plano-de-emergencia- .docx

Download plano-de-emergencia-                  .docx

Post on 31-Dec-2015

22 views

Category:

Documents

4 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

PLANO DE EMERGNCIA

2010

PLANO DE EMERGNCIA

INDSTRIA GRFICA BOM PAPEL11/06/2010

Equipe Tcnica: Benhur Rampanelli Edson Luiz Micholzeszen Edson FariasEluani Hoinski Istr de Oliveira Rodrigo Guths

NDICE

1 - Identificao da Empresa

2 Apresentao

3 Introduo

4 Objetivos

5 - Procedimentos de manuteno

6 - Instrues dirigidas ao pessoal combatente (brigadistas)

7 - Esquema do plano de interveno no caso de incndio

8 - Descrio da planta

9 - Procedimentos bsicos de emergncia contra incndio

10 - Instrues complementares de segurana

11 - Evacuao

12 - Em caso de incndio

13 - Em caso de terremoto

14 - Instrues particulares de segurana

15 - Instrues para os ambientes

16 - Concluso

17 - Bibliografia

18 Anexos

BOM PAPEL IND. GRFICA LTDA PLANO DE EMERGNCIA

1- Identificao da Empresa:

EMPRESABom Papel Indstria Grfica Ltda

C.N.P.J123456/0001-78

INSCRIO ESTADUAL3222123456

ENDEREORua Principal n 1

TELEFONE123456789

CIDADECascavel

ESTADOParan

ATIVIDADE PRINCIPALImpresso de material para uso publicitrio

GRAU DE RISCO03

N Funcionrios100

PERCENTUAL DE CLCULO PARA COMPOSIO DA BRIGADA DE INCNDIO

DivisoGrupoDescrioPopulao fixa por pavimento

Acima de 10

IndstriaI-2Locaisondeasatividades exercidas e os materiais utilizados apresentammdiopotencialde incndio. Locaiscomcargade incndio entre 300 a 1.200 MJ/m27%

2 Apresentao

O presente plano visa descrever orientaes e procedimentos a serem seguidos pelos funcionrios e visitantes do prdio da empresa BOM PAPEL INDSTRIA GRFICA LTDA quando da ocorrncia de princpios de incndio, sinistros e ameaas externas.

3 IntroduoEste trabalho pretende informar aos funcionrios, sobre os procedimentos a serem adotados para a preveno de sinistros e o combate dos mesmos em seus princpios.Acreditamos que se os colaboradores tiverem conhecimentos bsicos sobre preveno de incndios, certamente desenvolvero comportamentos preventivos de modo a evitar as condies que levam ao fogo.Tais providncias proporcionaro eventos sem surpresas desagradveis, capazes de causarem pnico e ferimentos nos presentes.A todos os envolvidos neste trabalho caber o aperfeioamento, objetivando tornar-se qualificado para o exerccio de suas atividades, objetivando as oportunidades em alcanar um ambiente com o mximo de segurana.

4 ObjetivosO Plano de Emergncia do estabelecimento tem por objetivo a preparao e organizao dos meios existentes para garantir a salvaguarda dos seus ocupantes em caso de ocorrncia de uma situao perigosa, nomeadamente de incndio.O presente Plano de Emergncia elaborado na base dos riscos de incndio e de pnico.

5 Procedimentos de manutenoUma das condies essenciais para garantir a eficcia de um Plano deEmergncia a sua correta e perfeita atualizao.Para o efeito, afigura-se indispensvel que sejam comunicadas previamente aos responsveis pelo Plano de Emergncia (Diretoria, SESMT, Chefe de Brigada e componentes da CIPA) quaisquer alteraes ao nvel das condies fsicas da edificao ou da organizao dos meios humanos afetos segurana; de entre as situaes passveis de exigir atualizao do Plano salientam-se as seguintes:

Alteraes na compartimentao do edifcio; Alterao significante do contigente da populao flutuante e/ou fixa; Modificaes nas vias de acesso ao edifcio; Alteraes nas sadas e vias de evacuao; Instalao de novos equipamentos tcnicos; Alteraes na sinalizao interna do rgo ou Entidade; Alterao do nmero ou composio da equipe afeta segurana; Organizao do sistema de segurana.

Na ocorrncia de alteraes o Chefe da Brigada dever proceder atualizao doPlano de Emergncia, fazendo as mudanas necessrias.TodasasalteraesefetuadasaoPlanodeEmergnciadeveroser comunicadas aos detentores de exemplares do mesmo.

Organizao do Sistema

BOM PAPEL IND. GRFICA LTDA PLANO DE EMERGNCIA

representante do grupo de apoio, com registro em ata e envio s reas competentes para as providncias pertinentes.

5.1 Reunio ordinria (mensal)

Na reunio ordinria devem ser discutidos os seguintes itens:

funes de cada pessoa dentro do plano de emergncia contra incndio;condies de uso dos equipamentos de combate a incndio;apresentao dos problemas relacionados preveno de incndios, encontrados nas inspees, para que sejam feitas propostas corretivas;atualizao de tcnicas e tticas de combate a incndios; eOutros assuntos de interesse.

5.2 Reunio extraordinria

Devem ser realizadas reunies extraordinrias nas seguintes condies:

aps um exerccio simulado;sempre que ocorrer um sinistro;quando for identificada uma situao de risco iminente;quando ocorrer uma alterao significativa dos processos industriais ou de servios; equando houver a previso de execuo de servios que possam gerar algum risco.

