PLANO de FORMAÇÃO - Monte - ACE ?· Plano de Formação 2013 Monte - Desenvolvimento Alentejo Central,…

Download PLANO de FORMAÇÃO - Monte - ACE ?· Plano de Formação 2013 Monte - Desenvolvimento Alentejo Central,…

Post on 21-Jul-2018

212 views

Category:

Documents

0 download

TRANSCRIPT

Monte, Desenvolvimento Alentejo Central - A.C.E. Ano de 2013 PLANO de FORMAO Anexo III do Plano de Actividades Organizao No Governamental Para o Desenvolvimento Arraiolos Dezembro I 2012 Plano de Formao 2013 Monte - Desenvolvimento Alentejo Central, ACE 2Plano de Formao 2013 Monte - Desenvolvimento Alentejo Central, ACE 3ndice Geral ndice Geral ..................................................................................................................................................................................... 3 INTRODUO .................................................................................................................................................................................. 4 EQUIPA RESPONSVEL PELA FORMAO ......................................................................................................................... 5 I. FORMAO PARA PBLICOS EXTERNOS ....................................................................................................................... 6 II. DESENVOLVIMENTO INTERNO DA ORGANIZAO FORMAO INTRA-EMPRESA ................................... 21 III. CRONOGRAMA DE REALIZAO DAS ACES FORMATIVAS DO MONTE PARA 2013 ......................... 24 Plano de Formao 2013 Monte - Desenvolvimento Alentejo Central, ACE 5EQUIPA RESPONSVEL PELA FORMAO A equipa responsvel pela actividade formativa do MONTE a que se apresenta em seguida: Funo Identificao Tarefas Vnculo Gestora da Formao Paula Cristina Querido Gentil Santos . Definir a poltica e linhas formativas a nvel pedaggico e econmico. . Acompanhar todo o processo formativo. . Gerir os recursos humanos ligados formao. . Definir os processos de melhoria de acordo com as avaliaes realizadas. Contrato sem termo. Na entidade desde 1999. Coordenadora Pedaggica Carmen Maria Santos Caetano . Divulgar as Aces. . Planear e Organizar a Formao. . Apoiar no recrutamento e seleco da equipa formativa. . Gerir dos meios fsicos de apoio formao. . Organizar dossiers tcnico-pedaggicos. . Avaliar a actividade formativa e elaborao dos respectivos relatrios. Contrato a termo. Na entidade desde 2012. Coordenadora Formao distncia Incia Maria Coelho Lopes Rebocho . Assegurar a organizao da formao em modalidade de distncia. . Introduzir blocos informativos. . Gerir as inscries dos formandos na plataforma. . Assegurar a actualizao da plataforma colaborativa. . Avaliar a actividade formativa distncia. Contrato sem termo. Na entidade desde 1997. Atendimento Maria do Rosrio Pequito Cuba . Apoiar divulgao das aces. . Apoiar administrativo s aces de formao. . Receber e encaminhar inscries. . Receber de formandos. Contrato sem termo. Na entidade desde 1996. Contabilidade Rosa Margarida Almeida Sampaio . Assegurar o cumprimento dos normativos legais dos programas de financiamento. . Assegurar o pagamento de formandos e formadores. . Elaborar o relatrio financeiro das aces. . Organizar o dossier contabilstico. Contrato sem Termo. Na entidade desde 1999. Plano de Formao 2013 Monte - Desenvolvimento Alentejo Central, ACE 6 I. FORMAO PARA PBLICOS EXTERNOS rea de Formao - 345 Gesto e Administrao PROJECTO: SIM-MICROCRDITO ACO 1: ACO SIM Sistema de Microcrdito para o auto-emprego e a criao de emprego DATA: a designar conforme os planos de negcio Objectivos Orientar e acompanhar os potenciais empreendedores atravs de informao, consultoria e formao na rea empresarial. Dinamizar a criao de empresas e de emprego; Fixar empresas nos concelhos abrangidos; Flexibilizar solues de financiamento especificidade da empresa; Dotar os empreendedores de conhecimentos de forma a contribuir para a melhoria de competncias e diminuio do risco de criao do negcio; Apresentar os benefcios para o empreendedor, responsabilidades e obrigaes do mesmo Destinatrios Qualquer pessoa ou pessoas cujo objectivo seja a criao de uma micro empresa, sob qualquer forma jurdica, desde que se constituam como associadas da CCAM Alentejo Central e o projecto se insira num dos concelhos do territrio de Interveno do Monte Modalidade Formao Aco Forma de Organizao da Formao Presencial Contedos Programticos SESSO 1 i. Perfil do Empreendedor: aplicao do Teste Serei Empreendedor?