quando descobrimos que a dsej tinha oferecido às escolas ... web viewquando nós, estudantes da...

Download Quando descobrimos que a DSEJ tinha oferecido às escolas ... Web viewQuando nós, estudantes da Escola

Post on 11-Feb-2019

212 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

Quando descobrimos que a DSEJ tinha oferecido s escolas de Macau, inclusive a Escola Portuguesa de Macau, a possibilidade de visitar Pequim, uma enorme onda de alegria atingira-nos

2008

Relatrio da EPM da actividade de Vero em Pequim

Quando ns, estudantes da Escola Portuguesa de Macau, descobrimos que a DSEJ tinha oferecido s escolas de Macau a possibilidade de visitar Pequim, uma enorme onda de alegria atingiu-nos. Porque, para alm de viajar com um grupo jovem de amigos, tambm iramos conhecer a famosa capital Chinesa, o que seria, para a maioria de ns, a primeira vez. Em apenas uma semana, conseguimos experimentar um pouco de tudo.

A primeira novidade foi a viagem de comboio: apesar de longa, foi divertida e pudemos interagir com os colegas desta actividade. No segundo dia, assistimos cerimnia de abertura e muitos talentos foram-nos divulgados atravs das apresentaes escolares de Macau e Hong Kong. Infelizmente, para as outras escolas, no foi possvel fazermos o mesmo, porque no havia tempo suficiente.

No dia seguinte, assistimos a trs jogos de uma modalidade que nos interessa imensamente: voleibol de praia. Nem sequer acreditamos que ns estvamos, naquele exacto momento, a presenciar alguns dos Jogos Olmpicos de Pequim. Isso, certamente foi uma experincia nica que nunca mais acontecer.

Tambm tivemos direito a conhecer os pontos tursticos e mundialmente famosos: a Praa de Tiananmen; a Cidade Proibida, gigantesca e com uma arquitectura impressionante, foi pena ter chovido no dia; a Universidade de Qinghua, vasta e antiga, e tem um ambiente confortvel; a Rua de Wangfujing, aproveitmos o tempo para comprar livros; a antiga vizinhana de Pequim, um dos locais mais relaxantes e calmos que fomos. Usufrumos da curta viagem de triciclo e a paisagem foi excepcionalmente bela; o Palcio de Vero; o Ninho de Pssaro, foi excitante e, pela segunda vez, inacreditvel, pois era o estdio principal dos Jogos Olmpicos de 2008; o Museu da Capital, onde apreciamos no s a arte Chinesa, como tambm de outras culturas, dos tempos imperiais e contemporneos; e a Grande Muralha da China, cuja grandiosidade nos impressionou e revelou o trabalho rduo a que os antigos Chineses tiveram que se submeter. claro, tambm saboremos a especialidade culinria da capital: o pato de Pequim.

Nesta viagem, sentimos vrios gneros de emoes, e entre elas esto a alegria e a nostalgia. Ns no fomos apenas a Pequim; ns compartilhamos momentos e experincias em Pequim. Tudo o que foi visto, sentido, conhecido, experimentado e aprendido foi feito em conjunto. Apesar dessas coisas boas, a saudade bateu nossa porta. Sentimos a falta da compreenso dos nossos pais, da presena dos nossos irmos e outros amigos, do nosso quarto familiar que reflecte a nossa personalidade, da comida caseira e entre outros.

Em suma, aproveitmos bastante essa oportunidade. A viagem realmente foi uma experincia nica na vida, porque tivmos a oportunidade de apreciar praticamente tudo o que Pequim nos poderia oferecer. Mas, acima de tudo, pudmos presenciar os Jogos Olmpicos junto dos nossos amigos. Por isso, estamos profundamente gratos pela organizao desta actividade feita pela DSEJ. Ns at gostaramos de ir novamente, mas no podemos ser egostas. Por isso esperamos que os estudantes nos anos futuros desfrutem e adorem viagens China, assim como ns.

Macau, aos 20 de Agosto de 2008

Andr Correia, Cntia Chen, Joslia Rosrio,

Melissa Carvalho e Paulo Manho

Recommended

View more >