5.3 Exerccios simulados

Devemserrealizadosexercciossimuladosparciaisecompletosno estabelecimento ou local de trabalho com a participao de toda a populao, no perodo mximo de 03 (trs) meses para simulados parciais e 06 (seis) meses para simulados completos. Imediatamente aps o simulado, deve ser realizada uma reunio extraordinria para avaliao e correo das falhas ocorridas. Deve ser elaborada ata na qual conste:

data e horrio do evento; tempo gasto no abandono; tempo gasto no retorno;tempo gasto no atendimento de primeiros socorros; atuao dos profissionais envolvidos; comportamento da populao;participao do Corpo de bombeiros e tempo gasto para sua chegada;ajuda externa (PAM - Plano de Auxlio Mtuo);falhas de equipamentos;falhas operacionais; edemais problemas levantados na reunio.

BOM PAPEL IND. GRFICA LTDA PLANO DE EMERGNCIADevem ser realizadas reunies com o coordenador geral da Brigada, o(s)chefes(s) da Brigada, o chefe do(s) bombeiro(s) profissional(is) civil(is) e um

O plano de emergncia contra incndio dever ser revisado por profissional habilitado sempre que:

ocorrer uma alterao significativa nos processos industriais ou de servios;quando for constatada a possibilidade de melhoria do plano; e completar 12 (doze) meses de sua ltima reviso.

Nota: nenhuma alterao significativa nos processos industriais ou de servios poder ser efetuada sem que o profissional habilitado que elaborou o plano de emergncia contra incndio seja consultado previamente e autorize a sua alterao por escrito.

5.5 Auditoria do plano

Deve ser realizada uma auditoria interna ou externa do plano a cada 12 (doze) meses, preferencialmente antes da reviso do plano, de modo a avaliar e certificar que o plano est sendo cumprido em conformidade.

Atribuies da brigada de incndio:

5.5.1 Aes de preveno:

a) Avaliao dos riscos existentes;b) Inspeo geral dos equipamentos de combate a incndio;c) Inspeo geral das rotas de fuga;d) Elaborao de relatrio das irregularidades encontradas; e) Encaminhamento do relatrio aos setores competentes; f) Orientao populao fixa e flutuante;g) Exerccios simulados.

5.5.2 Aes de emergncia:

a) Identificao da situao;b) Alarme/abandono de rea;c) Acionamento do Corpo de Bombeiros e/ou ajuda externa;d) Corte de energia;e) Primeiros socorros;f) Combate ao princpio de incndio;g) Recepo e orientao ao Corpo de Bombeiros;h) Preenchimento do formulrio de registro de trabalho dos bombeiros;i) Encaminhamento do formulrio ao Corpo de Bombeiros para atualizao de dados estatsticos.

BOM PAPEL IND. GRFICA LTDA PLANO DE EMERGNCIA5.4 Reviso do plano

Estas instrues dirigem-se especialmente aos brigadistas do estabelecimento, considerando-se que todos os seus elementos delas tero conhecimento e colaboraro na sua aplicao. Em termos gerais so as seguintes:

7 Esquema do Plano de Interveno no caso de Incndio

8 Descrio do local

8.1. Empresa: Bom Papel indstria Grfica Ltda.8.2. Caracterstica da vizinhana: A empresa est localizada na regio comercial do municpio, cercada por estabelecimentos de diferentes atividades.8.3. Distncia do Corpo de Bombeiros: 5,0 km8.4. Meios de ajuda externa: Hidrante prximo ao estabelecimento8.5. Construo: 1 (um) pavimento trreo8.6. Dimenses: 600 m de rea construda.8.7. Nmero de funcionrios: 1008.8. Riscos especficos inerentes atividade: Risco de Incndio8.9. Brigada de incndio: 7 componentes

BOM PAPEL IND. GRFICA LTDA PLANO DE EMERGNCIA6 Instrues dirigidas ao pessoal combatente (brigadistas)

8.10. Recursos materiais:

Extintores de incndio portteis - (AP gua Pressurisada. CO2 - GsCarbnico. PQS P Qumico Seco)

Setor: Produo1CO22 unidades

Setor: Produo 2AP1 unidade

Setor: Produo 3CO22 unidades

Setor: Produo 4CO21 unidade

Setor: VestirioAP1 unidade

Setor: AdministrativoCO21 unidade

*Obs. Para localizao do posicionamento dos extintores no ambiente ver layout anexo.

Sistema de hidrantes

Setor: Produo 201 hidrante

Setor: Produo 301 hidrante

*Obs. Para localizao do posicionamento dos hidrantes no ambiente ver layout anexo.

Alarme de incndio

Os alarmes de incndio so do tipo acionamento manual convencional e esto disponveis junto aos hidrantes de incndio onde aps ativado o mesmo aciona um conjunto de sirenes com som caracterstico ouvido em todos setores da empresa.

BOM PAPEL IND. GRFICA LTDA PLANO DE EMERGNCIA

Iluminao de emergncia/ sinalizao de emergncia

A iluminao de emergncia atende todos os setores totalizando 12 lmpadas e indicao clara e precisa das sadas e do sentido de fuga at local seguro com indicao clara e precisa das sadas e do sentido de fuga at lo