/ii. Anlise do Negcio em Termos gerais: Market Survey/iii. Anlise de Mercado: Envolvente Clientes e Concorrncia SESSO 2 i. Anlise SWOT: Pontos Fortes, Pontos Fracos, Oportunidades; Ameaas SESSO 3 i. Definio de Estratgias de Actuao da Empresa SESSO 4 Plano de Marketing iv. Objectivos/v. Produto/vi. Preo/vii. Distribuio/viii. Promoo SESSO 5 Plano Operativo i. Investimento/ii. Instalaes/iii. Fornecedores/iv. Gesto de stocks/v. Prazos pagamento e de stokagem/vi. Franchising SESSO 6 Plano Econmico-Financeiro: i. Estrutura de Custos/ii. Previso de Proveitos/iii. DR e Balanos previsionais/iv. Anlise de Viabilidade do Negcio SESSO 7 Operao de financiamento: i. Fontes de Financiamento/ii. Financiamento do projecto e plano de reembolso SESSO 8 Criao da empresa: i. Formas Jurdicas/ii. Obrigaes Legais/iii. Obrigaes Fiscais/iv. Procedimentos para a constituio da empresa SESSO 9 Avaliao Carga Horria 18h horrio Laboral Metodologia da Formao Ser utilizado o mtodo expositivo e demonstrativo Critrios e Metodologias de Avaliao No ser aplicada uma avaliao formal. Aos formandos sero efectuadas questes directas ao longo da aco Recursos Pedaggicos Manual SIM; Computador Porttil e projector Espaos e Equipamentos Sala de Formao do Monte ACE Plano de Formao 2013 Monte - Desenvolvimento Alentejo Central, ACE 7 PROJECTO: CREmp Centro de Recursos de Empreendedorismo Feminino ACO 2: Criao do prprio negcio DATA: de 7 de Janeiro a 21 de Fevereiro de 2013 Objectivos - Conhecer as funes de gesto; - Reconhecer a importncia da contabilidade como ferramenta de gesto; - Distinguir e interpretar os principais mapas contabilsticos; - Conhecer e interpretar a aplicao dos impostos existentes em Portugal; - Conhecer o calendrio fiscal aplicvel em Portugal. Destinatrios Activos, empresrios Modalidade Formao continua Forma de Organizao da Formao b-learning Contedos Programticos Modulo 1 Gesto da Empresa Modulo 2 Contabilidade Modulo 3 Tributao Modulo 4 Casos prticos Carga Horria 50 horas Metodologia da Formao Expositivo, Activo, Exerccios simulados Critrios e Metodologias de Avaliao Avaliao contnua, participao na elaborao de casos prticos. Recursos Pedaggicos Textos de apoio, Plataforma CRDR (http://www.moodle.monte-ace.pt) Espaos e Equipamentos Sala de formao, quadro branco, flipchart, PC e projector Plano de Formao 2013 Monte - Desenvolvimento Alentejo Central, ACE 8 PROJECTO: CREmp - Centro de Recursos de Empreendedorismo Feminino ACO 3: Relaes Interpessoais, Gesto de Recursos Humanos e Liderana DATA: Junho a Julho 2013 Objectivos - Aplicar correctamente as tcnicas de atendimento, evitando situaes de conflito; - Caracterizar modelos de gesto de recursos humanos, e utilizar os respectivos instrumentos; - Organizar e gerir equipas de trabalho; - Comunicar com assertividade na liderana Destinatrios Activos, empresrios Modalidade Formao continua Forma de Organizao da Formao Presencial Contedos Programticos Relaes interpessoais: - importncia do atendimento ao pblico; - comunicao no atendimento; - acolhimento e atendimento; - gesto de reclamaes GRH: - principais modelos de gesto de recursos humanos; - avaliao de desempenho; - comunicao organizacional - recrutamento e seleco; - competncias e formao profissional Liderana: - formas de organizao do trabalho; - tipos de organizao e tcnicas de liderana; - instrumentos de gesto de equipas; - Estratgias