ................................................................................................ 12 UNIVERSIDADE E RESPONSABILIDADE SOCIAL...................................... 42.1 Prticas Extensionistas e Comunidade: A Cultura como modelo deEducao. ......................................................................................................... 53 ARTE MARCIAL ........................................................................................... 133.1 Tae-Kwon-Do: Da Arte e Cultura Marcial Coreana Esporte Olmpico154 ESPORTE E CULTURA NA EDUCAO.................................................... 225 PROCEDIMENTOS METODOLGICOS..................................................... 295.1 Lcus Da Pesquisa................................................................................... 306 APRESENTAO E DISCUSSO DOS DADOS ........................................ 327 CONSIDERAES FINAIS .......................................................................... 45REFERNCIAS................................................................................................ 47APNDICE 10. 1 INTRODUOInicialmente, gostaria de compartilhar a emoo de estar discutindo umtema o qual considero relevante prtica da docncia consciente de seu papelsocial, e que perpassa barreiras impostas por um modelo tradicional de ensino,cujo objetivo tambm deve ser o de expandir para alm dos muros dasinstituies de ensino, atentando-se, sobretudo para a dimenso da Cultura,Esporte e Lazer, como modelos de educao dotados de um potencialcrescente, e em evidncia. Despertei meus interesses no campo da pesquisa relacionada prticasocial a partir da caminhada na Universidade do Estado da Bahia - UNEB,quando, no ano de 2007 iniciei os estudos no curso de Licenciatura emEducao Fsica, na cidade de Alagoinhas, interior do Estado da Bahia. Venhoda cidade de Feira de Santana, localizada a 120 km da capital Baiana, e a 85de Alagoinhas, onde est situado o campus II da UNEB.Nos primeiros semestres de vida acadmica, me deslocava diariamentede Feira de Santana para Alagoinhas, e foi neste trajeto de idas e vindas, quepude perceber mais de perto as enormes disparidades que nos cercam noscontexto scio-econmico, e poltico. Fao referncia no somente de umapoltica partidria, mas tambm e principalmente, dentro de uma perspectivaorganizacional por parte dos prprios indivduos sociais. Para chegar at auniversidade, percorria um trajeto de dois quilmetros a p por umacomunidade rural circunvizinha UNEB, a qual me foi apresentada por amigosdo curso como Riacho do Mel.Passados meses de andanas dirias, acabei por estabelecer contatoscom algumas pessoas, que curiosas com minha presena todos os dias emsua comunidade, perguntaram-me o que tanto fazia com aquela mochila nascostas para l e para c, sempre nos mesmos horrios? No primeiro momento,foi um susto para mim, pensei que estavam pouco amigveis.Mas logopercebi que havia me equivocado. Na verdade aquela atitude refletia ocomportamento daqueles que se conheciam uns aos outros e no podiamdeixar de saber a respeito de minha pessoa, j que de certa forma, passava afazer parte do cotidiano da comunidade. Nascia naquele momento uma relao 1 11. amistosa, e de respeitabilidade mtua, que embora ainda no me tivesse sidorevelado, tratava-se de um importante captulo de minha caminhada.A partir de ento, passei a refletir mais intensamente sobre meu papelcomo cidado e educador. Todos os dias em que caminhava pelo Riacho doMel, tentava buscar uma forma de estar contribuindo para com aquelacomunidade. Algo que propiciasse uma melhoria da qualidade de vidadaquelas pessoas era algo que precisava fazer. Carregava sempre comigo aconvico de que ainda que uma ao tomada neste sentido pudesse serminimamente percebida, seria certamente o incio de uma mudana positivapara todos. Ao amadurecer as discusses na rea da Educao Fsica, consideradacomo de interveno social, passei a visualizar a Cultura Corporalrepresentada tambm nas modalidades esportivas, como possibilidade de seestabelecer um dilogo entre universidade e comunidade. Em meio quelacomunidade repleta de crianas, o Esporte encarado como instrumentopedaggico, poderia estar atuando como elemento construtor de sonhos e demudanas, iniciadas, sobretudo, por meio do processo de incluso social.Em 2008, o Colegiado de Educao Fsica, sob a coordenao professorUbiratan Menezes, props a realizao de um curso de extenso, o qual visavaa construo e desenvolvimento de atividades tanto para a comunidadeacadmica, quanto para com a comunidade externa. Inicialmente este projetoconsistiu no oferecimento de modalidades esportivas e culturais a seremministradas por discentes do curso de Licenciatura em Educao Fsica doCampus II da UNEB. Logo me veio ao pensamento a possibilidade concreta de estarinserindo a comunidade Riacho o mel em meio ao projeto. De imediato medisponibilizei a pessoalmente levar a proposta de participao das crianasd