de motivao Carga Horria 50 horas Metodologia da Formao Expositivo, Activo, Prticas Simuladas Critrios e Metodologias de Avaliao Avaliao contnua, participao nos exerccios prticos. Recursos Pedaggicos Textos de apoio, Plataforma CRDR (http://www.moodle.monte-ace.pt) Espaos e Equipamentos Sala de formao, quadro branco, flipchart, PC e projector Plano de Formao 2013 Monte - Desenvolvimento Alentejo Central, ACE 9 PROJECTO: CREmp Centro de Recursos de Empreendedorismo Feminino ACO 4: Gesto DATA: Abril a Maio 2013 Objectivos - Conhecer as funes de gesto; - Identificar a gesto administrativa e de apoio logstico da actividade; - Utilizar instrumentos de gesto financeira Destinatrios Activos, empresrios Modalidade Formao continua Forma de Organizao da Formao Presencial | b-learning Contedos Programticos Tcnicas de gesto administrativa; Procedimentos na gesto da comunicao; Tcnicas de gesto financeira Carga Horria 50 horas Metodologia da Formao Expositivo, Activo, Prticas Simuladas Critrios e Metodologias de Avaliao Avaliao contnua, participao nos exerccios prticos Recursos Pedaggicos Textos de apoio, Plataforma CRDR Espaos e Equipamentos Sala de formao, quadro branco, flipchart, PC e projector PROJECTO: CREmp Centro de Recursos de Empreendedorismo Feminino ACO 5: Criao de Empresas DATA: Setembro a Outubro 2013 Objectivos - Identificar as diferentes formas jurdicas; - Conhecer os procedimentos para a criao de uma empresa. Destinatrios Activos, empresrios Modalidade Formao continua Forma de Organizao da Formao e-learning Contedos Programticos Estatuto jurdico da empresa; Constituio legal; Incentivos e financiamento; Estruturas de apoio Carga Horria 25 horas Metodologia da Formao Expositivo, Exerccios prticos Critrios e Metodologias de Avaliao Avaliao contnua, participao nos exerccios prticos Recursos Pedaggicos Documentos de apoio, Plataforma CRDR Espaos e Equipamentos PC e Internet. Plataforma CRDR (http://www.moodle.monte-ace.pt) Plano de Formao 2013 Monte - Desenvolvimento Alentejo Central, ACE 10 PROJECTO: CREmp Centro de Recursos de Empreendedorismo Feminino ACO 6: Tutoria para a construo de Planos de Negcio DATA: Novembro a Dezembro 2013 Objectivos - Elaborar um plano de aco de um projecto de negcio; - Elaborar um oramento de um projecto com viabilidade econmica; - Identificar os factores de xito e de falncia, pontos fortes e fracos do projecto; - Reconhecer a estratgia geral e comercial da empresa; - Identificar os tipos de financiamento e produtos financeiros; - Elaborar um plano de negcio Destinatrios Activos, empresrios Modalidade Formao continua Forma de Organizao da Formao e-learning Contedos Programticos Principais caractersticas de um plano de negcios Factores de xito e de risco; Anlise SWOT do negcio; Segmento de mercado; Anlise do prprio negcio; Financiamento. Carga Horria 25 horas Metodologia da Formao Expositivo, Exerccios prticos Critrios e Metodologias de Avaliao Avaliao contnua, participao nos exerccios prticos Recursos Pedaggicos Documentos de apoio, Plataforma CRDR (http://www.moodle.monte-ace.pt) Espaos e Equipamentos PC e Internet Plano de Formao 2013 Monte - Desenvolvimento Alentejo Central, ACE 11 rea de Formao 489 Informtica PROJECTO: Monitor Amigo ACO 7: Aco de Formao em TIC Data: Aces abertas ao longo do ano mediante inscrio Objectivos - Sensibilizar a populao desfavorecida para a utilizao das TIC. fundamental qualificar os grupos desfavorecidos para a utilizao das TIC, permitindo a atribuio do Diploma de Competncias Bsicas em Tecnologias de Informao e na frequncia do espao Internet - Abranger a comunidade em geral, especificamente as crianas e os jovens. Pretende-se disponibilizar os servios deste espao ao maior nmero de pessoas do concelho de Arraiolos, tentando assim diminuir o dficit de conhecimentos existentes ao nvel das TIC Destinatrios Comunidade em Geral Modalidade Formao Inicial Forma de Organizao da Formao Presencial Contedos Programticos Iniciao ao Word Utilizao dos motores de pesquisa na internet Criao e utilizao do correio electrnico Carga Horria 12h Metodologia da Formao Mtodos expositivo e demonstrativo Critrios e Metodologias de Avaliao Em complementaridade com as Aces de Formao existe lugar realizao de aces de certificao - certificao em dois formatos: para quem j tem competncias em TIC e se sujeita a exame; e certificao para formandos das aces de formao em TIC Recursos Pedaggicos Pcs com ligao internet; documentos de apoio Guio do Programa Operacional Sociedade de Informao Espaos e Equipamentos Espao Internet do Monte Plano de Formao 2013 Monte - Desenvolvimento Alentejo Central, ACE 12PROJECTO: No aplicvel, Transversal a vrios projectos ACO 8: Aco de Formao em Ferramentas Colaborativas e Trabalho em Rede DATA: Junho 2013 Objectivos Geral: Capacitar as ACD com competncias ao nvel da utilizao de Ferramentas colaborativas on-line e trabalho em rede Especfico: O formando conhece as ferramentas colaborativas disponveis de forma gratuita O Formando compreende a utilidade destas ferramentas enquanto instrumentos de partilha de conhecimentos, e aprendizagens colectivas Destinatrios Dirigentes e Tcnicos de Desenvolvimento Local Modalidade Contnua Forma de Organizao da Formao Presencial, com acompanhamento em modalidade distncia Contedos Programticos 1.Introduo Ferramentas Colaborativas e trabalho em rede 2. Aplicao das Ferramentas colaborativas A utilidade da WEB 0.2 3. Aplicao prtica Exerccio de utilizao das ferramentas colaborativas Carga Horria A aco ter um total de 25h, com uma carga horria de 5h. Dia Metodologia da Formao Mtodo Demonstrativo Critrios e Metodologias de Avaliao A avaliao ser realizada com base em exerccios prticos na plataforma do CRDR Recursos Pedaggicos PCs com ligao Internet; Manual da Plataforma Moodle CRDR (http://www.moodle.monte-ace.pt) Espaos e Equipamentos Sala de Formao do monte ou dos Parceiros Plano de Formao 2013 Monte - Desenvolvimento Alentejo Central, ACE 13PROJECTO: CLDS ACCO 9: Tecnologias de Informao e Comunicao N. de Aces: 10 Objectivos No final da aco os formandos devem ter adquirido competncias bsicas ao nvel da utilizao do Windows Office e Internet. Destinatrios Populao em geral Modalidade Inicial Forma de Organizao da Formao Presencial Contedos Programticos . Introduo - Apresentao - Diagnostico Inicial Iniciao - Criao de pastas no ambiente de trabalho - Iniciao ao word - Barra de Ferramentas Word; Excel e PowerPoint Navegar na Internet - Criao de email - Como enviar mensagens email - Skype - Como enviar mensagens email - A Segurana na web - Motor de busca, o que ? Carga Horria 12h cada Metodologia da Formao Mtodo Expositivo e Demonstrativo Critrios e Metodologias de Avaliao Avaliao de diagnstico Avaliao para diploma de competncias bsicas Recursos Pedaggicos PCs com ligao internet; projector e Tela de projeco, Manual de TIC Espaos e Equipamentos Sala Pavilho Multiusos Cmara Municipal de Arraiolos Espao Internet Santana do Campo Salas das Juntas de Freguesia do Concelho Plano de Formao 2013 Monte - Desenvolvimento Alentejo Central, ACE 14 rea de Formao 812 Turismo e Lazer PROJECTO: CREMP - Centro de Recursos de Empreendedorismo Feminino ACO 10: Ingls para Negcios DATA: Agosto 2013 Objectivos - Aplicar vocabulrio especfico da lngua inglesa na negociao e no processo de venda e ps-venda; - Reconhecer termos tcnicos da lngua inglesa relativa a vendas e negociao no mbito da actividade; - Aplicar vocabulrio tcnico de conversao, em lngua inglesa, na assistncia ao cliente. Destinatrios Activos, empresrios Modalidade Formao continua Forma de Organizao da Formao Presencial Contedos Programticos Comunicao verbal na negociao; Comunicao verbal no processo de venda e ps-venda; Vocabulrio especfico no atendimento aos clientes; Vocabulrio especfico na gesto de reclamaes e queixas. Carga Horria 50 horas Metodologia da Formao Expositivo, Interrogativo, Activo, Prticas Simuladas Critrios e Metodologias de Avaliao Avaliao contnua, participao nos exerccios prticos Recursos Pedaggicos Textos de apoio, Plataforma CRDR (http://www.moodle.monte-ace.pt) Espaos e Equipamentos Sala de formao, quadro branco, flipchart, PC e projector Plano de Formao 2013 Monte - Desenvolvimento Alentejo Central, ACE 15 PROJECTO: EIDER Empreendedorismo e Inovao para o desenvolvimento rural (Cooperao para o Desenvolvimento) ACO 11: Aco de Ferramentas de Gesto para MicroEmpresas de Turismo Rural Data: Maro de 2013 Objectivos Reforo das competncias dos/as empresrios/as, com vista a responder s suas principais debilidade em termos da criao ou manuteno do seu negcio Destinatrios Empresrios na rea do Turismo Rural da regio Alentejo Modalidade Continua Forma de Organizao da Formao A aco de formao ser desenvolvida em formato be-learning, sesses presenciais em sala e sesses on line com recurso plataforma CRDR Contedos Programticos - Unidade de Formao Procura e Oferta Turstica, 7 horas; - Unidade de Formao Turismo: evoluo, conceitos e classificaes, 6 horas; - Unidade de Formao Gesto e Anlise Financeira, 25 horas; - Unidade de Formao Legislao Turstica, 12 horas; - Unidade de Formao Instrumentos para a criao de projectos e empresas tursticas, 25 horas - Componente prtica que integra Visitas a Empreendimentos Tursticos e partilha de experincia com a realidade Caboverdiana e utilizao da Plataforma colaborativa do Monte o CRDR (http://www.moodle.monte-crdr.com), 25 horas Carga Horria Carga horria total da aco: 100h Metodologia da Formao Expositivo, interrogativo e activo Critrios e Metodologias de Avaliao Participao activa nas propostas de trabalho e observao directa Recursos Pedaggicos Textos de Apoio e a plataforma colaborativa CRDR (http://www.moodle.monte-ace.pt) Espaos e Equipamentos Sala de formao, flipchart, pc, projector, colunas udio e visitas a empreendimentos tursticos Plano de Formao 2013 Monte - Desenvolvimento Alentejo Central, ACE 16 rea de Formao 999 Desconhecido ou No Especificado PROJECTO: Baloi dHorta (Cooperao para o Desenvolvimento) ACO 12: Aco de Formao para Mediadores Locais Baloi Dhorta DATA: Entre 14 e 24 de Novembro de 2013 Objectivos Geral: Formar Rede de mediadores para implementao do processo de comercializao de circuito curto, contribuindo para implementar e desenvolver o comrcio de proximidade com pequenos produtores de santo Anto, at Maio de 2015 Especifico: Capacitao de agentes locais, a elementos do CRP-SA e de outras entidades locais: associaes de produtores e de organizaes locais que possam vir a constituir-se como mediadores e animadores do processo de comercializao de circuito curto e que possam apoiar a gesto de pequenos negcios Destinatrios Agentes e populao da comunidade de Santo Anto, identificados pelos parceiros locais, nomeadamente, o CRP-SA e as Delegaes do Ministrio do Desenvolvimento Rural Modalidade Continua Forma de Organizao da Formao A formao ser focada na troca de experincias entre os participantes. desenvolvida em sala, em modo presencial, para a contextualizao do projecto e a articulao da interveno com as iniciativas j em curso na rea do desenvolvimento rural. Procura-se promover a reflexo em grupo, no sentido de identificar/caracterizar a realidade e experincias de cada formando. Caso se verifique necessrio podero ser realizadas visitas s exploraes agrcolas j sinalizadas como futuros ncleos de produtores Baloi dHorta Para o desenvolvimento e acompanhamento da formao sero disponibilizados os contedos da aco de formao na plataforma do CRDR, http://www.moodle.monte-ace.pt, para acesso a todos os participantes Contedos Programticos Mdulo 1 (6h)- Apresentao Baloi d'horta e o papel do animador local Mdulo 2 (12h)- Ministrio do Desenvolvimento Rural Mdulo 3 (16h) - Metodologia de gesto de pequenos Negcios (metodologias e Instrumentos) Mdulo 4 (06h) - Novas Tecnologias de Informao Explorao e Gesto do Centro de Recursos para o Desenvolvimento Rural (CRDR) Carga Horria 40h Metodologia da Formao Expositivo, interrogativo e activo Critrios e Metodologias de Avaliao Participao activa nas propostas de trabalho e observao directa Recursos Pedaggicos Textos de Apoio e a plataforma colaborativa CRDR (http://www.moodle.monte-ace.pt) Espaos e Equipamentos Sala de formao, flipchart, pc, projector e colunas udio Plano de Formao 2013 Monte - Desenvolvimento Alentejo Central, ACE 17PROJECTO: Baloi dHorta (Cooperao para o Desenvolvimento) ACO 13: Aco de Formao para Ncleos de Produtores Baloi Dhorta DATA: Entre 10 de Dezembro de 2012 e 15 de Maro de 2013 Objectivos Geral: Formar Rede de pequenos produtores para a comercializao de circuito curto, contribuindo para implementar e desenvolver o comercio de proximidade em Santo Anto, at Setembro de 2015 Especifico: Capacitao de 40 produtores locais, com o apoio da equipa de mediadores Destinatrios Pequenos produtores locais Modalidade Continua Forma de Organizao da Formao A formao ter um formato informal, focado na troca de experincias entre os participantes. desenvolvida em sala, em modo presencial, para a contextualizao do projecto e a articulao da interveno com as iniciativas j em curso na rea do desenvolvimento rural. Procura-se promover a reflexo em grupo, no sentido de identificar/caracterizar a realidade e experincias de cada formando. Integra visitas s exploraes agrcolas do ncleos de produtores Baloi dHorta. Para o desenvolvimento e acompanhamento da formao sero disponibilizados os contedos da aco de formao na plataforma do CRDR, http://www.moodle.monte-ace.pt, para acesso a todos os participantes Contedos Programticos Apresentao do Projecto Baloi dHorta e Proposta de Comercializao (15 h) Boas Prticas em Agricultura (15 h) Gesto de pequenos Negcios Ser Empreendedor (10 h) Contabilidade e Custos (10 h) Plano de Negcio (15 h) Carga Horria 65h. * 5 comunidades Metodologia da Formao Expositivo, interrogativo e activo Critrios e Metodologias de Avaliao Participao activa nas propostas de trabalho e observao directa Recursos Pedaggicos Textos de Apoio e a plataforma colaborativa CRDR (http://www.moodle.monte-ace.pt) Espaos e Equipamentos Sala de formao, flipchart, pc, projector, colunas udio e exploraes agrcolas Plano de Formao 2013 Monte - Desenvolvimento Alentejo Central, ACE 18PROJECTO: Mirabal Mulheres 100 Medo (Igualdade de Gnero e Violncia de Gnero)ACO: ACO 14: Aco de sensibilizao/informao combate Violncia domstica, realizao de 4 aces DATA: Maro, Junho, Setembro e Novembro de 2013 Objectivos Geral: Reforar competncias tcnicas na identificao e no acompanhamento de situaes de violncia Especifico: Capacitar os tcnicos e agentes sociais, docentes para a identificao de situaes de violncia Capacitar os tcnicos e agentes sociais para uma actuao imediata nas situaes de violncia, e quais as entidades a quem recorrer Destinatrios Tcnicos e Agentes diversos, docentes que intervm na rea social Modalidade Continua Forma de Organizao da Formao A formao ser em sala, em modo presencial, para a abordagem das temticas. Procura-se promover a reflexo em grupo, no sentido de identificar/caracterizar a realidade e experincias de cada formando Contedos Programticos A aco ter por base o referencial programtico elaborado pela CIG Carga Horria Aco de 12h no total, sendo realizado em 2 dias, com uma carga horria de 6h dia Metodologia da Formao Expositivo, interrogativo e activo Critrios e Metodologias de Avaliao Participao activa nas propostas de trabalho e observao directa Recursos Pedaggicos Textos de Apoio e a plataforma colaborativa CRDR (http://www.moodle.monte-ace.pt) Espaos e Equipamentos Sala de formao, flipchart, pc, projector, colunas udio Plano de Formao 2013 Monte - Desenvolvimento Alentejo Central, ACE 19 PROJECTO: Mirabal Mulheres 100 Medo (Igualdade de Gnero e Violncia de Gnero) ACO 15: Aco de sensibilizao/informao Igualdade de Gnero, realizao de 4 aces na rea da IG DATA: Abril, Julho, Outubro e Dezembro de 2013 Objectivos Geral: Informar sobre as questes de gnero e mecanismos para a promoo da igualdade Especifico: Apoiar os pblicos a desenvolver aces para a promoo da igualdade de gnero Destinatrios Tcnicos e Agentes diversos, docentes que intervm na rea social Modalidade Continua Forma de Organizao da Formao A formao ser em sala, em modo presencial, para a abordagem das temticas. Procura-se promover a reflexo em grupo, no sentido de identificar/caracterizar a realidade e experincias de cada formando Contedos Programticos A aco ter por base o referencial programtico elaborado pela CIG Carga Horria Aco de 12h no total, sendo realizado em 2 dias, com uma carga horria de 6h dia Metodologia da Formao Expositivo, interrogativo e activo Critrios e Metodologias de Avaliao Participao activa nas propostas de trabalho e observao directa Recursos Pedaggicos Textos de Apoio e a plataforma colaborativa CRDR (http://www.moodle.monte-ace.pt) Espaos e Equipamentos Sala de formao, flipchart, pc, projector, colunas udio Plano de Formao 2013 Monte - Desenvolvimento Alentejo Central, ACE 20 PROJECTO: Mirabal Mulheres 100 Medo (Igualdade de Gnero e Violncia de Gnero) ACCO 16: Aco de sensibilizao/informao combate Violncia no Namoro, realizao de 4 aces na rea da VN DATA: Fevereiro, Maio, Setembro e Novembro de 2013 Objectivos Geral: Sensibilizar os jovens para os riscos das situaes de violncia no namoro e mecanismos de preveno Especifico: Informar os jovens e indicar como agir numa situao de violncia Informar sobre as estruturas de apoio e acompanhamento nos casos de violncia Destinatrios Jovens a partir do 3 ciclo de escolaridade Modalidade Continua Forma de Organizao da Formao As aces decorrem nas escolas onde os jovens esto inscritos, sendo as datas a articular com os professores responsveis pelos mesmos Contedos Programticos Aco de 12h no total, sendo realizado em articulao com o programa curricular em execuo pelos jovens Carga Horria Aco de 12h no total, sendo realizado em 2 dias, com uma carga horria de 6h dia Metodologia da Formao Expositivo, interrogativo e activo Critrios e Metodologias de Avaliao Participao activa nas propostas de trabalho e observao directa Recursos Pedaggicos Textos de Apoio e a plataforma colaborativa CRDR (http://www.moodle.monte-ace.pt) Espaos e Equipamentos Sala de formao, flipchart, pc, projector, colunas udio Plano de Formao 2013 Monte - Desenvolvimento Alentejo Central, ACE 21II. DESENVOLVIMENTO INTERNO DA ORGANIZAO FORMAO INTRA-EMPRESA rea de Formao - 345 Gesto e Administrao PROJECTO: (no aplicvel) ACO 1: Formao sobre o novo regime de contratao pblica DATA: a designar Objectivos Geral: Adquirir competncias sobre o Cdigo dos Contratos Pblicos (CCP) e sobre as suas implicaes no funcionamento e procedimentos dos GAL Especficos: Apresentar as principais inovaes sobre o novo regime da contratao pblica. Esclarecer mtodos e procedimentos para contratar empreitadas e aquisies de bens ou servios; Dar formao sobre o novo modelo de anlise e avaliao das propostas; Esclarecer sobre as potencialidades dos novos meios de comunicao electrnica Destinatrios Equipa do Monte afecta ao Departamento Financeiro Modalidade Intra-Empresa Forma de Organizao da Formao Presencial Contedos Programticos As novas Directivas e a nova legislao sobre formao dos contratos pblicos: Princpios Gerais Os procedimentos O ciclo de contratao pblica Principais conceitos: Programas e Cadernos de Encargos Anlise e avaliao de propostas Aplicaes Comunicaes electrnicas Carga Horria 6 horas cada sesso Metodologia da Formao Mtodo expositivo e interrogativo Critrios e Metodologias de Avaliao A avaliao feita com perguntas directas aos participantes, no existindo uma avaliao formal Recursos Pedaggicos Computador Porttil; Projector; Cdigo da Contratao Pblica Espaos e Equipamentos Sala de formao do Monte ACE Plano de Formao 2013 Monte - Desenvolvimento Alentejo Central, ACE 22rea de Formao 999 Desconhecido ou No Especificado PROJECTO: Estratgia Local de Desenvolvimento Entidade Formadora: Federao Minha Terra em colaborao com DGADR/RRN ACO2: Concepo, acompanhamento e avaliao de programas socio-econmicos de desenvolvimento local DATA: de 20 a 22de Fevereiro de 2013 Objectivos Promover o desenvolvimento de um conjunto de competncias nos domnios da anlise estratgica, da formulao de estratgias e da concepo e avaliao de programas de desenvolvimento local junto das equipas das ADL de forma a apoiar a formulao de Programas para o prximo perodo de programao de fundos comunitrios. Destinatrios Tcnicos das ADL Modalidade Formao activa Forma de Organizao da Formao O Programa organiza-se em 4 sesses de formao, num total de 18 horas por sesso Contedos Programticos Introduo e conceitos bsicos (durao: 2h) 1.1.Apresentao dos objectivos do mdulo, dos contedos e dos mtodos de formao 1.2.Breve abordagem aos contextos problemticos subjacentes concepo, montagem e implementao de programas de desenvolvimento rural; 1.3.Projecto e prospectiva; Projecto e estratgia; Projecto e programa; 1.4.Referncia s principais caractersticas de um projecto de desenvolvimento local abordagem global, integrao de diferentes componentes, construo colectiva, participao dos actores, animao permanente, monitorizao e regulao. 1.5.Critrios de qualidade de um projecto 1.6.Principais razes do insucesso de projectos Anlise estratgica e formulao da estratgia (durao: 4h) 2.1. Anlise SWOT 2.2. rvore de problemas 2.3. rvore de objectivos 2.4. Da rvore de objectivos identificao da ideia de projecto 2.5. Caso prtico Concepo de Programas e de Projetos (durao: 9h) 3.1. Apresentao do ciclo de projecto 3.2. A Programao de Projectos por Objetivos 3.3. A formulao de objectivos e de indicadores para a sua verificao - Requisitos a cumprir - A hierarquia de objectivos - A definio de indicadores objectivamente verificveis - A hierarquia de indicadores - Meios de verificao 3.4. A Matriz de Enquadramento Lgico de Projectos. 3.5. Caso prtico 3.6. A Programao de actividades e o Plano de Aco - Diagrama de Gantt Plano de Formao 2013 Monte - Desenvolvimento Alentejo Central, ACE 23 Contedos Programticos - Rede de Pert 3.7. Caso prtico Monitorizao e Avaliao de Programas e de Projectos de Desenvolvimento (durao: 3h) 4.1. Diferenas entre monitorizao, avaliao e auditoria 4.2. O papel e a importncia da avaliao 4.3. Requisitos da avaliao 4.4. Momentos e tipos de avaliao - avaliao ex-ante, on-going e ex-post 4.5. Critrios e indicadores de avaliao - Relevncia (pertinncia e oportunidade) - Coerncia (interna e externa) - Sincronia - Conformidade - Impacto 4.6. Indicadores de avaliao - Indicadores de contexto e indicadores do projecto - Hierarquia de indicadores 4.7. Fontes de informao e recolha de informao 4.8. Concluses e encerramento do mdulo Carga Horria 4 sesses de formao, num total de 18 horas Metodologia da Formao Cada uma das aces de formao obedecer a um modelo comum articulando uma componente terica e metodolgica e uma componente prtica, a organizar sob a forma de estudos de caso Critrios e Metodologias de Avaliao A indicar pela entidade formadora Recursos Pedaggicos Computador Porttil e Projector Espaos e Equipamentos vora Hotel Plano de Formao 2013 Monte - Desenvolvimento Alentejo Central, ACE 24 III. CRONOGRAMA DE REALIZAO DAS ACES FORMATIVAS DO MONTE PARA 2013 1. Aces de Formao para pblicos externos Cursos a Desenvolver/Participar Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Aco 1 Aco 2 Aco 3 Aco 4 Aco 5 Aco 6 Aco 7 Aco 8 Aco 9 Aco 10 Aco 11 Aco 12 Aco 13 Aco 14 Aco 15 Aco 16 2. Aco de Formao para pblicos internos Cursos a Desenvolver/Participar Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Acao 1 Aco 2